5 DORES DE CRESCIMENTO COMUNS DA ASCENSÃO ESPIRITUAL

Por Steven Bancarz
23 de março de 2015 
Para aqueles de nós que nos encontramos viajando em um caminho espiritual, pode ser muito comum a experiência de algumas “dores de crescimento” em nossa jornada.
As coisas que ferem apartando-nos de crenças, mas que sempre resultam em mais clareza, sabedoria e uma perspectiva mais profunda. A identificação dessas lutas comuns do caminho espiritual pode ser útil. Isso nos faz perceber que não estamos sozinhos, e que há certas energias arquetípicas que todas as pessoas em um caminho espiritual acabam encontrando.
Se você estiver enfrentando algumas destes lutas, tenha fé.
A mudança está ocorrendo porque você está tornando-se uma pessoa mais autêntica e conectada.
A dor que você sente é apenas um catalisador temporário que irá impulsioná-lo para o seu novo eu.
Como você muda, é natural lamentar-se da perda de aspectos do seu eu anterior. Não se apegue à sua velha identidade em sua mente. A chave para lidar com as dores do crescimento no caminho da ascensão espiritual é aceitar o fluxo da vida e trabalhar com a realidade, e não contra ela.
Aqui estão 5 dores de crescimento comuns de ascensão espiritual que todos nós experimentamos:
1) Perda de amigos
Isso pode ser especialmente traumático para essas pessoas. 
Tornando-se mais espiritualmente conectado pode mudar muita coisa sobre você muito rapidamente, e isso pode afetar algumas de suas amizades mais próximas. 
Isso pode causar que alguns de seus amigos azedem com você, distanciem-se de você e, mesmo, até lhe humilhem.
Antes,  talvez você estivesse disposto a se envolver em comportamentos que agora parecem errados, como fofocar, reclamar, ou discutir alguns temas com o seu grupo de amigos.

Também é provável que os temas que você discutiu com os seus amigos agora fazem você se sentir vazio e você prefere discutir questões que os seus amigos não entendem ou não estão interessados ​​em. Eles podem até chamá-lo de louco por elas.

Infelizmente, estas diferenças de perspectiva e comportamento às vezes podem ser o suficientes para romper amizades que significaram muito para você ao longo dos anos. Perceba que tudo o que você pode fazer é ser fiel a si mesmo e permitir que as fichas caiam. 
Você não tem o poder de converter ninguém ao seu modo de pensar, e nem deve. Tudo o que você pode fazer é ser genuíno e sincero, e o Universo irá conectá-lo com as pessoas que estão em maior sintonia com a sua nova vibração.
2) Os mal-entendidos na família
A maioria dos membros da família são pouco propensos a se afastarem porque você está num caminho espiritual, mas provavelmente estão muito confusos por sua mudança de perspectiva. 
Se você tem pais que são religiosos, eles podem até acusá-lo de ter se perdido e separado de Deus. 
Seja autêntico, e assuma a responsabilidade pela energia que você traz em cada conversa. Basta continuar sendo você mesmo, e o “novo você” vai se tornar mais familiar para os seus entes queridos.
Na minha própria jornada, meus familiares, na verdade, começaram a tornar-se curiosos e a me fazer perguntas, e agora suas mentes estão muito mais abertas do que costumavam ser. 
Lembre-se, é melhor ser mal interpretado por ser quem você é do que esconder-se por medo do que sua família possa pensar. É a sua vida para viver, não a deles.
3) Sendo escarnecido e ridicularizado pela sociedade
Enquanto muitas pessoas estão em um caminho espiritual consciente no mundo de hoje, há muitas pessoas que permanecem na escuridão sobre sua verdadeira natureza. 
Tornando-se mais ocupado espiritualmente pode expô-lo a um pouco de ridículo por ser diferente. 
Sendo zombado, ridicularizado e maltratado é apenas uma parte de estar distante de um mundo que está dormindo. Esta é provavelmente a dor de crescimento mais comum de ascensão espiritual.
Isso porque muitas vezes você ouve as pessoas fazendo piadas sobre as pessoas que comem alimentos orgânicos, meditam, têm sonhos lúcidos, carregam pedras (cristais), ou falam sobre questões e filosofias espirituais.
Se você tivesse que falar sobre essas coisas há milhares de anos, as multidões se reuniriam na rua e as pessoas estariam animadas para compartilhar suas experiências. Por causa das consequências emocionais de não ir junto com o rebanho no nosso dia e época, pode ser difícil até mesmo sair do armário com suas crenças espirituais.
O julgamento que você pode sentir de ser “out” (fora) pode ser desconfortável no início, mas confie que com o avançar do tempo ele se tornará menos frequente e mais fácil de lidar.

À medida que se tornam mais confortáveis ​​com nossas diferenças, nós projetamos o conforto para o mundo, e nós recebemos menos julgamento como resultado da nossa confiança.

O Universo pára de enviar as experiências que se abatem sobre os nossos pontos fracos, uma vez que transforma-os em nossos pontos fortes. Seja autêntico, sincero e na integridade. E quando as pessoas zombarem de você num espaço como esse, isso os fará parecerem bobos.
4) Mudanças de carreira
Quando há mudanças de perspectiva, o seu trabalho simplesmente pode não ser uma boa opção para você. 
De repente, o trabalho que você tem ficou pequeno/encolhido e você se sente vazio, ou ainda pior, prejudica a sua alma. Durante um despertar espiritual, você pode chegar à conclusão de que seu trabalho não está funcionando como uma extensão de sua alma.
Para alguns, uma mudança de carreira pode ser intencional e planejada, mas para outros, pode vir na forma de ser de repente demitido. Quando você é incompatível vibracionalmente com a forma como você está gastando a maior parte de suas horas durante a semana, é apenas uma questão de tempo antes que você ou seu empregador decida que, no melhor interesse de todos, você deixe o seu trabalho.
Pode ser muito doloroso ter uma transição repentina assim. Mas acredito que isso aconteceu por uma razão. Muito mais felicidade e satisfação está à frente para você. A vida é muito curta para passar por qualquer coisa diferente de fazer com o que sua alma viva.
Renda-se ao Universo, e Ele irá levá-lo exatamente onde você precisa estar espiritualmente, bem como profissionalmente.
5) Solidão
A solidão é um subproduto natural de ascensão espiritual. 
Naturalmente, como nossos relacionamentos, empregos e estilos de vida mudam, assim a nossa capacidade de confiar nas coisas que costumávamos confiar.
Em tempos como estes, é bom aproximar-se de uma comunidade espiritual. 
Ter uma aula de yoga, ou participar de um retiro de meditação. O Universo irá prepará-lo com um novo cenário para apoiar o seu novo estilo de vida, mas você tem que fazer um esforço para criar isso para si e para satisfazer o Universo no meio do caminho.
A boa notícia aqui é que quando você encontrar pessoas no mesmo caminho, você pode ter certeza que irão fornecer amizades e conhecimentos que são genuínos e edificantes. 
Você pode notar que você tem menos amigos, mas mais do tipo certo.
Um aumento na qualidade e uma diminuição na quantidade.
Nesse meio tempo treine ficar com você mesmo.
Comece a praticar meditação e aprender a estar confortável consigo próprio. 
Aprender a estar sozinho é essencial para lidar com qualquer sentimento de perda que surgiu desde que começou a perseguir seu novo caminho.

Apesar de que encontrar seu Eu espiritual possa ser uma experiência gratificante e esclarecedora, haverá algumas mudanças que vão ser um desafio para ajustar-se. 

Nem todo mundo vai experimentar todos esses ajustes, mas se algum destes se aplicam a você, você não está sozinho. Seja paciente com o Universo e fique na integridade para a nova versão de si mesmo. O resto vai cuidar de si.
Se você está tendo dores de crescimento espiritual, perceba que no final do dia, elas são simplesmente sinais de que você está crescendo e evoluindo.

Todas as coisas que estão listadas neste artigo são, na verdade, sinais de que está no caminho certo.

Portanto, não pense que você tem feito algo de errado, ou que você está fazendo escolhas inadequadas através da adoção de um novo estilo de vida que parece tornar confusas as pessoas ao seu redor. 
Mantenha-se fiel a si mesmo e com o tempo, você vai amadurecer em uma posição mais confortável e estável. Quando você alinha suas emoções, pensamentos e intenções com melhorar a si mesmo e explorar a sua verdadeira natureza, o Universo sempre conspira para que você possa dar-lhe a vida que você precisa.
Seja paciente e confie no Universo. 
A fim de crescer em uma nova pele, você tem que primeiro perder a antiga.
Obrigado pela leitura!

Steven Bancarz
Tradução – Vilma Capuano
 LEIA TAMBÉM:

SERVIR A DEUS – Mensagem de Allan Kardec


Servir a Deus é acolher com amor as tarefas
Mensagem de Allan Kardec

Irmãos e amigos.
Abracei o ideal espírita por encontrar nele as lições que preenchiam lacunas na fé que antes abraçava. Dedicados anos de trabalho e estudo, fizeram-me dócil instrumento do Amor de Deus e, na simplicidade da pesquisa e do estudo das comunicações dos espíritos, fui vislumbrando um novo mundo, repleto das luzes maviosas da Bondade do Criador.
Sem demora, apressei-me em divulgar os novos ensinamentos, esperançoso que amenizassem as dores em multiplicação ascendente no Mundo. Fui duramente criticado, combatido e ridicularizado, por quantos que se deixaram influenciar pelas forças retrógradas, que desde muito tempo procuram interferir nos destinos da Terra, e por outros tantos ignorantes.
Contudo, uma vez acesa, a chama da verdade não se apaga jamais, pois ela mesma representa o Puro Amor de Deus.

Por isso, disse-nos o Adorado Jesus: “Eu sou o Caminho, Verdade e Vida.”
Sobrevivendo a todo o antagonismo, a Doutrina dos Espíritos atravessou o tempo trazendo à humanidade esclarecimentos, conforto, esperança e compreensão. A compreensão é adubo da fé, que pela ação da luz doutrinária vem robustecendo as raízes frágeis dos decaídos, que começam agora a erguer suas frontes diante da Claridade Maior, sem temê-la.
A aceleração dos acontecimentos que culminaram com a Codificação da Doutrina Espírita deveu-se ao período doloroso que aguardava a humanidade. Eis que esse período chegou, e evidencia-se a cada dia, lançando sobre as mentes humanas um véu de desesperança.
Conforme programado, os ventos fortes que agora avançam não são suficientes para derrubar as raízes firmes da Doutrina Espírita e seguindo o princípio da Lei da Evolução, novos conhecimentos são legados à humanidade para que compreenda, aceite e se entregue ao Plano Maior com resignação e confiança, pois “aquele que procurar salvar-se, perder-se-á”.
É hora de vos dedicardes ao auxílio recíproco, de estenderdes a mão, no aprendizado tardio do amor ao próximo, lição ministrada pelo Mestre Nazareno e que negligenciastes em favor dos instintos e tendências que possuís. O abandono de si requer compreensão profunda da Vontade de Deus e entrega verdadeira do espírito altruísta.
Sobre todos os acontecimentos presentes, reina soberano o Amor de Deus, ofertando à humanidade terrena novo conjunto de conhecimentos doutrinários que complementam e fazem avançar a mente humana.
Servir a Deus é acolher com amor as tarefas legadas a cada um, almejando suplantar-se nas deficiências e impropriedades que trazemos. 

Como colaboradores das Forças da Luz devemos, em primeiro lugar, aceitar as Verdades Superiores em nossos corações para só depois abraçá-las, conduzindo nossos atos no testemunho de fé e resignação, capazes de mover montanhas.

Que a paz de Jesus esteja em vossos corações.
Allan Kardec

(Hippolyte Léon Denizard Rivail)
Fonte: http://www.extraseintras.com.br/

DEZ DICAS PARA O CRESCIMENTO ESPIRITUAL


Por Remez Sasson
O crescimento espiritual é o processo do despertar interior, tornando-se consciente de nosso ser interior. Isto significa a elevação da consciência além da existência comum, e o despertar para algumas verdades Universais. Significa ir além da mente e do ego e compreender quem realmente você é.
O crescimento espiritual é um processo de desprendimento de nossas concepções, pensamentos, crenças e idéias errôneas, tornando-nos mais e mais conscientes de nosso ser interior.

Este processo revela o espírito interior que está sempre presente, mas oculto além da personalidade-ego. O crescimento espiritual é de grande importância para todos, não somente para as pessoas que buscam a iluminação espiritual e escolhem viver em locais distantes ou isolados.

O crescimento espiritual é a base para uma vida melhor e mais harmoniosa para todos, livre de tensão, medo e ansiedade. Ao descobrirmos quem nós realmente somos, nós temos uma abordagem diferente da vida.

Nós aprendemos a não permitir que as circunstâncias externas influenciem o nosso ser interior e o estado da mente. Nós manifestamos serenidade e desprendimento, e desenvolvemos poder e força interior, os quais são ferramentas muitos úteis e importantes.

O crescimento espiritual não é um meio para escapar das responsabilidades, com comportamentos estranhos e sendo uma pessoa não prática. É um método de evoluir e se tornar uma pessoa mais forte, mais feliz e mais responsável.

Vocês podem percorrer o caminho do crescimento espiritual, e ao mesmo tempo, viver o mesmo tipo de vida como todos os outros. Vocês não têm que ter uma vida reclusa, em algum lugar distante. Vocês podem criar uma família, trabalhar ou dirigir um negócio, e ainda, ao mesmo tempo, se engajarem em práticas que levem ao crescimento interior.

Uma vida equilibrada requer que cuidemos não somente das necessidades do corpo, sentimentos e mente, mas também do espírito, e este é o papel do crescimento espiritual.


Dez dicas para o crescimento espiritual:
1 – Leia livros espirituais e edificantes. Pense no que lê, e descubra como você pode usar a informação em sua vida.
2 – Medite, por pelo menos 15 minutos todos os dias. Se não souber como meditar, é fácil encontrar livros, websites ou professores que podem lhe ensinar a meditação.
3 – Aprenda a acalmar a sua mente através de exercícios de concentração e da meditação.
4 – Reconheça o fato de que você é um espírito com um corpo físico, não um corpo físico com um espírito. Se puder realmente aceitar esta idéia, isto mudará a sua atitude em relação a muitas coisas em sua vida.
5 – Olhe freqüentemente para si mesmo e para a sua mente, e tente descobrir o que é que o torna consciente e vivo.
6 – Pense positivo. Se você estiver pensando de modo negativo, imediatamente mude para o pensamento positivo. Esteja no controle do que entra em sua mente. Abra a porta para o positivo e a feche para o negativo.
7 – Desenvolva o hábito da felicidade, olhando sempre o lado bom da vida e se esforçando para ser feliz. A felicidade vem do interior. Não permita que as suas circunstâncias externas decidam a sua felicidade por você.
8 – Exercite freqüentemente a sua força de vontade e a sua capacidade de tomar decisões. Isto o fortalece e lhe dá o controle sobre a sua mente.
9 – Agradeça ao Universo por tudo o que você recebe.
10- Desenvolva a tolerância, a paciência, o tato e a consideração pelos outros. O crescimento espiritual é o direito nato de todos. É a chave para uma vida de felicidade e de paz de espírito, e da manifestação do enorme poder do espírito interior. Este espírito está igualmente presente na pessoa mais materialista e na pessoa mais espiritualizada. O nível da manifestação da espiritualidade depende de quanto o espírito interior está próximo à superfície e de quanto ele está oculto pelos pensamentos, crenças e hábitos negativos.

http://despertardegaia.blogspot.com/