22 TOQUES CONSCIENCIAIS

Ponderações Espiritualistas, Simples e Despretensiosas
1. Tudo tem um duplo!
(A energia é a base de todas as coisas).
2. Emoções estagnadas bloqueiam a circulação sadia das energias.
(Má resolução afetiva = Bloqueios energéticos e Chacra cardíaco esmaecido).
3. As energias seguem os pensamentos.
(Cada um é o que pensa!)
4. Se a mágoa prende as energias, o oposto também é verdadeiro; o perdão libera as energias e faz o coração virar um sol.
(A compreensão enche a aura de luz).
5. Fios energéticos interligam as pessoas. Às vezes, espíritos densos se agarram nesses fios e interagem com as energias, conectando-se psiquicamente com aqueles que estão interligados. Muitas vezes, através dos acoplamentos áuricos negativos entre pessoas, espíritos densos interligam-se a elas e fazem um verdadeiro trampolim energético, pulando de uma para outra. O objetivo desse pessoal pesado é sempre o vampirismo psíquico e o rebaixamento espiritual de todos. 
(Por isso o sábio Jesus ensinava que é preciso “orar e vigiar!”).
6. De que adianta uma vestimenta luxuosa, se, por dentro, o coração está miserável?
(A verdadeira roupa do Ser é sua aura, que reflete bem o que cada um pensa, sente e quer da vida e dos outros. Por isso, é essencial encher a aura de luz, diariamente, e lembrar-se da própria natureza espiritual). 
7. Da mesma forma que é necessária e vital a higiene diária do corpo físico, assim também é em relação aos corpos sutis. 
(Preces, meditações, mantras, contatos com a natureza, e estudos e práticas espirituais sadias renovam as energias dos corpos sutis e tornam a aura uma verdadeira “vestimenta de luz”).
8. Espíritos assediadores não ligam a mínima para a formação acadêmica de ninguém. Eles entram nas energias das pessoas por sintonia com o que elas pensam, sentem e fazem na vida. Não lhes interessa o diploma ou a cultura da vítima de seu vampirismo, pois sempre procuram nela o clima psíquico interno adequado para suas atividades nefandas.
(Esse é um paradoxo curioso: espíritos infelizes, sem formação alguma, conseguem infligir grandes danos psíquicos em técnicos e doutores de várias áreas humanas, simplesmente explorando neles o mais básico: suas emoções mal-resolvidas e seus pensamentos estranhos).
10. Outros paradoxos estranhos: médiuns com medo de espíritos desencarnados; iogues que trabalham com práticas respiratórias, mas que são escravos do fumo; doutrinadores de sessões de desobsessão, que sequer doutrinaram a si mesmos e jamais fazem o que dizem aos espíritos, principalmente perdoar a alguém; passistas, curadores prânicos e reikianos andando no mundo com os chacras das mãos apagados; projetores extrafísicos com medo das saídas do corpo; e espiritualistas variados que sempre falam de vida após a morte, mas não deixam de chorar e visitar tumbas no cemitério no dia de finados.
(E, mais um paradoxo, que nunca consegui entender: estudantes espirituais, de várias linhas, que estudam sobre carma e reencarnação, mas ainda padecem da doença do racismo e do preconceito em seus corações). 
11. Ninguém é dono da verdade, mas tem gente que acha que sabe tudo! E isso só revela o seguinte: dentro da magnitude da vida, em todos os níveis, planos e dimensões, quanto mais se estuda, mais dúvidas aparecem, pois se percebe, claramente, que o que se sabe é bem pouco diante do infinito. Logo, quem estuda a sério e com discernimento das coisas, descobre o óbvio: nunca saberá o bastante, nem em mil vidas…Em contrapartida, pode descobrir a si mesmo e admirar-se com a grandeza da vida, e isso é mais importante do que os segredos do universo.
(Conhecer a si mesmo é o grande desafio do ser humano).
12. Alguém pode comprar o amor verdadeiro de outro? E que coisa da Terra poderá preencher o vazio existencial do coração? 
(Nem bebida nem drogas são capazes de dar o que o próprio coração não descobriu: a arte de ser feliz).
13. Nenhum ser no universo pode dar discernimento a outro. Isso é tarefa íntima e intransferível. É fruto da própria experiência de ousar raciocinar e se erguer para além dos limites sensoriais e dos convencionalismos humanos. Não há nenhuma técnica de despertar da consciência que seja baseada na preguiça e no comodismo.
(Seres de luz podem dar toques conscienciais profundos, mas não podem viver a vida por ninguém). 
14. A morte não muda ninguém, só joga a consciência definitivamente para fora do corpo físico, do jeitinho que ela é mesmo, com todas as suas qualidades e defeitos. 
(Não, não é a morte que muda a consciência. É a vida. E quem já descobriu isso, não espera a morte chegar para pensar, pois valoriza o tempo de seu viver para aprender o que for possível).
15. A cor da pele dos corpos humanos pode ser amarela, negra, branca ou vermelha, mas a raça do espírito é da luz. 
(Qual seria o povo escolhido de Deus, senão todos os seres vivos?).
16. Mais do que ocidental ou oriental, cada ser humano é filho das estrelas.
(Ninguém é estranho. Todo ser vivo é cidadão do universo!).
17. Dizem que “Deus escreve certo por linhas tortas”. Isso é verdade. Ele é muito criativo. Mas bem que o próprio homem poderia escrever melhor nas páginas de sua vida…
(Também dizem por aí que “pau que nasce torto, vive e morre torto”. Isso não é verdade. Uma das grandezas do homem é poder mudar as coisas e transcender os seus parâmetros limitados. Muitas pessoas mudam de vida e se erguem das cinzas de si mesmas, desentortando a própria consciência e melhorando suas jornadas de vida).
18. Amar não é só fantasiar, mas construir e realizar. 
(Igual a uma plantinha, um relacionamento precisa ser regado com amor e atenção, senão seca e morre). 
19. Envelhecer não é um problema, faz parte do jogo de viver na Terra. É natural.
Porém ver o tempo passar e somente ganhar rugas na cara, sem amadurecer, isso sim é encrenca!
(Há pessoas de idade com expressões joviais no rosto e cheias de vida e de interesse por coisas novas. Em contrapartida, há jovens com expressões envelhecidas e sem tesão de viver. Então, qual é a idade real de alguém? Aquela que se conta no corpo? Ou aquela outra, bem mais linda, que não se conta nas rugas ou nos cabelos brancos, mas no interesse pela vida e no sorriso franco, como a aurora iluminando a cara? Ah, tem tanta gente de idade que parece criança arteira e, por isso, não parece ter idade alguma, a não ser aquela que sua consciência feliz diz. E tem tanta gente, supostamente jovem, mais parecendo “fim de feira”, chupada e jogada de lado, sem sonhos e sem vida, só ganhando rugas e sem aurora na cara. Quem é o velho? Quem é o novo? Ou, melhor dizendo, quem tem brilho na cara?).
20. A melhor fogueira é a do discernimento, que queima as tolices de dentro do próprio coração. 
(Talvez, por isso, Jesus tenha ensinado o seguinte: “De que vale a uma pessoa ganhar o mundo, se ela perder sua alma?”).
21. Séculos antes de Buda e Jesus, Krishna já ensinava que “o espírito é eterno, não nasce e nem morre, só entra e sai dos corpos perecíveis”. 
(Será por isso que, toda vez que passo em frente a um cemitério e olho os grandes mausoléus, começo a rir e a lembrar-me de Krishna tocando sua flauta, namorando as gopis e dizendo para Arjuna, o seu discípulo-arqueiro?: “O espírito é imperecível! O fogo não pode queimá-lo; a água não pode molhá-lo; e que arma feita pelo homem poderia destruir o princípio imperecível, que veio da Luz do Infinito?”
22. A missão de todo homem é uma só: viver! E, se puder, fazer o melhor possível.
(Talvez, por isso, o grande sábio chinês Lao-Tzé ensinou o seguinte: “O sábio pode até andar vestido em andrajos, mas ele carrega uma jóia dentro do seu coração”).
P.S.: Escrevi esses toques conscienciais de forma despretensiosa e informal, de improviso mesmo, enquanto preparava o material de um curso aqui em casa. Fui escrevendo… E deu nisso!Oxalá, os leitores possam peneirar algo bom nessas ponderações conscienciais. E eu desejo que a cara de cada um vire sol, na aurora de um sorriso… E que um Grande Amor possa preencher seus corações…
Compreensão e discernimento.
Amor e alegria.
Energias lindas na jornada.
Paz e Luz.
Texto de Wagner Borges

O CAMINHO DO AUTO-CONHECIMENTO

Para muitos de vocês essa é uma limpeza dos padrões energéticos residuais do núcleo que vocês precisam liberar de modo a poderem acomodar-se às vibrações superiores.

Essa é uma oportunidade de ouro para vocês, de uma vez por todas, para liberar aquelas energias impactadas que vocês carregam como excesso de bagagem por muitos milhares de anos. Enfrentem-nas, processem-nas e vejam-nas transmutarem em pura substância luminosa, e nesse processo vocês irão sentir-se cada vez mais leves.
Aproxima-se rapidamente o tempo em que cada um de vocês será solicitado a criar e compartilhar sua própria sabedoria particular colhida de suas vastas experiências na Terra e também as jóias de sabedoria armazenadas dentro de sua estrutura cerebral, que vocês trouxeram consigo das longínquas distâncias do universo.
Muito dessa informação é útil e cheia de amor, mas algumas são confusas e distorcidas. Por isso, usem seu discernimento ao que aceitam como suas verdades.
Depois de terem ficado fora de sua Fonte por tanto tempo, vocês estão ávidos e desejosos de conhecer tudo o que há para conhecer e atingir as alturas da iluminação tão rapidamente quanto possível. 
Mas, vocês precisam cumprir essa jornada passo a passo, aprendendo cada lição completamente quando deixarem de lado o que não mais lhes serve e, então, caminhar através da porta de incandescência, sintonia e integração subsequente.
Vocês precisam escrever nos mínimos detalhes seus pensamentos conforme formulam seus planos e os passos que precisam dar para que tenham um mapa claro do caminho a seguir. Estejam preparados para agir quando os espíritos cutucarem vocês para irem na direção correta, freqüentemente capitulando-os para fora de sua zona de conforto, para o desconhecido.
Cabe a cada um de vocês determinar quão fácil ou difícil será a jornada, mas tenham em mente: Seu sucesso está assegurado. Contudo, vocês escolhem quanto tempo ele demorará a chegar.
Identificando o Caminho…
Primeiro passo: Vocês começam a sentir um desejo de voltar-se para dentro a fim de encontrar as origens de suas respostas emocionais e da dor. Existe uma disposição para olhar para todos os aspectos do próprio ego ou de suas personalidades subconscientes, dando-lhes dessa maneira uma oportunidade para examinar de perto suas crenças emocionais e compreender melhor como “suas emoções controlam e dirigem vocês através dos desejos e necessidades do ego”. Vocês começam a ficar a vontade ao render-se a sabedoria do seu Eu Superior a medida que se adiantam no processo de curar suas chagas emocionais e alinhar seus desejos emocionais com a marca de sua alma e sua missão evolutiva.
Segundo passo: Vocês iniciam o processo de reprogramar suas crenças emocionais subconscientes a medida que liberam antigas emoções de auto-sabotagem e as substituem por emoções fortalecedoras de si mesmos. A medida que estabelecem uma conexão e um relacionamento pessoal com seus orientadores, instrutores e auxiliadores extrafísicos, vocês começam a perceber que possuem a centelha de Deus dentro de seu ser físico e esforçam-se para trazer cada vez mais daquele sentimento radiante de amor para suas vidas.
Terceiro passo: Vocês fazem um esforço consciente para alinhar sua vontade com a vontade de seu Eu Superior. O corpo emocional (campo substancial) começa a vibrar com um padrão de freqüência mais equilibrado e harmônico. Os desejos do ego são gradualmente substituídos pelos do espírito e do Eu Superior. Vocês se voltam para dentro de si para nutrir-se ou sentir amor, aptidão e validação ao invés de buscar tudo isso em uma fonte fora de si mesmos. Vocês começam o processo de tornar-se, emocionalmente, desapegados de eventos e ocorrências exteriores a medida que permitem que seu espírito os guie em direção a resposta maior e mais elevada para tudo, e vocês se tornam observadores em vez de instigadores ou reagentes. Vocês sabem que existe um propósito superior dentro de tudo que acontece, que todos estão exatamente onde devem estar para seu maior crescimento, que vocês não estão sendo julgados ou punidos, mas está sendo-lhes dada uma oportunidade para alcançar o equilíbrio a harmonia por meio das situações que surgem na sua vida cotidiana. Vocês se deslocam de um foco Eu ou de uma separatividade para uma consciência de nós ou de unidade.
Quarto passo: Vocês voltam sua consciência para seu corpo mental e para os processos de pensamento linear, analítico, ou mente consciente condicionada. Com a ajuda de seu Eu mental Superior, vocês começam a examinar velhas crenças, superstições e dogmas que são limitantes, inflexíveis ou controladores. Conforme vocês reavaliam o que têm aceito como sua verdade, aquilo que formou suas atitudes e juízos, vocês se tornam desejosos de estudar ou investigar, objetivamente, novos e expandidos conceitos de auto-fortalecimento. Vocês desenvolvem uma fé e uma crença em um poder maior que vocês mesmos, desse modo, desejam liberar-se de controles e permitir que o Espírito os guie por meio de sua intuição ou de seu conhecimento interior. Vocês fazem jus a seu poder espiritual ao expandir sua visão, falar sua verdade e viver sua integridade, sem deixar porém de permitir que outros façam o mesmo.
Quinto passo: Vocês começam a entender e utilizar as leis universais da manifestação. Vocês formulam meticulosamente, nos mínimos detalhes, o modo como visualizam seu mundo futuro, e então negligenciam o controle da resposta a seu Eu Superior, sabendo que suas criações chegarão a fruição no momento adequado e da melhor maneira para todos os envolvidos. Aprendendo a viver no momento, em paz, alegria e harmonia dentro de si mesmos e daqueles que os rodeiam, vocês se tornam conscientes de que estão construindo sua realidade futura a todo o momento, com seus pensamentos, atos e palavras. Deixem de tentar ser os diretores de seus destinos movendo-se da consciência intelectual para a espiritual e penetrando no fluxo de seu destino. Parem de tentar mudar ou controlar as vidas de outras pessoas e comecem a concentrar-se em seus traços positivos em vez de concentrar-se em suas faltas, reconhecendo a Essência dentro de cada pessoa.
Sexto passo: Vocês percebem que são mais que apenas um corpo físico com uma alma. Compreendem que são um fragmento de alma de um Ser grande e magnífico experenciando a corporificação física, um aspecto radiante de seu Deus Pai/Mãe. Vocês também sabem sem dúvida que a Terra não é seu lar, que vocês são apenas visitantes aqui, numa importante missão a pedido dos deuses criadores de nosso universo. Vocês saem da ilusão da consciência de massa e vivem numa realidade dimensional superior que vocês próprios constróem, enquanto ainda ficam assentados na Terra e funcionando eficientemente no mundo cotidiano. Estar no mundo, mas não ser do mundo.
Sétimo passo: Agora vocês estão se movendo rapidamente ao longo da ascensão, enquanto seu ego se tornou um servo da alma e sua alma é corporificada dentro de seu Eu Superior. Vocês abriram caminho para sua Presença Eu Sou de modo que agora podem receber luz e sabedoria diretamente de suas Fontes. Se esse for seu desejo e fizer parte de sua missão evolucional, vocês irão gradualmente ser superiluminados. Vocês irradiam a pura luz/amor do Criador através do centro de seus corações, e seu campo áurico brilha com o espectro iridecente dos doze raios. Vocês deixam de tentar “tornar-se” algo e se dirigem para um estado de existencialidade.
Fonte: Revista Amaluz: Sete Etapas Para o Domínio