EXPLOSÕES SOLARES afetam os seres humanos

“…É sabido que a atividade solar influi na consciência humana…”

Recentemente estamos experimentando uma quantidade enorme de atividade no Sol, o que está afetando tanto a Terra quanto os seres humanos
Que é exatamente uma erupção (labareda) solar e como nos afeta?
Uma erupção solar é uma tempestade magnética no Sol, que aparece como um ponto muito brilhante e uma erupção gasosa na superfície, tal como a fotografia acima. 
As labaredas solares liberam enormes quantidades de partículas de alta energia e gases que são tremendamente quentes.
São lançadas a milhares de quilômetros da superfície do Sol.
Segundo Mitch Battros – no site Cambios em La Tierra, “Uma das melhores profecias/predições conhecidas de nossos anciãos maias é a mensagem de uma mudança de paradigma de nossa era. Nas palavras dos maias, se diz que agora estamos em uma época de “mudança e conflito”.
A mudança está chegando do “exterior” em forma de mudanças climáticas, fenômenos naturais, distúrbios celestes (labaredas solares) e traumatismos auto-infligidos, causados pelo homem.
O conflito vem desde o “interior” em forma de desafio pessoal, dor, confusão, depressão ansiedade e medo. 
Diz-se que estamos “na encruzilhada”. Um tempo para escolher um novo caminho, decidindo sobre uma nova direção individual e da comunidade, aventurando-nos no desconhecido, encontrando nossa verdadeira identidade do Ser.
Outros optarão por ficar no mesmo caminho, ficar com o conhecido e fazer um grande esforço para manter a “previsibilidade”.

Um estudo recente publicado na revista New Scientist, indica uma conexão direta entre as tempestades solares do Sol e o efeito biológico humano.

O canal que facilita às partículas carregadas do Sol perturbar os humanos é o mesmíssimo canal que dirige o clima da Terra através do campo magnético terrestre, e também através dos campos magnéticos que circundam os humanos.
As recentes tempestades geomagnéticas estão causando os últimos acontecimentos nas mudanças terrestres, em forma de terremotos, erupções vulcânicas, furacões, tornados e tempestades de vento.

A ATIVIDADE GEOMAGNÉTICA DO SOL INFLUI EM NOSSOS PENSAMENTOS
É sabido que a atividade solar influi na consciência humana.

As labaredas solares afetam:
O sistema nervoso central (revestimento do estomago)
toda atividade do cérebro (incluindo o equilíbrio)
junto ao comportamento humano e todas as respostas psico-fisiológicas (mental-emocional-física)
nervosismo
ansiedade
preocupação
enjôos (como nas viagens por mar)
instabilidade
tremores
irritabilidade
letargia
esgotamento
problemas de memória a curto prazo e palpitações do coração
náuseas
intranqüilidade
pressão prolongada e dores na cabeça
Você teve ultimamente alguns destes sintomas?
As labaredas solares e as ondas de fótons estão mudando a trama de nossa realidade física, uma vez que tem um poderoso efeito em nosso nível físico celular, causando o despertar e conhecimento de nossa memória celular. Frequentemente experimentamos isto como se o corpo estivesse se aquecendo em um calor intenso.
Nossas emoções são energias de baixa freqüência armazenada em nossas células como experiências passadas e traumas que tivemos e nunca foram assimilados – pelo que são armazenados como memória celular. 
A energia fotônica é uma energia de freqüência muito mais alta que eleva a freqüência emocional mais baixa, de maneira que se possa trazê-la a uma freqüência mais alta… 
Portanto, encontramos a nós mesmos liberando estas baixas emoções como a tristeza e a dor sem saber porque. 
Isso terá uma duração de uns 20 minutos e ficamos nos perguntando de onde vieram estes sentimentos, sem aviso, do nada. Os elementos de nossa planilha estão interconectados na consciência celular e quando a planilha é amplificada através de energias de fótons, diversos elementos dela se filtram para a consciência e começamos a recordar nosso verdadeiro propósito. 
Somos impulsionados ou pressionados a fazer mudanças em nossa vida, mas não nos damos conta do porquê.
O fato interessante a respeito desta energia é que, apesar de uma freqüência mais alta, ela cria o poder de manifestação instantânea de nossos pensamentos, o que significa que, seja lá o que pensemos, criamos no mesmo instante. Isto nunca havia ocorrido antes em nossos lapsos de vida e é por isso que muitas pessoas estão escrevendo livros sobre o tema do “Poder de Atração”.
A energia fotônica se liga a nossos pensamentos, pelo que é importante que saibamos o que queremos pois, do contrário vamos criar mais daquilo que não queremos.
Se você está no processo de mudança e transformação, esta energia funciona bem para você. 
Por outro lado, se você está agarrado ao passado através da vitimização e da ira, você simplesmente manifestará mais razões para permanecer agarrado à vitimização, até que esteja pronto para liberá-la.
Nota: Os textos antigos nos dizem que olhemos para os céus, já que estes criaram o catalisador que poderia provocar uma mudança na Terra nestes tempos.
OS EFEITOS DE RECENTES LABAREDAS SOLARES
Muita gente atualmente se sente agitada e inquieta.
As labaredas solares podem romper os velhos padrões que já não são necessários, para que possam surgir os novos. 
Isto pode fazer-nos sentir agitados e esgotados ao mesmo tempo. 
Também pode causar estragos com a tecnologia, nos computadores.
Temos começado a notar muitos sintomas novos:
o tempo e o espaço estão começando a cambalear ainda mais erraticamente do que antes.
parece que estamos perdendo facilmente a noção do tempo
perdemos as palavras quando estamos falando
o dia simplesmente desaparece
não estamos dormindo muito bem… outra vez
damos um monte de voltas na cama durante a noite e muitos estão tendo sonhos estranhos
estamos sentindo que surge uma enorme energia no corpo, seguida de grandes baixas de energia
recebemos muitas notícias de náuseas e dores no corpo, mal-estar e enjôo (como a bordo)
muitos sentem uma profunda dor
alguns sentem como se estivessem caminhando sobre a água (sem razão aparente)
outros disseram que quando fechavam os olhos à noite, tudo estava girando
foram produzidos:
alterações visuais
problemas no ouvido interno
zumbido nos ouvidos
problemas na tireóide e garganta
pés frios
até um sintoma raro de secura na língua
Você tem experimentado alguns destes problemas?
Não há o que temer… somente esteja consciente do que isso é e descanse mais e beba muita água.
Isto também passará…

A NAVE SOLITÁRIA: Anunnakis de Nibiru

Para melhor compreensão deste post, sugiro a leitura, CLIQUE: 
Dos muitos milênios que marcam o avanço e a queda das terras e seres da Atlântida, enfocaremo-nos principalmente no período do calendário terráqueo que vai de 27.000 até 10.800 A.C., ao que nos referiremos ao longo destes ensinamentos como o «terceiro ciclo» da Atlântida.

A grande época da civilização atlante termina aí, nos últimos anos da Última Geração, quando o lado escuro ‘dirigiu o pêndulo’, e o uso irresponsável do poder por parte da Classe Sacerdotal  (os governantes)  fez que grandes coletividades humanas em todo o globo fossem sacrificadas.

A Atlântida desapareceu no fundo do mar para descansar eternamente no isolamento e no esquecimento, enquanto que outras zonas da Terra foram alagadas por inundações, que amainaram tempos depois, quando as pesadas nuvens se dissiparam e a calidez de Ra, seu sol, pôde voltar a sentir-se sobre a superfície.

O que restou do grande continente e de sua gente foram histórias mitológicas e lembranças remotas, transmitidas de geração em geração a seus descendentes.

O monumental cataclismo que conhecem como a «Grande Inundação» foi o processo celeste escolhido para limpar as energias venenosas e as freqüências alteradas que emanavam das torres de controles atlantes e das redes energéticas subterrâneas nas horas finais.

Foi a reação de Gaia às vibrações discordantes que irradiaram destes centros – no alto das camadas externas da ionosfera, que se espalhavam sobre as linhas telúricas de seu planeta e também o quão profundo alteravam a harmonia de toda vida em cada ponto do globo e se espalhando também para o espaço exterior.

Tais vibrações tiveram que ser erradicadas do campo áurico da Terra e sanadas desde sua raiz.
Isto provocou a destruição dos culpados, mas também dos «inocentes», porque, de maneiras que não ficam claras para aqueles de vós que ainda não entendem o processo kármico, eles contribuíram para a colossal reação das energias elementais que formam o corpo multidimensional de Gaia.

Recordem… todos os pensamentos e ações afetam todas as realidades. Desde os ativos quanto os passivos, desde os onipotentes até as ‘vitimas’, todos os seres conscientes participam ativamente na criação e desenvolvimento do carma.

Nós também contribuímos com a dívida kármica da Atlântida, e, portanto estamos interessados em sua resolução. Devem recordar este fato ao explorar a história da Atlântida através de nossas freqüências mentais e das palavras aqui reproduzidas para vós.
Como unidades de consciência, confrontamos aspectos da dualidade com distintos tons e intensidades a fim de experimentar livremente ao condutor evolutivo da existência: a capacidade de escolha. Não podemos experimentar a escolha sem polaridade.

Esta, queridos, é a razão pela qual existe o lado escuro. Está aí para nos dar a liberdade de escolher e para que possamos assumir a responsabilidade por nossas escolhas. Esta simples verdade fortalece-nos tanto quanto às unidades conscientes do Tudo-O-Que-É, que questiona a própria existência do «mal». Podem entender isso?

Vós, indivíduos dotados de livre-arbítrio, podem derivar poder da existência da escuridão escolhendo a Luz, o bem de todos, ou podem deixar que seu poder lhes seja arrebatado pela Escuridão, lhes entregando à sombra…, obedecendo, temendo e exaltando o ego (o eu pessoal/personalidade separado).

Quando integrarem este aspecto de sua existência, entenderão a natureza do conflito existente em suas vidas, e como podem resolvê-lo, vendo todos os seres como Um com vós.

Na destruição da Atlântida estiveram implicadas forças extraterrestres, e agora elas também confrontam o pagamento kármico de suas ações.

Entretanto, em muitos sentidos, ainda seguem em um estado de negação deste fato.

Aqui nos estamos referindo especificamente aos guerreiros Anunnaki de Nibiru, regentes de uma civilização subterrânea tecnologicamente avançada que existe em um planeta tridimensional que entra e sai de seu sistema solar a cada três mil e seiscentos anos.

Este planeta excêntrico, Nibiru, segue uma rota cíclica bastante pouco natural até os limites externos de Sírius e depois volta atravessando o escuro inverno galáctico até entrar novamente na órbita de seu sol. Atravessa o corpo de Ra (o sistema solar) durante um período aproximado de trinta anos e depois volta a sair rumo ao desconhecido…: uma fria viagem através do espaço profundo.

Para entender as ações dos Anunnakis devem antes, considerar o seu isolamento, porque eles são, em certo sentido, os «sem teto» da galáxia, e passam a maior parte de suas vidas longe da Luz e da calidez da Deidade Solar, habitando as cidades subterrâneas e as instalações militares do ser interno de Nibiru.

Sua sobrevivência depende de sua capacidade de procurar e armazenar recursos que lhes garantam a vida, que vão reunindo ao longo de seu trajeto pelos distintos sistemas solares para poder sobreviver à longa e escura viagem de sua nave solitária no universo material.

Estão em uma busca constante de energia, que obtêm fundamentalmente de minérios e minerais, e esta é uma das razões fundamentais que os levaram a extrair os tesouros do interior da Terra, que eles necessitam.

Também conseguem energia dos seus corpos emocionais, mentais e do ‘baixo astral’, porque ali existe uma fonte infinita de energia que alimenta os seus chakras inferiores, mitigando sua fome insaciável de mais poder e controle sobre sua própria existência.

Uma vez compreendido seu plano para administrar seus mais preciosos recursos, reconhecerão o paradoxo contido em sua destruição irracional da fonte que os alimenta… e a consequência kármica deste fato. Entenderão como eles se enredaram na mesma rede que lançaram ao redor do planeta Terra pela primeira vez.

Como moscas apanhadas em uma complexa teia-de-aranha, os primeiros Homo Sapiens se viram capturados na rede, dominados pelas freqüências eletromagnéticas dissonantes que os mestres-engenheiros Anunnakis  teceram apertadamente ao redor do corpo emocional de Gaia, de tal modo que a Deusa já não pudesse respirar na luz do Criador Primitivo.

Foi um momento de escuridão na Terra, um momento que estava em violenta oposição com o trabalho dos Anciãos que lhes tinham semeado, e agora sabemos que nós ajudamos a criá-lo, violando a soberania da Terra. Reconhecemos nossa parte e responsabilidade na luta entre as forças da luz e a escuridão na época de seus inícios, que estabeleceu a dinâmica de seu futuro…, seu «agora». É por isso que viemos ajudá-los. 

Muitos dos dons e capacidades que constituíam seu direito de nascimento como a super-raça originária das estrelas, lhes foram arrebatados e substituídos por mecanismos que atam e reprimem os pensamentos e emoções humanos, mantendo-os encerrados na terceira dimensão. Ao mesmo tempo, eles misturaram as freqüências de luz que conseguiam entrar no planeta para que vocês esquecessem que são os abençoados filhos das estrelas.

Até certo ponto foram eficazes. A nova raça do Homo Sapiens seguiu olhando as estrelas em busca de inspiração, mas seu acesso a elas lhes foi negado tal como determinaram os Anunnakis. A raça humana permaneceria isolada e ligada à Terra todo o tempo que eles pudessem contê-la em suas redes.
Ao começarem este estudo da agressão Anunnaki e sua eficaz manipulação da Terra, pedimos que recordem que a causa de sua conduta persistentemente auto centrada, que os impulsiona a tomar o que querem de vós, reside no fato deles se encontrarem isolados no espaço.

Eles estão ali fora, na noite sem sol, enquanto Nibiru transita ciclicamente de um sistema solar a outro, sendo observadores distantes de mundos nos quais podem misturar-se, mas aos que, em realidade, não podem pertencer. Em um ponto do contínuo espaço-tempo, tão distante de sua realidade que resulta indefinível para vós, produziu-se um grande intercâmbio cósmico em nosso sistema solar trino, composto por três ‘deidades solares’: Sothis, Satais e Anu (identificadas respectivamente por seus astrônomos como Sirius A, Sirius B e Sirius C).

Na época do cataclismo em nosso complexo corpo estelar, a ‘deidade Satais’ ascensionou, atravessando suas próprias camadas astrais para entrar em planos dimensionais mais elevados (um pouco muito similar ao que seu próprio sol, Ra, fará logo).

O que ficou atrás, no mundo da matéria era, em termos estelares, uma minúscula estrela anã de matéria superdensa que foi atraída finalmente a uma órbita elíptica ao redor de a estrela-irmã dominante, Sothis, como também foi o primo distante, Anu.

Ambos continuam criando alterações e interferências gravitacionais no corpo solar da grande estrela azul-branca Sothis (a Estrela Cão), que, como os astrônomos detectaram flutua e treme a causa do intercâmbio vibratório com suas irmãs maiores.

O colapso (ascensão) de Satais (Sirius B) – sua ascensão mais à frente do espaço material – causou uma monumental reação em cadeia ao longo de tudo o sistema de Sirius, estendendo-se pela constelação de estrelas que conhecem como Cão Maior e, indiretamente, seu sistema solar se viu envolvido na dinâmica de nossa evolução.

Por razões que são muito complexas de descrever, dada sua consciência da dinâmica celestial, Nibiru, o planeta mais remoto da órbita de Anu, saiu de sua órbita rotatória durante o processo, começando a navegar pelo espaço até que finalmente se viu apanhado pelo ‘puxão gravitacional’ de sua estrela, Ra (o nosso Sol).

Foi atraído ao seu sistema solar e depois saiu ricocheteando de volta para o espaço.

Outros corpos planetários que orbitavam em torno de Anu mantiveram suas órbitas, sobrevivendo à quebra de onda, enquanto que os planetas que orbitavam em torno de Satais (Sirius B) foram atraídos para o vórtice e absorvidos através dos feixes astrais, subindo com a Deidade para planos dimensionais superiores.
Esta colossal teoria do «bumerangue» e a idéia conseqüente de um planeta sem sol sobrevivendo no espaço pode lhes parecer totalmente descabelada tendo em conta seu atual entendimento da astrofísica, mas pedimos para que lembrem que vocês continuam observando o universo de uma perspectiva tridimensional; isto faz com que tudo tenha que encaixar com suas idéias fixas de como «funcionam» as coisas em sua realidade «terrestre».

Os movimentos de outros corpos celestes são tremendamente diferentes do que acredita-se nos observatórios do planeta Terra. 


Sua perspectiva é bastante míope, posto que ainda acreditam que seu mundo é o centro do universo, tal como seus antepassados acreditavam que a Terra era plana e que se podia chegar na sua beirada e cair ao vazio.

Graças ao descobrimento da física quântica, sua comunidade científica está redefinindo a compreensão humana da mecânica celeste e do espaço interno dos reinos subatômicos…, e as contradições das «leis» conhecidas da ciência atual muito provavelmente provocarão os descobrimentos científicos do amanhã.
Os cientistas mais adiantados do ‘poder’ já abriram caminho. De modo que alarguem um pouco suas mentes e sejam mais ousados. Deslizem pela zona das «possibilidades», onde seus conhecimentos, educação e convicções não rejeitem automaticamente novas perspectivas que operam no cosmos, tais como as que aqui declaramos, pois as conhecemos.
A dinâmica celeste de Sirius, combinada com os alinhamentos dos corpos celestes-chaves de sua galáxia e a entrada de Nibiru em seu sistema solar, foi em grande medida responsável pelos cataclismos ocorridos na Terra e em outros pontos de seu sistema solar, e atualmente seguem sendo catalisadores de mudanças dentro de sua grande família solar.
Devido ao trânsito contínuo do fugitivo Nibiru entre nós, estabelecemos ressonância com sua Deidade Solar e nos vinculamos com as forças de Ra (nosso sol) de modos que são significativos para nossa evolução mútua.
Recordamos-lhes que, de todos os corpos planetários do sistema solar de Ra, a Terra era o mais fascinante… especialmente para os Sirianos, cujos lares planetários exibem propriedades geofísicas muito similares às suas.

O planeta azul-verde era o último éden, rico em minerais e biodiversidade, e os Nibiruanos se sentiram atraídos para vós enquanto atravessavam seu sistema solar.

Logo se deram conta de que a Terra podia provê-los de seus abundantes recursos que já não podiam encontrar na superfície inabitável de seu planeta.

Evidentemente, fizeram seus planos para a Terra, acreditando que tinham encontrado um Novo Mundo para as futuras gerações de Nibiruanos, do mesmo modo que vós começastes a pensar em Marte para as suas.

Muitas outras civilizações extraterrestres se sentiram atraídas por Gaia.
Ao ser o chakra da comunicação de sua Deidade Solar, ela atraiu a inteligência do universo esperando engendrar uma raça superior de seres de luz conscientes.

Tenham em mente que nossos Anciãos intervieram de maneira fundamental no Grande Experimento que produziu a aparição do HomoSapiens na Terra… mas saibam que nossa conexão com vós começou muito antes no tempo, quando nossa Deidade, Satais atravessou sua faixa astral para experimentar a ascensão.

Nibiru, expulso de sua órbita e atraído para o campo magnético de Ra, finalmente se converteu em um mensageiro galáctico entre nossas duas Deidades Solares. Estas foram as verdadeiras origens do intercâmbio aberto entre nós e eles.
Portanto, em nossa exposição sobre os Nibiruanos devem recordar que, embora interferiram na Grande Obra dos Anciãos, fortaleceram nossa conexão convosco nos planos materiais, e os agradecemos por servir a este propósito.

Exilados de nosso sistema estelar, depositaram códigos Sirianos em muitas civilizações e antigos mundos, alguns dos quais ficaram registrados com a máxima clareza nos templos egípcios.

Observamos hoje que muitos vão em grande número  explorar a terra dos faraós e experimentamos seus cambiantes corpos emocionais conectando-nos convosco nesses lugares.

Isto é o que queríamos, pois as grandes obras dessa antiga civilização contêm os dados de sua verdadeira história, do mesmo modo que contêm a história de seu futuro.

Ali se encontram códigos Sirianos hexadimensionais (seis dimensões), canais Pleidianos pentadimensionais, e registros de frequências Nibiruanos.

Embora haja muitos outros pontos de convergência sobre seu planeta e dentro dele, o Egito continua sendo a biblioteca multidimensional mais elaborada a que atualmente se pode ter acesso nos campos tridimensionais da memória terrestre.

Seus guias e videntes estão começando a decifrar as mensagens que os ajudarão nesta etapa de sua busca do Conhecimento.
Os registros de Sirius procedem do não-tempo, posto que nós existimos além das limitações do tempo linear, de modo que o «futuro» está escrito do mesmo modo que o está o seu “passado”.

Vossa compreensão do não-tempo será essencial para decifrar os códigos.

Produziram-se alguns progressos; em muitas das representações hieroglíficas dos deuses e deusas egípcios reconhecestes o funcionamento celestial do universo. A história, o cosmos da alma universal, está oculta nas vestimentas dos ‘neter’ (deidades egípcias); durante séculos decifrastes que as deidades retratadas nas tumbas e templos são em realidade representações de seres celestes e acontecimentos tal como eram entendidos naquele tempo.

Os Nibiruanos tiveram um papel determinante, contribuindo com essa civilização com o conhecimento tecnológico necessário para construir os grandes monumentos e construções extraterrestres – (ver: ARQUITETURA ANUNNAKI) prova de sua passagem entre vós-, enquanto que nós entramos nessa realidade através de outros níveis.

Eles também criaram ali estruturas de controle, geraram freqüências eletromagnéticas vibratórias inferiores e impuseram sistemas de crenças, enquanto que as energias de Sirius e das Plêiades tratavam de expandir e acelerar a consciência egípcia.

Nunca antes, nem sequer na Atlântida, produziu-se uma impressão semelhante no psiquismo coletivo humano.
À medida que sentem e interiorizam os códigos vibratórios nos templos egípcios, que cobrem uma ampla variedade de emoções e cambiantes estados de consciência, recordem que nem tudo é luz nos campos faraônicos.
Os antigos dispositivos de controle Nibiruanos continuam operando ali, e devem prestar atenção para que eles não os desequilibrem.
Eles eram os mestres das freqüências de controle e deixaram suas marcas nessas terras sabendo, como nós, que elas lhes abririam caminho até as salas de dados.

Os dispositivos mais fortes se acham no templo de Kom Ombo, junto ao Nilo; não obstante, têm muito a ganhar entrando nesses campos e elevando sua vibração para receber o conhecimento ali codificado. Existem muitas camadas, muitos níveis para atravessar e processar em seu percurso, e quererão sintonizar com os níveis superiores.

Templo de Kom Ombo 

Os Anunnakis seguem operando nesses reinos mediante as tecnologias de pulsação eletromagnética, de impressão etérica e de imagens holográficas. Portanto, assegurem-se de levar o amor incondicional do Espírito a esses locais, e recordem que suas vibrações permanecem nos éteres. Além disso, considerem que as freqüências que experimentam deixam sua estampagem em seus campos áuricos.

A partir de agora, cada vez lhes vai ser mais necessário envolver-se na luz e criar escudos protetores a seu redor quando lhes aproximarem de qualquer lugar sagrado, vórtice energético ou estado alterado de consciência.
O que é significativo em nossa exposição sobre os Anunnakis é que a volta cíclica de seu planeta a seu sistema coincide com períodos de grande instabilidade e mudanças monumentais na Terra. 
As visitas dos Anunnakis marcaram os seguintes momentos-chave da história de seu sistema solar:

Há 450 000 AC.: os Nibiruanos visitaram a Terra pela primeira vez, voltando após os intervalos regulares, aproximadamente a cada 3600 anos.

97 200 AC.: os  Anunnakis  intervêm no Grande Experimento – a semeadura do Homo Sapiens.

32 400 AC.: a entrada de Nibiru em seu sistema solar coincide com outros acontecimentos celestes que provocam a mudança do eixo da Terra iniciando assim a sua Era Glacial mais recente.

28 800 AC.: termina o segundo ciclo da Atlântida com a glaciação do continente.

25 200 AC.: os Anunnakis estabelecem bases militares em Marte.

21 600 AC.: os Anunnakis criam estações de trânsito na Lua.

18 000 AC.: os primeiros assentamentos Anunnakis na Terra situados na África estabelecem colônias para extrair minerais e metais preciosos.

14 400 AC.: os Anunnakis aterrissam na Atlântida, o que coincide com o princípio da oposição na classe sacerdotal (governantes).

10 800 AC.: a Atlântida desaparece sob o mar.

7200 AC.: os Anunnakis aparecem na Mesopotâmia, intervindo na civilização suméria.

3600 AC.: os Anunnakis intervêm no Egito, uma civilização estabelecida mediante a intervenção direta de Emissários de Luz de Sirius e das Plêiades.

TEMPO ZERO: o tempo do aparecimento do Cristo.
Calculando os ciclos de 3600 anos, está claro que a volta do planeta solitário a seu sistema solar não está programada para coincidir com a data do calendário maia de 21 de dezembro de 2012 DC. Isso é particularmente significativo para o desdobramento de acontecimentos cósmicos que ocorrerão nesse ponto projetado do contínuo espaço-tempo, e devastador para os Nibiruanos. 
Tal como ocorreu antes com o colapso (ascensão) de Satais, todos os corpos celestes que estejam na órbita da estrela ascendente serão arrastados através do buraco negro para uma dimensão superior. Nibiru, não obstante, estará lá fora, no inverno galáctico, em algum ponto remoto no meio do caminho entre o sistema estelar de Sirius e o seu – nem o suficientemente perto para ser atraído por vós nem  bastante próximo a Sirius para orbitar em nosso sistema.


Eles estão com medo, estão preocupados e procuram desesperadamente uma solução.
Os Anunnakis são muito conscientes do que sua tecnologia gerou sobre a Terra, porque não esqueceram o afundamento da Atlântida e o desaparecimento de grande quantidade de vidas humanas e de outros seres vivos que aconteceu em muitos pontos do globo. Tampouco esqueceram que devastaram a atmosfera marciana, e que seu saque do planeta produziu a destruição de seu campo áurico… tal como estão destruindo seu ozônio e as camadas mais altas de sua atmosfera.
Eles foram os construtores da antiga cidade descoberta pelo perito Richard Hoagland ao revelar algumas fotos de Marte tomadas pela NASA. (ver: A HISTÓRIA DA HUMANIDADE – Parte 6)

Para muitos de vós, estas surpreendentes imagens são a prova irrefutável de que existe vida inteligente além de suas fronteiras. Apesar da Agência Espacial insistir em que o «rosto»  na superfície marciana não é mais que uma ilusão óptica, a Esfinge Nibiruana está ali, tão real e imponente como a grande leoa de Gizé, e igualmente misteriosa.

Por desgraça, seu saque dos recursos de Marte e sua desatenção ao seu meio ambiente produziu uma destruição quase total dos campos energéticos que sustentavam a vida na superfície do planeta. E, com certeza, não aprenderam nada.

Sob o governo Anunnaki imposto, a Terra também está a ponto de perder sua atmosfera, tal como o estão comprovando com os buracos na camada de ozônio e a drástica alteração da ionosfera.

Nas calotas polares estão observando o desprendimento de blocos de gelo que começaram a navegar pelos por oceanos, e isto, conforme entendem, só podem conduzir a novas inundações e alterações ecológicas.

“Eles” (Illuminatis) lhes dizem que não há provas de que se esteja produzindo um aquecimento global.

Nós lhes dizemos que o esgotamento do ozônio – o «sistema de apoio para a vida na Terra» – está ocorrendo com muito mais rapidez do que conseguem perceber, e que não se está procurando por soluções efetivas para remediar a crise.

O que é pior, as últimas tecnologias que envolvem o aquecimento deliberado da ionosfera, junto com a proliferação de satélites impulsionados por energia nuclear orbitando ao redor do planeta, estão acelerando o processo de desintegração atmosférica.
Vocês já perguntaram por que os líderes de seu mundo se negam a abordar os problemas do meio-ambiente com seriedade, considerando o desastre iminente que espera ao planeta Terra? 
Procurem nesta explicação a resposta do por que se frustram suas petições de resolução ecológica aos governos que lhes regem: isso não interessa aos senhores Illuminatis. 

Sua intenção é tomar tudo o que possam de vós e preparar sua própria salvação diante o que está a ponto de ocorrer no Sol, cujo impacto se estenderá por toda a galáxia.

Reduzir a voracidade do saque de seus recursos vitais em nome do meio ambiente e a vida de Gaia simplesmente não faz parte de os planos dos Illuminatis.

Nunca fez.

Por desgraça, sua consciência egoísta, seus sentimentos de isolamento e a fria escuridão de suas intermináveis rondas espaciais só lhes permite cuidar de seus interesses e cuidar de seus próprios problemas.
Há mais de 450 000 anos, em seu curso através de seu sistema solar, Nibiru passou muito perto da Terra. Da sua visão galáctica, os Anunnakis observaram o planeta azul-verde e, de maneira não muito diferente de Colombo, seu heróico explorador, decidiram que eles também tinham «descoberto» um Novo Mundo.

Decidiram reclamar a Terra para eles e considerá-la sua propriedade. Quando Nibiru se aproximou o suficiente para realizar uma sondagem em grande escala do planeta, os Anunnaki entraram em suas «grandes naves» e se aproximaram para olhar mais de perto, surpreendendo-se ao encontrar um planeta remoto e subdesenvolvido, cheio de espécies vegetais e animais, mas sem sinais visíveis de uma civilização inteligente.

Isto, para seres de um sistema estelar muito mais antigo como Sirius, foi um descobrimento revolucionário. Sabendo que o universo transborda de vida inteligente, para eles era novidade que um planeta com tantos e tão ricos recursos ainda não estivesse habitado por uma espécie inteligente, superior aos  animais encontrados durante suas primeiras missões exploratórias.
Deixaram o planeta Terra entregue a seu processo evolutivo natural com a esperança de ver grandes saltos em seu progresso cada vez que voltassem para seu sistema solar, porque sabiam que algum dia necessitariam de ‘formas de vida’ inteligentes que produzissem energia para eles.

Para os Anunnakis, a Terra era agora sua propriedade privada, e tinham intenção de explorá-la fiscalizando seu progresso de vez em quando, processo que era facilitado por seu novo curso pelo universo tridimensional.

Com cada entrada cíclica no corpo de Ra (seu sistema solar), os Nibiruanos descobriram mais coisas sobre os planetas que acompanhavam a Terra em sua órbita ao redor do Sol. Como no caso de Marte, investigaram e colonizaram outros corpos celestes do sistema solar, mas vocês foram sempre o alvo de seu interesse, porque a Terra era o planeta mais apetecível.

Observaram Gaia, e estudaram a flora e a fauna de suas vastas terras virgens. Como cientistas curiosos, intervieram ocasionalmente no processo da Terra com tecnologias que pertenciam a seu futuro, alterando o progresso geral das formas de vida que abundavam nessa etapa, para que elas se encaixassem com suas necessidades futuras.

Em um momento muito posterior, num de seus numerosos retornos aos longínquos limites de nosso corpo estelar, ouviram falar do Grande Experimento que se estava planejando para Gaia e se zangaram. Acreditaram que estávamos ‘invadindo’ seus domínios, porque eles tinham suas próprias idéias respeito de como intervir geneticamente em seu planeta. Planejavam mesclar sua própria semente com a do primitivo Homo Erectus para criar uma força bruta inteligente capaz de trabalhar nas minas da Terra para eles.
Seus primeiros experimentos tinham sido promissores. Quando suas sentinelas tiveram notícias de que o novo Homo Sapiens, a super-raça de seres de luz, tinha sido semeado com êxito, decidiram que a única maneira que tinham de reter o controle de sua ‘propriedade’ era sabotar a nova raça humana, para que nós retirássemos nossa atenção do planeta Terra para sempre.

É possível que lhes surpreenda ouvir que as primeiras abduções por parte de extraterrestres ocorreram há cem mil anos, quando as equipes de Anunnakis descenderam sobre a Terra e ‘retalharam’ seu DNA, desativando dez das doze fitas que faziam parte de sua constituição original: seu código de luz.

Eles lhes despojaram de seu imenso potencial, deixando-lhes apenas o necessário para sua sobrevivência como raça, e para serem os futuros ‘súditos’ (trabalhadores escravos) do governo Anunnaki.

Suas intenções para com o seu planeta não permitiram que uma super-raça de seres multidimensionais alterasse seus planos de uma eventual conquista do planeta.

Obviamente, eles sabiam que quem lhes tinha dado a luz estavam, em certo sentido, atendendo sua incubação no quente ninho da luz de Gaia.
Naqueles pacíficos dias do aparecimento do Homo sapiens, os Seres de Luz do universo estavam enfocados em vós, celebrando seu futuro como os novos guardiões do sistema solar onde residem, porque seu destino era alcançar a grandeza tanto dentro de seu reino, como além de seus limites.
Eles, os Anunnakis, sabiam que reagiríamos ao seu ato invasivo – a sabotagem do Grande Experimento -, por isso resolveram agir rapidamente.
Quando os biomanipuladores genéticos completaram sua missão, seus engenheiros lançaram uma ‘rede’ ao redor do planeta, um imenso campo de força que criou ondas de freqüência tão dissonantes que, de fato, fomos incapazes de conseguir ressonar com vós. Embora com o tempo pudéssemos ajustar nossa freqüência para atravessar seu campo debilitado e chegar até  vós, a trama continua rodeando seu mundo e ainda continua lhes infestando. Isso causou uma grande alteração na Terra, em muitos dos seus níveis… particularmente nos próprios vórtices eletromagnéticos de Gaia.
Por sorte, como compreenderão em lições futuras, a aceleração produzida pela ascensão de sua Deidade Solar causa tal alteração nesta rede de freqüência que finalmente ela está a ponto de romper-se, liberando a todos os seres terráqueos de sua sujeição aos Anunnakis. Isto é necessário e parte natural de sua evolução neste momento de transmutação e lhes fará sair da terceira dimensão.
Cabe perguntar-se, por que os Anunnakis cometeram esse ato tão violento contra as terras virgens e os seres da Terra? 
Simplesmente estavam ressentidos com vocês… e isto não mudou, apesar de todas suas maquinações ao contrário. Para os Anunnakis de Nibiru vocês são «os filhos favoritos» do universo – a raça especial -, aqueles a quem foi dado tudo, enquanto que eles, os esquecidos, têm que tomar o que podem para sobreviver. Vós conhecestes o Jardim do Éden e o brilho do Sol, e embora eles sejam, em muitos sentidos, responsáveis por suas atitudes destrutivas na gestão dos recursos terráqueos, não podem lhes perdoar sua indiferença ante tanta abundância.
Este é o paradoxo. Eles acreditam que podem tomar o que quiserem de vocês. E assim, evidentemente, o fizeram durante milênios, sem que a maior parte de seu mundo sequer percebesse.

Enquanto os senhores  Anunnakis  de Nibiru confrontam seu destino, seus descendentes – a elite de poder da Terra – (os governantes das grandes potências) está planejando febrilmente sua própria salvação.

Atualmente preparam a Lua para uma invasão em grande escala porque, segundo seus informantes (os técnicos ‘greys’), toda forma de vida logo desaparecerá da face da Terra quando esta atravesse o ‘túnel do renascimento’ de Ra (o cinturão de fótons – NT).

Eles acreditam que a Lua, ainda relativamente pouco alterada e livre das freqüências caóticas da Terra, será um investimento mais seguro para seu trânsito.

Sabendo o que eles e seus descendentes/representantes (a elite do poder atual) estão criando dentro dos corpos mentais, emocionais e físicos da raça humana, e conscientes do que têm feito a Gaia, dão por definitivo que nada sobre a superfície de a Terra sobreviverá à mudança. 
Para os de intenção escura poderia parecer que vai ser assim, porque se enfocam no que não vai bem para vocês e seu mundo. Acostumados à escuridão, sentem-se atraídos por seu lôbrego reflexo; em realidade o que vêem é um espelho do que criaram anteriormente para si mesmos… quando Sirius B ascendeu e eles foram enviados a dar voltas na escuridão da noite galáctica.
Queremos esclarecer que, quando nos referimos aos  Anunnakis, estamos falando das forças escuras de Nibiru – os guerreiros de Anu – mas queremos que tenham em conta que ali estão operando tanto as forças escuras como as luminosas. Existem muitas freqüências vibratórias, muitos níveis de consciência diferentes sobre esse planeta.
Não estamos tentando montar uma campanha contra os Nibiruanos porque entendemos as razões de sua inveja e de sua ira, e lhes temos simpatia.
Sentimos compaixão pelos que escolheram permanecer nas sombras escuras.
As decisões que tomaram livremente como raça os ataram a um padrão kármico cuja evolução espiritual é incrivelmente lenta.

Mas, como lhes havemos dito, todos os seres conscientes levam consigo a faísca do Criador Primeiro. Em Nibiru também há mães e cuidadores, que temem e tremem nas horas escuras de sua viagem, e eles, do mesmo modo, também fazem parte do Tudo-O-Que-É: não são menos que vós, nem menos que nós.

Se querem sair de seu sofrimento, não devem esquecer nunca que todos somos expressões do Divino: faíscas do Criador. Nunca devem fechar seu centro cardíaco, esquecendo de perdoar ao outro, porque cada um tem seus próprios planos para obter o crescimento e o despertar; cada um apresenta um ritmo e uma expressão.

O caminho dos  Anunnakis  e seus seguidores não é o caminho da luz, mas lhes recordamos que, agora mais que nunca, se necessita o brilho de seu amor e compaixão por todos os seres querem elevar as freqüências de seu mundo.

Todas suas Nêmeses – os fantasmas e os escuros – estão em algum ponto do caminho que os conduz de volta ao Lar. É transcendental que reconheçam esta verdade espiritual agora que estão descobrindo as verdadeiras intenções da elite governante e o que eles lhes fizeram no passado.

É importante que entendam o que não deu certo na Atlântida, (vocês estão repetindo a história…) e agora é essencial que se preparem para recuperar seu poder e se liberarem.
Não há lugar para o medo. Não há lugar para a fúria. Estas emoções escuras só lhes põem em ressonância com as vibrações Anunnakis  mais baixas. Podem ver como vocês os atraem para vós?

Reconhecendo suas pautas emocionais, poderão entender como eles se movem em seus corpos emocionais e mentais, e como drenam suas energias.

Serão capazes de ver como conseguiram aprisionar a Terra durante tantos milhares de anos.

Agora os controles estão se debilitando, a trama original se desintegra rapidamente, e, em seu pânico, eles estão olhando para a Lua em busca de soluções imediatas, e mais à frente, para Marte, como lugar «permanente».
Naturalmente, vocês nunca tiveram um momento melhor para se livrarem de seu controle.

Como sua atenção se desvia da Terra, vós, os trabalhadores da luz de Gaia, são mais livres para concentrarem suas forças e em elevar a freqüência até um nível no qual eles já não possam lhes alcançar e, ao fazê-lo, a luz da totalidade da Gaia brilhará com mais intensidade.

Terão que «desligar» alguns dos mecanismos de controle e baixar a intensidade de outros se querem ter êxito neste esforço em grande escala. Devem se liberar de suas redes, ao mesmo tempo em que empurram as ‘massas’ para cima, tirando-as das águas profundas.
Não será suficiente sustentar a sabedoria e abrir o caminho de sua própria edificação, desapegando-se… como eremitas em cavernas. A era do seu isolamento terminou. Agora se necessita todo o coração e todo o vigor da humanidade. Este é um tempo para a união.

A bem da justiça devemos reconhecer que as intenções dos Nibiruanos não foram unicamente escuras e controladoras. Eles participaram de muitas maneiras na evolução de sua raça, trazendo-lhes antigos conhecimentos impensáveis da galáxia, avanços tecnológicos que estavam anos luz a frente do seu tempo, e uma consciência «assombrosamente» afiada dos recursos minerais que tinham à sua disposição. Contribuíram com seu mundo moderno com muitas tecnologias que, em certo sentido, serviram para o melhoramento de seu planeta. E, como dissemos antes, aproximou-nos de vocês, posto que serviram como mensageiros cósmicos entre Sirius e Ra(os dois Sóis)  durante centenas de milhares de anos terráqueos.
Não obstante, as «contribuições» Anunnakis  foram ‘condicionadas’. Hão sido repartidas com a raça humana porque isso fazia parte da sua ‘receita’ para conseguir o domínio global. Agora podem entender como enganaram aos antigos.
Poderiam ter esperado tal conduta dos «deuses»? 
Naqueles dias inocentes da Atlântida idílica, poderiam ter imaginado os sacerdotes quanto estavam dando de presente? Poderiam ter sabido que a força escura devastaria o espírito humano, enviando seu mundo para um cataclismo de semelhante magnitude?
E sobre o futuro da Atlântida, poderiam ter previsto as conseqüências kármicas de sua subordinação aos senhores Anunnakis: a desordem social, o conflito mental e emocional, a enfermidade e a alteração do mundo do futuro? Considerando sua consciência altamente desenvolvida, não poderiam ter impedido que os enganasse e os explorasse?

No momento da intervenção direta dos  Anunnakis  no terceiro ciclo da Atlântida (em torno de 14 400 AC), alguns dos sacerdotes, satisfeitos com o estilo de vida elitista que tinham ganhado como líderes espirituais da Terra, começaram sentir necessidade de ter novos estímulos emocionais e mentais.

Tinham herdado muito conhecimento das primeiras civilizações e da sabedoria inata das antigas sacerdotisas.

Muitos eram descendentes dos «Guardiães dos Cristais».

Todos os iniciados aprendiam os ensinamentos dos Anciãos e mantinham atualizadas as suas compreensões multidimensionais das propriedades dos cristais e minerais – a base de sua tecnologia moderna atual – o que os levou a alcançar e ultrapassar níveis de desenvolvimento muito similares aos que vocês estão tendo só agora.

Na metade do terceiro ciclo, tinham desenvolvido seu conhecimento a tal ponto que eram capazes de iluminar todo o continente com geradores alimentados por cristais.

Tinham criado veículos que se deslocavam pelo mar e pelo ar, trabalhavam com a energia solar e estavam dedicando seus esforços para canalizar a força da mente coletiva para fazer funcionar boa parte de sua tecnologia.

Aqueciam seus lares com energia solar e processavam seu lixo em centros de reciclagem para que nada alterasse o meio ambiente de suas idílicas terras.

Eles, os Supremos Sacerdotes de Atlântida, no inicio utilizaram seu conhecimento para o bem do povo, conservando esse respeito ancestral pelo hábitat em que viviam e prosperavam.

Então, o que é que deu errado? 
Compreendam que nessa fase de seu desenvolvimento social em que a humanidade desenvolve suas capacidades e dá o grande salto antropológico destinado a «conquistar» os elementos, as energias que operam são predominantemente de vibração yang…; é um tempo de avançar.

Isto ativa de maneira especial a parte masculina da espécie porque, por assim dizê-lo, faz com que flua a testosterona. Uma vez que os líderes de uma civilização alcançam o ponto mais alto, quando já não resta mais nada que conquistar, além de conquistarem-se uns aos outros, observa-se o declínio da civilização, que destroçará suas criações e se destruirá a si mesma para poder renascer e reconstruir-se novamente.

Este é o caminho que segue a vida não só sobre a Terra, mas também em muitos lugares do espaço ‘material’. Nas ultimas horas de seu desaparecimento nas águas do mar e de sua aniquilação auto imposta, a civilização da Atlântida retorna uma vez mais às energias nutritivas e curativas da vibração yin, e o ciclo volta a começar.
A civilização de Nibiru é a exceção deste paradigma porque, em sua luta desesperada para sobreviver, ainda não alcançou seu ponto áureo. Os Nibiruanos estão tão obcecados em manter sua superioridade racial dentro de qualquer dos dois sistemas solares, (o da Terra e o de Sirius) que, para eles, o pêndulo ainda tem que seguir oscilando.

A própria natureza do planeta em que vivem é a força impulsora e agressiva, porque não possui sol onde refletir-se…, só vislumbre de luz, e, portanto essa sua agressividade tornou-se a força predominante em toda a raça. Isto pode ajudar vocês a entender por que o instinto de sobrevivência os leva a lhes dominar.

Os ‘senhores Anunnakis’ hiperativaram os ‘chakras de poder’ e a consciência egóica (personalidade) dos sacerdotes, estimulando e alimentando sua inquietação até que uma freqüência dissonante logo começou a criar desarmonia dentro da classe sacerdotal governante.

Enquanto os Seres de Luz observavam a chegada dos Anunnakis com cautela, alguns membros da classe sacerdotal estavam sendo treinados secretamente em novas tecnologias que foram apresentadas inicialmente como «presentes» para a humanidade.

Entretanto, o que em realidade se estava oferecendo aos sacerdotes corrompidos já eram os ‘sinais distintivos’ da Nova Ordem Mundial (que hoje tenta lançar definitivamente suas bases na Terra 3D).

Eles, os sacerdotes desta ‘Nova Ordem’, prepararam o caminho para a instauração do sacerdócio (governo) escuro atual.
Incitados pelos  Anunnakis, os sacerdotes decidiram dominar seus antigos irmãos e a todos os povos que habitavam seus  domínios, chegando a acreditar que deviam estender sua influência além dos mares. (encontram semelhança com algum país atual?…)
Em muito pouco tempo ultrapassaram suas fronteiras, sempre tratando de incrementar sua influência e de monopolizar os recursos de outras civilizações. Quanto mais adoravam os ‘deuses’ Anunnakis , mais conhecimento lhes era outorgado… conhecimento destinado a ajudá-los a conseguir o domínio total do mundo sob governo Anunnaki.
Isso não parece familiar?…  

Tal ambição não deixava lugar para a complacência e o bem-estar emocional característicos da maior parte da população atlante daquele tempo. A criação e educação da nova raça estavam apoiadas por um preceito fundamental: deviam converter-se em governantes onipotentes, e para isso lhes seria ensinado desde o nascimento a querer mais, impulsionando-os assim a tomar mais.

Os preceptores Anunnakis lhes ensinavam tecnologias de controle mental que tinham de implantar-se na cultura, formando assim uma civilização treinada durante milênios para controlar o pensamento humano. Para tanto empregaram os geradores de cristal e os espalharam por boa parte do continente. (já repararam como há ‘torres’ para os celulares em quase todo lugar do mundo, atualmente?). 

Era, em essência, uma geração que se encontrava amadurecida para ‘dominar’, e os Anunnakis estavam famintos de poder, depois de seu longo trânsito pela escura noite galáctica.

Fariam uso das energias coletivas para favorecer seus planos e manipular aos ‘sacerdotes’ (hoje, a elite do poder) escuros através de seus centros de poder.

Apropriar-se-iam da raça Humana.
Foram estas energias egoístas predominantes do “sacerdócio escuro” (os governantes) e, como descreveremos em canalizações posteriores, a equipe de alquimistas criada pelos Anunnakis os diretamente responsáveis por desatar a fúria de Gaia. (terremotos, erupções vulcânicas, inundações, furações…)
Apesar dos enormes esforços dos trabalhadores da luz atlantes para elevar a vibração, a consciência das massas (o povão, como sempre…) caiu na resignação, no servilismo, no vitimismo e no desespero. A ‘luz’ da classe sacerdotal começou a desvanecer-se, estabelecendo um ponto de inflexão no destino dos atlantes e no das futuras sociedades do planeta Terra.

O perverso abuso dos sacerdotes escuros e sua manipulação irresponsável das freqüências e vibrações alteraram os quatro elementos de seu planeta a tal ponto que os mares se elevaram, as massas de terra se abriram e os vulcões eclodiram, e os céus ficaram enegrecidos pela sombra do pó vulcânico.

Tal como a fria morte de um inverno nuclear, tudo ficou em silencio sobre a face da Terra, um planeta envolvido em nuvens e escuridão.

As chuvas eram incessantes, constantes e violentas, porque o equilíbrio natural de Gaia tinha sido destruído pela ‘magia’ pervertida dos governantes escuros, e só a purificação e a renovação total restaurariam o fluxo – a essência de vida – a seu ser.

Fonte: http://www.comandoestelar.locaweb.com.br/

http://despertardegaia.blogspot.com/

ALERTAS PLEIADIANOS – Mira e Sananda

Mensagem de Mira, das Plêiades, e Sananda 

Como canalizado através de Fran Zepeda – 2012

Saudações, Trabalhadores da Luz e todos os Seres de Luz.

Apresentamo-nos hoje, novamente juntos como uma equipe, para lhes trazer mais assistência em seu processo de Ascensão.

Agora vocês estão sentindo e percebendo muitas mudanças e muitas sensações que somente podem ser descritas como uma leveza, um conhecimento e uma expansão.

Vocês podem sentir formigamento e sensações em seus chakras ao redor da cabeça.

Elas podem ainda provocar dor de cabeça ou sensação de pressão, mas saber que isto é parte do seu processo de ascensão os ajudará a tolerar melhor.

Seu DNA recebeu muito trabalho durante esses dias e semanas passadas.
As antigas conexões que estavam latentes estão em reconexão e ativação.
Lembranças também vêm à tona.
Sua visão interior é expandida e revitalizada.
Vocês estão se tornando Seres Galácticos no sentido de que estão se conscientizando de que vocês são Um conosco.
A sensação de nebulosidade de nossa conexão está diminuindo.

Experimentem seus novos Corpos de Luz mais e mais no seu dia.

Quando olharem para as coisas, vejam-nas a partir de sua visão expandida.
Vejam-nas pelas Auras externas delas.
Sintam-se mais confortáveis com isto.

Agora a Alegria de estar no Agora começa a motivá-los a estar mais nele.
Avaliar as experiências de seu mundo de dualidade está se tornando mais uma curiosidade e uma visão a partir da perspectiva de muitos aspectos novos de sua experiência com ele.
Com isto queremos dizer que vocês estão começando a ver a natureza holográfica dele. Permitam isto.
Isto ajudará no seu processo de Ascensão.

Estejam nessa Alegria o tempo todo e embarquem em suas experiências com olhos novos, igual a um recém-nascido quando acaba de entrar em seu Mundo novo depois de permanecer no Útero.
Há muitas maravilhas novas para os recém-nascidos explorarem.
Vivam seus dias com esta atitude, como se tudo fosse novo e aceitem tudo, até todas as novas sensações de centelhas de luz ao seu redor e as mudanças de percepção.

Amados velhos amigos da Luz, vocês estão começando a ver o nosso Mundo, em que nós operados.
Estamos tão perto de vocês.
Vocês nos sentem?
Vocês nos ouvem?
Vocês nos aceitam?
Sintam nosso Amor e o nosso desejo intenso de estar reunidos com vocês.

Ao redor de todo o Mundo, mais estão despertando e eles têm relances do Novo Mundo. Ele está a um sussurro de distância, a um relance de distância.
Somente precisa de umas manobras em sua perspectiva.
Uma ligeira virada para a esquerda ou direita em seu mundo produz uma visão totalmente diferente de alguma coisa.

Assim é no Reino Multidimensional para que vocês estão se abrindo e na Quinta Densidade para que vocês e a Terra estão retornando: uma ligeira mudança de perspectiva, de abertura para o desconhecido colorir seu Mundo inteiramente diferente.

Por favor, levem estas noções para sua consciência e permitam que elas se assentem e sejam analisadas nela.

Vocês estão bem em seu caminho para a Ascensão, Queridos.

Voltaremos com mais “alimento para o pensamento”.
Até lá, saibam que nós estamos sempre a seu serviço.

Mira do Alto Conselho Pleiadiano e Sananda.

Obrigada, Mira e Sananda.
Fran Zepeda

Fonte: http://www.franhealing.com/Current-Channelled-Message.html
http://despertardegaia.blogspot.com/

O AÇÚCAR E A MORTE

PURO, BRANCO E MORTAL 
Ele é talvez o maior criminoso de nossos tempos, já que nos rouba a energia e a alegria, leva-nos a cometer atos criminosos de raiva e ódio insopitáveis, devido ao desequilíbrio metabólico, invalida-nos com úlceras e infecções, estraga-nos os dentes e contribui para a nossa morte por meio de diabetes, hipertensão e doenças cardíacas. 
O vício do açúcar é talvez o mais comum, até mesmo mais do que o alcoolismo. 
Infelizmente o açúcar está em quase tudo… só que não sabemos em que quantidade… 
Creio ser de importância capital saber quanto açúcar ingerimos. Nós nem percebemos , mas eles são responsáveis por ¼ de nosso consumo diário de calorias. Para reduzir o açúcar, pode-se substituí-lo por adoçantes naturais, em cafés, chás e sucos, mas o ideal seria cortá-lo de vez em nossa vida. 
Também é preciso ficar atento aos alimentos salgados industrializados. A grande maioria leva açúcar. Por isso, adote o hábito de verificar , nas embalagens , os ingredientes que compõem catchups, maioneses, temperos para salada, biscoitos, pães. 
Veja também se há algum elemento terminado em “ose” , como sacarose ou frutose. Todos contém açúcar. 
Existe tanto açúcar oculto que nós , provavelmente, chegamos a consumir 40 quilos por ano, á nossa revelia. No último censo, nos Estados Unidos, os fabricantes de alimentos usaram cerca de 6 bilhões de quilos de açúcar por ano, somente como aditivo: um ingrediente dietético adicional, que não tem qualquer valor nutritivo a não ser as calorias. 
O açúcar em excesso pode estragar os dentes, envelhecer , fazer engordar, irritar o trato digestivo, causar diabetes, alta pressão arterial, úlceras, problemas cardíacos, afecções na pele, dores de cabeça, alergias, fadiga, depressão, hipoglicemia, ao mesmo tempo em que diminui a presença das vitaminas e sais minerais essenciais ao organismo.. 
Os estudos mais cuidadosos mostram que as vítimas de doenças cardíacas consomem muito açúcar. A  epidemia de arteriosclerose e doenças cardíacas continua a aumentar em escala mundial, em proporção aproximada ao consumo de açúcar.
Quando o consumo do açúcar ou outro carboidrato refinado aumenta fora de propósito, em qualquer cultura, surge logo o mesmo padrão de moléstias como diabetes, obesidade, trombose coronária, pedras na vesícula, úlcera péptica, diverticulose, varizes, hemorróidas, cáries dentárias e, em parte, câncer do cólon, hipertensão, hérnia e gota. 
O  AÇÚCAR E A MORTE. 
Os países que mais consomem açúcar são também os que registram um maior número de mortes devidas a moléstias cardíacas. 
Na Iugoslávia  o consumo de açúcar subiu  quase três por um e o mesmo aconteceu com o índice de morte, que triplicou. E assim são em quase todos os países, sempre que há aumento no consumo de açúcar o número de morte sobe na mesma proporção. 
Provas como essas , que continuam aumentando, mostram certamente os efeitos devastadores que o açúcar pode exercer na sua saúde e na saúde de seus filhos. 
No entanto , haverá quem diga que isso são apenas correlações estatísticas.   
OS ESTUDOS EM ANIMAIS CONFIRMAM TUDO ISSO. 
Já em 1924 o Dr. A Gigon mostrou com experiências espetaculares que, adicionando grandes porções de açúcar a uma dieta considerada boa, logo surgiam doenças e mortes em muitas espécies de animais. Desde então e até hoje, essas experiências  continuam mostrando os mesmos resultados. 
Os relatórios médicos mostram os seguintes efeitos:  o açúcar encurta a vida animal em uma quarta parte; reduz o índice de crescimento; aumenta os depósitos de gorduras; e aumenta a concentração no sangue de colesterol, triglicerídeos, insulina, corticosteróides  e hidrocortisona. 
Reduz a tolerância à glicose  e com isso produz o diabete; aumenta o tamanho do fígado e dos rins com transformações em suas células; causa pedra na vesícula, arruína os dentes e produz arteriosclerose. Produz também perturbações nas plaquetas do sangue; transforma as atividades de várias enzimas; aumenta a acidez do suco gástrico; leva à deficiência de vitamina B ; causa cegueira , distúrbios renais e esterilidade, bloqueando os capilares que irrigam os órgãos vitais. 
Já em 1972 uma convenção científica internacional, na Alemanha Ocidental, a que compareceram autoridades mundiais em diabetes, obesidade, metabolismo e arteriosclerose, recomendou oficialmente que as pessoas deixassem de ingerir açúcar. 
CURIOSIDADE: Cada indivíduo consome diariamente 300 grs.  de açúcar , podendo um homem comum consumir até 10 kg de açúcar mensalmente.       


VAI UM DOCINHO AÍ ?

VERMES NA CARNE DE PORCO

Veja este vídeo e comprove por você mesmo o quanto esta carne faz mal ao nosso corpo físico e ao nosso espírito.

Além de abaixar a nossa vibração na mesma hora que a ingerimos, provoca uma série de doenças, e todas as formas de parasitas, vermes e lombrigas em nosso intestino.

A carne de porco é uma das carnes mais pesadas energeticamente falando, ela demora mais de três dias para se decompor em nosso organismo…

Quando você consome a costelinha de porco, bacon, etc. está alimentando seu ser com o que há de pior em vibração, e quanto menor a vibração mais estará exposto a todo tipo de energia  negativa como obsessores,  doenças, baixa vitalidade e desconexão com a verdadeira espiritualidade.

As imagens falam mais que mil palavras…

Pense 1000 vezes antes de ingerir este tipo de alimento, pois está infectando seu corpo físico, mental, espiritual, astral, emocional, etérico e muitos outros além desses…

DEIXE OS PORQUINHOS EM PAZ !!!

Fonte: Vista-se

O PLANETA TERRA E A FEDERAÇÃO GALÁCTICA – Urgente

Há milhões e milhões de anos atrás na Via Láctea, as grandes forças retrógradas e malevolentes, principalmente alfa draconianos e reptilianos, e forças da luz estavam em combate devido à rebelião de forças negativas, causando muitos e muitos problemas em nossas galáxias.

Esses seres sombrios se espalharam de tal forma pela galáxia que conquistaram com sucesso, milhares de sistemas estelares. Então, para evitar que estas forças retrógradas interdimensionais dominassem e explorassem a Via Láctea, foi criada uma espécie de Confederação Galáctica cerca de 4,5 milhões de anos atrás.
Os seres de luz, começaram a formar uma aliança e se tornavam cada vez mais e mais organizados e desenvolveram esta Confederação de forma altamente diversificada e em várias dimensões e atuam como vigilantes, coordenando as defesas da galáxia e fazendo também fóruns de trocas culturais e governamentais entre as diversas civilizações.
É uma Confederação dos sistemas estelares de nossa galáxia com o propósito de permitir e facilitar que a Luz continue a fluir nesta parte do Universo.
Atualmente existem mais de 100.000 sistemas estelares fazendo parte da Confederação e a base primordial desta criação de luz galáctica é o AMOR.
A posição mais alta, dentro de suas divisões, é a do Conselho Federal Principal que está localizado no grupo de estrelas de Lira na Constelação de Vega. 
A segunda é composta por Conselhos Regionais. Existem atualmente catorze destes e o mais importante para nós é o chamado Conselho Regional Siriano. 
Num futuro próximo, o Sistema Solar irá fazer parte deste Conselho, por enquanto nosso sistema é um anexo do Conselho Siriano.
Os sirianos foram orientados pela Hierarquia Espiritual da Terra para mudar o cenário de contato conosco para um que envolvesse um processo de ascensão em massa. 
Essa política começou a surtir efeito no final dos anos 80. 
Foi permitido aos sirianos alterar a polaridade do Sol e pesquisar métodos para um processo de ascensão emergencial para a Terra. 
Praticamente todos os planetas do Sistema Solar já são membros efetivos da referida Confederação com exceção do nosso planeta. 
A Terra junto com mais trinta e seis planetas que existem neste quadrante galáctico estão num estado similar a uma quarentena, possuindo barreiras enrijecidas de energia devido às formas-pensamento negativas emitidas e que não podem ser irradiadas ao Cosmos, pois seriam um desastre se atingisse outros planetas que estão evolutivamente equilibrados.
Para que os trinta e sete planetas, incluindo a Terra puderem ser membros permanentes da Confederação Galáctica é preciso que cumpram certas exigências de forma integral e definitiva, e assim poderiam se libertar de suas energias densas e coercitivas. 
Vamos listar abaixo doze itens que deveriam ser priorizados pelo nosso planeta caso quisermos nos filiar a referida Confederação. 
1- Devemos abster-se de “fazer guerra”, especialmente aquelas que enriquecem os cartéis de bancos internacionais e empresas.
Na história da humanidade sempre ocorreram guerras que tinham por objetivos interesses pessoais, familiares, oligárquicos no sentido de conquistar territórios, riquezas e poder. Aconteceram e acontecem guerras em que bancos internacionais financiam os dois lados oponentes que guerreiam. 
Foi assim, por exemplo, na Independência dos Estados Unidos, nas Primeiras e Segundas Guerras Mundiais. Invadiram o Afeganistão e o Iraque para depois reconstrui-los, através de empresas oriundas dos próprios países invasores, primeiro destroem para depois construírem e ainda ganham dinheiro com isso. 
Patrocinam através de governos secretos enrustidos e que realmente controlam e manipulam os governos oficiais no sentido de criar atentados de falsa bandeira em que planejam e executam grandes ou pequenos atentados, colocando a responsabilidade em inimigos políticos, usando a mídia para fazer toda a propaganda de guerra e mobilizar a atenção da população idiotizada que não sabendo de nada, apóia mais guerra.
O atentando de 11 de setembro de 2.001, por exemplo, foi arquitetado pelo governo secreto e os dois prédios do World Trade Center foram implodidos, por isso não caíram em decorrência da queda dos aviões; inclusive naquele dia um outro prédio o WTC 7 também foi implodido sem que nenhum avião houvesse batido nele e este prédio era do Departamento de Segurança Nacional, onde houve uma grande queima de arquivo; também foi um míssil teleguiado que bateu no Pentágono e não um avião; os atentados ocorridos no metrô de Madrid e em Londres nos anos seguintes também foram ataques de falsa bandeira perpetrados pelo tal governo secreto. 
Mentem tanto, através deste mesmo governo secreto, informando, por exemplo, através da mídia que um torpedo da Coréia do Norte atingiu um submarino da Coréia do Sul, o que não foi verdade, mas fazem ampla propaganda na mídia, passando esta mentira por verdade. Ou seja, os cartéis e os oligopólios que constituem uma parte do referido governo secreto não estão nada a fim de terminar com guerras ou atentados e este é só o primeiro item que deve ser satisfeito para fazer parte da Confederação Galáctica.
2- Temos que acabar com a exploração sistemática dos recursos naturais, do ambiente e do seu povo.
Neste caso o ser humano, age tal qual os seres regressivos alfa draconianos e reptilianos que passam de planeta em planeta como gafanhotos exaurindo todos os recursos naturais e daí passam para outro planeta e o roubo recomeça. Na Terra, desmatamos a Amazônia e já a estamos vendendo em lotes para estrangeiros. Petroleiros derramam óleo aos montes no mar. 
Existe o chamado Aquífero Guarani que compreende grande área de Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina no Brasil e também grandes áreas do Paraguai e norte da Argentina, constituindo o maior reservatório de água potável do mundo. Pois este local já está sendo sondado por países desenvolvidos que já estão comprando certas áreas e até estabelecendo complexos militares por lá. 
A exploração é tão grande no mundo seja de minerais, de animais silvestres e porque não também incluir a exploração sexual, que a chamada Mãe Gaia já não consegue mais respirar com naturalidade e para se reequilibrar faz o que pode, provoca catástrofes diversas, como tornados, terremotos, inundações, erosão, chuvas ácidas, etc. 
Quando o ser humano vai adquirir maturidade ecológica e aprender a trabalhar em contato com natureza e em contato direto com os chamados seres elementais que também estão sendo totalmente dizimados por nossa sociedade?
3 – Os governos terão de terminar o extermínio sistemático dos povos através de guerras, medicamentos, drogas ilegais, intoxicação e a fome.
O governo secreto que é constituído por vários subgrupos como os Illuminatis, os Bilderbergs, a Comissão Trilateral, entre outros, tem por objetivo reduzir a população do mundo para algo em torno de 500 milhões de habitantes, então para eles quanto mais gente morrer em guerra, melhor. 
Quantas pessoas, hoje estão morrendo no Afeganistão, no Iraque, no Haiti. E este governo escuro tem outras pretensões para um futuro próximo: atacar o Irã e depois a Coréia do Norte e a Venezuela. 
Com relação a medicação, a maioria dos remédios chamados alopáticos são péssimos para o nosso organismo, pois possuem um conteúdo extremamente danoso a nível químico e se combatem a referida doença, geram vários efeitos colaterais e danificam o organismo. 
Com relação a vacinação nem se fala, ela destrói a imunidade do organismo que a partir daí é que fica mais propenso a mais doenças. Um coquetel de vacinas é um coquetel de venenos para você e para seus filhos. 
O governo secreto que controla os governos oficiais e estes últimos são os que ajudam a combater as drogas não sabem que o governo secreto também patrocina as gangs das drogas, mais uma vez agindo dos dois lados. 
Também existem países desenvolvidos no mundo que produzem super-safras de grãos e que para melhorarem o preço do produto no mercado queimam toneladas e toneladas de grãos, enquanto isto milhões e milhões de pessoas no resto do mundo morrem de fome ao mesmo tempo na Etiópia, na Somália, na Palestina, no Haiti, etc. . Isto que é falta de consciência humanitária e de cidadania planetária, só pensam em si mesmos.
4- Temos que começar a aceitar individualmente a responsabilidade coletiva de que nós criamos e co-criamos, enquanto estamos aqui na Terra.
Aqui é um item onde o ser humano da Terra pouco compreende. Tudo o que você pensa, suas emoções, seus pensamentos, suas ações, são irradiadas ao ambiente onde você está. Se você estiver numa posição de vítima, provavelmente as variáveis externas, seja quais forem vão atingir você tal qual você imaginou. 
Se você está sempre triste, mal-humorado, irritado, depressivo qual energia você acha que vai enviar para o ambiente e qual energia você acha que receberá ? uma energia da mesma faixa vibratória. 
Há pessoas que possuem a mesma doença, uma delas está sempre desanimada e fala da doença para todo mundo, por isso se sente cada vez mais doente, a outra nem cita a doença, vive a vida normalmente, assiste filmes de comédia e não está nem aí com a tal doença e a doença acaba para ela. 
Em qual faixa de energia você prefere estar : tristeza, mal-humor, ódio, vingança, depressão, irritação, mágoa, deboche, ironia, sarcasmo, vítima, ressentimento, falta, carência, inveja, arrogância, etc. ou bom-humor, alegria, amor, abundância , humildade, serenidade, clareza mental, bondade, audácia, etc. 
Com certeza o segundo grupo de comportamentos é saudável e seria aconselhável cultivar. 
Nós emitimos nossos pensamentos, sentimentos, e energias a todo momento para o Universo e pergunto qual é a qualidade desta emissão : ela é positiva, higienizadora e acalmante ou é incendiadora e irritante ? O planeta Terra possui uma aura ao seu redor que corresponde a soma dos pensamentos, sentimentos e energias de todos os habitantes do planeta. 
Infelizmente o teor da aura da Terra que é facilmente percebido pelos outros planetas é opressivo, confuso, debilitante e manipulador, ou seja é uma aura que convém evitar. Para que a Terra possa intercambiar com outras áreas do Cosmos vai ter que aprender a emitir frequências apenas de alto nível e construtivas…
5 – É preciso por um fim a corrupção desenfreada que tomou conta do planeta.
Sempre ocorreram e continuam ocorrendo tantos casos de corrupção em nosso mundo e envolvendo valores tão expressivos, que muitos pensam que isto não tem fim. Se fizerem as contas, a corrupção desvia recursos que poderiam acabar com a fome, reduzindo sobremaneira a miséria. 
Vocês não calculam quantos morrem anualmente, por causa das consequências do câncer da corrupção e do roubo disfarçado em política. Mas, se por outro lado, pensam que a corrupção envolve apenas grandes valores, estão enganados. 
Existem inúmeros irmãos que, padecendo de doenças do espírito, se sujeitam diariamente à corrupção de pequenos valores. Acham que, por serem pequenos valores, a falta que cometem está minimizada ou extinta. Outro engano, porque no momento que assim agem, estão prejudicando outros que se portam com decência e zelo com relação ao que é honesto. 
E se os corruptos acham que nunca serão descobertos, teremos então um novo engano. Pois os homens podem nunca descobrir, mas na multidimensionalidade existem os registros akashicos, onde tudo está gravado, estando estes seres sujeitos a vários ambientes sofríveis no futuro.
6 – Temos que acabar com o empobrecimento intencional das massas para benefício de alguns controladores auto-nomeados proprietários dos recursos do mundo, incluindo alimentação, água, tecnologias ,etc.
O governo secreto que é composto atualmente por algo em torno de 13.000 pessoas, entre os quais políticos, empresários, banqueiros internacionais, reis , imperadores, profissionais da mídia, etc. ; estes detém mais ou menos setenta por cento dos recursos do mundo. 
São pessoas gananciosas, poderosas, milionárias, se juntam a outros iguais seus, fazendo cartéis e oligopólios e dominam praticamente tudo. Acessam informações privilegiadas desconhecidas do público, fazem mais barganha e ganham mais e mais dinheiro. 
Os bancos centrais dos principais maiores países são controlados pelo Federal Reserve dos Estados Unidos que não precisa apresentar balanço e nem pagar impostos. Coloca dinheiro no mercado a bel-prazer cobrando juros e é responsável por crises financeiras ocorridas no mundo, como quando em 1929, quando cobrando as dívidas levou a falência vários norte-americanos, o mesmo acontecendo agora em 2.008, quando compraram bancos falidos. 
Até a nível extra-planetário mantêm contato com seres de outros planetas – grays ou cinzentos e reptilianos e querem estabelecer a chamada New World Order – NWO – que objetiva um só governo, uma só moeda, uma só religião e poucos habitantes ; a organização chamada F.E.M.A. criou vários campos de concentração e produziu 500.000 caixões onde cabem 4 a 5 adultos em cada um, em caso de uma catástrofe global que estaria por acontecer até 2.012. 
Construíram pelo menos 1.500 bases subterrâneas , sendo 215 nos Estados Unidos e 30 no Canadá, onde a elite ficaria residindo até que a hecatombe global passasse, pois também estão interessados numa Terceira Guerra Mundial . 
A empresa Monsanto colocou no subterrâneo sementes para replantar a Terra no futuro. Possuem tecnologia escondida e barata e só disponibilizam à população energia cara que tenha medidor para cobrar. Muitos inventores de tecnologia foram subornados ou mortos e estas tecnologias baratas são utilizadas por eles em seus complexos militares. 
Existe uma arma eletromagnética chamada H.A.A.R.P. que existe no Alaska e na Groenlândia que consiste num conjunto de antenas que pode captar energia da ionosfera e direcioná-la para qualquer parte do planeta e provocar fenômenos diversos como terremotos como os do Haiti, do Chile, da Rússia, da Turquia, da China, da cidade de Nigata no Japão e tsunamis em geral – estes fenômenos, então, foram provocados, não foram naturais. Desinformam a população, pois só querem salvar a própria pele pois, afinal eles são a Elite e o resto, apenas o gado.
7 – Devemos honrar as Leis do Criador. Só então poderemos começar a ver as falácias do nosso próprio sistema “legal” .
Quando acessamos o nosso Eu Superior (DEUS) tudo fica claro e é através dele que podemos nos guiar, sabendo que estamos agindo da melhor maneira e que repercute positivamente em todas as dimensões no aqui-agora multidimensional, não existe nenhum tipo de dúvida nesta manifestação e ao mesmo tempo conseguimos perceber todas as mentiras, hipocrisias, do ambiente onde estamos, as intenções não tão positivas, o cinismo, as falácias e os erros até da própria lei vigente tridimensional. 
Toda lei da Terra pode ser dúbia e nunca é absoluta. Existe muito mais variáveis que escapam a análise e que seriam fundamentais para clarear o contexto. Por isso, julgar alguém é algo muito perigoso, pois nunca sabemos cem por cento o que se passa pelo simples fato de estarmos numa dimensão que nos restringe e nos embota. Procure sempre aquela sua voz interior que lhe fala e siga os seus comandos. 
Saiba também, que existe uma dimensão intermediária que é astral e a mental, e neste caso, as vozes podem estar vindo de seres desencarnados ou seres mentais e também não corresponderem a verdade. 
O Eu Superior não vem de uma dimensão a astral e mental, vem ao menos de uma dimensão intuitiva e é muito fácil de ser percebida porque você recebe um banho de energias acalmante e que te dá euforia que tem ser contida bem como te fornece uma clareza incontestável. 
É Você falando com seu Eu maior, podendo ir até a Fonte. Para terminar, o que é melhor : a falácia das leis humanas temporárias ou as leis da criação, libertadoras que procedem do seu Eu Superior ?
8 – Temos que acabar com a opressão religiosa, o genocídio racial, e o emburrecimento das massas.
As religiões no planeta Terra foram na sua maioria criadas e repassadas por seres extraterrestres – principalmente anunnakis que queriam nos manipular, queriam ser adorados como deuses. 
E de lá para cá muitas guerras aconteceram e muitas mortes e inquisições ocorreram por causa das religiões. 
Se há o religioso bondoso, puro, com o chacra do coração aberto, também existe o mago negro religioso, manipulador de massas. 
Então o problema não é a religião. mas de quem está na religião. 
Se criaram vários dogmas que serviram para separar um homem do outro, uns se acham melhores do que os outros, uns se consideram os escolhidos, os que serão salvos. Há pastores que “chutam” as santas de madeira, há pastores que querem queimar o “Alcorão”. 
Vale informar que em planetas mais evoluídos não existe nenhum tipo de intolerância religiosa, porque na essência todos sabem que procedem da mesma Fonte, são irmãos em todos os sentidos : não importa se você é da Terra, de Sirius, Intraterreno, Andromedano ou Elemental, todos são extensões do Criador. 
Os genocídios que acontecem na Terra são outra faceta que não dá para “engolir”: perseguição aos curdos, aos ciganos, aos turcos, os massacres em Ruanda, aos palestinos, no Ceilão, etc. 
O curioso nestes casos é que pela lei do karma o que está acontecendo é que se um israelense tira a vida de um palestino, este palestino tende a nascer como israelense na outra encarnação e vice-versa, ou seja os “inimigos” se revezam. Tudo isto tem a ver com o emburrecimento das massas. 
O governo secreto quer manter o povo o mais ignorante possível e se possível transformá-los em robots sem opiniões e sem nenhum tipo de esclarecimento e para eles quanto mais conflitos raciais, melhor.
9- Temos que honrar a verdade e reconhecer o fluxo interminável de mentiras e de propagandas existentes no sistema.
A manipulação efetuada pela mídia seja pela televisão, rádio, jornal, revistas, etc. é fantástica nos dias de hoje. Simplesmente desinformam, transformam mentiras em verdades, usam inúmeras mensagens subliminares e hipnotizam o telespectador que fica horas na frente da TV, apenas como um peso morto a nível multidimensional. 
Uma sugestão: desliguem suas televisões. 
A mídia tende a emitir energias de baixa frequência com programação de violência, sexo, leviandade, consumismo, induzindo o modo “correto” de pensar e viver, de como ser “feliz”, repetem várias vezes uma informação para imprimir conteúdos hipnotizadores em seu subconsciente e usam mensagens subliminares aos milhares durante toda a programação. 
É um modo de distrair o público enquanto que os governos obscuros continuam agindo às escondidas, mas aparecem na mídia como anjos celestiais extremamente preocupados com a população, mas com intenções reais bem contrárias ao real desenvolvimento da humanidade, lindas são suas palavras, e horrendas suas ações. 
O governo secreto controla totalmente a mídia e existe a ESTÓRIA – mentirosa – da humanidade e a HISTÓRIA – real – que não foi contada, mas que facilmente podemos verificar contatando os chamados registros akashicos do planeta Terra. A mídia é o brinquedinho mais eficiente utilizado pelo governo oculto. 
Muitas informações são ocultadas. As fotos dos outros planetas são forjadas e alteradas, pois existe vida abundante fora da Terra; a Terra também é oca possuindo duas aberturas polares, onde existem civilizações vivendo ; existem várias fotos e filmagens de ufos ou naves alienígenas e só poucas destas fotos chegam a ser divulgadas e por aí vai a desinformação. 
E os profissionais da mídia, em sua maioria, são apenas inocentes-úteis do governo secreto e também são manipulados, muitas vezes, sem saberem.
10 – Temos que acabar com o uso de armas nucleares e de outras tecnologias .
Para as pessoas que pensam que os extra-terrestres benevolentes não fazem nada para ajudar, e isso é uma grande injustiça e falta de informação. 
Até em meus artigos já listei inúmeros trabalhos que eles fazem a nível multidimensional de tal forma que o planeta chamado Terra já não existiria em sua terceira dimensão neste momento se não fosse a ajuda deles ; informo que tridimensionalmente estes extra-terrestres confiscam e continuam confiscando ogivas nucleares localizadas em vários pontos do mundo e já impediram por várias vezes que um conflito em proporções globais acontecesse. 
No entanto, isto, que é de conhecimento do governo secreto, jamais é colocado como informação ao público como é de costume. 
Os extra-terrestres já conversaram várias vezes com este governo, sugerindo o fim do pacto deste governo secreto com os seres extraterrestres regressivos grays, reptilianos e sirianos da estrela Sirius B, mas o referido governo persiste no pacto que prejudica em muito toda a população do planeta Terra. 
Experiências macabras são feitas numa região de Dulce, no Novo México – Área 51, onde são feitas até experiências químicas e genéticas com a ajuda de reptilianos, no entanto os extra-terrestres benevolentes estão observando com toda a atenção o que está sendo feito. 
Para quem espera uma descida de extra-terrestres benevolentes na planeta Terra, informo que ela só ocorrerá em dois casos: se ocorrer uma Terceira Guerra Mundial ou ocorrer uma catástrofe global. 
Isto porque os extra-terrestres benevolentes, possuem um princípio que é o da Não-Interferência em outros planetas, mas que pode ser quebrado em certas situações, como as duas acima citadas. 
Normalmente, eles se comunicam com certa constância, por telepatia ou nas dimensões mais elevadas com as pessoas encarnadas na Terra e que são transmigradas como o autor deste artigo. Só que isto ocorre por decisão delas e não pela minha. 
A Problemática do Perigo Nuclear e Porque não ocorre o Primeiro Contato. Outra informação que queremos passar de primeira-mão neste artigo é que os chamados vírus não são seres vivos naturais, vejam bem, eles são criações efetuadas pelos seres regressivos extra-terrestres usando a chamada nanotecnologia, portanto os vírus são artificiais e espalham doenças aos montes por aí que foram implantadas na humanidade da superfície.
11 – Temos de aprender a viver sem a barreira de frequência que existe ao redor da Terra.
Aqui ocorre uma situação delicada nos trinta e sete planetas deste quadrante que possuem esta barreira de frequência ou MATRIX. 
Se sabemos que ela foi montada por seres regressivos negativos alfa draconianos e reptilianos, ela também é realimentada pelas bilhões de consciências encarnadas na superfície da Terra que ainda estão sonambulizadas a nível evolutivo. 
Não podemos simplesmente retirar as capas ou camadas da referida barreira de uma vez só, porque as consciências que estão sonambulizadas não aguentariam o novo padrão de energia do Cosmos que a Terra passaria a receber, seria demais para eles, muitas poderiam ficar até enlouquecidas, inclusive na dimensão astral. 
O que os andromedanos estão fazendo, desde o ano 1.600 é abrir furos nesta barreira, aos poucos e verificando o resultando destas aberturas de forma meticulosa. Sabemos que na última década muitos furos foram feitos, de tal forma que a barreira de frequência aparenta um queijo suíço e conseguimos retirar até capas externas inteiras de uma vez só. 
Um novo teste vai ser iniciado agora nos próximos meses, em que procuraremos efetuar furos em regiões que correspondem por projeção a áreas físicas da América do Sul, África e Oceania, bem como retirar mais uma capa inteira externa. Podemos dizer que temos “carta branca” da nave Shan a qual estamos vinculados e também dos Logos Planetários que regem este planeta, ou seja este serviço é muito delicado e depende de muitas variáveis.
12 – Temos de aprender amar uns aos outros.
Nos planetas filiados à Confederação Galáctica não existe nenhuma oligarquia, cartel, ou grupos que detenham a maioria dos recursos. Lá os governos trabalham em função do povo e de forma desinteressada. 
Nunca colocam interesses individuais acima de interesses mais amplos. 
Nesses planetas não há nenhum tipo de poluição, o ambiente é totalmente saudável e todos os reinos da natureza convivem em paz, inclusive trabalham com os chamados reinos elementais. 
Lá não há doenças sérias ou mortais. Desenvolvem com perfeição os trabalhos cotidianos, bem como se desenvolvem na área das artes e da ciência. Não existem crimes ou gangues. Não existem drogas ingeridas pela população. 
Toda a aura da planeta irradia um clima de paz , bem-aventurança, felicidade e em nada é opressiva. Cada habitante sabe sua função no todo, pois está sempre conectado ao seu Eu Superior, às hierarquias celestiais e extraterrestres e às vezes consegue até contatar a Fonte criadora. Continua evoluindo, pois a evolução não tem fim. 
Como uma criança que procura uma concha numa praia, continua procurando…continua investigando…estes realmente se amam e amam os outros…

Fonte: http://drpaulomaciel.com.br/as-religioes/a-humanidade-e-os-apocalipses/

ÁGUA OU COCA-COLA?

ÁGUA
75% dos americanos (do Norte, Central e Sul) são cronicamente desidratados (provavelmente isso se aplica à metade da população mundial). 
Em 37% dos americanos, o sentimento de sede é tão fraco que é frequentemente confundido com fome. 
Mesmo uma desidratação média diminui o metabolismo de uma pessoa em 3%. 
Um copo de água corta a sensação de fome durante a noite para quase 100% das pessoas em regime. É o que mostra um estudo na Universidade de Washington. 
Falta de água é o fator nº 1 da causa de fadiga durante o dia. 
Estudos preliminares indicam que de 8 a 10 copos de água por dia poderia aliviar significativamente as dores nas costas e nas juntas em 80% das pessoas que sofrem desses males. 
Uma mera redução de 2% da água no corpo humano pode provocar incoerência na memória de curto prazo, problemas com matemática e dificuldade em focalizar uma tela de computador ou uma página impressa. 
Beber 5 copos de água por dia diminui o risco de câncer no cólon em 45%, pode diminuir o risco de câncer de mama em 79% e em 50% a probabilidade de se desenvolver câncer na bexiga. Você está tomando a quantidade de água que você deveria todos os dias? 
COCA-COLA 
Em muitos estados nos EUA os patrulheiros rodoviários carregam dois galões de Coca-cola no porta – malas para ser usado na remoção de sangue da pista depois de um acidente. 
Se você puser um osso em uma tigela com Coca-Cola ele  dissolver-se-á em dois dias. 
Para limpar banheiros  ( wc, privadas, toillete) : despeje uma lata de Coca- cola dentro do vaso e deixe  por uma hora e então dê a descarga. O ácido cítrico na Coca-cola remove manchas na louça do vaso. 
Para remover pontos de ferrugem dos pára-choques cromados de automóveis:  esfregue o pára- choque com um chumaço de papel de alumínio (usado para embrulhar alimentos) molhado com coca- cola. 
Para limpar corrosão dos terminais de baterias de automóveis: despeje uma lata de Coca-cola sobre os terminais e deixe efervescer sobre a corrosão. 
Para soltar um parafuso emperrado por corrosão: aplique um pano encharcado com Coca-cola sobre o parafuso enferrujado por vários minutos. 
Para remover manchas de graxa das roupas: despeje uma lata de Coca-cola dentro do tanque com as roupas com graxa, adicione detergente e bata em ritmo regular. A Coca-cola ajudará a remover as manchas de graxa. 
A Coca-cola também ajuda a limpar o embasamento do pára-brisa do seu carro. 
Para transportar o xarope de Coca- cola, os caminhões comerciais devem ser identificados com a placa de Material Perigoso que é reservado para o transporte de materiais altamente corrosivos.
Os distribuidores de Coca-cola têm usado a coca para limpar os motores dos seus caminhões há pelo menos 20 anos.
Para a sua informação: 
O ingrediente ativo na Coca- cola é o ácido fosfórico. 
O seu PH é 2.8. Ele dissolve uma unha em cerca de 4 dias.
O ácido fosfórico também rouba cálcio dos ossos e é o maior contribuidor para o aumento da osteoporose. 
Há alguns anos, fizeram uma pesquisa na Alemanha para detectar o porquê do aparecimento de  osteoporose em crianças a partir de 10 anos (pré-adolescentes). 
Resultado: Excesso de Coca-cola, por falta de orientação dos pais. 
Mais um detalhe: A Coca Light tem sido considerada cada vez mais pelos médicos e pesquisadores como uma bomba de efeito retardado, por causa da cominação Coca + Aspartame suspeito de causar lúpus e doenças degenerativas do sistema nervoso. 
A pergunta é: “Você gostaria de um copo de água ou um copo de Coca-Cola?” 

O QUE SÃO SEMENTES ESTELARES?

A Federação Galáctica da Luz coordenou a vinda à Terra de espíritos que já vibram em frequências mais altas, para que sua presença aqui ajudasse Gaia a aumentar a sua própria frequência e assim facilitar a nossa ascensão com a proximidade do alinhamento galáctico (2012).

Isto quer dizer que, nem todos que estão aqui – neste momento – são realmente daqui.

Sementes estelares (SE) são aqueles cuja (digamos assim) ‘linhagem espiritual’ está ligada à dimensões (e planetas) que vibram em frequência mais alta do que na Terra e que vieram aqui neste momento de nossa história ‘semear’ estas frequências.

Espalhados pelo globo estão milhares de espíritos vindos de toda parte da galáxia.

Embora eles tenham nascido aqui na Terra e fisicamente se assemelham a todos os outros humanos (com pequenas diferenças como, por exemplo, tem a temperatura corporal ser mais baixa que o normal) muitos não se sentem parte desse mundo.

São geralmente pessoas solitárias pois não possuem (quase) nada neste planeta que lhes seja familiar.

Muitos são até mesmo considerados a ‘ovelha negra’ da família por tamanha falta de compatibilidade psíquica, emocional, e social.

Tendem a questionar a maneira como as coisas funcionam aqui na Terra desde cedo, muitos procurando respostas na metafísica e ciências holísticas.

São fascinados pelas estrelas e sentem que seu lugar é lá no espaço, embora muitos nem se lembrem de onde exatamente vieram.

Vir em missão à Terra é uma tarefa muito difícil pois a matéria em Gaia é tão densa que – assim como todos os outros espíritos aqui na Terra – as SE’s facilmente esquecem de suas raízes galácticas.

Por isso, muitas vem à Terra em total esquecimento mas, com o tempo, são forçadas a relembrar quem realmente são e à que vieram.

No entanto, este tempo de ‘cegueira’ é sempre um período de grande aprendizagem, onde as lições recebidas irão, mais tarde, as ajudar em suas missões.

Assim, no momento certo, SE’s começam a se lembrar de quem são, e passam por um processo de transformação em que se reconectam às suas raizes, realinham seus chacras, se fortificam. A maioria delas carregam consigo um gene para a recodificação e ascenção que, uma vez ativados, permite uma melhor conexão com seres em outras dimensões.

Estes servem como guias, mantendo as sementes estelares focadas em suas respectiva missões. 

Este gene também permite um melhor entendimento dos bloqueios emocionais que as prendem à ‘escuridão’ que é esta realidade e que devem ser quebrados antes de iniciarem suas missões. A duração deste processo de transformação varia muito, podendo levar de vários anos à alguns meses. Após este processo, as SE’s estão prontas para dar início às suas missões.

Embora estas missões sejam muito variadas, a grande maioria vêm à Terra para ANCORAR suas energias no planeta e, por consequência, facilitar que todos aqui se ‘contaminem’ com estas frequências mais altas e progressem . Além disso, muitos ainda vêm com o propósito de CONSTRUIR ou modificar várias áreas da sociedade, criando estruturas e organizações mais compatíveis com a nova era.

Estes são visionários, determinados a trazer melhorias que promovem o bem estar e alinhamento com as novas energias. Outros vem com o propósito de simplesmente observar os acontecimentos na Terra neste importante momento histórico.

Estes vem coletar informações para seus planetas de origem ou simplesmente gravar este momento na história para a posteridade.

Alguns poucos também vem com a missão de GUIAR espiritos aqui encarnados, que sairam de seu caminho, à continuar sua evolução espiritual.

Muitas SE’s seguem suas missões de forma muito natural, sem ao menos notar que já estão contribuindo à este momento histórico em Gaia.

Outros sabem claramente, mesmo que por sincronicidade, quando precisam ancorar suas energias em algum lugar no planeta ou direcioná-la especificamente a alguém e porquê.

É muito comum que os verdadeiros ‘pais’ da semente estelar, os que vivem em outras dimensões e civilizações, sejam os guias dela na Terra.

Vegalianos

Para manter seus laços familiares com aqueles que estão aqui na Terra, muitas  SE’s têm experiências na infância em que foram visitados ou até mesmo temporariamente abduzidos.

E é também por causa desses laços familiares que muitas espaçonaves são flagradas orbitando a Terra: suas famílias estão aqui e por isso tem um enorme interesse em observar a ascenção de Gaia.

Sementes estelares que aqui estão vieram em diferentes ‘levas’, cada uma com objetivos concretos.

 A primeira leva de SE’s veio à Terra por volta dos anos 50 e 60. 

Estes não se sentem nada à vontade aqui pois não podem suportar a violência, desrespeito, desigualdade e principalmente a negatividade tão abundantes aqui na Terra. Estes espíritos vieram para começar a mudar a maneira como as coisas são feitas aqui, começar a ‘semear’ novas idéias e, assim que descobrem suas origens e missões, passam a cooperar (embora muitos não tenham se adaptado às cargas emocionais das pessoas no planeta).

A primeira leva é composta por pioneiros, seres que tem por objetivo apontar o caminho não só para a humanidade como também para as levas seguintes.

  A segunda leva de SE’s veio à terra entre os anos 70 e 80.

Estes vieram antenar, canalizar, e gerar as energias e frequências necessárias para ‘contaminar’ não só o planeta como as pessoas à sua volta. Estes não experienciaram nem a metade dos problemas que a primeira leva experienciou pois já chegaram aqui em um mundo ligeiramente mais equilibrado. SE’s da segunda leva vibram em uma frequência tão alta que é clara a influência positiva que eles tem sobre as pessoas à sua volta.

Uma característica interessante desta segunda leva é que a maioria não deseja (e alguns até repudiam a idéia de) ter filhos.

Isso porque, mesmo que inconscientemente, sabem que gerar tais laços em uma dimensão tão densa como a da Terra pode acarretar no acúmulo de carma, preferindo então não prejudicar sua evolução espiritual.

   A terceira leva de SE’s vem à Terra desde os anos 90.

Estes são considerados um ‘presente’ para o nosso planeta. Possuem uma energia bem diferente das outras duas levas e já chegam aqui recebendo menos influência da densidade terrestre. Assim, tem boa parte de suas memórias preservadas, lembrando mais facilmente de quen são e à que exatamente vieram. Muitos já incarnam aqui com suas 6 hélices de DNA já conectadas, como uma nova espécie humana já preparada para a transição. A Terceira leva guiará o mundo à nova era.

Sementes estelares estão aqui fazendo a sua parte, contribuindo para a ascenção de Gaia e da humanidade. Seja você também parte desta mudança!


Fonte: Blog Semente de Luz
http://despertardegaia.blogspot.com/

ASCENSÃO E EVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Neste campo de estudos da ascensão, é importante explicar que existe um fator de dimensionamento dos conceitos de que tratamos. Refiro-me aqui especificamente ao termo Mestre Ascensionado.

Existem, porém, muitos diferentes níveis de Mestres Ascensos.

Podemos dividir os diferentes tipos de mestres em duas classes fundamentais:

Mestres Ascensionados e Avatares.

 Um Mestre Ascensionado é todo aquele que, através da provação nos mundos mais densos, liberta-se definitivamente da roda de reencarnações e torna-se capaz de manipular a matéria conforme a Vontade Superior, não sendo mais passível a influências do meio material. Ele deixa de ser controlado pelo meio em que vive, e passa então a controlar – é bom ressaltar – de acordo com a Vontade Divina. Ele não controla, exatamente, no sentido da palavra, mas se torna capaz de criar e manifestar no mundo físico aquilo que bem entender, através de sua capacidade mental (poder da mente plenamente desenvolvido), de acordo, sobretudo, com a vontade mais elevada, que provém de sua Mônada.
 Um Avatar é também um Mestre Ascensionado, só que de proporções muito maiores. Ele já atingiu a ascensão há muito tempo, num sentido cósmico de evolução. Um Avatar é, portanto, um mestre que já adquiriu muita experiência como Mestre Ascensionado, sendo um verdadeiro Mestre no sentido exato da palavra. Ele possui uma grande bagagem espiritual, conquistada em encarnações anteriores, já na condição de um Mestre Ascenso.
 Um Mestre Ascensionado “recém-formado”, é apenas como o universitário que acabou de receber o diploma. Mas ele ainda não começou a exercer efetivamente a sua nova função como Mestre Ascenso. Ele ainda terá muita experiência a adquirir a partir deste momento.

 Um Avatar é um ser que já adquiriu esta experiência numa proporção muitas vezes maior do que um Mestre recém-ascensionado. A grande diferença está na bagagem espiritual.

Sai Baba é um Avatar, Jesus também o foi, Buda também, entre outros. Todos os grandes mestres, de uma forma geral, podem ser considerados avatares.

Mais importante que todas estas denominações, porém, é o trabalho que realizam estes mestres em prol da humanidade. Eles espalham o amor, a sabedoria e o conhecimento por todos os lugares por onde passam. A maioria dos mestres jamais chegam a ser conhecidos.

Trabalham em silêncio, deixando sobre a humanidade a sua bênção, sem ostentar qualquer tipo de reconhecimento sobre o seu trabalho. Ser reconhecido, ou não, depende da missão específica a ser realizada.

ASPECTOS DO CAMINHO EVOLUTIVO DA ALMA

A conquista da ascensão, no decorrer das encarnações, se dá à medida que o ser humano desperta para a necessidade de conhecer a si mesmo, e adquirir pleno controle sobre todos os seus pensamentos, sentimentos e atitudes, através de um desejo positivo.

A maioria dos seres humanos, atualmente, ainda está muito distante de alcançar esta consciência.

Estão completamente imersos nos grilhões da matéria, pouco se importando com as conseqüências de suas atitudes perante Deus, se é que acreditam na existência deste Deus.

Muitos, embora professem uma crença religiosa, não acreditam neste único Deus que existe em seus corações, e no coração de todos os outros seres humanos.

Seguem um determinado caminho, como uma forma de tradição e cumprimento de “protocolo” perante a sociedade. Mas não o fazem por um Amor Verdadeiro e Incondicional a Deus. Não o fazem por sentir realmente a necessidade de conhecer este Deus, que criou a eles próprios, o universo, e todas as coisas que existem. Estão seguindo, portanto, um outro caminho que não faz parte do Plano Divino.

A eles Deus lhes conferiu automaticamente o livre-arbítrio, pois todos os seus filhos são livres para explorar a criação como bem entender, já que são filhos feitos à imagem e semelhança do Criador.

Sobre este assunto, já fizemos alguns comentários no primeiro capítulo deste livro, onde falamos sobre o mundo do livre-arbítrio. Assim sendo, portanto, podemos dizer que são poucos aqueles que já desistiram deste caminho ilusório, que é o seguimento do livre-arbítrio em detrimento da Vontade Divina.

São poucos aqueles que já se desligaram deste caminho ilusório, para que pudessem então ingressar no caminho espiritual, o caminho das iniciações, do reencontro com a mônada, que é a nossa verdadeira identidade e essência espiritual.

Gostaria de falar também sobre um tema muito importante, pois está diretamente relacionado com este fato que acabo de lhes narrar.

É sobre a vinda das Sementes Estelares para o planeta Terra.

As Sementes Estelares são seres de grande bagagem e poder espiritual, que vieram para a encarnação nesta época da humanidade, para que possam resgatar, através da expansão da consciência, a todos os seres humanos que se perderam pelos caminhos de maia, da ilusão e da degradação no ambiente terrestre.

Estes seres espirituais, em número aproximado de 144 mil, peregrinaram sobre a Terra durante muito tempo e diversas encarnações.

Muitos se perderam, desviaram-se da meta principal, que era a elevação da consciência dos seres humanos em todas as épocas pelas quais tiveram passagem.

Esse grupo de almas são seres de grande bagagem espiritual, que vieram de outros sistemas estelares. São seres não-decaídos, ou seja, nunca desviaram-se voluntariamente da vontade maior do Criador.

Todos estes seres atuam a serviço do planeta Terra neste momento. A missão destas sementes estelares, é modificar o paradigma da humanidade através da transformação da consciência. Cada um que individualmente se transforma, está colaborando indiretamente para a transformação de todo o planeta.

Os sistemas menores vão se modificando, até que vão atingindo sistemas maiores de pensamento, crenças da humanidade, até atingir a consciência de massa, o chamado inconsciente coletivo. Por serem seres de grande poder, autoridade e bagagem espiritual, eles conseguem estar acima das influências negativas do mundo inferior, transcendem a negatividade do mundo e conseguem assim impor a presença da luz sobre o planeta.

Estas sementes estelares são também Mestres Ascensionados. Desde que nasceram para a atual encarnação, eles estão programados internamente para despertar, num momento ou outro. O caminho que eles devem seguir, é procurar descobrir suas missões e voltar às suas origens.

Claro que esta é a missão de todos os seres humanos – a diferença para as sementes estelares, é que estes seres despertarão completamente para suas verdadeiras identidades, fato que ainda está um pouco distante para a maioria de toda a população do mundo. Ao despertar, promoverão a transformação de si mesmos e conseqüentemente dos outros, e pouco a pouco, de todo o planeta.

Gostaria de citar aqui uma passagem da bíblia:

Então um dos anciãos, tomando a palavra, disse-me: Estes, que estão revestidos de vestimentas brancas, quem são? E donde vieram? Respondi-lhe: Meu Senhor, tu o sabes. E ele disse-me: Estes são aqueles que vieram da grande tribulação, lavaram as suas vestes e as embranqueceram no sangue do cordeiro. Por isso estão diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu templo; e o que está sentado sobre o trono os abrigará sob o seu tabernáculo; não terão mais fome nem sede, nem cairá sobre eles o sol, nem calor algum, porque o Cordeiro, que está no meio do trono, os guardará e os levará às fontes das águas da vida, e Deus enxugará toda a lágrima dos seus olhos. Apocalipse, 7;13-17.

Estes são todos aqueles que vieram para a Terra em missão de sacrifício, a fim de despertar a raça humana para os verdadeiros e eternos valores divinos. Por muitas e muitas vidas esta batalha foi empreendida, e continua acontecendo até os dias de hoje. Atualmente esta batalha vem chegando ao fim, e o início da NOVA ERA VERDADEIRA é o marco inevitável para a civilização terrena, onde todo o mal deixará de existir, todas as guerras cessarão, e a paz e o amor enfim prevalecerão.
Quando uma parte deste trecho citado se utiliza das seguintes palavras: “lavaram as suas vestes e as embranqueceram no sangue do cordeiro”, isto é uma forma simbólica de se explicar que estes seres retornaram ao seu estado original, como Mestres Ascensos.

Em outras palavras, estiveram por muito tempo buscando a ascensão, submetidos ao processo iniciatório. Lavar as vestes, significa purificar o corpo físico de todas as negatividades; embranquecer com o sangue do cordeiro, significa receber a presença do Cristo, o Cordeiro, a manifestação do Cristo que todos nós somos. As vestes brancas são a representação da túnica branca do Cristo, o manto dos Mestres Ascensionados.

Muitos destes valiosos seres, as sementes estelares, infelizmente desviaram-se de seus caminhos no decorrer das existências. É chegado agora, porém, o momento destes seres despertarem para a realidade sobre a vida. E este despertar está agora acontecendo em todos os cantos do planeta, fato este que está promovendo também a sua transformação.

Todos os habitantes da Terra estão tendo, portanto, a possibilidade de despertar para esta nova realidade da vida. Todos estão tendo a possibilidade de criar uma nova realidade para a Nova Era, que melhor atenda aos interesses da própria humanidade para uma vida melhor, mais saudável, mais próxima de Deus e da realidade universal.

Na maioria das vezes, os seres humanos levam milhares de encarnações para que possam atingir a primeira ou segunda iniciações. Cada iniciação é como um fardo pesado a ser atingido, devido a precisar adquirir ainda muitas experiências no campo terrestre, uma maior bagagem espiritual, através do aprendizado nas encarnações.

Há seres humanos que já atingiram a primeira iniciação, mas permanecem estagnados, devido a não conseguirem libertar-se do desejo material, pré-requisito fundamental para o recebimento da segunda iniciação. Há seres humanos, igualmente, que já receberam a segunda iniciação e permanecem neste estágio, desenvolvendo lentamente suas capacidades mentais.

A permanência neste estágio pode custar milhares de encarnações, como no caso do estágio evolutivo anterior. É por este motivo que os grandes mestres da humanidade, os grandes avatares, descem para a matéria já munidos de toda uma imensa bagagem espiritual, ao realizar na Terra uma grande missão.

São seres que já conquistaram a sua condição ascensionada em encarnações anteriores, em outros mundos, e há muito tempo atrás. Eles estão aqui como irmãos mais velhos, já bastante experientes, para que possam guiar a humanidade pelos caminhos da luz e da libertação. São seres de grande amor e força espiritual.

Em função da fase de transformações pela qual passa a Terra, o processo de evolução tem sido incrivelmente acelerado nestes últimos tempos.

Especialmente de 1995 a 2000, houveram muitas ondas de ascensões, e toda esta força espiritual presente agora perdurará até que a humanidade atinja plenamente a mudança. Assim, então, acelera-se também o processo do recebimento das iniciações da ascensão.

Podemos observar, por estes fatos, quão distante se encontra a maioria das pessoas, para sequer começar a pensar em conquistar sua ascensão. Você, caro leitor, que lê e compreende este livro, faz parte de uma minoria de seres humanos que está atualmente desperta para a necessidade de evoluir.

É uma esperança dos Mestres e Instrutores da Humanidade, que estes seres deixem de ser uma minoria e passem a integrar, com o tempo, toda a população terrestre.

E é exatamente este o objetivo de todo servidor da luz que está atualmente encarnado. É este o propósito das sementes estelares: aumentar a luz sobre o planeta, através do despertar de todos os seres humanos para a Realidade Divina, para a Realidade do Cristo e da Nova Era Verdadeira.

CHAVES PARA A ATIVAÇÃO ASCENSIONAL
Gostaria de relacionar, neste capítulo, algumas informações que certamente haverão de lhe auxiliar em seu progresso, independente de sua atual iniciação. Reconheça nestas informações, chaves que poderão dar-lhe a consciência do Ser Eterno que você é, sua verdadeira identidade Crística e Divina.

Tudo dependerá, entretanto, de sua capacidade atual para assimilar estas informações. O que você não pode compreender hoje, poderá compreender no dia seguinte, na semana seguinte, nos meses seguintes ou até nos próximos anos. O importante é lançar agora a semente do conhecimento, preparando o caminho que será trilhado por você no futuro.

Selecionei, portanto, alguns artigos que escrevi isoladamente, ou seja, sem um propósito maior, senão o de esclarecer determinados pontos específicos da ascensão.

Apresentaremos aqui um misto de diversas informações úteis, sem uma ordem de início, meio e fim. Para cada informação, há um tempo determinado para que possamos despertar. Tudo, portanto, acontece ao seu tempo. Utilize-se das informações da melhor maneira possível, para o seu processo.

O resumo que fiz abaixo, fornece algumas noções básicas para que o discípulo da luz compreenda e alcance mais rapidamente a sua ascensão. Curiosamente, descobri que eu o escrevi exatamente no dia 13 de janeiro de 2000, quatro dias antes de receber minha ascensão. Considero, portanto, um material extremamente útil como referência, pois foi elaborado justamente num estado de consciência apropriado para o que eu pretendo com este capítulo. Certamente, você fará bom uso e entendimento das informações.

1. Reconheça todas as suas falhas e imperfeições, com total honestidade e sinceridade consigo mesmo.

2. Busque corrigir as suas falhas, substituindo suas atitudes erradas por atitudes que estão de acordo com as Leis de Deus.

3. Existe um motivo para, em determinado momento, você saber que deve corrigir suas falhas. Ninguém vive simplesmente por viver. Há um motivo para isto, portanto, busque-o em seu interior.

4. Deixe de depender das coisas da Terra, ao máximo possível, para sobreviver e alcançar a sua felicidade. Firme suas novas bases apenas e exclusivamente no cumprimento da Vontade Divina. E tudo o mais que você necessitar, do mundo material, te será acrescentado na medida certa. Deus, e apenas Deus, conhece a
medida certa para você.

5. Permita que a sua Divina Presença se manifeste, de forma cada vez mais precisa e objetiva, em todos os momentos de sua vida. Em conversas com outras pessoas, em poucas palavras, muito pode ser passado a alguém que está precisando. Deus age por meio de nós, pois somos instrumentos Dele.

6. A maior tarefa de todo o processo da ascensão, com certeza, é o aperfeiçoamento do veículo físico como eficiente instrumento de nosso próprio Ser Superior. Nós devemos buscar SER no plano físico aquilo que, em planos superiores, nós já SOMOS. Portanto, a partir daí podemos compreender a importância do resgate da Consciência Crística, e do Eu Superior.

7. Resgatar a Consciência Crística, é a tarefa básica de todo discípulo e candidato à Ascensão. A Consciência Crística é a consciência do Amor, é a prática constante do bem, é a Sabedoria Divina sendo posta em prática.

8. Haverá um dia em que seu corpo físico morrerá, seus pensamentos morrerão, e todas as suas células também morrerão. Você, no entanto, continuará vivo, assim como todos os outros seres humanos que lhe cercam. Acredite em Deus, sempre, e principalmente até o último momento, quando a sua vida física é substituída pela vida espiritual, pois a consciência superior lhe será revelada. Isto representará para ti, a Ressurreição da Alma. “Sê fiel até a morte, e eu te darei uma coroa de vida” – Mestre Jesus.


9. A conquista da ascensão, enfim, é a sua última e mais completa realização em vida. Seu corpo será alimentado unicamente pela FONTE, que é o Criador Absoluto, portanto, deixará de depender de todo e qualquer meio físico. Se tornará, enfim, um Corpo de Luz. A ascensão, portanto, representa a libertação total. Você será consciente do seu ponto de partida na experiência física, ou seja, reconhecerá os caminhos pelos quais trilhou desde o início, e quais aprendizados essenciais obteve no conjunto de suas vidas anteriores. O seu poder será proveniente unicamente da Presença Divina, e não mais do ego humano. Seu corpo será plenamente purificado, cada átomo de sua estrutura emitirá luz em abundância, e sua consciência trabalhará única e exclusivamente a serviço dos planos superiores.

CONSCIÊNCIA, TEMPO E ESPAÇO

Três simples palavras, aparentemente tão distintas, mas em verdade, tão bem relacionadas.

Quando estudamos a fundo a nossa própria consciência, aos poucos descobrimos as barreiras que a impedem de manifestar-se totalmente, através da mente e do corpo físico.

Consciência, tempo e espaço são elementos unificados, mas podemos dizer que há uma sutil interação entre eles.

A noção de passagem do tempo, na dimensão tridimensional, não existe em níveis superiores de consciência.

O tempo é sinônimo de resgate consciencial, ele não é orientado pelos ponteiros dos relógios, e irá deixar de existir em nosso planeta, à medida que a consciência resgatar os seus verdadeiros valores espirituais.

O homem hoje está “correndo” atrás do tempo, ou seja, o tempo é o referencial que lhe guia e lhe impulsiona para prosseguir rumo aos seus objetivos. Se o tempo não passasse, o homem também não evoluiria, dentro das leis naturais do nosso sistema. O “tempo”, em verdade, não existe. Existe sim, uma consciência a ser resgatada.

O TEMPO UNIVERSAL, sempre foi caracterizado pelo progresso e evolução da consciência rumo à uma meta, um objetivo maior de união com o TODO.

As diferentes dimensões espaço-temporais, estão relacionadas à capacidade de onipresença do espírito. E a onipresença, por sua vez, está relacionada ao dom da ONISCIÊNCIA, a consciência de um todo, não porém, do TODO, pois esta consciência, somente ao Pai Criador é concedida. As dimensões mais sutis caracterizam-se pela maior fluidez dos movimentos dos corpos, bem como a velocidade do pensamento.

Uma dimensão é mais sutil, tanto quanto mais houver a capacidade de um ser locomover-se mais rapidamente através do seu pensamento. A noção que temos sobre o espaço, atualmente, é absolutamente ilusória. Hoje conhecemos medidas métricas, percorremos quilômetros nas estradas e fazemos demoradas “viagens” a lugares distantes.

Tudo isto faz parte do sistema tridimensional, que não possibilita aos seres deste plano, acelerarem vibratoriamente os seus corpos ao ponto de se teletransportarem para outros lugares, ao menos, com tanta facilidade. A dimensão densa em que vive o homem praticamente impede e inviabiliza a presença das altas freqüências, pois estas constituem-se de uma energia contrária às energias sintonizadas ao plano físico.

A noção de espaço existe, mas não deve ser tida como real, em se tratando de dimensões superiores. Uma vez que conseguimos sintonizar os planos mais elevados, percebemos que o nosso próprio ser espiritual, e a nossa consciência, naturalmente englobam todos os espaços que conhecemos na dimensão física. Nós não somos isolados, os homens não são somente individualidades, eles fazem parte de um grande oceano.

Neste oceano não existem distâncias, a “gota d’ água” (espírito) mais longínqua de uma outra gota, pode unir-se à ela caso desejar, bastando que ela queira isso. Neste plano não existem limitações para o querer, querer é poder e realizar imediatamente. Querer é muito mais que um simples desejo, é a própria Vontade Divina agindo através de nós.

As diversas dimensões apresentam diferentes freqüências espaço-temporais, pois para cada dimensão existe um critério que se define de uma forma, que tentaremos mostrar aqui através do seguinte conceito:

“Uma dimensão é mais sutil, tanto quanto mais veloz for o tempo de progresso de um pensamento, para a trajetória de um certo espaço.”

Ou seja, um espaço é percorrido tão somente pelo grau de limitação, pois o espaço não existe e ele representa, em outras palavras, o caminho que o ser espiritual precisa percorrer para atingir a sua meta. O espaço é a jornada evolutiva dos seres, é o caminho pelo qual o ser espiritual irá trilhar, para atingir os níveis mais elevados da consciência cósmica.

Ninguém precisa andar ou caminhar fisicamente, uma vez que o seu pensamento é tão poderoso, que pode estar onde quiser, pois o pensamento é também o próprio espaço, ele possui o espaço dentro de si, e o espaço faz parte do pensamento.

O único espaço percorrido que existe, que poderia ser chamado de trilha da ascensão, é o que nos separa das nossas condições originais como seres perfeitos e conectados às nossas próprias essências espirituais. Para caminharmos espiritualmente rumo à nossa evolução, gastamos sempre um certo tempo. Quando alcançamos a evolução desejada, o tempo já não existe mais.

É exatamente neste instante, que você comprovará: “eu quero saber, e eu sei; eu quero Ser, e Eu Sou!”

Quando tal se der em sua vida, você verá que o tempo que você caminhou, à medida que a sua meta se transformava em realidade, desaparecia gradativamente. Você perceberá, que no momento que você quer saber, você sabe; que no momento em que você quer estar em algum lugar, você está; que no momento que você deseja SER, você É.

Há algum intervalo de tempo entre querer saber, e saber? Há algum intervalo de tempo entre querer estar, e estar? Há algum intervalo de tempo que querer SER, e SER? Como você constatará, o tempo não mais existirá para estes aspectos, e para nenhum outro. Esta regra é válida para todas as coisas.

Quando você conseguir eliminar o intervalo de tempo que separa o QUERER do CONSEGUIR, você terá conquistado uma grande liberdade dimensional. Novos aspectos criativos seus surgirão, novos dons de sua essência se revelarão, e de forma mais evidente você se mostrará aos outros, tal como REALMENTE É!

A nossa consciência está relacionada ao tempo e espaço, exatamente pelos motivos aqui apresentados.
O homem é sempre o mesmo, ele apenas se esqueceu de quem realmente é.

Ninguém pode SER, se não sabe que É. Enquanto ele não sabe que É, ele BUSCA SER. Mas na verdade ele SEMPRE FOI. E quando descobre isso, descobre também o verdadeiro paraíso, e a vida eterna…
MUDANÇA DE REALIDADE
Não deixe a realidade lhe dominar, domine a sua realidade.
Não deixe a realidade lhe educar, eduque a sua realidade.
Não deixe a realidade lhe criar, crie a sua própria realidade.
Você é o único responsável pela criação das causas e efeitos de sua vida. Logo, é também o responsável pela realidade em que vive.

Você não é uma vítima da realidade em que vive, em nenhuma hipótese. Mas quem sabe, um co-criador Divino ainda inconsciente. Crie, portanto, suas próprias realidades sempre consciente de quais serão os resultados que você irá experimentar no futuro. Semeie, consciente dos frutos que virão mais tarde.

Mantenha-se atento a todo instante, em relação a todo pensamento e partícula de sentimento que emanar de seu interior. Você cria a sua própria realidade a todo instante.
Logo, a todo instante você está experimentando também os resultados de uma realidade criada anteriormente. O segredo da Paz e da Realização Divina está em vivenciarmos a felicidade eterna. Só podemos perder a paz, uma vez que não transmitimos a paz, por um segundo que seja. Só podemos nos sentir carentes, uma vez que não transmitimos amor, por um segundo que seja. A ilusão surge do fato de acreditarmos que o mundo nos deve paz e amor, mas em verdade, nós é que deixamos de amar e praticar a paz, num determinado momento.
Nós somos Deus. Acaso Deus não lhe perdoou alguma vez, por maior que tenha sido o erro cometido por você? Certamente, lhe perdoou. Na verdade, ele não lhe perdoou – você apenas reconheceu a sua falha, e portanto permitiu que Deus lhe instruísse com muito amor e compreensão. O erro é uma realidade criada por nós, é um caminho no qual nos inserimos e, quando percebemos o engano, queremos de forma desesperada sair dele. Aí então começamos a nos culpar, e a nos julgar.

Mas não é Deus quem está fazendo isto, somos nós mesmos. Não precisamos aumentar ainda mais o nosso sofrimento, ao contrário. Precisamos sair do caminho do erro, no qual nos inserimos.

Em todos os momentos tivemos e sempre teremos a liberdade de percorrer quais caminhos considerarmos melhor, por isso, nenhum erro e nenhum mal é absoluto. Tudo é experiência, e experiência nos traz sabedoria.

Assim, então, através da compreensão das Leis de Deus, saímos do caminho do erro e retornamos ao estado de paz absoluta e união com Deus.

Podemos viver no mundo das formas, mas isto não significa que tenhamos que nos perder neste meio, e não significa também que a partir de nosso livre arbítrio somente façamos escolhas erradas. Há também escolhas certas. Podemos entrar no meio de um labirinto, mas antes, precisamos saber se isto é realmente bom, e também é preciso saber antecipadamente qual é o caminho de saída, pois um dia haveremos de retornar para nossas origens.

Ter a consciência plena do engano, da ilusão e do caminho não adequado nos conduz naturalmente a Deus, uma vez que estivermos buscando-o com amor e sinceridade. Ter consciência, enfim, de toda a realidade que nos cerca, o que ela representa para nós e em que aspectos nos pode ser útil. Se esta realidade em nada nos ajuda, e se temos consciência disto, é natural que em breve nós deveremos deixá-la. Uma outra realidade já foi criada e nos espera, num outro nível de consciência. Assim se dá, enfim, o salto quântico de consciência. Assim, de fato, é que todos nós nos transformaremos, num determinado dia.
11.02.2000

O PARADOXO DA VIDA

Para o ser humano, existem sempre duas opções: assumir o controle de sua vida, ou então permitir que outras pessoas, ambientes, sistemas, crenças e vícios da sociedade os controlem.

O ser humano é senhor de si mesmo e, na maioria das vezes, esquece-se disto.

Assumir o controle implica estar à frente de tudo, significa nos manifestarmos como o Deus que somos e sempre seremos.

As pessoas sofrem e reclamam deste sofrimento, mas ao mesmo tempo que isto ocorre, pactuam com o sofrimento e insistem em alimentar suas causas.

Quando o ser humano perceber que ele, sua identidade verdadeira, é a única causa de tudo o que existe em sua vida, ele saberá também que nada que ele realmente não queira, ele não terá.

Quando queremos algo que nos faz sofrer, não temos consciência disto. Por isto nós queremos. Assim será, até o dia em que nos tornaremos conscientes do mal que este algo nos faz. Até lá estaremos experimentando o próprio mal sob todas as suas faces e características, bem como todos os níveis de aprendizado que, por meio dele, podemos adquirir. Passaremos então a fazer melhores escolhas em nosso dia-a-dia. E assim é a nossa evolução.

Fizemos escolhas em nossos passados, assim como ontem, e também hoje. Experimentamos hoje o que decidimos ontem. E no futuro experimentaremos o que decidimos hoje. O Centro de Tudo, que é o Presente, que é Deus e que é Tudo O Que Existe, permanecerá perfeito, inviolável e incorruptível, até que um dia, enfim, deixaremos de viver no passado e no futuro.

E assim, então, teremos retornado às nossas origens.
E passaremos a viver em Deus.
Fonte: livro Na trilha da Ascensão de Leandro Pires
http://www.luzdegaia.org/

http://despertardegaia.blogspot.com/

OS REPTILIANOS NO PLANETA TERRA – parte 2 (David Icke)


Muitas das pessoas possuídas não têm qualquer idéia que isto está acontecendo, mas seus pensamentos são os pensamentos dos reptilianos e eles agem de forma a avançar a Agenda sem saber sobre o pano de fundo do como e por que de eles estarem sendo usados.

As principais famílias da Irmandade, como os Rothschilds e os Windsors, são de sangue-completo, reptilianos que vestem os corpos físicos humanos como se veste um blusão, com o conhecimento completo de quem eles são e da Agenda que eles estão procurando implementar.

Outro comentário que a mulher psíquica fez foi que em seu estado alterado de consciência, Hillary Clinton se apresentava como um réptil, enquanto seu marido, Bill Clinton, o presidente dos EUA, era apenas possuído e controlado por um.

Isto é interessante porque minha própria pesquisa, e a de outros, revelou que Hillary Clinton está muito mais alto na hierarquia do que Bill, que, apesar de ser da linhagem híbrida, é um peão no jogo, para ser usado e descartado se necessário. Não é sempre que as pessoas mais poderosas são colocadas no que parece ser os empregos mais poderosos. Freqüentemente eles não são. Os mais poderosos são os puxadores-de-fios daqueles que aparentam ter o poder.

Existe uma outra diferença chave entre os puro-sangue e os híbridos. Tudo é criado pelo som. Quando você pensa ou sente, você emite uma onda de energia que modifica a energia presente em sua volta e a ressoa no mesmo nível vibracional. Esta onda é, na realidade, um som, emitido além da faixa de audição humana. A forma não pode existir sem o som.

Como você pode ver em uma série fantástica de vídeos, chamada de Cymatics, é o som que dá forma à matéria.



Desabilite a Play List Musical para assistir esse vídeo

Nos vídeos, areia e outras partículas são colocadas sobre uma placa metálica e essa é vibrada por diferentes sons que re-arranjam a areia em padrões fantásticos, muitas vezes geométricos. Com cada mudança do som, os padrões mudam simultaneamente.

Quando se volta para o som original, os padrões originais também retornam imediatamente. É como as ondas que formam os círculos concêntricos das órbitas planetárias em torno do Sol, que eu mencionei no último capítulo.

O sistema solar também é uma criação do som. Tudo é.

No começo era a palavra [verbo] e a palavra era… o som.

Nos vídeos Cymatics você vê as partículas formarem mini planetas, sistemas solares e galáxias, apenas pelo uso de vibrações sonoras.

O som é também uma forma maravilhosa de cura porque quando nós ressonamos o corpo e seus órgãos em suas vibrações naturais eles podem ser curados.

Doença é des-harmonia [dis-ease], a desarmonia do estado vibracional natural do corpo e, como nossos pensamentos e emoções são na realidade ondas sonoras, nossos pensamentos e emoções desequilibrados rompem a harmonia vibracional e portanto leva à doença. Isto é como o estresse emocional causa a doença. É tão simples.

De qualquer forma, outro exemplo incrível de tudo isso nos vídeos Cymatics é ver figuras quase humanas se formar com as partículas, quando certos sons são emitidos.

Nossos corpos são também o resultado de energias ressonantes de som que gera forma e se nossas mentes forem suficientemente poderosas para mudar a faixa de som do corpo, ela o move para outra forma ou o desaparece completamente desta dimensão.

Isto é o que é chamado de mudança-de-forma [shape-shifting].

Não é um milagre, é ciência, as leis naturais da criação.


Os reptilianos puro-sangue da parte inferior da quarta dimensão podem portanto fazer suas formas físicas ‘humanas’ desaparecer e fazer surgir o nível reptiliano da existência deles. Eles mudam de forma. Para nós nesta dimensão eles aparentam ser humanos, mas é apenas um sobretudo vibracional.

Após o primeiro rascunho deste capítulo estar concluído, eu encontrei outra mulher, desta vez na Inglaterra, que estava casada com um homem envolvido com rituais satânicos e com as redes da Irmandade.

Ele era o mantenedor chefe de uma área de terra chamada Burnham Beeches próxima da fronteira entre Buckinghamshire-Berkshire, a algumas milhas de Slough, a oeste de Londres.

Este é um local antigo mencionado no Livro Domesday ao tempo de William, o Conquistador, no século XI e ele tem a reputação de satanismo.

A senhora que falou comigo disse que ela estava levando seu cachorro para um passeio pelo terreno ao entardecer, no começo dos anos 1970s, quando ela viu uma figura com uma longa vestimenta vermelha.

Quando ele levantou sua cabeça, ela viu que sua face era a de um lagarto. Ela obviamente pensou que ele estava maluca, mas isso não foi uma ilusão, ela disse.



O ‘lagarto’ era totalmente real e totalmente físico, não uma aparição. Ela é muito psíquica e ela posteriormente começou a ver pessoas ou se transformar em lagartos ante seus olhos ou ser sobrepujados por eles, da mesma forma que a descrita pela psíquica americana. Se você olhar na seção de figuras você verá uma impressão de artista do que ela vê com sua visão psíquica e o que muitos outros têm descrito como exatamente as mesmas experiências.

Em 20 de julho de 1988, numerosas pessoas em Bishopsville, Carolina do Sul, disseram que elas ficaram aterrorizadas por um “homem-lagarto de sete pés de altura que não tinha cabelo, sobrancelha ou lábios, tinha três dedos em cada mão e olhos grandes e inclinados, que brilhavam com cor vermelha”.

Existiram cinco avistamentos deste “homem-lagarto” e a estória foi relatada no Los Angeles Times e no Herald Examiner.

Quando você vai com o fluxo da vida e escuta a sua intuição, te é mostrado o que você precisa conhecer pela incrível sincronicidade que diariamente te circunda e te guia através das cortinas de fumaça e dos conjuntos de espelhos.

Num dia de fevereiro de 1998, em Johannesburg na África do Sul, eu passei quase cinco horas conversando com um xamã zulu, chamado Credo Mutwa.

A palavra Zulu significa Povo das Estrelas, porque eles acreditam que eles são uma raça da realeza que se originou fora deste planeta.

Nós conversamos sobre a manipulação global e sua crença de que uma raça extraterrestre está por trás da Irmandade global de monarcas, políticos, banqueiros e donos da mídia.

Mais tarde eu voltei para a casa onde eu estava hospedado e escrevi os pontos principais que ele mencionou, em meu computador laptop, antes de descer para o salão à noite.

The Arrival

Quando eu sentei, um filme estava começando, chamado The Arrival, e tratava de uma raça extraterrestre tipo-réptil que tinha conquistado o planeta operando através de corpos humanos e aparentando serem humanos. Alguém estava tentando me dizer algo! E este algo é a verdade.

They Live

Um outro filme menos conhecido que eu vi próximo desta ocasião era chamado de They Live e, novamente, o tema era de uma raça extraterrestre que conquistava o mundo trabalhando através de corpos físicos humanos.

Alien Resurrection

Alien Resurrection foi um outro que usava o tema reptiliano com a implicação de que os alienígenas estavam ocupando os corpos dos humanos.

V

Mas o mais perto que um filme chegou da verdade é a série de televisão americana dos anos 1980, chamada V.

Ela conta sobre uma raça reptiliana extraterrestre que conquista o mundo usando uma forma humana.

O filme mostra os répteis cobertos com uma pele que lembra o látex, que não é como a coisa funciona na realidade, mas a temática da série está certa e dá um sabor antecipado das coisas que vêm por ai; a não ser que nós acordemos logo.


Eu recomendo fortemente que você pense sobre assistir os vídeos de V, para ter uma sensação visual sobre os temas que eu estou expondo neste livro.

Um dos pesquisadores principais deste fenômeno tem sido o americano Alex Christopher, autor dos livros Pandora’s Box, Volumes I e II, que revela, em parte, a presença reptiliana neste planeta.

Alex tem visto reptilianos e o que ela chama de Cinzentos de Olhos Grandes. 

Uma noite em Panama City, na Flórida, ele diz que ele foi chamado, às 2:30 da madrugada pelos seus frenéticos vizinhos, uma mulher e seu companheiro, um piloto de linha aérea comercial.

Quando ele correu para a casa deles, encontrou a mulher desmaiando, deslocando-se para baixo na parede com seus olhos girando.

Alex disse que sentiu uma energia incrível no quarto, que parecia estar tentando penetrar na sua cabeça. Certamente existia radiação, disse, e no dia seguinte todas as plantas do quarto estavam mortas. Agarrou o casal e os levou para fora onde eles conversaram um pouco.

Eles disseram que eles estavam fazendo sexo quando o incidente começou e isto é muito significativo, porque os reptilianos se alimentam das emoções humanas e da energia sexual, o que é uma razão porque o sexo é tão fundamental nos rituais satânicos feitos para os ‘demônios’ – este grupo reptiliano.

O casal disse que eles viram um flash de luz e, então, eles foram arrancados para fora da cama.

O homem ainda tinha uma impressão de uma palma na sua lateral feita por dedos que deveriam ser de dez polegadas de comprimento com garras que queimaram sua pele.

No dia seguinte aquele local estava tão dolorido que ele não conseguia tocá-lo, e Alex Christopher tem um vídeo gravado disto.

Quando o casal tinha se acalmado e Alex foi embora para sua cama em sua casa,  ficou face-a-face com um reptiliano:

“Eu acordei e exitia esta “coisa” em pé na minha cama. Ele tinha olhos amarelos com pupilas tipo cobra e orelhas pontudas, e um sorriso que dava volta na sua cabeça. Ele tinha uma vestimenta prateada e isto me apavorou. Eu coloquei as cobertas sobre minha cabeça e comecei a gritar…quero dizer, aqui estava esta coisa com sorriso de gato e esses olhos reluzentes…isso era demais para mim. Eu vi este tipo de ser em mais de uma ocasião… Ele tinha um nariz adunco e tinha uma aparência bem humana, tirando os seus olhos e aquele tipo de pele acizentada…
…Mais tarde em 1991, eu estava trabalhando em um edifício em uma grande cidade, e eu tinha tirado um descanço às 6 da tarde e a próxima coisa que eu lembrei foi quando era 10:30 da noite, e eu pensei que eu tinha tido apenas um pequeno intervalo de descanço.

Eu comecei a lembrar que eu fui levada a bordo de uma nave espacial, através dos quatro andares do edifício e através do teto. Lá na nave é onde eu encontrei alemães e americanos trabalhando juntos, e também alienígenas cinzentos, e então nós fomos levados para algum outro tipo de local e lá eu vi novamente reptilianos… aqueles que eu chamo de “Godzillas Bebês” que possuem dentes pequenos e olhos inclinados amarelos…As coisas que ficaram gravadas na minha mente foram os seres que parecem-se com répteis, ou “velcoci-rapters”. Eles são os seres mais cruéis que você possa imaginar e eles inclusive tem um cheiro horrível.”

A bordo da ‘nave’ ela lembra de ter visto os alemães e os americanos usando uma insígnia no formato de um triângulo azul com um dragão de olhos vermelhos e um círculo em volta disso.

Um contato posterior disse a ela que ela viu o mesmo símbolo em Fort Walden, nos Estados Unidos.

Um símbolo de uma serpente com asas podia ser visto na manga de um soldado israelense, quando ele confortava a filha do Primeiro Ministro assassinado, Yitzhak Rabin, no funeral de seu pai em 1995.

(Veja a revista Newsweek, de 20 de novembro de 1995).

Uma das especialidades de Alex Christopher é o novo Aeroporto de Denver que tem a reputação de ser um acobertamento para uma profunda base subterrânea para reptilianos-humanos.

Certamente é um local estranho. A primeira vez que eu conversei sobre estes assuntos de conspiração nos Estados Unidos foi em Denver, em agosto de 1996, e eu tinha pousado no Aeroporto de Denver sem nenhuma idéia de sua fama.

Mesmo assim, assim que o avião pousou eu senti uma energia muito estranha, muito esquisito e desagradável.

O aeroporto foi construído com um custo enorme em um terreno aberto a uma distância grande de Denver e ele está cheio de símbolos maçônicos.

Existem também gárgulas, as figuras de répteis com asas que você encontra nos lares oficiais da aristocracia reptiliana na Bretanha e nas igrejas e grandes catedrais da Europa que foram construídas pela rede da Irmandade.

Existem também gárgulas em um edifício da Dealey Plaza onde o presidente Kennedy foi assassinado e, agora, eles aparecem novamente em um moderno aeroporto construído em uma alegada base subterrânea reptiliana.

Gárgulas são símbolos dos reptilianos e isso é o motivo porque você encontra eles no aeroporto de Denver. A pedra dedicatória no aeroporto apresenta o clássico símbolo do compasso dos maçons e ele fica na parte do terminal chamado O Grande Saguão [The Great Hall], outro termo maçônico.

Em uma parede existe um mural grotesco cheio de simbolismo maléfico, que inclui três ataúdes com mulheres mortas neles: uma menina judia, uma americana nativa e uma mulher negra. 

Uma outra garota está segurando um tablete maia que fala da destruição da civilização. 

Um enorme personagem, descrito como um ‘Darth Vader verde’ por Alex Christopher, está em pé sobre uma cidade destruída com uma espada em sua mão e mulheres estão caminhando em uma estrada carregando bebês mortos. Todas as crianças do mundo são apresentadas pegando armas de todos os países e entregando-as para a figura de um rapaz alemão com um punho de ferro e uma bigorna em sua mão.

ACESSE ESSES LINKS PARA VER 
TODAS AS FOTOS  DO AEROPORTO DE DENVER:

A cidade de Denver está aparentemente agendada para ser o quartel-general do setor oeste dos Estados Unidos sob o estado fascista global conhecido como Nova Ordem Mundial que está planejada para além do ano 2000. A cidade de Atlanta é dito que será o centro do setor leste e eu me lembro de ter pensado, há alguns anos atrás, como o projeto dos aeroportos de Denver e Atlanta eram tão similares – agora eu sei porque.

O estado do Colorado é um dos centros principais para a Nova Ordem Mundial e a rainha da Inglaterra, usando outro nome, tem comprado terras por lá. Como você verá posteriormente, a família real britânica está massivamente envolvida nesta estória e assim como o assassinato de Diana, a princesa de Gales.

Um dos principais contatos de Christopher era uma pessoa chamada Phil Schneider, o filho de um comandante de barco-U alemão na Segunda Guerra Mundial, que estava comissionado para construir um certo número de bases subterrâneas profundas nos Estados Unidos. Eu vi algumas de suas palestras em vídeo quando ele começou a falar publicamente sobre a rede subterrânea de bases, cidades e túneis em todo os Estados Unidos.

Posteriormente ele morreu em circunstâncias muito suspeitas que foram ajustadas para parecerem um ‘suicídio’.

Schneider disse que o aeroporto de Denver estava conectado com uma base subterrânea profunda que possuía pelo menos oito níveis em profundidade.

Ela incluía uma cidade subterrânea de 4,5 milhas quadradas e uma vasta base, ele disse.

Outros contatos que estiveram no subsolo do aeroporto de Denver afirmam que existem grandes números de escravos humanos, muitos deles crianças, trabalhando lá sob o controle de reptilianos.

Duas das bases que Phil Schneider afirma ter ajudado a construir são a infame Área 51 em Nevada e a Dulce no Novo México, que está conectada por uma rede de túneis com o Laboratório Nacional de Los Alamos.


Eu estive em Los Alamos e as vibrações lá são simplesmente horríveis. Após falar sobre o envolvimento reptiliano nos afazeres humanos, no show de rádio Sightings nos Estados Unidos, me foi enviado um documento por um soldado do exército alocado na superfície, na cidade de Dulce. Ele percebeu que existia algo ‘muito estranho’ no local, mas ele não conseguia explicar o porquê. Ele lembrou:

“Eu estava trabalhando em uma tarefa de rotina quando um outro alistado jovem, um mecânico, veio com um tarefa pequena, mas rápida, que ele queria que fosse soldada imediatamente. Ele tinha o impresso e começou a me mostrar exatamente o que ele queria. Nós estávamos ambos curvados sobre a bancada em frente ao soldador quando eu dei uma olhada diretamente em seu rosto. Ele pareceu ficar rapidamente coberto com um filme semi-transparente ou nuvem. Suas feições desbotaram e em seu lugar apareceu uma ‘coisa’ com olhos saltados, sem cabelo e escamas no lugar da pele.”

Ele mais tarde viu a mesma coisa acontecer a um guarda no portão de entrada de Dulce. Outra testemunha disse ter visto mais camaleões-reptilianos trabalhando no Hospital Militar Madigan, próximo do Forte Lewis, ao sul de Seattle no Estado de Washington.

Novamente, eu fiz palestra naquela região e achei tudo muito extranho, como ter um centro ‘Nova Era’ perto do Forte Lewis.

Jason Bishop III conduziu estudos detalhados sobre a operação em Dulce e concluiu sobre o envolvimento de um cartel que eu exponho no livro…And The Truth Shall Set You Free […E a Verdade o Libertará], que inclui organizações tais como a Rand Corporation, General Electric, AT&T, Hughes Aircraft, Northrop Corporation, Sandia Corporation, Stanford Research Institute, Walsh Construction, the Bechtel Corporation, the Colorado School of Mines e outras.

Bechtel é uma ligação importante na rede da Irmandade reptiliana. Existem pelo menos sete níveis subterrâneos em Dulce, provavelmente mais, e Bishop compilou registros de trabalhadores de lá que descreveram o que eles viram. Suas narrativas espelha as descrições dos anunnaki nos textos sumérios, quando eles cruzaram espécies para produzir muitos tipos hediondos de híbridos.

Isto é o que trabalhadores disseram sobre Dulce:

“O nível número seis é privadamente chamado de “Saguão do Pesadelo”, ele abriga os laboratórios genéticos. Relatórios de trabalhadores que viram experimentos bizarros, são assim: ‘Eu vi humanos multipernas que pareciam meio humano, meio polvo. Também humanos-reptilianos e criaturas peludas que possuem mãos como humanos e que choram como bebês, que simula palavras humanas…também uma enorme mistura de humanos-lagartos em jaulas.’ Existem peixes, focas, pássaros e camundongos que mal podem ser considerados dessas espécies. Existem várias jaulas (e tonéis) de humanóides com asas, criaturas grotescas assemelhadas a morcego…mas com 3,5 a 7,0 pés de altura. Seres semelhantes a gárgulas e Draco-reptóides.
“O nível número sete é pior, alas após alas de milhares de humanos e misturas humanas em armazenamento no frio. Aqui, também, existem tonéis de armazenamento de embriões de humanóides em vários estágios de desenvolvimento. (Um dos trabalhadores disse:) ‘…Eu freqëntemente encontrava humanos em jaulas, geralmente atordoados ou drogados, mas algumas vezes eles choravam e pediam por ajuda. Nos era dito que eles eram loucos sem qualquer esperança de recuperação, e estavam envolvidos em testes de drogas de alto risco para curar a insanidade. Nos era dito para nunca tentar conversar com eles. No começo nós acreditamos nessa estória. Finalmente, em 1978, um pequeno grupo de trabalhadores descobriu a verdade.” 
Esta descoberta aparentemente levou às ‘Guerras de Dulce’, uma batalha entre humanos e os extraterrestres em 1979, quando muitos cientistas e pessoal militar foram mortos. Phil Schneider afirmava ter tomado parte em uma troca de tiros com os alienígenas em Dulce na qual ele foi atingido por uma arma a laser que abriu o seu peito.

Ele realmente tinha uma cicatriz enorme em seu peito, que ele revelava publicamente. 

A base foi fechada por um certo tempo como resultado deste conflito, mas foi reaberta posteriormente.

Uma outra base subterrânea reptiliana está sob o Canyon Boynton, em Sedona no Arizona. Acredita-se que o centro desta base está no, chamado apropriadamente, Canyon Secreto. Bases semelhantes e cidades subterrâneas existem em todo o mundo e elas são interconectadas por túneis com metrôs incrivelmente rápidos.

Esses túneis são construídos muito rapidamente por tecnologia como a do Subterrene, uma máquina com alimentação nuclear que funde a rocha e a amolda na forma das paredes do túnel.

Ela foi desenvolvida em Los Alamos. É significativo que os testes nucleares subterrâneos foram feitos em Nevada e no Novo México, o local de muitas instalações subterrâneas profundas que tem sido vinculadas com os reptilianos. Será que esses ‘testes’ foram feitos lá para abrir vastas cavernas subterrâneas? Um outro tema que eu tenho tido através de muitos contatos é que os reptilianos podem se alimentar de energia nuclear.

Como eles se parecem?
Resumindo toda a pesquisa que eu li, as pessoas com quem me encontrei, e os relatos daqueles que afirmam ter tido experiência com esses humanóides-repteis ou reptilianos, o que se segue parece ser verdadeiro.

Existem muitas subraças e raças híbridas de reptilianos. 

A elite deles é conhecida pelos pesquisadores de UFO como o Draco [de Dragão].

Esses são os ‘grandes garotões’ em todos os sentidos, já que eles possuem geralmente entre sete e doze pés de altura.

Eles possuem asas que são abas de pele suportadas por costelas longas.

As asas podem ser dobradas contra o corpo e elas são a origem do termo “serpentes com asas”.

Eles também são a origem do termo ‘anjos caídos’ e os gárgulas com asas são simbolismos destes Draco.

A capa usada pelo Conde Drácula é um símbolo dessas asas e o personagem de Drácula nas estórias de Bram Stoker é dito ser um anjo caído.

O Draco com asas são também conhecidos como a Raça dos Dragões e alguns dos deuses da antiguidade são descritos e mostrados como homens-pássaro.

Isto poderia ser uma das origens da Fênix e da águia no simbolismo da Irmandade, assim como os significados mais esotéricos.

O Satã bíblico é mostrado como um reptiliano, também.

Alguns da hierarquia reptiliana dos Dracos são aparentemente brancos ou branco albino e, não, das cores usuais de verde ou marrom, e isto se liga com a descrição do estranho lagarto humanóide ‘albino’ no edifício em Aurora, perto de Denver.

Os Dracos são a ‘realeza’ dos reptilianos e a casta mais elevada são a dos brancos albinos, que aparentemente possuem chifres cônicos no meio do caminho entre a sobrancelha e o topo da cabeça.

Isso me chamou a atenção imediatamente porque os ‘deuses’ antigos e a realeza eram mostrados usando uma touca com chifres, simbólico desses reptilianos ‘reais’, estou certo.

Outras espécies, como a classe dos soldados e cientistas, são conhecidos como Reptóides. Eles não possuem asas, mas todos eles possuem sangue frio.

Suas escamas são muito maiores em suas costas e eles possuem três dedos com um polegar no lado oposto. Eles possuem três dedos nos pés com um quarto voltado para o lado do tornozelo e suas garras são curtas e grossas. Eles possuem olhos grandes e semelhantes a gatos que brilham na cor vermelha e têm uma boca que parece mais como uma ranhura. Alguns possuem olhos que são descritos como negros e outros são brancos com pupilas verticais com cor de flama. Novamente, isto é o que a senhora descreveu no caso de Aurora.

Os reptilianos possuem de cinco a doze pés de altura e eles são os ‘gigantes’ descritos tão profusamente nos registros e lendas antigas.

Alguns possuem caudas, outros não. Um dos outros planetas que eles influenciam por longo tempo é reconhecido ser Marte e será que os híbridos répteis entre os marcianos brancos estiveram lá antes de virem para cá?

Zecharia Sitchin também especula que os anunnaki foram a Marte antes de virem para a Terra. Isto certamente se encaixa na situação e pode bem ser que os marcianos brancos no cenário de Brian Desborough e os anunnaki podem estar ligados geneticamente por longo tempo.

Uma alta sacerdotiza da hierarquia da Irmandade que rompeu suas amarras, pelo menos na ocasião que eu falei com ela, diz que os anunnki reptilianos invadiram Marte há muito tempo e a raça branca dos marcianos acabaram deixando aquele planeta e vieram para a Terra. 

Os anunnaki de Marte os seguiram, ela disse, apesar que eu não tenho dúvida de que alguns estão ainda lá em bases subterrâneas. Sempre que uma das sondas de Marte da NASA está na iminência de mostrar ao público algo que ele não deve ver, a ligação misteriosamente é interrompida ou a sonda desaparece completamente.

OBS.: VEJA MAIS SOBRE MARTE NA POSTAGEM

 “A HISTÓRIA DA HUMANIDADE – PARTE 6”

http://despertardegaia.blogspot.com/2012/02/historia-da-humanidade-6_16.html

O que não tem dúvida é que a raça branca, qualquer que seja sua origem, tem sido o principal veículo do programa de hibridização dos anunnaki para a tomada do planeta Terra.

Pesquisadores acreditam que os reptilianos são os controladores dos chamados Cinzas [greys], a figura clássica dos extraterrestres dos tempos modernos com seus grandes olhos negros.

Os cinzentos estão presentes na maioria dos registros de abduções.

Jason Bishop III, nos seus escritos sobre este assunto, diz que a hierarquia de controle é: Draco (reptilianos com asas); Draco (sem-asas); cinzentos; humanos. Parece também existir uma ‘aliança’ reptiliana com alguns outros grupos extraterrestres.

Tem sido sugerido que o sacrifício humano para os ‘deuses’ no mundo antigo, particularmente de crianças, foi em benefício dos reptilianos que exigiam esses rituais (uma característica do cérebro reptiliano é o ritual).

Eu estou seguro de que isto é verdade e isso será extremamente relevante no final deste livro. No momento da morte via sacrifício, uma forma de adrenalina circula através do corpo e se acumula na base do cérebro e isto é, aparentemente, mais potente nas crianças.

Isso é o que os reptilianos e os seus híbridos desejam, é dito, e eles certamente se alimentam de carne e de sangue humanos.

Esses sacrifícios na antiguidade eram para os deuses, literalmente, os reptilianos anunnaki, e eles continuam hoje em dia. Um traço comum de todas as pesquisas sobre os reptilianos é que eles não possuem emoção e não possuem sentimento e, no nível da quarta dimensão, eles se alimentam da energia das emoções humanas de baixa vibração, como medo, culpa e agressão.

Quando nós emitimos tais emoções, essa energia não pode ser vista neste mundo porque ela ressoa com a freqüências baixas da quarta dimensão e aí ela é absorvida pelos reptilianos.

Quanto mais dessas emoções possa ser estimulada, mais energia os reptilianos terão para aproveitar.

É por isso que nós temos encorajamento para fazer guerras, genocídio humano, a matança em massa de animais, perversões sexuais que criam energia negativa altamente carregada, e sacrifício e rituais de magia negra, que ocorrem em uma escala que irá assombrar aqueles que não estudaram o assunto.


Filhos dos deuses
O programa de cruzamento reptiliano parece ter produzido um híbrido humano-anunnaki por volta de 200.000 a 300.000 anos atrás. 

Tenho certeza que outras raças extraterrestres também cruzaram com a humanidade para produzir a gloriosa variedade de pessoas na Terra, mas eu estou focando aqui sobre o grupo reptiliano por causa do desejo deles de controlar e manipular as atividades humanas.

Claramente, quanto mais para trás você for, mais tenebrosa a estória se torna, mas existe suficiente evidências de suporte e via referências cruzadas para apresentar os temas do que aconteceu.

Quanto mais eu olho isto, mais fica claro para mim que o que os reptilianos fizeram em Marte eles também fizeram aqui. Eles se infiltraram na população local através de cruzamentos genéticos e acabaram tomando o planeta.

Parece que já existia a raça réptil-ariana entre os marcianos quando eles vieram para a Terra. Um dos principais locais para os anunnaki e os marcianos ou arianos, particularmente durante e após o cataclisma de Vênus por volta de 4.800 a.C., foram as montanhas da Turquia, Irã e Curdistão, e foi a partir daqui que eles e seus híbridos re-emergiram quando as águas retrocederam.

Foram eles que criaram as civilizações ‘instantaneamente’ avançadas nas terras baixas da Suméria, Egito, Babilônia e no Vale Indiano. Um centro particular para os reptilianos anunnaki parece ter sido as Montanhas do Cáucaso e esta é uma área que irá aparecer repetidas vezes nesta estória.

Eu sinto que existiu um grande programa de cruzamento genético nesta região, provavelmente no subsolo, que produziu um número muito grande de cruzamentos híbridos réptil-humanos.

Uma área de pesquisa que é altamente relevante para esta região é o número de pessoas com Rh negativo ou sangue rhesus negativo.

Freqüentemente, bebês rhesus negativos tornam-se azuis imediatamente após o nascimento. Esta é a origem do termo ‘sangue azul’ para as linhagens reais e para outros termos como ‘verdadeiramente azul’.

Especula-se que a linhagem ‘azul’ pode ser de descendentes marcianos e de onde as linhas marcianas vieram antes de lá. Muito mais pessoas brancas são Rh negativas que os negros ou asiáticos.

Os genes do Draco ‘real’ branco-albino parecem ter sido usados para criar as linhagens híbridas ‘reais’ réptil-humanas que têm sido usadas para governar o mundo desde os tempos antigos.

Esses eram aqueles conhecidos pelos antigos como os semi-deuses, aos quais foi dada a tarefa de intermediários, controlando a população e fazendo o mundo funcionar conforme a Agenda de seus mestres répteis.

O que é claro é que enquanto os anunnaki cruzavam com muitas raças da Terra, a raça branca tem sido o veículo principal deles para tomar o planeta e o Draco ‘real’ no topo da hierarquia deles são bancos albinos.

Algo significativo, quando você olha os registros antigos, muitas das suas criações híbridas tinham cabelos loiros e olhos azuis. Uma mudança importante parece ter ocorrido logo após as convulsões provocadas por Vênus, porque a cultura Ubaid (5.000 a.C.), onde agora é o Iraque, venerava deuses que eram representados como humanóides-lagartos, enquanto os sumérios (4.000-5.000 a.C.), que viveram na mesma área, representam seus deuses como bem humanos.

Esta mudança, e o programa de cruzamento na região do Cáucaso, estão fundamentalmente conectadas, tenho certeza. A elite híbrida anunnaki-humana era descrita pelos sumérios e existem muitos outros registros do cruzamento entre extraterrestres e humanos, ou dos ‘deuses’ e ‘povos do céu’ cruzando geneticamente com a humanidade. Isto é notado da forma mais famosa no Gênesis, onde está dito:

“Quando os homens começaram a aumentar em número sobre a terra e as filhas nasceram deles, os filhos de Deus viram que as filhas dos homens eram belas, e eles casavam com qualquer uma que eles escolhessem…Os Nefilim estavam sobre a terra naqueles dias – e também depois – quando os filhos de Deus foram até as filhas dos homens e tiveram filhos delas. Eles eram os heróis da antiguidade, os homens de renome.” Gênese 6:1-4

De acordo com as traduções de Zecharia Sitchin, a palavra Nefilim relaciona-se com “Aqueles que Desceram”, enquanto outros dizem que significa “os que caíram” ou “aqueles que caíram”.

A palavra ‘renome’ nessa passagem do Gênesis é uma tradução da palavra suméria ‘shem’.

Isto tem sido traduzido na bíblia como algo relacionado a ‘nome’, como em construir um nome para si mesmo como um homem de renome.

Sitchin diz que o significado verdadeiro de ‘shem’ é ‘veículo do céu’.

Ele diz que ela vem da raiz, shu-um, que significa ‘aquilo que é um MU’, e um MU era um artefato voador, ele diz. Portanto, ‘homens de renome’ torna-se ‘homens ou povo dos veículos do céu’.

Eram esses que cruzaram com as mulheres humanas. Esta passagem do Gênesis, eu sugeriria, fala do cruzamento entre os extraterrestres ou intraterrestres com os humanos para produzir os híbridos réptil-humanos.

O termo ‘filhos de Deus’ na realidade vem do hebreu, bene-ha-elohim, que na realidade se traduz por ‘filhos dos deuses’.

Os primeiros nascimentos desses encontros genéticos foram os gigantes das lendas e existem muitos registros de que tais híbridos terem nascidos.

Existem numerosos registros em todo o mundo antigo, em todos os continentes, de uma raça de gigantes e o Golias bíblico pode bem ter sido um símbolo dessas pessoas. Os americanos nativos possuem muitos contos do Povo das Estrelas que desceram dos céus para cruzar com as mulheres humanas e Alex Christopher diz que um denominador comum na abdução de humanos pelos reptilianos nos Estados Unidos parece se relacionar com a linha genética da pessoa, particularmente aquelas que regridem aos americanos nativos ou os índios antigos.

Os índios Hopi, você deve lembrar, falam que eles se originaram de dentro da Terra. O texto etíope, o Kebra Nagast (Nagas eram os ‘deuses serpentes’ da Índia que mudavam de forma), tem milhares de anos, e ele refere-se ao tamanho enorme dos bebês produzidos pelas uniões sexuais ou genéticas dos humanos com os ‘deuses’.

Ele diz como: “…as filhas de Cain com as quais os anjos (extraterrestres) conceberam…não conseguiam fazer nascer suas crianças, e elas morriam.”

Ele descreve como alguns desses bebês gigantes nasceram via parto cesariano: …tendo aberto as barrigas de suas mães, eles saiam pelos seus umbigos.”

No texto hebreu antigo, o Livro de Noé, e em seu derivativo, o Livro de Enoque, um nascimento estranho é descrito de uma criança não-humana, que vem a ser o Noé famoso do Dilúvio.

Referências a isto também aparece nos Manuscritos do Mar Morto, os registros da comunidade essênia na Palestina há 2.000 anos atrás, que incluiu muito material do Livro de Enoque.

O filho estranho que os textos descrevem é o filho de Lameque. Ele é descrito como sendo diferente de um ser humano e mais parecido com ‘as crianças dos anjos do céu’.

Enki e Ziusudra (Noé)

O filho de Lameque, Noé, é descrito como tendo pele branca e cabelo loiro com olhos que fazia toda a casa ‘brilhar como o Sol’.

Seres com cabelos loiros e olhos azuis, com olhos tipo laser é uma descrição para pessoas misteriosas ou ‘deuses’ que atravessam milhares de anos até os dias atuais e aparecem em muitas culturas em todo o mundo.

Lameque pergunta à sua esposa sobre o pai da criança:

“Veja, eu pensava então dentro de meu coração que a concepção era (devido) aos Vigilantes e ao Os Sagrados…e aos Nefilim… e meu coração ficou perturbado no meu interior por causa desta criança.” [47]

No Shahnemeh ou Livro dos Reis, a história lendária do Irã completada em 1010 d.C. pelo poeta árabe Firdowsi, ele descreve o nascimento de um bebê chamado Zal, o filho de um rei chamado Sam.

Novamente, o rei fica horrorizado pela aparência não-terrena do seu filho que tem um corpo muito grande ‘tão limpo como a prata’, cabelo tão branco como de um homem velho e ‘como neve’, e uma face semelhante com o Sol.

Sam chama seu filho uma criança do demônio, uma criança dos devas – os Vigilantes.

Como os patriarcas do Velho Testamento, os iranianos pareciam ter uma aversão a crianças que nasciam com feições extremamente brancas.

E quem é dito ser extremamente branco, um branco albino? A hierarquia real dos Draco. O texto do Shahnemeh diz o seguinte de Zal:

“Nenhum ser humano desta terra
Poderia dar à luz tal monstro,
Ele precisa ser da raça do Demônio,
Apesar ainda da forma humana e da face,
Se não for um Demônio, ele ao menos,
Aparenta ser uma besta na cor.” 
Zal mais tarde casa com uma princesa extrangeira chamada Rudabeh, a filha de Mehrab, o rei de Karbul, e um descendente do rei serpente Zahhak, que diziam ter governado o Irã por mil anos.

Esta era uma das linhagens reptilianas e concordando com isso, Rudabeh é descrito como tão alto quanto uma árvore teça, branco como marfim etc, as características familiares dos nascimentos dos vigilantes-humanos. Estas descrições abundam nas linhagens reais do Irã e do Oriente Próximo, assim como suas comparações com árvores por causa de suas grandes estaturas.

Parece, de seus textos, que você precisava ter as características físicas dos nefilim-vigilantes para se qualificar para ser rei. Isto, sem dúvida, é a origem do ‘direito divino dos reis’, o direito de governar em virtude de sua linhagem familiar, um sistema que continuou quando essas linhagens se expandiram dentro da Europa.

Até o título britânico de Sir, conferido pela rainha para seus súditos selecionados, vem de uma antiga deusa-cobra (reptiliana) chamada Sir, que se relaciona com a deusa anunnaki Ninlil ou Ninkharsag, nos tabletes sumérios.

O marido dela, Enlil, era chamado de A Serpente Esplêndida dos olhos brilhantes. Seu irmão, Enki, era também conhecido como uma serpente e seu emblema era duas serpentes entrelaçadas, o símbolo de seu ‘centro de culto’ em Eridu, e da profissão médica moderna.

O símbolo é conhecido como o caduceu.

O caduceu antigo, símbolo da profissão médica moderna e simbólico de muitas coisas, incluindo, muito possivelmente, as espirais duplas do DNA ou talvez a representação de uma particular freqüência ou comprimento de onda.

Esta informação vem dos tabletes sumérios, como traduzida por Zecharia Sitchin e descrita em seus livros.

Portanto, eu achei espantoso que Sitchin me disse pessoalmente que não existia evidência de uma raça serpente e me aconselhou para parar minha pesquisa nesses assuntos.

A idéia de que não existe evidência é simplesmente cômica, e portanto por que Sitchin diz isso para mim?

Ele foi inflexível de que eu deveria finalizar esta linha de pesquisa.

Eu não tenho absolutamente dúvida de que os anunnaki e os vigilantes são a mesma raça reptiliana – as ‘serpentes dos olhos brilhantes’ identificados por Christian e Bárbara O’Brien no seu trabalho, Genius of the Few [“Gênios de Poucos”].

Autor e pesquisador, Andrew Collins diz que ele tem um figurino de cobre canaanita mostrando um de seus deuses em torno de 2.000 a.C. Ele tem um pescoço de serpente e uma cabeça na forma da cobertura de uma cobra que se enrola para formar uma touca como uma cobra.

Durante os milhares de anos desde que estas linhagens híbridas reais de répteis-humanos foram criadas, elas tornaram-se mais integradas na população em geral e menos óbvias fisicamente, mas a estrutura genética básica permanece e a Irmandade mantém registros genéticos bem detalhados de quem as tem e de quem não as tem.

Christian e Bárbara O’Brien dizem, no Genius Of The Few, que se os anunnaki cruzaram geneticamente com a humanidade há centenas de milhares de anos atrás e novamente o fizeram cerca de 30.000 anos atrás, o resultado do segundo cruzamento seria uma estrutura genética com 75% anunnaki com 25% humana.

Eu penso que existiu um outro programa de miscigenação bem mais recente, após o dilúvio de Vênus cerca de 7.000 anos atrás.

Estas últimas linhagens seriam mais ainda anunnaki que as versões anteriores, obviamente.

Esses são os híbridos reptilianos que governam o mundo hoje e é essa profusão de genes reptilianos que permitem a essas pessoas mudarem de forma para répteis e de volta pra uma forma aparentemente humana.

Essas linhagens também possuem a habilidade de produzir um olhar hipnótico extremamente poderoso, exatamente como uma cobra que hipnotiza sua presa, e isto é a origem da expressão “dar um mau olhado em alguém”.

William e Kate são primos 

Tudo isso é a razão verdadeira para a obsessão com o sangue e a endogenia das famílias “sangue azul” e de seus descendentes. Esta é a razão, de desde os primeiros tempos da história conhecida, para que os herdeiros sangue azul se casem com suas meia-irmãs e primas, exatamente como os anunnaki faziam, de acordo com os tabletes sumérios.

O gene mais importente nessa sucessão é passado pela linha feminina, e portanto a escolha da parceira sexual feminina tem sido vital para eles.

É altamente significativo que a linhagem dos ‘reis serpentes’ tenha se originado no Irã, porque é desta região do Irã, Curdistão, Armênia, Turquia e das Montanhas do Cáucaso, que estas linhagens réptil-humanas emergiram para tomar o mundo.

Uma pessoa de dentro da Irmandade, um russo, disse que existia um enorme vórtice, um portal interdimensional, nas Montanhas do Cáucaso onde os extraterrestres entraram nesta dimensão.

Isto poderia explicar muitas coisas. O nome Irã [Iran] vem de algo anterior Airy-ana ou Air-an, que significa Terra dos Aryas ou Arianos. Até hoje existem duas raças distintas no Curdistão, os de pele oliva de estatura média e olhos escuros, e os muito mais altos, pessoas de pele branca, geralmente de olhos azuis.

Você irá notar que esses traços eram considerados a ‘Raça Mestre’ pelos nazistas e isto aconteceu porque os nazistas sabiam da história e da conexão com os reptilianos.

Andrew Collins, em seu livro From The Ashes Of Angels [“Das Cinzas dos Anjos”], apresenta uma evidência forte de que o bíblico Jardim do Éden estava localizado na região alta do Irã-Curdistão e, obviamente, o tema da serpente está no coração da estória do Éden.

Na vizinha Media, os reis eram conhecidos pelos iranianos como Mâr que significa cobra em persa. Talvez Mars [Marte] = cobra?

Eles eram chamados de ‘dinastia do dragão de Media’ ou os ‘descendentes do dragão’.

Eu não tenho dúvida de que o Draco reptiliano cruzou com os humanos para produzir híbridos dentro da raça branca e, inclusive, existem muitas pessoas em todo o mundo que afirmam ter cruzado geneticamente com os reptilianos.

Em 2.200 a.C. a Corte Real do Dragão foi fundada no Egito pelos sacerdotes de Mendes e isso ainda continua hoje, 4.000 anos depois, como a Corte Real e Imperial da Soberania do Dragão, agora sediada na Grã-Bretanha.

Alguns chamam isso a Irmandade da Cobra. 

Os primeiros reis da Suméria, Egito e, mais tarde, de Israel, eram ungidos durante sua coroação com a ‘gordura do dragão’ que era a gordura do crocodilo sagrado.

O crocodilo era conhecido no Egito como um “messé” e deste termo vem o termo hebreu “Messias” que significa O Ungido.

Os reis da sucessão eram também conhecidos como ‘Dragões’ e todo este simbolismo se relaciona com o conhecimento de que essas famílias reais eram a linhagem do cruzamento réptil-humano.

Quando muitos reinos se juntavam em uma batalha, eles apontavam um rei dos reis e ele era conhecido como o Grande Dragão ou…Draco.

O famoso título céltico, Pendragon, é uma versão disto. A palavra kingship [realeza] se originou da palavra kin [parente por sangue] e kin-ship virou kingship.

Apenas para enfatizar aqui o ponto sobre a linhagem dos répteis, o nome que os egípcios davam ao messé ou crocodilo sagrado deles era… Draco.

Isto também tornou-se um símbolo dos Terapeutas Egípcios e seu ramo em Israel foi chamado de Essênios, e era representado por uma serpente marinha ou Bistea Neptunis pelos merovíngeos ‘reais’ e seus descendentes na França.

Todos da mesma tribo, todos eles. Se você olhar a seção de figuras, você irá ver uma gravura egípcia antiga de um ‘deus’ na parede do templo em Saqquara – é uma figura reptiliana não-humana com algo parecido com asas.

Seres com cabelos loiros e olhos azuis, com olhos parecidos com lasers, continuam ainda serem relatados.

Uma amiga americana me contou sobre uma experiência que o seu pai teve no início dos anos 1970. Eles viviam na Turquia naquele tempo, onde ele trabalhava em um posto de escuta da Inteligência Militar Americana.

Ele voltou para casa numa noite em um estado terrível. Quando perguntado o que estava errado, ele apenas resmungou: “O mundo não é como nós pensamos que ele é”.

Apesar de ele raramente beber, ele pediu um whisky, e em seguida outro. Quando ele relaxou ele contou para sua filha sobre uma comunicação que ele tinha feito aquele dia com o piloto de um avião que estava estacionado em uma base turca.

O piloto reportou que ele estava voando próximo do Pólo Norte quando repentinamente seus motores pararam e todos os sistemas elétricos desligaram. O avião então desceu suavemente na vertical em direção ao solo e, para sua surpresa, o topo de uma montanha abriu e o avião foi estacionado dentro dela.

O que ele viu foi uma cena diretamente de James Bond. Ele saiu para fora do avião imaginando o que afinal estava acontecendo e ele encontrou pessoas altas, com cabelos loiros, com pele da cor de ‘pérola’ e olhos de um ‘azul-púrpura’ que pareciam, de certa forma, carregados eletricamente: como olhos de laser.

Todos eles vestiam longas túnicas brancas e, talvez significativamente, isso é como o ‘deus’ da América Central e do Sul, conhecido como Quetzalcoatl é descrito. Eles também usavam uma medalhão com uma Cruz Maltesa em uma corrente.

A memória do piloto ficou confusa sobre o que aconteceu após esse primeiro encontro com os ‘olhos azuis’, mas ele lembrou ter entrado em um quarto e visto um grupo desses seres sentados em torno de uma mesa de conferência. No final, ele foi levado de volta para seu avião e quando ele subiu para fora da montanha, suas turbinas e a eletrônica voltaram a funcionar.

Agora, após ouvir as descrições desses seres por um piloto norte-americano moderno, veja como o Livro de Enoque descreve os Vigilantes:


“E apareceram para mim dois homens muito altos, como eu nunca tinha visto na terra. E suas faces brilhavam como o sol, e seus olhos eram como lâmpadas acesas… Suas mãos eram mais brilhantes que a neve.”
Isto também poderia nos conectar com as descrições antigas de ‘deuses’ como ‘aqueles que brilham’.

Certamente existe muito mais de nossa história que nos está sendo contado e muito mais coisas acontecendo neste planeta hoje que a maioria das pessoas sequer pode começar a acreditar.

Muitas raças extraterrestres, não apenas os reptilianos, operam no e em torno da Terra nesta ou em dimensões mais elevadas.

Seres de Orion e das Plêiades estão entre muitas outras raças, relatadas por abduzidos e pesquisadores, que estão interagindo com humanos.

Do que eu ouvi de insiders [pessoas de dentro] da Irmandade que viram alguns desses extraterrestres, os seres de Orion (uma raça bela mas cruel, de acordos com meus contatos) possuem algum tipo de aliança com os reptilianos.

Tenho convicção de que os anjos bíblicos eram os Vigilantes, os reptilianos, com asas ou não.

O próprio termo ‘filhos dos deuses’ é traduzido no Septuagint, a versão grega do Velho Testamento, como angelos – anjos.

Pela minha pesquisa, parece que existem diferentes facções reptilianas: existem aqueles que possuem uma atitude mais positiva com a humanidade e aqueles que desejam dominar e controlar.

Ambos tornaram-se conhecidos como Vigilantes [Watchers, os observadores] ou anjos, os últimos como anjos caídos.

Poderia bem ser que as lendas de São Miguel lançando o dragão sobre a terra para a batalha final e de São Jorge derrotando o dragão, podem relacionar-se com o longo conflito entre os marcianos brancos genuínos e os anunnaki reptilianos.

São Miguel e São Jorge são heróis antigos fenícios da mesma região do mundo onde os anunnaki instalaram seu programa de cruzamento genético e, por um longo tempo, operavam abertamente como reptilianos. 

No último livro da Bíblia, o Livro da Revelação, nós vemos uma conexão clara que é feita entre o ser conhecido como Satã e a serpente ou réptil:

“E o grande dragão foi lançado para baixo, a velha serpente, ele que é chamado de Diabo e Satã, o enganador do mundo inteiro, ele foi lançado para baixo em direção à Terra e seus anjos foram também lançados para baixo com ele.”
“…E ele pegou o dragão, a velha serpente, que é o Diabo e Satã, e imobilizou-o por mil anos, e o lançou no abismo, e o trancou, e colocou um selo sobre ele, para que ele não enganasse mais as nações.” 

Nos fragmentos dos Pergaminhos do Mar Morto, traduzidos pelo especialista de hebreu Robert Eisenman, existe uma descrição de um vigilante chamado Belial (Bel?), que é descrito como o Príncipe das Trevas e o Rei do Mal.

É dito que ele é aterrorizante em sua aparência – como uma serpente com um semblante semelhante a uma víbora.

Um dos principais grupos angélicos no folclore hebreu é o Serafim ou serpentes ígneas’ e os Vigilantes estão muito ligados à descrição de serpentes.

Nos ensinamentos persas eles também falam de um ser que eles descrevem como ‘a serpente antiga que tem dois pés’, da mesma forma como o Livro de Enoque menciona serpentes que andam.

Quando você considera que é dito que os líderes reais Draco podem ter até 12 pés de altura [ 3,60 metros] e pele branca, na realidade um branco albino, ‘mais branco que a neve’, isso novamente se relaciona com a pele muito branca dos bebês híbridos gigantes dos vigilantes-humanos descritos no Livro de Enoque e em outros lugares.

E, eu devo enfatizar, o nascimento da criança humano-vigilante no Livro de Enoque chamada de Noé.

Noé é, de fato, um híbrido réptil-humano e muitas pessoas têm procurado dizer que são descendentes de Noé – portanto descendentes dos reptilianos Vigilantes e Anunnaki.

No mito hebreu, os Nefilim são descritos como awwim que significa devastadores ou serpentes. Nos Pergaminhos do Mar Morto, Noé é descrito como se parecendo com “as crianças dos anjos (caídos) do céu” cujas “concepções foram (devidas) aos Vigilantes…e aos Nefilim”.

No folclore judeu, a Eva é vista como a mãe ancestral dos Nefilim e está associada com as palavras hebréias que significam vida e cobra. A Eva foi, obviamente, tentada pela serpente de acordo com o mito do Velho Testamento e de acordo com outras fontes.

No Capítulo 69 do Livro de Enoque nós encontramos que entre os Vigilantes que revelaram os segredos para os humanos estava Gadreel, o anjo caído que tem sido identificado com o tentador de Eva.

O Livro de Enoque foi banido pela Igreja Romana que procurou negar a crença cristã inicial na existência de anjos de carne e osso e de anjos caídos ocupando corpos físicos e que se cruzavam com humanos.

Isto era feito para evitar que as massas entendessem a situação verdadeira.

Mas os maçons, que controlam a Igreja Católica Romana hoje em dia, junto com outras Irmandades derivadas, têm sempre visto Enoque como um de seus lendários fundadores.

O próprio nome Enoque significa ‘iniciado’.

O tema dos anjos caídos darem segredos proibidos à humanidade pode ser encontrado no Livro de Enoque e em outros trabalhos.

Azazel                                                         Shemyaza

Entre esses contadores de segredos está Azazel, que ensinou a arte de fabricação de metais, e Shemyaza, que ensinou as artes mágicas.

Esses contos produziram mais tarde muitos heróis baseados neste tema, o mais famoso dos quais é o deus grego, 

Prometeu, que é dito que roubou o fogo (conhecimento) dos deuses e o deu para os humanos (humanos selecionados).

Uma estátua de ouro de Prometeu está no Centro Rockefeller em Nova Iorque.

Os Rockefellers são puro-sangues reptilianos e, portanto, estão completamente cientes do significado verdadeiro e do pano de fundo da lenda de Prometeu.

Acidentalmente, o Vigilante chamado Azazel é a origem da cabeça de bode no ritual satânico e da expressão ‘bode expiatório’.

De acordo com o Livro de Levíticos, os israelitas deveriam sacrificar dois bodes machos no Yom Kippur, o Dia da Expiação.

Um era oferecido a Deus e o outro para Azazel.

O sacerdote colocava ambas as mãos sobre a cabeça do bode de Azazel e confessava os pecados das pessoas.

O bode era então levado para um local desabitado e lançado de um penhasco, simbolizando o anjo caído Azazel, que era visto como estando ligado e acorrentado no local desabitado – o ‘abismo’ na linguagem do Livro da Revelação – que eu entendo como o aprisionamento na quarta dimensão inferior.

Disto surge o tema antigo do bode expiatório que se manifestou em uma forma como a estória simbólica de ‘Jesus’.


A cabeça de bode de Azazel, um anjo reptiliano caído, está simbolizado no pentagrama invertido do satanismo.

Nós podemos debater sobre detalhes e nós deveríamos porque existe uma vasta quantidade de informação ainda para ser descoberta. Eu mesmo tenho uma lista interminável de questões.

Mas existem alguns temas que estão emergindo: raças extraterrestres têm visitado a Terra com intenções variadas durante, provavelmente, milhões de anos e os cruzamentos genéticos com eles criaram as várias linhas raciais existentes.

No passado distante existiram civilizações tecnologicamente altamente avançadas que se basearam neste conhecimento extraterrestre – a Idade de Ouro, como os antigos a chamavam.

Cerca de 450.000 anos atrás os anunnaki chegaram, uma raça reptiliana comandada por um Draco branco-albino com asas, e eles procuraram tomar o planeta. É provável que eles tinham nesta ocasião também se estabelecido e ocupado o planeta Marte.

Durante longo tempo os anunnaki viveram abertamente como reptilianos, mas por alguma razão, talvez por hostilidade de outras raças extraterrestres e da humanidade, eles literalmente passaram a atuar secretamente.

Eles partiram para o seqüestro do planeta, aparentando serem humanos. Isto incluiu o programa de hibridização que criou linhagens de híbridos humano-reptilianos através das quais eles poderiam operar a partir do inferior da quarta dimensão.

Os reptilianos da quarta dimensão vestem seus corpos humanos como um casaco genético e quando um corpo morre, o mesmo reptiliano ‘muda de casa’ para um outro corpo e continua com sua Agenda em uma outra geração. 

Você pode pensar nisso como vestir e se desfazer de trajes espaciais. Essas criaturas são aquelas que os psíquicos vêem como reptilianos dentro de corpos psíquicos humanos. Parece que eles precisam ocupar uma cepa genética com alto domínio reptiliano para conseguir fazer isto, e portanto certas linhagens sempre acabam em posições de poder.

Outros híbridos humano-reptilianos menos puros são aqueles corpos que são possuídos por uma consciência reptiliana a partir da quarta dimensão e essas são as pessoas que os psíquicos vêem como essencialmente humanos, mas ‘eclipsados’ por um reptiliano. O cruzamento para infundir a genética reptiliana nessas linhagens faz esta possessão muito mais fácil que naqueles com menos genes reptilianos.

Esta é a razão porque a Irmandade mantém registros tão detalhados das linhas genéticas. Eles então sabem quais pessoas podem ser possuídas mais facilmente que outras. Os reptilianos procuram, no entanto, influenciar a todos pelo estímulo dos padrões de comportamento da região réptil do nosso cérebro – pensamento hierárquico, agressão, conflito, divisão, falta de compaixão e uma necessidade de ritual.

Por ritual eu não apenas quero dizer se vestir em uma cerimônia satânica. Existem muitos exemplos da obsessão humana com rituais, que inclui fazer as mesmas coisas nos mesmos momentos, dia após dia, semana após semana.

Os reptilianos tem usado a raça branca como a principal rota deles para o controle global, mas eles se cruzaram com todas as raças, incluindo os chineses, japoneses, árabes e aqueles conhecidos como judeus. 

Tudo isso permite aos reptilianos controlarem pessoas e organizações aparentemente sem ligações.

Ela é a versão extraterrestre de membros da mesma sociedade secreta que trabalham em muitos locais de influência, enquanto o resto da população não tem nenhuma idéia que eles estão ligados entre si.

Você pode ver uma série de seres humanos aparentemente diferentes em posições de poder diferentes que chegam à mesma conclusão e concordam com a mesma política.

Isso pode parecer ser uma política nascida da democracia e do debate aberto.

Mas o que acontece se a mesma força está controlando todos eles? Isso iria então ser ditadura, mas a menos que você soubesse da verdadeira situação, como você iria descobrir isso? Isso é o que está acontecendo com os reptilianos que trabalham através de corpos humanos e da rede de sociedades secretas que essas linhagens criaram e se infiltraram.

O Livro de Enoch diz que aqueles que nasceram do sangue dos Nefilim (os híbridos répteis-humanos) estão, devido ao seu espírito ancestral, destinados a “afligir, oprimir, destruir, atacar, gerar batalhas e trabalhar para a destruição na terra”.

Em outras palavras, aqueles corpos podem ser possuídos por seu ‘espírito ancestral’ – os reptilianos da quarta dimensão inferior.

Nos Estados Unidos existe uma organização chamada Filhos de Jared, chamada assim devido ao pai de Enoque. Eles prometem uma ‘guerra implacável’ contra os descendentes dos Vigilantes que “como os notórios faraós, reis e ditadores, tem através da história dominado a raça humana”.

Na publicação deles, o Advogado de Jared [Jaredite Advocate], eles condenam os Vigilantes como “semelhantes a super gangsters, uma máfia celestial que governa o mundo”.

Muitas pessoas me perguntam como a Elite da Irmandade de hoje em dia pode causar tantas mortes, destruição e sofrimento sem mostrar nenhuma emoção.

Pelo menos algumas das cepas genéticas répteis parecem não sentir emoções como os humanos e eles parecem ser muito mais cruéis, também.

Eu apenas mencionei George Bush, Henry Kissinger, David Rockefeller e outros, e isso não é nenhuma surpresa, já que eles são exemplos da raça de répteis que trabalham na esfera humana.

David Icke

O que eu apresentei neste capítulo irá espantar até a maioria daqueles que têm acompanhado o meu trabalho e dado suporte a ele através dos anos, e eu entendo isso. Mas eu aprendido com experiências enormes, e às vezes extremas, a seguir o fluxo da vida e ir para onde o fluxo me leva.

Quando sinto o ritmo da vida, eu danço. Quando eu ouço ele falar para mim, eu escuto. Eu vou onde a música me leva, independente de quão incrível isso possa ser ou quais conseqüências isso possa ter para minha vida.

Para aqueles que ainda não tentaram isso, você irá ficar espantado sobre que aventura a vida repentinamente passa a ser, que conhecimento você pode acessar, obter e entender, quando você vai com o fluxo e cessa de travar guerra com ela, por medo de ser diferente.

Para a maioria das pessoas muitas vezes a cabeça fica no caminho porque elas temem sair fora do convencional. Elas ficam com medo sobre o as outras pessoas vão pensar e dizer a respeito delas.

Mas como você pode expor o impensável a não ser quando você pensa o impensável? Estamos dizendo que nós sabemos tudo? Não existe mais nada para saber? Claro que existe.

Nós conhecemos apenas uma fração do todo. E o que tem sido a força que nos trouxe ao nosso estado presente de conhecimento? Aqueles que ousaram pensar e comunicar o impensável. Sem tais pessoas a raça humana não pode evoluir; ela apenas corre em círculos, vivendo dentro de uma prisão perpétua da mente.

Que disseram eles? Que os humanos iriam voar? Ridículo!

Que nós podemos viajar acima da velocidade do som? Loucura! Que nós podemos criar bebês em um tubo de ensaio e clonar as espécies animal e humana? Hilário!

No entanto, tudo isso e mais tem sido feito por aqueles que têm pensado o impensável enquanto as massas zombavam. Faça uma tentativa antes que você esqueça como fazer isso. Pense além das limitações daquilo que lhe é dito ser a realidade.

Se recusar a fazer isso é a derradeira cela da prisão, é a derradeira estagnação mental e emocional – o derradeiro controle. De fato, este é o modo como nós temos sido controlados desde que toda essa enganação começou.

Fonte: Site David Icke

LEIA TAMBÉM, CLIQUE: