PORQUE AQUILO QUE DESEJO NÃO ACONTECE?

Mensagem dos Abraham através de Esther Hicks
Abril de 2016
Como já dissemos tantas vezes, o Universo é abundante e essa abundância está à disposição de todos, mas por que então que “a minha vida continua desta forma, por que aquilo que eu desejo não acontece?”
Quando a sua ideia se torna um desejo, ela entra no Continuum e um vórtice é criado.
Este vórtice fica ali girando em torno de você, até que você ou desista do seu sonho ou coloque outro desejo no lugar.
“Mas porque as vezes mesmo estando no continuum e no vórtice aquilo não acontece?”
Porque você está perdendo tempo, fazendo algum outro tipo de força contrária, como por exemplo a ansiedade.
Ela lhe enfraquece muito, porque a ansiedade parte da dúvida, parte do medo, de não conseguir a tempo alguma coisa. Então, aí quando menos você percebe, você está mais para fora do seu vórtice. 
Mas você pode entrar para o centro dele, sempre que você quiser, basta se convencer que aquilo que você deseja, na verdade já existe e que te pertence.
Para quando, isso não importa, pois chega no momento perfeito, o Universo não entrega nada atrasado, pois para ele só existe o agora.
Por isso a importância dessa certeza que aquela realidade que foi criada não pode ser perdida ou transferida para uma outra pessoa, somente você tem a chave para abrir aquela porta, mais ninguém.

Vocês devem viver a vida de vocês na densidade, dia após dia, mas sem perder o foco do desejo criado.
Não com o pensamento de que ele virá e o salvará de uma situação, porque se assim você fizer, a mensagem que você está passando para o universo é que você está em perigo, está com medo de que algo aconteça.
Isso o distância do centro do vórtice.
É como quando você começa fazer um prato que conhece bem, que já cozinhou tantas vezes.

Você começa a fazer e mesmo que você esteja escutando música, falando com alguém no telefone ou distraído em mil pensamentos, ele sairá com perfeição.

Mas quando você está para cozinhar algo que você nunca fez ou que não se lembra mais como se faz, mesmo que você coloque toda a sua atenção naquele momento, a sua insegurança fará com que o resultado não seja 100% satisfatório.
Então a mensagem para o Universo é: sem confiança.
Confie na realidade que você criou.
Não precisa pensar nela 24 horas por dia, pois se a confiança existe, ela está dentro do teu coração, e você pode fazer outras coisas na sua vida sem que esta certeza seja comprometida.
Mude o seu estado, passe a ter mais responsabilidade nas suas palavras e pensamentos, pois vocês estão criando o tempo todo.
Este vórtice está aí, em cima da cabeça de vocês, esperando que vocês mudem pra que ele possa ser materializado.
Nós os deixamos,

Abraham
Canal: Esther Hicks
Tradução: O Segredo – http://osegredo.com.br/

LEIA DA ATRAÇÃO – 9 Regras Essenciais das Técnicas de Manifestação

Existem muitas formas de utilizar a lei da atração para fazer um desejo se tornar realidade, com cursos e seminários relacionados a manifestação. 
Muitos deles oferecem técnicas de manifestação poderosas e até mesmo palavras mágicas que afirmam garantir que seus desejos vão realmente se tornar realidade. 
Muito poucos realmente fornecem explicação detalhada da física por trás do processo da manifestação ou oferecem regras essenciais que as pessoas precisam seguir a fim de manifestar os seus desejos na realidade.
“A imaginação é o início da criação. Você imagina o que deseja, você quer o que você imagina e, finalmente, você cria o que quer.” ~ George Bernard Shaw
O processo de manifestar os seus desejos não é muito complicado, no entanto, existem certas regras essenciais que precisam ser seguidas. 
Aqui estão 9 regras que irão ajudá-lo a fazer seus desejos se tornarem realidade e garantir que a lei da atração pode ser ativada através das técnicas de manifestação, obtendo os resultados que você deseja.
1. Esteja no AGORA Quando Fizer um Desejo ou Estiver Realizando Qualquer Técnica de Manifestação.
Ao fazer um desejo ou realizar uma técnica de manifestação (este é um exemplo do quanto é poderoso fazer um desejo se tornar realidade através desta técnica de manifestação), você precisa estar no momento presente.

Você precisa concentrar sua energia no momento presente e direcioná-la para criar um holograma do seu desejo. Você precisa visualizar, sentir e estar no estado em que você já tenha manifestado o seu desejo.

Após o seu “holograma desejado” ser criado em sua mente no AGORA, tudo que você tem a fazer é direcionar o seu corpo para ações que vão trazer o holograma para a forma física.

2. Mantenha Seus Desejos Para si Mesmo. Não Divulgue Eles.

Expressa uma grande verdade o ditado: “o silêncio vale ouro.” Quando você fala com outras pessoas sobre seus desejos, você desperdiça a energia que estava empenhada em manifestar estes desejos. Apenas falar não ajuda na manifestação.

Pode é claro, discutir com os outros sobre as coisas que estão próximas e que vão ajudar na manifestação do seu desejo, mas falar sobre seus desejos perturba o campo informacional de energia e, finalmente, confunde o Universo sobre o que você realmente quer.

Você quer gastar sua energia falando sobre os seus desejos ou você quer agir no sentido de atingir seus objetivos ?


3. O Seu Desejo Não Deve Ser Uma Condição Para Outro Desejo.

Se você está desejando dinheiro para comprar um carro, o dinheiro se torna o intermediário para tornar realidade o seu sonho. Se você quer o carro, então você deve desejar o carro e deve existir uma emoção por trás deste desejo,

Você deve se esforçar para sentir que está dirigindo o carro e não por receber o dinheiro para comprá-lo. Existem muitas maneiras diferentes do Universo ajudá-lo a manifestar o seu desejo. Vá fundo no que você realmente quer e evite a criação de um desejo intermediário.

4. Seu Desejo Deve Estar em Harmonia Com a Natureza.
Esteja em harmonia ao fazer um desejo. Qualquer desejo que é direcionado para a destruição ou para prejudicar o outro, sempre terá consequências negativas para você.

Quando você deseja intencionalmente que algo de ruim aconteça com outra pessoa, isto vai retornar para você mais cedo ou mais tarde. Seus desejos são uma parte vital na criação da sua própria realidade e quando você quiser deliberadamente criar algo maldoso, você está atraindo para si mesmo (ou seus parentes).

Você pode perguntar, por que existem tantas pessoas más neste mundo ? Bem, isso seria um assunto para outro artigo, mas em resumo, todo mundo tem o seu papel para desempenhar aqui na Terra. A melhor maneira de tratar aqueles que você considera do mal, é tratá-los como seus professores e como exemplos do que não fazer.

A natureza mantém tudo em equilíbrio, mesmo quando você pensa que não é assim. Você sempre tem a escolha de qual papel que você quer jogar no jogo da vida, criado e facilitado pela natureza.

5. O Seu Desejo Deve Ser Dirigido Para Você Mesmo.
Mais uma informação importante, você não pode desejar que alguém faça alguma coisa ou se torne alguém que ela não é. Pode funcionar para os seus filhos antes deles terem 21 anos, mas depois disso, todo mundo é um adulto de acordo com a natureza.

Se você quer ensinar alguém a fazer um desejo se tornar realidade, seja o exemplo. Torne-se uma pessoa feliz, que pode manifestar tudo o que deseja. Não force a sua verdade sobre os outros. Mesmo se você conseguir convencer alguém da sua própria verdade, eles vão se tornar parasitas e se alimentarão da sua verdade pelo resto de sua vida.

Todos devem descobrir o seu próprio caminho na vida e é por isso que você só pode desejar coisas que lhe dizem respeito e não as outras pessoas.


6. Ao Fazer um Desejo, Você Deve Tratar o Tempo Como Energia.
Algumas fontes dizem que você deve definir um prazo ao fazer um desejo ou ao realizar uma das técnicas de manifestação, outros afirmam que seus desejos não devem ser vinculados ao conceito de tempo. A maneira mais fácil é tratar o tempo como energia.

Todos os desejos necessitam de uma certa quantidade de energia (que inclui energias de espectro e frequência diferentes). O tempo é apenas um tipo de energia que é necessária para manifestar um desejo.

Desejos complicados podem demorar mais tempo, enquanto desejos simples podem se manifestar dentro de semanas, dias ou mesmo horas.

7. Siga as Indicações Depois de Fazer um Desejo.

Uma das coisas muito importantes na manifestação do seu desejo é ver e seguir as indicações depois de ter expressado o seu desejo para o Universo.

Muitas pessoas fazem um desejo, mas então elas simplesmente não conseguem ver os sinais para agir na direção que o sinal está mostrando. Temos que estar abertos para receber a abundância do Universo e prestar atenção ao que está acontecendo, a fim de fazer as escolhas que levem à manifestação do desejo expressado.


8. Não Existe Elevador Para Ajudar na Manifestação Dos Seus Desejos, Você Tem Que Subir as Escadas.
Muitas pessoas desejam milhões ou querem ganhar uma bolada na loteria, porém a maioria nem mesmo sabe o que aconteceu com aqueles que ficaram muito ricos rapidamente ou que tiveram seus desejos mais selvagens realizados imediatamente sem qualquer esforço (síndrome de riqueza súbita). A fim de alcançar resultados estáveis e duradouros você tem que levar as coisas passo a passo. A quantidade de energia investida acabará por gerar a qualidade da manifestação dos seus desejos.
9. O Que Você Deseja Deve Estar Nos Limites de Sua Missão.
Todos nós temos o nosso propósito e missão na vida, veja mais em: (“Como Conhecer Seu Endereço Cósmico pode ajudar a realizar o seu potencial” saiba mais sobre as ferramentas que podem ajudá-lo a descobrir a sua missão na vida).

Se você desejar algo que está dentro de sua missão, você geralmente a obtêm rapidamente e o processo de manifestação é alegre. Se você está desejando algo que não se enquadra nas metas atuais que o seu EU superior estabeleceu para você, então o processo de manifestação pode ser um verdadeiro desafio. Certifique-se de que você está sendo fiel a si mesmo e que você tem uma verdadeira paixão pelo seu desejo a fim de garantir a sua manifestação impecável.

As técnicas de manifestação são ferramentas que podem ajudar a concentrar sua energia a fim de manifestar os seus desejos.
Quando estiver manifestando o seu desejo, por favor, tenha em mente que a natureza sempre retribui com antecedência. Quando seu desejo for concedido, alegre-se tanto quanto você puder.

Essas emoções que você expressa ao ganhar um jogo de manifestação de um desejo, será a base dos seus desejos no próximo nível de frequência da sua consciência e irá guiá-lo em seu caminho da evolução espiritual.

Assista ao pequeno vídeo abaixo de: “Como fazer um desejo se Tornar Realidade: Manifestação avançada além da lei da atração” e procure compartilhar essas regras com todos, se você decidir segui-las vai garantir a manifestação dos seus desejos.
©Dmitriy
Tradução: A Luz é Invencível

ALGO IMPORTANTE E DEFINITIVO ESTÁ PARA ACONTECER

Parece que algo Muito Grande e DEFINITIVO está para acontecer!
Eu estou ouvindo de muitas pessoas ao redor do mundo de que elas estão sentindo, de que estão com uma profunda sensação de que “ALGO GRANDE” está para acontecer, em breve.

Por Chris Bourne – Escritor contribuinte para o Wakeup World – O despertar Mundial

Parece que estamos todos entrando em sintonia para vivermos um momento futuro de grande reviravolta, em algum momento, num futuro não muito distante e devemos encarar esse futuro sem medo.
“Tu pouco dás quando dás de tuas posses. É quando dás de ti próprio que realmente estás dando. É belo dar quando solicitado; é mais belo ainda dar quando não solicitado; dar por haver apenas compreendido“ – Gibran Khalil Gibran

manipulação-ocidente
Não é nenhuma surpresa, pois que a chegada dos tempos tenha sido anunciada com frequência suficiente e há uma grande incerteza agora nos assuntos mundiais. Parece que a energia está se movendo em uma direção de mudança radical.
Eu sinto que um “evento” importante está para acontecer, para levar as pessoas a olharem para cima, além da calçada e através do piscar dos anúncios iluminados de néon, do concreto e do aço de nossas cidades, olhar diretamente para os “céus” (ou talvez diretamente para dentro de si mesmo).

Parece que “algo definitivo” e radical é necessário acontecer para agitar toda a humanidade em sua própria essência mais profunda e tirar-nos da letargia. E se isso for verdade, esse sentimento, o que certamente é o caso para mim, então, pela Lei da Atração, estamos conscientemente atraindo e clamando por esse tipo de evento acontecer em nossas vidas.
“Problema/Reação/Solução” 
Há muitas maneiras para que um evento tão grande e significativo possa acontecer e criar um impacto profundo na humanidade. Tomemos por exemplo a guerra no Oriente Médio. Caso você não tenha percebido ainda, este é um evento que tem o poder para reestruturar toda a economia mundial e ser um gatilho para um conflito muito maior, extrapolando a região do Oriente Médio.
fim-do-euro-uniao-europeia

A economia do Ocidente está com uma enorme dívida sobre sua cabeça e não há nenhuma maneira usual para se pagar, resgatar todos os empréstimos estrangeiros.

Tanto os EUA assim como as economias dos países da UE estão à beira do colapso financeiro, o que provavelmente causaria grande instabilidade social no hemisfério norte (o que já está ocorrendo na Grécia).

Então eles precisam reduzir a dívida radicalmente e rapidamente. Que melhor maneira para se obter isto do que criar uma nova rodada do mesmo (venenoso) remédio até aqui aplicado: a criação de “um grande problema/ causar uma reação / e impor uma solução pré-estabelecida”?
manipulação-01Gerar uma área de problema – como o conflito no Oriente Médio envolvendo IRÃ, Síria, Israel, Líbano, Turquia, etc – e então fabricar um momentum para se adotar uma ‘justa causa’, para se criar um estado de lei marcial, desvalorizar as moedas e amortizar a dívida externa no processo e impor um controle total sobre a população mundial.

Estou sonhando, ou é exatamente isso o que já está acontecendo? 

Mas eu suspeito que as tentativas da humanidade para controlar e desvendar essa matrix de controle será ultrapassado por outros grandes eventos também já em desenvolvimento- as mudanças na consciência universal terrestre que já não pode mais ser tão facilmente constrangida.

Existem grandes realinhamentos internos que ocorrem dentro dos logos solares, por exemplo, resultando na liberação de imensas explosões solares (desde o Sol Central da nossa Galáxia).

Na verdade estamos nos movendo para um período de aumento na atividade das tempestades solares bastante intenso. No caso da terra ser atingida diretamente por uma dessas tempestades, como já aconteceu no passado, poderiam eliminar imediatamente não apenas as redes de energia e nossos sistemas de comunicação, mas provavelmente também faixas de terra arável da Terra. O aumento da atividade solar é certamente algo que têm ficado profundamente registrado em minha consciência ultimamente.
 A clareza cristalina da corrente universal principal:
Mas deixem-me adicionar que por estar falando abertamente sobre essas coisas, eu não estou com a intenção de espalhar o medo – muito pelo contrário. Para mim a pior coisa que poderia acontecer é que a sociedade se transforme em algum tipo de existência como zumbis.
trevas-eliteglobalPara mim, uma lenta degradação da nossa humanidade e da qualidade de nossa existência não é do interesse de ninguém, a não ser para a elite que controla o planeta.

O Universo está ansioso para liberar a energia bloqueada que a nossa atual sociedade planetária e seus controladores tem se esmerado em obstruir, e por exemplo, ficarei muito alegre em testemunhar que o bloqueio está se descontraindo e acabando.

Para todos nós, esta situação apresenta uma grande oportunidade de evolução para a humanidade.

Se pudermos ter confiança inerente na existência fluindo através de nossas almas, então vamos ser apresentados com a oportunidade de deixar este denso e distorcido turbilhão do plano material, e voltar a clareza cristalina da corrente principal da vida.

Muitas pessoas já estão vivendo com muito medo, e eles nem sequer percebem isso.

Eles estão vivendo em um estado não tão acolhedor de isolamento do fluxo natural da existência e da nossa interconexão com toda a vida universal.

Eles estão tão ocupados tentando proteger o pouco que têm materialmente falando, que eles esqueceram da nossa verdadeira conexão (filiação) com a natureza divina:  que está para além da morte do corpo físico e do sofrimento; para o que é mágico, místico e eterno…

“Quem conscientemente iria rastejar em torno da sujeira e da lama por algumas décadas apenas, se agarrando em torno de uma existência material sempre diminuindo na sua ilusória segurança, em troca de apenas um dia de liberdade e existência divinas?”

Olhando sem receio para dentro das mandíbulas do medo:
Parece que muitos se esqueceram da verdadeira magia que realmente sentimos ao olharmos diretamente para as garras do medo e de não sermos por ele intimidados, dominados, mas enfrentando-o. Em vez de sentir medo dizer “sim, meu corpo pode ficar quebrado, mas meu espírito nunca o será”. Diga-me o que vale a pena?
“Quando você enfrentar e perder o seu medo da morte, algo verdadeiramente mágico acontece: você começa a perder o seu medo de viver plenamente também“.
Isso significa que você começará a se tornar cada vez mais vulnerável e aberto ao momento presente, ao AGORA.

Quando estamos vulneráveis e podemos nos sentir incrivelmente bem com isso, significa que podemos manter a abertura. Nós não caímos mais para baixo quando as coisas ficam difíceis. E se não nos fecharmos no medo, então estaremos abertos para o fluxo de energia universal fluindo através de nós.

Neste estado de consciência, literalmente, qualquer coisa se torna possível. Paradoxalmente, é por desapego da vida (medo pela SOBREVIVÊNCIA MATERIAL) que realmente temos a chance de viver plena e realmente ao invés de sobrevivermos miseravelmente!

Seguindo o fluxo da sua alma:
Então, como poderemos melhor abordar os tempos de desafios e mudanças que estão começando a se desvendar e desmontar tudo (aparentemente normal) que nos rodeia. Aqui estão algumas dicas e conselhos que fluem desde a consciência interior…
1.    Aprenda a seguir a voz (interior) da sua alma: não importa quanto custa agora (e o dinheiro tem uma vida útil muito limitada então por que só acreditar nele, na segurança material), devemos aprender a honrar e seguir aos apelos de nossa alma. Se isso significa abandonar um trabalho, ou que você precise ir pra longe do seu apartamento aconchegante, acima de tudo, tenha um tempo para ouvir a calma voz interior, e segui-la.
É como testá-la, dê-lhe uma chance de que você realmente pode ouvi-la. É uma linguagem que é natural e inerente para todos nós, mas que definha quando não a ouvimos (para conselhos essenciais em como se seguir a orientação da própria alma, confira em: openhandweb.org / five_gateways_book)
2.    Torne-se mais unificado com a mãe terra: Todos e cada um somos parte deste planeta (ainda que muitos não se comportem dessa maneira). A humanidade tem maltratado GAIA severamente, mas ela é uma alma/consciência/espírito (AINDA) muito indulgente e ela quer que o maior número possível de almas possa se juntar a ela no novo paradigma que está sendo criado. 
Se nós conscientemente tivermos tempo para ir para o meio da natureza e entrar em sintonia com GAIA, em seguida, com o tempo, vamos começar a entender a sua linguagem celestial. Na minha própria experiência, ela não usa palavras, mas muito mais os sentimentos e o espelhamento metafórico. 
3.    Torne-se mais autossustentável: não é nenhum segredo que o sistema em que vivemos atualmente, tem assinado e preenchido inúmeros cheques em branco que não podem mais ser sacados, pois não têm fundos.

Sim, fazer uso (e uso apropriado, correto) integral dos recursos, enquanto eles durarem, mas não se engane, continuando a dormir, andando pela vida como se hoje fosse ontem, sem consciência, porque no dia de amanhã você pode encontrar o trem da alegria (o planeta) completamente exaurido de seus recursos. Precisamos nos tornar mais autossuficientes em termos de cultivar a nossa própria alimentação, encontrar fontes alternativas de água e também a geração de energia alternativa e limpa, sempre que for possível.

4.    Reúnam-se em pequenas comunidades: quando estas grandes mudanças realmente agitarem a sociedade estabelecida, vai ser muito importante de se saber quem são os nossos verdadeiros amigos. Quem são aqueles em quem realmente poderemos confiar e trabalhar? Isso pode significar nos reunirmos em pequenas e micro comunidades agora – ampliando o apoio às famílias autossustentáveis.
Você tem um quarto vago para alugar ou você poderia colocar uma cabana no seu jardim? É uma forte e crescente tendência de pessoas que se reúnem para a troca de energia e troca de recursos e serviços (aqui está um vídeo útil sobre a transição das cidades. 
5.    Armazenamento de Suprimentos de emergência: nos tempos de incertezas que teremos pela frente, pode muito bem ser que o colapso total não aconteça, mas muito mais uma espécie de degradação progressiva da sociedade, onde os recursos, a energia e as cadeias de abastecimento serão frequentemente super utilizadas e, por vezes acabem os estoques.

Eu diria que seria vital se manter com estoques para um par de meses, com fornecimento de recursos essenciais: alimentos secos e enlatados, por exemplo, água engarrafada, velas (útil para acender fogueiras e iluminação), e até mesmo um par de latas cheias com combustível. Você pode precisar fazer uma viagem essencial.

6.    Aprenda a viver da terra no interior: habilidades individuais com a terra e com plantio de alimentos serão de grande valor. Você e sua família (numa pequena comunidade) pode precisar se deslocar para uma área mais segura – especialmente em tempos de agitação social nos médios e grandes centros populacionais.

Não é realmente difícil viver em harmonia com a terra se você está empenhado e motivado, mas é preciso prática e algum equipamento, essencialmente barato (confira nossas dicas de sobrevivência.

7.    Invista no seu futuro agora: alguém ainda está poupando para aquele futuro dia quando chegar a tempestade? Bem, adivinhem … já está chovendo e ventando muito forte, a tempestade já chegou! Chegou a hora de abandonar o medo. Chegou a hora de viver o futuro agora, neste momento, o único momento real que temos.

Se você se sente chamado a explorar um novo tempo presente, uma nova maneira de ser, um novo paradigma ou para processar a “pesada bagagem” que você pode estar carregando, não demore, porque você pode precisar que isso aconteça amanhã mesmo.

Há uma infinidade de maravilhosas possibilidades de cura e práticas esclarecedoras surgindo ao redor do mundo. 

Muitas pessoas estão em sintonia com essa maravilhosa mudança na consciência e todos nós podemos aprender um com os outros. Se você se sente atraído, siga seu coração, poderá ser o seu mais sábio centavo que você já gastou. 
Abertura, compromisso e amor:
Ninguém pode com precisão profetizar sobre o futuro, pois que ele é moldado pelos sentimentos, intenções e escolhas que todos nós fazemos a todo momento. No entanto, chega um tempo em nossa existência em que o momento está tão comprometido a um fluxo específico de circunstâncias, que se torna inevitável que um processo em cadeia comece a se desenrolar em nossas vidas. É como dar um passo, chegar a um ponto de quando o pé estará firmemente sobre a terra, isso é exata e simplesmente uma questão de quando e como. 
Sinto que esta é a situação em que estamos todos vivendo no atual momento. Está muito bem para mim na medida em que certos ‘pontos críticos’ já foram ativados.

Eu diria que uma convergência de consciência está ocorrendo com o propósito divino de desvendar um particular e persistente bloqueio – a existência da própria sociedade em que vivemos.

meditação-2
Nós podemos viver com medo de que isso está ocorrendo, negar que isso está acontecendo, ou fazer algo muito mais corajoso, mais divino, muito mais humano. Podemos abraçar as mudanças que virão com abertura, compromisso e amor.

Podemos ver isso como uma oportunidade para realmente deixar de viver a limitação e na constrição/bloqueios do nosso passado. Podemos voltar a abraçar o fluxo divino de energia da vida e permitir que ele nos varra e nos ponha em nosso devido lugar – com um destemor eterno, abertamente abraçando a mudança e a CONTÍNUA evolução.
De fato, algo muito grande E DEFINITIVO está para acontecer (já esta acontecendo)!
http://thoth3126.com.br/
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
http://www.curaeascensao.com.br/

AS 20 LEIS UNIVERSAIS – Dick Sutphen


As 20 leis universais falam de carma, reencarnação, vibração, atração, evolução da alma e muito mais…

01 – A Lei Universal da Harmonia

Esta lei certamente substitui a lei fundamental do carma, a harmonia é o supremo potencial do equilíbrio, o objetivo do carma é alcançar a harmonia, se você jogar uma pedra em um lago você perturba a harmonia deste lago, você é a causa, o efeito é o splash e as ondulações que fluem para fora e para trás até que a harmonia seja restaurada, da mesma forma suas ações desarmônicas fluem para o Universo para trás e para cima de você, vida após vida, até que finalmente a sua própria harmonia seja restaurada.
02 – A Lei da Reencarnação e Carma

Até que você tenha resolvido o seu carma e cumprido o seu Dharma que são as ações que você deve fazer, você vai continuar a reencarnar repetidamente sobre a terra, nem Deus nem os senhores do carma concedem este sofrimento para você durante essas vidas, você e só você decide o que você mais precisa aprender em suas jornadas terrenas e para cada experiência de vida você procura outras almas, muitas vezes com histórias compartilhadas e sempre com configurações cármicas correspondentes às suas necessidades, sempre que você agir com intenção de criar carma, as ações consideradas são pensamentos, emoções, palavras e ações, bem como a motivação, o desejo e a intenção, cada ato desarmônico deve ser equilibrado no futuro nesta vida ou na próxima vida, para ocorrer um crescimento da alma.
03 – A Lei Universal da Sabedoria – Sabedoria Apaga o Carma

Se você tiver a sabedoria para aprender suas lições através do amor e da sabedoria você pode atenuar o seu sofrimento, infelizmente, parece que estamos aprendendo mais rápido através da dor, através da experiência diretamente das consequências de nossas ações, quando você avidamente tira dos outros em vez de aprender através da sabedoria e do amor que isso é errado, você tem que experimentar que os outros avidamente tomem de você, mais tarde nesta vida ou em uma vida futura.

Exemplo: Em sua vida passada você estava casado com uma alma que é a sua companheira de hoje, a quem você cruelmente abandonou na vida anterior, antes de você nascer em sua vida atual, você concordou em ser deixado por sua companheira sob circunstancias semelhantes permitindo-lhe equilibrar o seu carma experimentando diretamente a dor do abandono, através da sabedoria da consciência-mestre-da vida é mais fácil separar conscientemente a partir da relação com o amor, você vai aliviar a dor da separação e ao mesmo tempo passar no seu próprio teste, absolvendo assim o carma e evoluindo a partir do seu interior.
4 – A Lei Universal da Graça

O carma pode ser experimentado com a letra da lei ou em misericórdia e graça, em outras palavras, se você dá amor, misericórdia e graça para os outros, você receberá o mesmo em troca.
5 – A lei universal de evolução da alma

Todos na Terra compartilham a meta de evolução da alma realizando-se ou não, estamos encarnados porque desejamos evoluir espiritualmente, elevamos acima de tudo nossas emoções baseadas no medo e ao fazê-lo aprendemos a expressar o amor incondicional que aumenta a nossa taxa de vibração aproximando-nos de um estado de harmonia, mesmo quando parece que não estamos evoluindo estamos na realidade fazendo progressos, nós aprendemos com a dor de nossos atos desarmônicos que podem ser vistos como os nossos erros ou falhas, esta é a lei de evolução da alma.
6 – A Lei Universal do Bodhisattva

Bodhisattva é um termo sânscrito comumente aceito pela maioria dos adeptos metafísicos hoje, isso significa aquele que transcendeu a necessidade de encarnações terrenas, mas que optou em voltar para a terra para apoiar os outros a alcançar a iluminação, um Bodhisattva sabe que nunca vai ser realmente livre até que todas as almas sejam livres, a maioria dos estudantes sérios da metafísica entraram na etapa de desenvolvimento de Bodhisattva em sua evolução.
7. A Lei Universal da Realização Vibracional

Todo o Universo opera segundo o mesmo princípio de energia vibracional, quando Einstein descobriu que “a matéria era energia”, ele abriu a porta para a fusão da ciência e da metafísica, os cientistas provaram que a energia não pode morrer, ela só pode se transformar (reencarnar), e por sua própria natureza a energia deve ir para frente ou para trás, ela não pode ficar parada, pois fazê-lo é a estagnação resultando em transformação, você é energia, sua pele que parece sólida é na verdade trilhões de moléculas se movendo rapidamente em órbita uma ao lado da outra a uma taxa de vibração específica, uma taxa de vida física que você ganhou no passado como resultado de como harmoniosamente ou desarmônico você tem vivido suas vidas passadas e sua vida atual até este momento no tempo, quando você está harmonioso em toda a vida, você terá alcançado a maior taxa de vibração a nível de Deus.
8 –  A Lei Universal do Livre Arbítrio

A lei do livre arbítrio opera de três maneiras.
1. Embora muitos dos principais acontecimentos em sua vida estão astrologicamente predestinados, você sempre tem o livre arbítrio para diminuir o impacto do evento, ou transcendê-lo inteiramente, isso resultará da forma como você vive sua vida até a situação de ter destinado para si mesmo a experiência, se você der a graça e misericórdia para os outros sendo positivo, amoroso, compassivo, e demonstrando por sua ação que aprendeu as lições do passado, você pode diminuir as experiências desarmônicas !
2. Quando você obtiver o domínio da consciência da vida e desenvolver o desapego consciente, você será muito menos afetado pelos acontecimentos mundanos do que no passado, um mestre da vida goza de todo o calor e alegria que a vida tem a oferecer, mas se desprende da negatividade, permitindo que ela flua através dele sem afeta-lo.
3. Você sempre têm livre-arbítrio pela forma como você reage a qualquer situação, se você reage com emoções positivas, compaixão e integridade, você já aprendeu suas lições cármicas e não terá que passar por uma situação semelhante no futuro.
9 – A lei do UM

Cada alma, encarnada e desencarnada, está ligada ao nível do inconsciente coletivo, profundamente dentro do Eu superior, somos todos parte de uma grande gestalt de energia chamada de Deus, e porque somos parte de Deus, nós somos Deus, é o objetivo da gestalt mover a energia para frente, para a criação de mais energia, assim, a vida está em harmonia, cada um de nós aumenta nossa taxa vibracional e intensifica a vibração de toda a gestalt, quando estamos em desarmonia, nós diminuímos a vibração de toda a gestalt, porque nós SOMOS UM tudo o que você pensa, diz e faz, afeta todas as outras almas.
10 – A Lei Universal da Manifestação

Toda manifestação começa com um pensamento, uma ideia, ideias e experiências criam crenças que por sua vez criam a sua realidade, se você está descontente com a sua realidade atual você deve mudar suas crenças e seu comportamento, crenças podem ser alteradas quando você reconhece aquelas que não estão funcionando para você, começa a programar o que vai criar o sucesso e a harmonia em sua vida, o poder criativo ilimitado de sua mente através da dedicação, conscientização e treinamento pode ser a sabedoria para superar o seu carma, dentro das leis físicas e espirituais você pode manifestar qualquer realidade que deseja experimentar, em relação à mudança de seu comportamento você deve decidir qual o comportamento desarmônico que você quer eliminar, então esteja ciente de que você não tem que mudar como você se sente sobre algo que o afeta, você deve estar disposto a mudar o que você está fazendo.
11 – A Lei Universal do desapego Consciente

Os ensinamentos terrenos de Buda são melhor resumidos por uma de suas declarações: “É a sua resistência ao que é que faz o seu sofrimento” e por sofrimento ele quer dizer tudo o que não funciona na sua vida, problemas de relacionamentos, perda de entes queridos, solidão, doenças, acidentes, culpa, dificuldade monetária, desejos não realizados e assim por diante, quando você aceita o que é, você aceita as realidades imutáveis em sua vida sem resistir-lhes, algumas coisas são fatos, elas existem e não importa o quanto você resista a elas, não há nada que você seja capaz de fazer com elas, mude o que você pode mudar, mas tenha a sabedoria de aceitar situações inalteráveis como elas são, sem desperdício de energia física ou mental ao tentar mudar o que você não pode mudar, fora da aceitação vem o desapego envolvido, a capacidade de desfrutar de todos os aspectos positivos da vida, mas permitindo que o negativo flua através da sua resistência mas sem afetar você.
12 -. A Lei Universal da Gratidão

Do ponto de vista do carma e da Lei do UM, quanto mais você dá, mais você recebe, quanto mais você ajudar os outros, mais você irá ajudar a si mesmo, o poder desta lei também funciona no seu dia-a-dia.
13 – A Lei Universal da Comunhão

Quando duas ou mais pessoas de vibração semelhante estão reunidas para um propósito compartilhado, sua energia combinada direcionada para a realização desse objetivo é dobrada, triplicada, quadruplicada ou mais, esta consciência esotérica tem sido usado por clãs, religiões esotéricas, grupos de cura, e recentemente nas meditações em todo o mundo para a paz mundial.
14 – A Lei Universal da Resistência

Aquilo que você resiste você assume para você, perpetuando sua influência sobre sua vida, a resistência é o medo, por isso é algo que você precisa cármicamente resolver, a lei da resistência garante que você deve deixar ir o medo ao encontra-lo quando você for forçado a lidar com isso, aprendendo o desapego consciente.
15 – A Lei da Atração

“Onde você coloca sua atenção, sua energia flui” Você atrai o que você é e no que você se concentrar, se você é negativo, você assume experiências de negatividade, se você está amando, você assume e experimenta o amor, você pode atrair para si apenas as qualidades que você possui, então, se você quer paz e a harmonia em sua vida, você deve tornar-se pacífico e harmonioso.
16 – A Lei Universal da Reflexão

Esta lei diz a que características suas correspondem aos outros, que você reconhece em si mesmo, tanto positivo quanto negativo, tem quatro manifestações primárias:
1.O que você admira nos outros, você reconhece como existente dentro de si mesmo.
2.O que você resiste e reage fortemente nos outros com certeza será encontrado dentro de si mesmo.
3.O que você resiste e reage nos outros é algo que você tem medo que exista dentro de você.
4.O que você resiste em si mesmo, você não gosta nos outros.
Em outras palavras, vocês escolheram encarnar no plano manifesto aprendendo a superar o efeito do medo, esses temores sempre serão refletidos em suas reações aos outros, assim seus objetivos são muito óbvios, uma vez que você sabe como percebê-los, quando você deixar ir o medo, você automaticamente se abre para expressar o amor incondicional.
17 – A Lei Universal do Amor Incondicional

A expressão do amor incondicional acabará por resultar em harmonia, o amor incondicional não é o amor romântico, é a aceitação dos outros como eles são, sem julgamentos ou expectativas, é a total aceitação dos outros sem tentar mudá-los, exceto pelo nosso próprio exemplo positivo, a lei do amor incondicional diz: “Se você agir de sua maneira expressando o amor incondicional, você se eleva automaticamente acima do medo, e quando você transcende seus medos, você automaticamente se abre para a expressão do amor incondicional”.
18 – A Lei Universal de afinidades magnéticas

Astrologicamente ao escolher a hora e o local do seu nascimento, você determinou a natureza ou os efeitos que você irá experimentar em sua vida, por outro lado, antes de nascermos tomamos decisões sobre o tempo de vida em que vamos estar entrando, você escolheu seus pais, outras almas para interagirem com você e as configurações astrológicas de seu nascimento que determinam o seu caráter, personalidade, habilidades, limitações, e o tempo para os pontos fortes e fracos, se tudo isso parece muito complicado para ser real, esteja ciente de que você está usando apenas 5 a 10 por cento da capacidade do seu cérebro e os pesquisadores do cérebro/mente afirmam que o cérebro humano tem 200 mil vezes a capacidade do maior computador já construído, tais cálculos, como eu acabei de descrever não seriam nenhum problema para um computador.
19 – A Lei Universal da Abundância

Você tem dentro de si tudo o que é necessário para tornar a sua encarnação terrena um paraíso, se você optar por aceitar aquilo que é o seu direito divino de primogenitura, vivemos em um universo de abundância, embora a maioria das pessoas povoando o nosso planeta parece vê-lo como um Universo de escassez.
20 – A Lei Universal da Ordem Divina

Se você procurar entender a Lei da Ordem Divina, estude o equilíbrio natural da natureza pois ele funciona da mesma maneira, tudo é como deveria ser, embora a humanidade (nossa gestalt de energia) está longe de experimentar o seu potencial de harmonia total, não há acidentes, sua energia traduzida em pensamentos, palavras, emoções e ações fazem todas as suas experiências, isso garante que você sempre tenha as oportunidades de aprendizado que você precisa para resolver o seu carma e como você os pensamentos coletivos, palavras, emoções e ações da humanidade criam o ambiente para todos nós, se almas suficientes concentrarem sua energia na paz, teremos a paz, se a maioria das almas estiverem cheias de raiva, todos nós podemos ter a experiência de guerras, SOMOS TODOS UM, e como os muitas subpersonalidades dentro de você, os traços dominantes da humanidade (toda a gestalt) vai surgir para resolver o nosso carma coletivo.

Todas essas leis são abordados no livro de Dick Sutphen 
Iluminando a Luz Interior, que foi publicado em 1987.

OS CIENTISTAS DA NOVA ERA – Gregg Braden e A Matriz Divina

“É o poder do sentimento humano, que é a linguagem que abre a porta para as possibilidades daquilo que criamos no nosso mundo.”  Gregg Braden
Gregg é reconhecido internacionalmente como um pioneiro na ciência que liga sabedoria antiga e o mundo real. Por mais de 27 anos, Gregg tem explorado aldeias no alto de montanhas, mosteiros remotos e textos esquecidos para fundir seus segredos intemporais com a melhor ciência de hoje.

Suas descobertas são compartilhadas em 33 países e 38 línguas através de livros inspiradores. Ao fazê-lo, ele redefiniu o nosso relacionamento com nossos mundos interiores e exteriores, ao compartilhar sua vida, afirmando mensagem de esperança.

A Matriz Divina, seu best-seller de 2007, foi recentemente selecionada como fonte para o recurso feito para a televisão, “Entanglement”, e agora é um livro-texto para cursos de nível universitário explorando novas descobertas da ciência e da nossa relação com o mundo.

Uma introdução ao conceito de Gregg Braden
A ciência já provou através da física quântica que somos energia e que estamos todos conectados através de nossa vibração.

O Plenum Cósmico/Deus é puro amor, é energia e por ser energia, não morre, não desaparece, é imortal e está em todos os lugares.

E como somos a imagem e semelhança Dele, sabemos que somos energia e hoje podemos provar isso.

Somos seres espirituais eternos e não apenas seres perenes. Durante muito tempo achava-se que a menor partícula de uma célula, o átomo, era feito de matéria.

Depois descobriram que na verdade a maior parte de um átomo é vácuo, então achava-se que o núcleo, que é muito pequeno, seria material.

Esta ideia caiu por terra quando através do uso de microscópios eletrônicos muito potentes, verificou-se que o núcleo de um átomo é apenas uma energia condensada, não é matéria.

Mas se tudo o que existe no mundo “material” é feito de um conjunto de células, estas são feitas de átomos e se um átomo de qualquer coisa não é material, então…

No nível microscópio, nada é material, tudo é vibração, tudo é feito de energia condensada. Vivemos num universo de vibração e nossos corpos são feitos a partir da vibração da energia que emanamos constantemente.

A Matriz Divina - Post-24.06.2015
A física quântica já foi apelidada de Física das Possibilidades, por nos dizer que tudo o que imaginamos encontra-se disponível como uma das possibilidades que vamos assimilar em nossas vidas.

A partir desta perspectiva, nossos desejos baseados nos sentimentos deixa de ser “algo por obter” e se converte em “acessar” o resultado desejado, que já está criado no mundo vibracional (quântico, atômico) das infinitas possibilidades.

Ou seja, nada é impossível, quando temos um desejo sincero e este desejo torna-se parte das nossas possibilidades futuras no nível quântico e só precisamos sintonizá-lo. Só devemos “atrair” o que desejamos através do “pensamento”.

Então, já que a ciência atual consegue provar através da teoria quântica que pensamento é energia, que toda energia tem uma vibração e que a vibração cria o mundo material, nossos corpos e todo o restante ao nosso redor foi e continua sendo criado através das nossas mentes coletivas.

Também sabemos que a luz é uma fonte de energia, então cabe a indagação: a que estão conectadas as partículas de luz? 

Gregg Braden diz que estamos sendo levados a aceitar a possibilidade de que existe um NOVO campo de energia e que o DNA está se comunicando com os fótons por meio deste campo. Vejamos o que diz Gregg Braden sobre tudo isso.

Assistam o vídeo  “A Ciência dos Milagres” – Imperdível

Gregg Braden e a Matriz Divina

A Matriz Divina - Post-24.06.2015-1

Assim como toda a vida provém de quatro bases químicas que criam nosso DNA, o universo aparentemente se fundamenta em quatro características da Matriz Divina que fazem tudo funcionar da maneira que funcionam.

O segredo para usufruirmos os poderes conferidos pela Matriz reside em nossa habilidade de apreender as quatro memoráveis descobertas que a unem à nossa vida de um modo sem precedentes:

Descoberta 1:

Existe um campo de energia conectando toda a criação.

Descoberta 2:
Esse campo desempenha o papel de receptáculo, ponte e espelho para nossas crenças íntimas.
Descoberta 3:
O campo está em toda a parte e é holográfico. As partes estão ligadas entre si e cada uma espelha o todo em escala menor.
Descoberta 4:
Nossa comunicação com o campo se faz pela linguagem da emoção. Está ao nosso alcance reconhecer e aplicar essas realidades, que são determinantes de tudo, da restauração de nossa saúde ao sucesso em nossas carreiras.

No final das contas, nossa sobrevivência como espécie pode estar diretamente ligada à nossa capacidade e desejo de compartilhar práticas afirmativas de vida provenientes de uma visão do mundo quântico unificado.

Para fazer justiça aos imensos conceitos decorrentes da Divina Matriz, escrevi este livro em três partes, cada qual cobrindo uma das implicações-chave do campo. Em vez de criar uma conclusão formal no final de cada parte, ressaltei os conceitos importantes sob a forma de um sumário em linha e chamei o conceito de “princípios” designados por um número (princípio 1, princípio 2, e assim por diante).

A Matriz Divina - Post-24.06.2015-2

“Descobrindo a Matriz Divina, o mistério que une todas as coisas”, explora o duradouro sentimento humano que nos une ao campo de energia que liga todas as coisas; descrevi um único experimento que fez os cientistas recuarem cem anos na busca pelo mencionado campo unificado.

Nessa seção, também comentei a pesquisa do século XX que foi responsável por avanços na física quântica e que levou os cientistas a examinarem mais uma vez o experimento original, pelo qual nos informaram que todas as coisas são separadas umas das outras.

Isso inclui três experimentos (que veremos mais adiante) que são representativos e mostram a mais recente documentação sobre determinado campo de energia, não reconhecido anteriormente.

Brevemente, os resultados demonstraram:
A Matriz Divina - Post-24.06.2015-3
1 – O DNA humano exerce efeito direto na matéria que constitui o mundo.

2 – A emoção humana exerce efeito direto sobre o DNA que afeta a matéria que constitui o mundo.

3 – A relação entre as emoções e o DNA transcende limites espaciais e temporais.
Os efeitos são os mesmos, independentemente da distância. Pouca dúvida ainda haverá ao se chegar ao final da Parte I quanto à existência da Matriz Divina.

Quer sua descrição seja feita de uma perspectiva espiritual ou científica, é claro que existe algo – um campo de energia que conecta tudo o que fazemos, somos e experimentamos.

As questões lógicas então passam a ser formuladas assim: “O que fazemos com essa informação?” e “Como poderemos usar a Matriz Divina em nossa vida?” (Gregg Braden).

A Matriz Divina - Post-24.06.2015-4
Será que estamos conectados? Realmente conectados?
A ciência moderna está a ponto de resolver um dos maiores mistérios de todos os tempos.

Provavelmente não vamos ter notícias sobre isso pelos “telejornais no horário nobre da televisão”, nem vamos ver manchetes noticiando o fato nos principais jornais.

Mas, apesar de tudo, aproximadamente setenta anos de pesquisas na área da ciência conhecida como a “nova física” está apontando para conclusões irrefutáveis. Todas as coisas do mundo estão ligadas a todas as outras coisas.

Quer dizer: realmente ligadas. Essa é a novidade que altera tudo e que abala, sem dúvida alguma, os alicerces da ciência como hoje a conhecemos.

“Muito bem”, podemos dizer, “já ouvimos isso antes. O que torna essa conclusão tão diferente? O que realmente significa estar conectado?” 

Essas são ótimas perguntas e as respostas poderão surpreendê-los. A diferença entre as novas descobertas e o que acreditávamos anteriormente é que, no passado, simplesmente nos diziam que a conexão existia.

Mediante frases técnicas como “sensível dependência das condições iniciais” (ou “efeito borboleta”) e por teorias sugerindo que o que é feito “aqui” tem um efeito “ali”, podíamos observar, de maneira superficial, a atuação da conexão em nossa vida.

Os novos experimentos, entretanto, nos levam a um passo adiante. Além de provar que estamos ligados a tudo, as pesquisas agora demonstram que a conexão existe por nossa causa. Nossa conectividade nos dá o poder de ajeitar as coisas para que nos favoreçam, no que diz respeito à transformação de nossa vida.

Para absolutamente tudo, da busca pelo romance à cura dos nossos entes queridos e à satisfação de nossas mais profundas aspirações, somos uma parte integral do que experimentamos todos os dias.

O fato das descobertas mostrarem que podemos usar nossa conexão conscientemente, abre as portas para nada menos do que a oportunidade de tirar partido do mesmo poder que movimenta todo o universo.

Por meio da unidade que está no interior do seu corpo, do meu e do corpo de todos os seres humanos do planeta, temos uma comunicação direta com a mesma força que cria tudo, dos átomos às estrelas e ao DNA da vida.

No entanto, existe uma pequena armadilha: nosso poder para fazer isso está adormecido até que o despertemos. 

O segredo para acordar esse impressionante poder, é fazer uma pequena mudança no modo como estamos habituados a ver o mundo.

Assim, com uma ligeira mudança de percepção podemos usufruir a mais poderosa força do universo para lidar com as situações aparentemente mais impossíveis de serem resolvidas. Isso acontece quando nos permitimos perceber de outro modo nosso papel no mundo.

Como o universo parece realmente ser um lugar muito grande – quase vasto demais para que a gente pelo menos consiga conceber seu tamanho -, podemos começar por nos ver de outro modo no dia-a-dia.

A “pequena mudança” de que precisamos, consiste em começar a nos ver como parte do mundo, não como se estivéssemos separados dele. 

A maneira de nos convencermos de que realmente Somos Um com tudo o que vemos e experimentamos, é compreender como estamos unidos e o que a tal conexão significa. Para usufruirmos da força do universo propriamente dito, precisamos nos ver como parte do mundo, não como se estivéssemos separados dele.

Pela conexão que une tudo, a “coisa” da qual o universo é feito (ondas e partículas de energia) aparentemente quebra as leis do tempo e do espaço da maneira como estamos habituados a interpretá-las. Ainda que os detalhes pareçam mais algo ligado à ficção científica, eles são bem reais.

As partículas de luz (fótons), por exemplo, já foram observadas como capazes de dupla localização – isto é, de se situarem, precisamente no mesmo instante, em dois locais diferentes separados por muitos quilômetros.

Do DNA de nosso corpo aos átomos de todo o restante, as coisas na natureza parecem compartilhar informações com mais rapidez do que foi previsto por Albert Einstein para o deslocamento de qualquer coisa – mais rapidamente do que a velocidade da luz.

Em alguns experimentos, os dados chegam aos respectivos destinos até mesmo antes de deixarem seus locais de origem.

Historicamente, acreditava-se que tais fenômenos fossem impossíveis, mas, aparentemente, eles não apenas são possíveis, como também podem nos mostrar algo mais do que simplesmente as interessantes anomalias de pequenas unidades da matéria. A liberdade de movimento que as partículas quânticas demonstram, pode revelar como o restante do universo funciona quando olhamos além dos conhecimentos da física.

Conquanto esses resultados possam ser parecidos com algum enredo futurístico de um episódio de Jornada nas Estrelas, eles estão sendo observados agora, sob o escrutínio dos cientistas de hoje em dia. Individualmente, os experimentos que produzem tais efeitos são certamente fascinantes e merecem uma investigação mais detalhada.

Considerados em conjunto, entretanto, eles também sugerem que nós podemos não estar tão limitados pelas leis da física quanto imaginávamos. Talvez as coisas sejam capazes de viajar mais rapidamente do que a velocidade da luz e talvez elas possam estar em dois lugares ao mesmo tempo.

E se as coisas têm essa capacidade, será que nós também temos? Essas são precisamente as possibilidades que entusiasmam os inovadores de hoje e que mexem com nossa imaginação.

É a associação da imaginação – a ideia de que alguma coisa possa ser como imaginamos – com a emoção que dá vida a uma possibilidade de que ela se transforme em realidade.

A manifestação se inicia com o desejo de abrir espaço em nossas crenças para alguma coisa que por hipótese não existe.

Criamos essa “alguma coisa” pela força da consciência e da percepção. 

O poeta William Blake reconhecia que o poder da imaginação era a essência da nossa existência, mais do que algo que simplesmente experimentávamos de vez em quando, durante nossos períodos de folga. “O homem é todo imaginação”, ele dizia e explicava: “O corpo eterno do homem é a imaginação, isto é, o próprio Plenum Cósmico/Deus”.

O filósofo e poeta John Mackenzie explicava mais ainda nosso relacionamento com a imaginação, e sugeria que “a distinção entre o que é real e o que é imaginário não é algo que possa ser mantido detalhadamente (…) todas as coisas são (…) imaginárias”.

Nessas duas descrições, os eventos concretos da vida devem primeiramente ser antevistos como possibilidades, antes de se transformarem em realidade.

Entretanto, para que as ideias do imaginário de um momento no tempo se transformem na realidade de outro momento, deve existir algo que interligue ambos. De alguma maneira deve existir no tecido do universo a conexão entre fantasias passadas e realidades presentes e futuras. 

Einstein acreditava firmemente que o passado e o futuro estavam intimamente entrelaçados com coisas de uma quarta dimensão, e que formavam uma realidade que ele chamou de espaço-tempo.

“A distinção entre o passado, o presente e o futuro”, ele dizia, “não passa de uma ilusão persistentemente obstinada”. 

Dessa maneira, por meios que nós apenas começamos a compreender, concluímos estar conectados não somente com tudo aquilo que vemos em nossa vida hoje, mas também com tudo o que já existiu, bem como com coisas que nem aconteceram ainda.

E o que estamos experimentando agora, é o resultado dos eventos que ocorreram (pelo menos parcialmente) no âmbito do universo visível.

As implicações desses relacionamentos são imensas.

Em um mundo onde um campo inteligente de energia conecta tudo, desde a paz mundial até as curas pessoais, e o que pode ter parecido mera fantasia e milagres antigamente, de repente se transforma em um acontecimento possível de suceder em nossa vida.

Com essas conexões em mente, devemos começar a pensar em um modo de nos relacionarmos com a vida, com nossa família e até mesmo com nossos relacionamentos casuais de uma nova e poderosa perspectiva.

Bom ou mau, certo ou errado, tudo, desde as mais leves e belas experiências da vida, até as ocasiões do mais horrível sofrimento humano, nada poderá mais ser considerado como obra do acaso.

Claramente o princípio para a cura, a paz, a abundância e a criação de experiências, carreiras e relacionamentos que nos trazem alegria é a compreensão da profundidade da ligação que temos com toda nossa realidade.

Buscando a Matriz
Em um passado não muito distante, os cientistas tentaram resolver o mistério da existência ou não de uma ligação nossa a um campo de energia inteligente, mediante a demonstração cabal da própria existência ou não de tal campo.

Ainda que a ideia da investigação fosse boa, cem anos depois ainda estamos nos recuperando da forma pela qual esse famoso experimento foi interpretado.

Como resultado disso, durante a maior parte do século XX, se algum cientista ousasse mencionar a existência de um campo unificado de energia interligando todas as coisas de um espaço que estaria vazio sem o tal campo, certamente seria alvo de chacota na sala de aula e arriscaria sua posição acadêmica na universidade.

Com raras exceções, essa não era uma concepção aceita, nem mesmo tolerada, em discussões científicas sérias. Entretanto, nem sempre as coisas foram assim. Ainda que continue sendo um mistério essa conectividade no universo, têm ocorrido inúmeras tentativas de batizar tal fenômeno, de dar-lhe um nome como uma maneira de reconhecer sua existência.

Nos sutras budistas, por exemplo, o reino do grande deus Indra é descrito como o lugar onde se origina toda a rede que interliga a totalidade do universo. “Muito distante, na morada celestial do grande deus Indra, existe um ninho maravilhoso feito por um ardiloso artesão de tal modo que ele se estende em todas as direções”.

Na história do surgimento da tribo Hopi, diz-se que o ciclo atual do globo terrestre começou há muito tempo, quando a Aranha Avó emergiu no vazio do mundo. A primeira coisa que ela fez foi girar a rede que interliga todas as coisas e, por meio dela, criar o lugar onde seus filhos pudessem viver. Os que acreditavam, desde os tempos dos antigos gregos, no campo universal de energia interligando todas as coisas davam-lhe o nome de Éter. O Éter era considerado como a própria essência do espaço na mitologia grega, era descrito como “o ar respirado pelos deuses”.

Tanto Pitágoras como Aristóteles o identificavam como sendo o misterioso quinto elemento da criação, aquele que se seguia aos quatro primeiros tão conhecidos: fogo, ar, água e terra.

Posteriormente, os alquimistas continuaram a usar as palavras dos gregos para descrever nosso mundo – uma terminologia que persistiu até o nascer da ciência moderna.

Contradizendo a visão tradicional da maioria dos cientistas de hoje em dia, algumas das maiores mentes da história não somente acreditavam na existência do éter, como levaram tal crença a um patamar superior.

Diziam que era necessário que o éter existisse para que as leis da física funcionassem como funcionam.

Sir Isaac Newton, o “pai” da moderna ciência, durante os anos de 1600 usou a palavra éter para descrever a substância invisível que permeava todo o universo, e que ele acreditava ser a responsável pela força da gravidade e pelas sensações experimentadas pelo corpo humano.

Ele a imaginava como um espírito vivo, ainda que reconhecesse a falta de um equipamento adequado para validar sua crença nos tempos que vivia.

Foi somente no século XIX que James Clerk Maxwell, autor da teoria eletromagnética, veio a oferecer formalmente uma descrição científica do éter que interliga todas as coisas. Ele o descreveu como uma “substância material de espécie mais sutil que os corpos visíveis e que se supunha existir em regiões do espaço aparentemente vazias”.

Muito recentemente, já no século XX, algumas das mentes científicas mais respeitadas ainda faziam uso da terminologia antiga para descrever a essência que preenche o espaço vazio. Imaginavam o éter como uma substância real e com uma consistência que o situava entre a matéria física e a energia pura.

Era através do éter, raciocinavam os cientistas, que a luz se movia de um ponto ao outro, navegando no que, se não fosse por ele, pareceria tratar-se de um espaço vazio.

“Não posso senão pensar no éter, possível base de um campo eletromagnético com energia e vibrações, como provido de um certo grau de consistência, por mais diferente que possa ser de toda a matéria comum”, afirmou em 1906 o físico ganhador do prêmio Nobel Hendrik Lorentz. As equações de Lorentz foram as que deram a Einstein o instrumental para desenvolver sua revolucionária teoria da relatividade.

Ainda que suas teorias parecessem prescindir do éter no universo, o próprio Einstein acreditava que alguma coisa seria descoberta para explicar como o vazio do espaço era ocupado, e afirmava: “O espaço sem o éter é inimaginável.”

De uma forma semelhante ao modo de pensar de Lorentz e dos antigos gregos, que acreditavam ser essa substância o meio através do qual as ondas se deslocavam, Einstein afirmava que o éter era necessário para que as leis da física pudessem existir:

“No espaço (sem o éter) não apenas seria impossível a propagação da luz, mas também não seria possível existir padrões para o espaço e o tempo”. 

Embora por um lado parecesse que Einstein concordava com a possibilidade do éter, por outro lado ele advertia que o éter deveria ser considerado como energia no seu sentido mais usual. “O éter não pode ser imaginado como provido das qualidades características de um meio ponderável, como se consistisse de partes (partículas) que pudessem ser acompanhadas ao longo do tempo.” Assim, ele descrevia como conseguia manter a compatibilidade entre a existência do éter – mesmo levando em conta sua natureza não-convencional – e suas teorias. Ainda hoje, a simples menção de campo de éter provoca debates acalorados sobre sua possível não existência.


Do que é feita a Matriz Divina? 
por Gregg Braden
Os experimentos mostram que a Matriz é feita de uma modalidade de energia que não se assemelha a nada conhecido no passado – e foi por esse motivo que os cientistas levaram tanto tempo para descobri-la.

Conhecida como “energia sutil”, ela simplesmente não funciona da maneira que um campo elétrico convencional típico funciona. Em vez disso, ela tem a aparência de uma rede de malha bem apertada e forma o tecido da criação, o mesmo que denomino Matriz Divina.

Dentre as muitas definições possíveis para a Matriz Divina, talvez a mais simples seja pensá-la como sendo formada de três coisas básicas:
1 – é o receptáculo dentro do qual existe o universo;
2 – é a ponte entre nosso mundo interior e o exterior;
3 – é o espelho que reflete nossos pensamentos diários, nossos sentimentos, emoções e crenças.
Existem mais três atributos que colocam a Matriz Divina em uma posição separada de todas as energias da mesma espécie. 

Em primeiro lugar, ela pode ser descrita como estando presente em toda parte todo o tempo, então, ela já existe.

Contrariamente à irradiação da TV ou da radioemissora, que deve ser criada em determinado lugar e ser transmitida para algum outro lugar, esse campo já aparenta estar presente em toda parte.

Em segundo lugar, aparentemente esse campo surgiu juntamente com a criação do universo – com o Big Bang, ou seja lá o que tenhamos escolhido chamar de “o princípio”.

Obviamente, ninguém se encontrava por aqui para nos dizer o que havia antes, mas os físicos acreditam que essa enorme liberação de energia lançadora do universo no campo da existência foi o próprio ato da criação do espaço propriamente dito.

Como o Hino da Criação do antigo Rig Veda nos sugere, antes do começo “nem ao menos o nada existia, não havia o ar ainda, nem nenhum firmamento”.

Como a existência do “nada” explodiu de “alguma coisa” do espaço, o que ficava entre o nada nasceu.

Podemos conceber a Divina Matriz como um eco desse momento em que o tempo surgiu, como um elo feito de tempo e espaço nos conectando à criação de todas as coisas.

É a natureza dessa conexão sempre presente que possibilita a não-localidade das coisas que existem dentro da Matriz.

A terceira característica desse campo, talvez aquela que o torna tão significativo para nossa vida, é a sua aparente “inteligência”.

Em outras palavras, o campo responde ao poder das emoções humanas.

Na linguagem de outros tempos, as tradições antigas fizeram o melhor possível para compartilhar esse grande segredo conosco.

Inscritas nas paredes do templo, confinadas em pergaminhos gastos pelo tempo, firmemente estabelecidas na vida das pessoas, as instruções nos dizem como nos comunicar com a energia que conecta todas as coisas e que foram deixadas pelos que vieram antes de nós. 

Nossos ancestrais tentaram nos mostrar como curar nosso corpo e dar vida aos nossos mais profundos desejos e maiores sonhos.

Somente agora, aproximadamente 5.000 anos depois que a primeira dessas instruções foi registrada, a linguagem da ciência redescobriu as mesmas relações entre nosso mundo e nós mesmos. 

A energia descoberta nesses experimentos (e teorizada por outros) é tão nova que falta ainda aos cientistas concordar sobre um único termo para descrevê-la.

Portanto, existem muitos nomes diferentes que estão sendo usados para identificar o campo que interliga tudo.

Por exemplo, Edgar Mitchell, o primeiro astronauta da nave espacial Apollo batizou-a de “a mente da natureza”.

O físico e coautor da teoria das supercordas, Michio Kaku, descreveu essa energia como o “Holograma Quântico“.

Conquanto esses sejam rótulos modernos para a força cósmica que se acredita responsável pelo universo, encontramos temas semelhantes, até mesmo palavras semelhantes, em textos criados milhares de anos antes da física quântica.

Por exemplo, os evangelhos gnósticos que datam do século IV também usaram a palavra mente para descrever essa força dizendo como “do poder do Silêncio surgiu um grande poder, a Mente do Universo, que dirige todas as coisas”.

Por mais diferentes que os nomes pareçam ser, todos, aparentemente, estão descrevendo a mesma coisa – a essência viva que é o tecido de nossa realidade.

É a essa mente que Planck faz referência quando estava em Florença, na Itália, em meados do século XX. Durante a palestra que apresentou em 1944, ele fez uma declaração que muito provavelmente não foi nem mesmo completamente compreendida pelos cientistas daquela época.

Em palavras proféticas, que seriam tão impactantes no século XXI como foram quando pronunciadas há tantos anos, Planck disse:”Na qualidade de alguém que devotou a vida inteira à ciência mais esclarecida, ao estudo da matéria, posso fazer a seguinte afirmativa como resultado de minhas pesquisas sobre os átomos: a matéria, como matéria propriamente dita, não existe! Toda matéria se origina e existe apenas em virtude da força que faz vibrar as partículas de um átomo e que consegue manter unido esse extremamente diminuto sistema solar. Devemos assumir que por trás dessa força existe uma Mente consciente e inteligente. Essa Mente é a matriz de toda a matéria”.

Sem sombra de dúvida, os experimentos e a discussão  nos mostram que a matriz de Planck existe. O campo que interliga toda a criação é real, ele existe independentemente de uma designação adequada ou de uma lei da física que explique seu funcionamento. 
Ele se encontra aqui neste exato momento, existe tanto quanto eu e você. É o universo dentro de nós assim como o universo que nos cerca, a ponte quântica entre tudo o que é possível em nossa mente e o que é real no mundo. 
A mesma matriz da energia que explica por que os três experimentos funcionaram daquela forma, também demonstra que os sentimentos positivos que se encontram dentro de nós são muito eficazes em torno de nós. 
Contudo, a nossa ligação à Matriz de toda a matéria vai além disso … ela continua em coisas que não podemos ver. 
A Matriz Divina está em toda parte e em todas as coisas. 
Toda matéria existe dentro do mesmo invólucro de realidade, do pássaro voando no céu às partículas cósmicas que passam através de nosso corpo e casa como se fôssemos espaço vazio: é a Matriz Divina. 
E o que preenche o vazio entre você, leitor, e as palavras desta página. É aquilo que constitui o próprio espaço. Quando se pensa sobre a Matriz e quando nos perguntamos sobre sua localização, podemos ficar tranquilos que onde quer que o espaço exista também estará presente essa energia sutil.

O que tudo isso significa afinal?
Como um grande segredo do qual todos suspeitam, mas raramente é alvo de conversas, pela Matriz Divina estamos todos conectados do modo mais íntimo que possamos imaginar.

Mas o que significa essa conexão?

Qual o significado de compartilharmos o espaço quântico puro onde vive a imaginação e onde a realidade nasce e de nos envolvermos tão profundamente com nosso mundo e com a vida de outras pessoas?

Se verdadeiramente formos mais do que simples observadores casuais de nossa vida e o mundo “acontecer” em torno de nós, até que ponto poderemos “crescer” mais?

Os experimentos anteriores demonstraram que dentro de nós existe um poder diferente de qualquer um já criado por máquinas de laboratório.

É uma força que não é limitada pelas leis da física – pelo menos não pelas leis que compreendemos hoje. E não precisamos de um experimento de laboratório para que essa conexão exista.

Quantas vezes telefonamos para alguém só para descobrir que essa pessoa já estava na linha quando tiramos o fone do gancho … ou quantas vezes discamos um número e depois descobrimos que a linha estava ocupada porque a mesma pessoa com quem queríamos falar estava ligando para falar conosco?

Em quantas ocasiões nos encontramos nos divertindo com amigos em uma rua movimentada, em um shopping ou no aeroporto, e somos assaltados pela estranha sensação de que já estivemos naquele lugar antes, ou com aquelas pessoas anteriormente, fazendo exatamente o que estamos fazendo naquele momento?
Ainda que esses exemplos simples gerem comentários divertidos, eles são mais do que circunstâncias aleatórias.

Embora não possamos provar cientificamente por que essas coisas acontecem, nós todos sabemos que elas ocorrem. Em tais momentos de conectividade e déjà vu, nos encontramos, espontaneamente, transcendendo os limites impostos pelas leis físicas.

Nesses breves instantes, somos lembrados de que provavelmente existe mais sobre o universo e sobre nós do que possamos conscientemente conhecer. Esse é o mesmo poder nos dizendo que somos mais do que simples observadores neste mundo.

O segredo para nos experimentarmos nesse sentido é criar essas experiências intencionalmente – é ter percepções transcendentais quando bem desejarmos, em vez de apenas quando elas parecem “acontecer”. 

Com exceção de poucas pessoas com dotes especiais, aparentemente existem boas razões para não podermos estar em dois lugares ao mesmo tempo, fazer viagens através do tempo e nos comunicarmos mais rapidamente do que permitem as leis da física. Tudo se resume no que acreditamos sobre nós mesmos e sobre o papel que acreditamos desempenhar no universo.

Somos criadores – e mais que isso ainda, somos criadores e estamos interligados. Por meio da Matriz Divina participamos da constante mudança que dá significado à vida. A questão que se coloca diz menos respeito ao fato de sermos ou não observadores passivos, e refere-se mais à definição de como poderemos criar de forma intencional.

DNA e as Emoções 
Experiências e respostas do DNA em relação às nossas emoções 
Por Gregg Braden.
A seguir, três assombrosos experimentos com o DNA (ADN) que provam as qualidades e sua autocura em consonância com os sentimentos da pessoa.
Experimento 1:
O primeiro experimento foi realizado pelo Dr. Vladimir Poponin, um biólogo quântico. Nessa experiência começou-­se por esvaziar um recipiente (quer dizer que se criou um vazio em seu interior) e o único elemento deixado dentro foram fótons (partículas de luz). Foi medida a distribuição desses fótons e descobriu-­se que estavam distribuídos aleatoriamente dentro desse recipiente. Esse era o resultado esperado. Então, foi colocada, dentro do recipiente, uma amostra de DNA e a localização dos fótons foi medida novamente. Desta vez os fótons haviam se organizado em linha com o DNA. Em outras palavras, o DNA físico produziu um efeito não-­físico nos fótons. Depois disso a amostra de DNA foi removida do recipiente e a distribuição dos fótons foi medida novamente. Os fótons permaneceram ordenados e alinhados onde havia estado o DNA. A que estão conectadas as partículas de luz? Gregg Braden diz que estamos impelidos a aceitar a possibilidade de que exista um NOVO campo de energia e que o DNA está se comunicando com os fótons por meio desse campo.
Experimento 2:
Este experimento foi levado a cabo pelos militares. Foram recolhidas amostras de leucócitos (células sanguíneas brancas) de um número de doadores. Essas amostras foram colocadas em um local equipado com um aparelho de medição das mudanças elétricas. Nessa experiência, o doador era colocado em um local e submetido a “estímulos emocionais” provenientes de video-clipes que geravam emoções ao doador. O DNA era colocado em um lugar diferente de onde se encontrava o doador, mas no mesmo edifício. Ambos, doador e seu DNA, eram monitorados e quando o doador mostrava seus altos e baixos emocionais (medidos em ondas elétricas), o DNA expressava respostas idênticas e ao mesmo tempo. Não houve lapso e retardo de tempo de transmissão. Os altos e baixos do DNA coincidiram exatamente com os altos e baixos do doador. Os militares queriam saber o quão distantes podiam ser separados o doador e seu DNA e continuarem observando este efeito. Pararam de experimentar quando a separação atingiu 80 quilômetros entre o DNA e seu doador e continuaram tendo o mesmo resultado. Sem lapso e sem retardo de transmissão, o DNA e o doador tiveram as mesmas respostas ao mesmo tempo. Que significa isso? Gregg Braden diz que as células vivas se reconhecem por uma forma de energia não reconhecida anteriormente. Essa energia não é afetada pela distância e nem pelo tempo. Essa não é uma forma de energia localizada, é uma energia que existe em todas as partes e todo o tempo.

Experimento 3:
O terceiro experimento foi realizado pelo Instituto Heart Math e o documento que lhe dá suporte tem este título: “Efeitos locais e não locais de frequências coerentes do coração e alterações na conformação do DNA”. Esse experimento relaciona-­se diretamente com a situação e com o antrax. Nesse experimento, tomou-­se o DNA de placenta humana (a forma mais próxima de DNA) e colocou­-se em um recipiente onde se podia medir suas alterações; 28 amostras foram distribuídas em tubos de ensaio, ao mesmo número de pesquisadores previamente treinados. Cada pesquisador havia sido treinado a gerar e sentir sentimentos, e cada um deles podia ter fortes emoções. O que se descobriu foi que o DNA mudou de forma de acordo com os sentimentos dos pesquisadores.

Quando os pesquisadores sentiram gratidão, amor e apreço, o DNA respondeu relaxando-­se e seus filamentos esticando-­se. O DNA tornou-­se mais grosso. Quando os pesquisadores sentiram raiva, medo ou stress, o DNA respondeu apertando­-se. Tornou-­se mais curto e apagou muitos códigos.

Você já se sentiu alguma vez “descarregado” por emoções negativas? Agora já sabe por que seu corpo também se descarrega. Os códigos de DNA conectaram-­se novamente quando os pesquisadores tiveram sentimentos de amor, alegria, gratidão e apreço.

Essa experiência foi aplicada posteriormente a pacientes com HIV positivo. Descobriram que os sentimentos de amor, gratidão e apreço criaram respostas de imunidade 300.000 vezes maiores que as que tiveram sem eles.

Assim, temos aqui uma resposta que nos pode auxiliar a permanecer com saúde, sem importar quão daninho seja o vírus ou a bactéria que esteja flutuando ao redor: mantendo-­se os sentimentos de alegria, amor, gratidão e apreço.

Essas alterações emocionais foram mais além de seus efeitos eletromagnéticos. Os indivíduos treinados para sentir amor profundo foram capazes de mudar a forma de seu DNA.

Gregg Braden diz que isso ilustra uma nova forma de energia que conecta toda a criação. Essa energia parece ser uma rede estreitamente tecida que conecta toda a matéria. Podemos influenciar essencialmente essa rede de criação por meio de nossas vibrações.

RESUMO: que tem a ver os resultados dessas experiências com nossa situação presente? Esta é a ciência que faculta escolher uma linha de tempo que nos permite estar a salvo, não importa o que aconteça.

Como Gregg explica em seu livro “O Efeito de Isaías”, basicamente, o tempo não é apenas linear (passado, presente e futuro) mas é também profundidade.

A profundidade do tempo consiste em todas as linhas de tempo e de oração que possam ser pronunciadas ou que existam.

Essencialmente, suas orações já foram respondidas.

Simplesmente ativamos a que estamos vivendo por meio de nossos sentimentos.

É assim que criamos nossa realidade quando a escolhemos com nossos sentimentos. Esses sentimentos estão ativando a linha do tempo por meio da rede de criação que conecta a energia e a matéria do universo.


Lembre-­se de que pela Lei do Universo atraímos aquilo que colocamos em nosso foco. 

Se você focar em temer qualquer coisa, seja lá o que for, estará enviando uma forte mensagem ao Universo para que lhe envie aquilo que você mais teme. 

Em troca, se você puder se manter com sentimentos de alegria, amor, apreço ou gratidão e focar-­se em trazer mais disso para sua vida, automaticamente conseguirá afastar o negativo.

Com isso, você estaria escolhendo uma linha de tempo diferente com esses sentimentos. Pode-­se prevenir o contágio do antrax ou de qualquer outra gripe ou vírus, ao se permitir sentimentos positivos que mantêm um sistema imunológico extraordinariamente forte.

Sendo assim, essa é uma proteção para o que vier.

Busque algo pelo qual você possa estar alegre todos os dias, cada hora se possível, momento a momento, ainda que sejam alguns poucos minutos.

Esta é a mais fácil e melhor das proteções que você poderá ter. Aliás, os mestres de sabedoria de todos os tempos sempre afirmaram isso que se comprova cientificamente hoje.

Como descobrir o que os sentimentos de atração dizem
Todos nós dominamos a arte de desistir de partes de nós mesmos, quando sentimos que no momento é uma medida necessária para nossa sobrevivência física ou emocional.

Quando fazemos isso, é fácil nos vermos como “inferiores” e sermos iludidos pelas nossas crenças sobre o que restou. Para algumas pessoas, a compensação ocorre antes da percepção, sem que cheguem a compreender o que ocorre, enquanto para outras, trata-se de uma escolha consciente.

Convido-o a mergulhar em si mesmo no momento em que encontrar alguém que lhe desperte um sentimento de proximidade e empatia. Algo de raro e precioso está acontecendo com ambos nesse instante: você acaba de encontrar quem guardava suas partes perdidas que você tanto procurava.

Frequentemente trata-se de uma experiência de mão dupla, pois a outra pessoa sente-se atraída pela mesma razão.

Usando seu poder de discernimento, você percebe que deve iniciar uma conversa. Comece falando sobre alguma coisa – qualquer coisa – para manter o contato pelo olhar.

Enquanto fala, mentalmente proponha a si mesmo a seguinte pergunta: O que vejo nesta pessoa que perdi em mim mesmo, que desisti, ou que tiraram de mim?

Quase imediatamente uma resposta surgirá em sua mente.

Pode ser alguma coisa tão simples como um sentimento de realização ou algo tão claro como a voz interior que você reconhece e que tem estado desde criança em sua companhia.

As respostas frequentemente são palavras simples ou frases curtas, e seu corpo saberá o que tem sentido para você.

Talvez você simplesmente perceba algo de belo nessa pessoa de que você sente falta em si mesmo naquele momento. Trata-se de você encontrando uma parte sua em outra pessoa, algo que você tem, bem como o sentimento do que seria despertar alguma coisa assim no seu íntimo.

Para os que têm a coragem de reconhecer o sentimento de familiaridade de tais encontros, o medo da perda, provavelmente, desaparece.

Encontramos uma sensação de plenitude em nós mesmos quando os outros espelham em nós a verdadeira natureza deles.

Coletivamente, estamos olhando para nossa plenitude, e criamos individualmente as situações que nos levam a encontrá-la, professores, pessoas mais velhas, jovens, pais e filhos, o sexo oposto, todos são catalisadores de sentimentos.

Nesses sentimentos encontramos as coisas que ansiamos ter em nós mesmos, o que ainda existe em nós, mas está oculto pelas máscaras do que acreditamos que somos. É natural e humano.

A compreensão do que nossos sentimentos realmente nos contam a respeito dos outros, pode se transformar no mais poderoso instrumento para descobrirmos nosso potencial máximo.

NOTA E CONCLUSÃO
Quase universalmente, compartilhamos uma sensação de que existe mais em nós do que os olhos vêem. Em algum lugar, emergindo da névoa da memória coletiva de um passado distante, sabemos que temos poderes mágicos e miraculosos dentro de nós. Desde a época de nossa infância, fantasiamos sobre nossa capacidade de fazer coisas além da razão e da lógica. E por que não? Quando ainda somos crianças temos que “aprender” a regra de que milagres não são coisas que acontecem todos os dias. Os lembretes de nosso potencial miraculoso estão a nossa volta. De acordo com todos os experimentos e pesquisas, juntamente com a demonstração dos que transcenderam os limites de suas próprias crenças, acreditamos que a resposta seja sim. Se as partículas das quais somos feitos podem se comunicar instantaneamente entre si, existir em dois lugares ao mesmo tempo, viver tanto no passado como no futuro e até mesmo mudar a história mediante escolhas no presente, então nós também podemos. A única diferença entre nós e aquelas partículas isoladas é que somos feitos de uma quantidade enorme delas, mantidas juntas graças à própria Consciência. A mística dos tempos antigos lembra ao nosso coração, e as experiências modernas têm comprovado perante a razão, que a força mais poderosa do universo vive no interior de cada pessoa. E que o grande “conhecimento secreto” da própria criação é: ter o poder de criar o mundo que imaginamos em nossas crenças. Ainda que isso possa parecer muito simples para ser verdade, acreditamos que o universo funciona precisamente desse modo. Se pudermos nos lembrar de que somos não só a obra de arte como também o artista que a criou, talvez então nos lembremos de que somos a semente do milagre, tanto quanto o milagre em si mesmo. Se pudermos operar essa pequena mudança, já estaremos curados na Matriz Divina.

Post relacionado sobre o livro de Gregg Braden “Awakening to Zero Point” –
Bibliografia para consulta
1 – A Matriz Divina – Gregg Braden
2 – O Efeito Isaías – Gregg Braden
3 – The Sciense of Miracles – Gregg Braden
4 – O Código de Deus – Gregg Braden
5 – Segredos de um modo Antigo de Rezar – Gregg Braden
6 – Fractal Time – Gregg Braden
7 – Awakening to  Zero Point – Gregg Braden
8 – Verdade Profunda – Gregg Braden
9 – O Segredo de 2012 – Gregg Braden
10 – Spontaneous Healing and Belief – Gregg Braden
11 – The Turning Point – Gregg Braden 
LEIA TAMBÉM, CLIQUE:

NÚMEROS QUE CURAM – Códigos de Grabovoi

AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS DE CURA
Lei da Atração
Em “Números que curam” Grigori Grabovoi reúne mais de mil doenças, e a cada uma é atribuído um número de 7, 8 ou 9 dígitos. Ao se concentrar em uma dessas sequências numéricas, a cura começa.

Como algo tão simples pode ser tão eficaz?
A doença é um desvio por parte do organismo e cura supõe o retorno ao natural. Os números geram vibrações que podem ajudar o corpo a tomar o caminho de volta à normalidade.
A base do sistema é formada pelas sequências de números de sete dígitos. Para problemas mais específicos podem ser usados oito e nove dígitos.
A concentração no número ou números apropriados deve ser realizada pelo próprio paciente. Quando não tem um diagnóstico específico deve se concentrar na sequência numérica do capítulo que inclui doenças do mesmo tipo.
A concentração pode ser feita em qualquer momento e só pode ser realizada pelo paciente. Este, pode ver, imaginar ou escrever o número em questão, ou utilizar qualquer outro método que imaginar.

A compreensão do papel que a mente desempenha no desenvolvimento e na eliminação da doença é vital neste momento.

Código  1888948 -Transformar Negativo em Positivo
Crie o seu próprio método de concentração
Você pode se concentrar em um dígito após o outro, por exemplo, do primeiro para o último número ou selecionar determinados números ou seções da sequência.

Isto vai dar variedade a sua concentração.

O método de concentração na sequência numérica apropriada (após o diagnóstico prévio) oferece uma oportunidade para curar a pessoa ou profilaticamente melhorar sua situação.

Você também pode cobrir as interdependências entre várias doenças.

Se você comparar a sequência de sete dígitos de uma doença com outra de uma doença diferente pode capturar informações sobre o significado das sequências, o que conecta essas doenças e seus métodos de tratamento.

É importante entender a importância de ter em mente a eliminação desenvolvimento e doença.
O conhecimento apresentado neste livro pode ser aplicado tanto para o homem quanto para a natureza, na prevenção de catástrofes. E quanto mais rápido for divulgado, antes se obterão os resultados, tanto à nível individual como coletivo.
grigori-1
Grigory Petrovich Grabovoy (nascido em 14 de novembro de 1963 no Cazaquistão) é um médium russo que afirma a possibilidade de abolir a morte, ressuscitar mortos, curar o câncer e AIDS, teletransporte, e identificar e resolver a distância mecânica e problemas eletrônicos em aviões, estações espaciais, estações de energia elétrica atômicas e quaisquer outras construções técnicas. 

Ele discute suas habilidades em seu livro de três volumes, “A Prática do Controle, o caminho para a salvação”. Doutor em Ciências,  e acadêmico graduou-se na Faculdade de Matemática Aplicada e Mecânica da Universidade Estadual de Tashkent – com especialidade em mecânica, em 1986.

Possui uma formação em saúde. Ele é também um acadêmico da Academia Internacional de Informatização. Membro Correspondente da Academia de Ciências da Rússia. Conselheiro do Federal Aviation Service da Rússia.

Seus livros explicam como a descoberta do campo criativo da informação ou da energia da consciência, podem manifestar fisicamente qualquer informação ou objeto que você desejar, assim como também aqueles que não estão sujeitos ao continuum espaço-tempo, ao converter essa informação em forma geométrica conhecida.

Isto é por que os números de “Grabovoi” podem ser usados para diagnóstico remoto, regeneração da matéria, dentro de qualquer período de tempo por meio da transformação do tempo em forma de espaço.

O objetivo do ensino de Grabovoi, segundo o próprio, é transmitir o conhecimento do Senhor para as pessoas de todo o mundo, a fim de salvá-los de uma possível catástrofe global e possibilitar que cada um possa alcançar saúde perfeita, imortalidade física, ressuscitar em seus corpos físicos todos os que se já se foram e proporcionar o desenvolvimento construtivo, harmonioso e eterno de toda a humanidade.

Ele alega habilidades pessoais de controle remoto da matéria física a qualquer distância, cura de centenas de pessoas doentes, incluindo câncer e aids, sem mesmo estar presente no local. Esses fatos são certificados pela medicina tradicional e comprovada por declaração autenticada de pessoas curadas.

Usando sua clarividência ele consegue examinar remotamente aeronaves, para descobrir possíveis defeitos, trabalha com materialização, desmaterialização e teletransporte.

Ele regenera até matéria destruida. Ele quer que essas habilidades sejam aprendidas por todos, para que assim possam usar esses dons para evitar catástrofes, através da criação, sem destruição.

Ele também afirma-se como um segundo advento de Cristo na Terra.

Gobovoi, é uma força tão grande e desconhecida que as autoridades russas, receosas das implicações que seus ensinamentos e práticas poderiam ter sobre a população local, o colocaram na prisão por 11 anos com acusações falsas de charlatanismo, de onde foi liberado há menos de 6 meses.

Grabovoi, através dos seus livros, liberou uma série enorme de sequências numéricas para serem utilizadas como “remédios” para os principais males que afetam a humanidade, sejam eles na área da saúde, do comportamento, da sorte e do destino de cada ser humano.

Grabovoi trabalha somente com documentos registrados em cartório. Se alguém chega com um problema de saúde, ele pede laudos médicos, os registra e trabalha a pessoa. Depois ele pede que a pessoa retorne ao seu médico, refaça os exames e os traga de volta para que sejam registrados. Ele tem um livro só com registros de casos.

As sequências numéricas de 7, 8, 9 e 11 dígitos são encontradas nos livros de Grabovoi.

Infelizmente ainda não há nenhum traduzido em português.

Para usar sem conhecer o método, a melhor forma é mentalizar as sequências, sempre visualizando a situação em perfeição… a coisa já realizada. 

Pode escrever e colar no corpo , em garrafas de água e ir bebendo durante o dia, colocar em agenda, carteira… enfim ser criativo.

No caso de querer tratar de vários assuntos simultaneamente, ela afirma que é possível, mas é preferível tratar de um assunto de cada vez, para facilitar que a pessoa tenha a percepção do movimento que está acontecendo.

A seguir algumas sequências numéricas a para assuntos genéricos, porém de interesse de grande número de pessoas.

Amor – 888 412 1289018

Amor eterno (incondicional) – 888 912 818848

Paz – 1001105010

Prosperidade – 71427321893

Abundância Financeira – 318 798

Harmonização Universal – 14854232190

Sustentabilidade ambiental – 97318541218

Emagrecer – 4812412

Depressão – 519514 319891

Desemprego – 318514517618

Consciência Elevada – 519 377898 997

Problemas de Pele (e também venéreos) – 18584321

Rejuvenescer – 2145432

Preguiça – 318 41791844

Queda de cabelo (calvície) – 5484121

Problemas nos dentes – 1488514

Cárie – 5148584

Esmalte do Dente – 618 374 898 161

Carisma – 491718594817

Determinação – 498518498

Proteção – 9187756981818

Escudo – 814418719

Talismã – 817219738

Dependência química – 5333353

Alcoolismo – 148543292

Vício em Nicotina – 1414551

Determinação e foco para aprendizagem – 212585212

Empreendedorismo – 71974131981

Compreensão – 39119488061

Para se Apaixonar – 515889

Para atrair a pessoa ressonante (Regra Dourada) – 591 718 9181419

Tudo é possível – 519 7148

MENTALIZE AGORA UM DESEJO

Vídeo com Códigos de Grigori Grabovoi: 

Tudo é possível – Presença do Criador
Mentalizar o desejo realizado ao visualizar os números
Música em 528 Hz: Frequência dos Milagres


Desabilite a Playmusical do Blog

1 – Situações críticas de saúde – 1258912
Ataque cardíaco – 8915678
Choque traumático e similares – 1895132
Insuficiência aguda cardiovascular – 1895678
Insuficiência respiratória aguda – 1257814

2 – Tumores – 8214351
Boca e garganta CÂNCER –  1235689
Câncer colorretal – 5821435
ESOFÁGICA – 8912567
O câncer de estômago – 8912534
CÂNCER DE FÍGADO – 5891248
Câncer nos ossos – 1234589
CÂNCER papila DUODENAL MAYOR – 8912345
LIPS câncer – 1567812
CÂNCER DE GLANDULAS SALIVARES – 9854321
Extrahepatic BILIAR câncer do trato – 5789154
Cancro do ovário – 4851923
CÂNCER DE MAMA – 5432189
CÂNCER DE PÊNIS – 8514921
Câncer de pele – 8148957
CÂNCER DE PRÓSTATA – 4321890
CÂNCER DE PULMÃO -4541589
CÂNCER RENAL – 56789108
O cancro de tireóide – 5814542
Câncer uretral – 5891856
Cancro de bexiga – 89123459
VESÍCULA BILIAR CÂNCER – 8912453
Câncer de intestino – 5485143
CÂNCER PANCREÁTICO- 8125891
CÂNCER TESTICULAR- 5814321
CÂNCER vaginal e Genital Externo – 2589121
HEMATOSARCOMA E Linfoma – 54321451
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4.845.714
LINFOMA DA PELE 5891243
Melanoma – 5674321
Mesotelioma – 58912434
Neuroblastoma – 8914567
Plasmacitoma, mieloma múltiplo, linfoma
NO HODGKIANO – 8432184
Rabdomiossarcoma CRIANÇA – 5671254
SARCOMA Kaposi – 8214382
SOFT sarcoma de tecido – 54321891
Tumor cerebral ou medular – 5431547
TUMOR cavidade nasal e seios paranasais – 8514256
Tumoral na nasofaringe – 5678910
Tumor de células de ilhas – 8951432
TUMOR ÚTERO -9817453
Tumor da paratireóide – 1548910
TUMOR SUPRARRENAL- 5678123

3 – Sepse – 58143212
A sepse (envenenamento do sangue) crônica – 8145421
A sepse (envenenamento do sangue) aguda – 8914321

4 – Síndrome de Cid – 5148142
A coagulação intravascular disseminada (DIC SÍNDROME,
Coagulopatia de consumo) – 8123454

5 – As doenças do aparelho cardiovascular – 1289435
Aneurisma da aorta – 48543218
ANEURYSM CARDÍACA – 9187549
Arritmia (arritmia cardíaca) – 8543210
Aterosclerose – 543 21898
Asma cardíaca – 8543214
Coração pára – 9874321
Azia – 8124567
Cardiomiopatias (cardiomiopatia) – 8421432
CARDIOSCLERIOSIS – 4891067
COLAPSO-8914320
Cor pulmonale (congestão pulmonar) – 5432111
Crise hipertensiva – 5679102
CRISE vascularização 8543218
ADQUIRIDO defeito cardíaco – 8124569
Cardiopatia congênita – 9995437
DISTONIA Neuroci RCULATORIA – 5432150
EDEMA PULMONAR- 543 211 12
Endocardite – 8145999
Doença isquêmica do coração – ECI (DOENÇA
Coronária) – 1454210
Angina (angina de peito) – 8.145.999
FALHA CARDIOVASCULAR- 85432102
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA – 8542196
HIPERTENSÃO – 8145432
HIPOTENSIÓN- 8143546
Infarto (ataque cardíaco) -8914325
FALHA vascularização – 8668888
MIOCARDIODISTROFIA – 30 8432110 (07)
Miocardite – 85432104
Neuropatia Autonômica (DISTONIA VEGETOVASCULAR) – 8432910
MAJOR oclusão da artéria – 8153213
Pericardite – 9996127
VASCULITE sistemicamente 1894238

6 – Doenças Reumáticas – 8148888
Doenças articulares – 5421891
Artrite de células gigantes (arterite craniana, ARTERITE
TEMPORÁRIA DOENÇA DE HORTON) – 9998102
Takayasu ARTRITE – 8945432 artrite degenerativa (osteoartrite, osteoartrose, artrose deformante, degenerativas DOENÇA COMUM) – 8145812
ARTRITE INFECCIOSA- 8111110
A artrite psoriásica – 0145421
Artrite reativa – (REITER SÍNDROME) – 4848111
ARTRITE REUMATÓIDE – 8914201
Dermatomiosite (polimiosite) – doença articular 5.481.234 tecido conjuntivo (DESORDEM
SHARP) – 34 1484019 (26)
CORAÇÃO doença reumática (febreReumática) – 5481543
Difusa Doenças do Tecido Conjuntivo – 5485812
SCLERODERMA O ESCLEROSE sistemicamente 1110006 espondilite anquilosante (doença de Bechterew,
STRUEMPELL-MARIE DOENÇA) – 4891201
Granulomatose – 8943568
Lupus Eritematoso Sistêmico – 8543148
Periartrite – 4548145
Gout (GOTA) – 8.543.215
POLIARTERITE KNOTTY (periarteritis KNOTTY, DOENÇA KUSSMAUL) – 54321894
Rheumatism, perto do tecido mole JUNTAS – 1489123
Goodpasture (GLOMERULONEFRITE, pneumonia Hemorrágica) – 8491454
SÍNDROME DE TANQUES DE VIDRO – 0014235
síndrome Sjoegren (Síndrome SICCA DOENÇA SÍNDROME Mikulicz) – 4891456
Tenossinovite – 1489154
Tromboangeíte obliterante (doença Buerger) – 8945482
Hemorrágica vasculites (vasculite alérgica, ROXO Henoch-Schonlein) – 8491234
A vasculite sistémica (VS) – 1894238

7 – Doenças Respiratórias – 5823214
Antracose – 5843214
ASBESTOSE – 4814321
A asma brônquica – 8943548
Aspergilose – 481543271
BRONQUIOLITE (inflamação aguda DE Brônquios) – 89143215
Bronquite aguda – 4812567
Bronquite Crônica – 4218910
CÂNCER DE PULMÃO – 4541589
Candidíase pulmonar (pulmão CANDIDIASIS) – 4891444
Enfisema PULMONAR- 54321892
Fibrose pulmonar (NEUMOESCLEROSIS) – 9871234
89143 211 MIOCÁRDICO PULMONAR-
METACOLOCONIOSIS – 4845584
Pneumoconiose – 8423457
Pneumoconiose ORGÂNICO DUST – 4548912
PNEUMONIA – 4814489
Aguda intersticial pneumonite (SÍNDROME Hamman-Rich) – 4814578
Pleurite (pleurisia) – 4854444
DEI pneumoconiose. MINEIRO DE CARVÃO (CARBOCONIOSIS,
PRETO doença pulmonar) – 8148545
SARCOIDOSE -4589123
Silicose (doença de POTTER) -4818912
Silicatose -2224698
Talcose – 4845145
TUBERCULOSE PULMONAR – 8941234

8 – Doenças Digestivas – 5321482
Cárdia acalasia (cardioespasmo, espasmo de hiato,
Megaesôfago EXPANSÃO DO ESÔFAGO idiopática) – 4895132
As alergias alimentares – 2841482
Amiloidose – 5432185
Amebíase -1289145
GÁSTRICA Aquilia – 8432157
Lentidão do esôfago e do estômago – 8123457
BERIBÉRI – 3489112
CANDIDA (fungos na infecção na boca MUSHROOM) – 54842148
Cardiospasm – 4895132
Cirrose Hepática – 4812345
Colecistite crônica – 5481245
COLITE – 8454321
Colite aguda – 5432145
Colite crônica – 5481238
DOENÇA FIEPATOLENTICULAR Degeneration (Wilson Konowalow) – 5438912
DIABETES TANNED – 5454589
DIARRÉIA – 5843218
DIARRÉIA FUNCIONAL – 812 34574
Dispepsia (indigestão) – 1112223
Dispepsia Funcional (ESTÔMAGO hiperacidez) -5484214
Discinesia BILIAR- TRATO DIGESTIVO discinesia 58432144 (Dispepsia, gastroptose,
DIARRÉIA FUNCIONAL) – 81234574
Discinesia INTESTINAL – 54321893
FÍGADO Distrofia – 9876512
Duodenite – 5432114
Duodenite aguda – 481543288
Duodenite crônica 8432154
Disbiose intestinal (INTESTINAL Disbacteriose) – 5432101
EDEMA fome (edema de fome, hidropisia A fome, FOOD DISTROFIA) – 5456784
A doença de Whipple’S – 4814548
Enterite – 8431287
Enterite CRÔNICA – 5432140
Enterocolite – 8454321
Enteropatia do intestino – 8432150
Enteropatia exsudativa – 4812 3454
Enteropatia induzida por glúten (espru celíaco, sprue NO TROPICAL Idiopática esteatorréia) – 4891483
Enteropatia, DEFICIÊNCIA dissacaridades – 4845432
ESCORBUTO – 5432190
ESOFAGUISMO – 5481248
Esofagite – 54321489
SPASM ESOFÁGUICO – 8123457
Espasmo intestinal (INTESTINAL CÓLICA) – 8123457
Nontropical – 8432150
Sprue tropical (DIARRÉIA TROPICAL) – 5481215
PRISÃO DE VENTRE – 5484548
Fleimão ESTÔMAGO – 4567891
Gastrite – 5485674
Gastrite aguda – 4567 891
Gastrite crônica – 5489120
Gastroenterite – 5485674
Gastroenterocolite – 5485674
Gastroparesia (AGUDA GÁSTRICA folga) – 5485671
Gastroptose – 812 34574
Hemocromatose (Cirrose pigmentado, DIABETES bronzeada, DOENÇA DE FERRO SOBRECARGA, SIDEROFILIA SÍNDROME
TROISIER- HANOT- Chauffard) – 5454589
HEPATITE-5814243
HEPATITE estridentes 58432141
HEPATITE CRÔNICA – 5123891
Hepatosis – 9876512
Hepatosis AGUDA (TÓXICO danos no fígado) – 1234576
Hepatosis colestática (COLESTASE) – 5421548
Hepatosis CRÔNICA (fígado gordo, esteatose
FÍGADO) – 5143214
Hiperbilirrubinemia Benigna – 845 148 51
Hiperbilirrubinemia Congênita – 8432180
Posthepatic hiperbilirrubinemia (icterícia OBSTRUTIVA) – 54 8214321 (17)
Idiopática hiperlipidemia (hyperliproteinemia, LIPOIDIS HEPATOSPLENOMEGALICA) – 4851888
HIPERTENSÃO portal- 8143218
Icterícia – 5432148
Icterícia FUNCIONAL – 845 148 51
Ileíte – 8431287
Indigestão-9988771
FLASH ILEOCECAL VÁLVULA (BAUHINITIS) – 58432148
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA ESFÍNCTER – 8545142
Insuficiência hepática – 8143214
Lymphangiectasia COLON – 5214321
Lipidosis HEPATOSPLENOMEGALICA – 4851888
INTESTINAL LIPODOSTROFIA (doença de Whipple) – 4814548
Má absorção -48543215
Pneumatose GÁSTRICA – 54321455
Crônica Pancreatite-5891432
PARALISIA DUODENAL – 8123457
Cirrose PIGMENTO – 5454589
Síndrome carcinóide – 4848145
Hepatoesplenomegalia SÍNDROME (DESORDEM HEPATOLIENALICO) -845 148
SÍNDROME Superior artéria mesentérica (AMS) – 5891234
GASTROCARDIAL SÍNDROME (TRANSTORNO ROEMHELD) – 5458914
POSTHEPATÍTICO SÍNDROME – 4812819
TUBERCULOSE GASTROINTESTINAL – 8143215
Úlcera péptica do esôfago – 8432182
Úlcera péptica de estômago e duodeno – 8125432
SIMPLES ÚLCERA Intestino NÃO ESPECÍFICAS – 48481452
Úlcera de estômago, SINTOMÁTICO – 9671428
Jejunite – 8431287
Zinga – 54321481

9 – Doenças dos rins e do trato urinário – 8941254
Amiloidose – 4512345
Anomalias do sistema urinário – 1234571
Cistite-48543211
Cólica renal – 4321054
ECLÂMPSIA Renal 8149141
DOENÇA RENAL CRÔNICA (insuficiência renal CRÔNICA) – 5488821
Doença renal policística (ERP) – 5421451
INSUFICIÊNCIA RENAL – 4321843
Insuficiência renal aguda – 8218882
GLOMERULONEFRITE (GN proliferativa difusa) – 4812351
Glomerulonefrite aguda – 4285614
Hidronefrose – 5432154
RENAL-4321843
Nefrolitíase (pedras nos rins) – 5432143
Pielite – 61 5432110 (10) PIELONEFRITIS – 58143213
TB renal 5814543
UREMIA AGUDA – 5421822
UREMIA CRÔNICA – 8914381
Uretrite – 1387549

10 – Doenças do Sangue – 1843214
Agranulocitose – 4856742
Anemia aplástica (hipoplasia) – 5481541
Anemia hemolítica auto-imune – 5814311
ANEMIA CONGÊNITA, com a alteração da síntese Porfirina – 4581254
Anemia Falciforme – 7891017
Anemia Hemolítica – 5484813
Anemia megaloblástica – 5481254
ANEMIA POR CHUMBO ENVENENAMENTO – 1237819
Aguda pós-hemorrágica Anemia (perda de sangue, AGUDA) – 9481232
Diátese HEMORRÁGICA- 5148543
DOENÇA diátese hemorrágica causada por um de THE
NAVIOS DE SANGUE – 54815438
A doença de Gaucher (lipidosis cerebrósido) – 5145432
Doença de radiação aguda – 481543294
CRÔNICA DE RADIAÇÃO DOENÇA – 4812453
Stomatocytosis HEREDITÁRIA – 4814581
Favismo – 54321457
Hemoblastose OUT da Medula Espinal, HEMATOSARCOMA
E linfoma (linfocitoma) – 54321451
Hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) – 5481455
HIPOPROTROMBINEMIA- 5481542
LEUCEMIA-5481347
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4845714
MIELOCITOSIS (LEUCEMIA Mielóide Crônica) – 5142357
Neutropenia congênita – 8432145
Ovalocytosis HEREDITÁRIA (eliptocitose HEREDITÁRIA) – 51454323
Paraproteinemia TUMORES PRODUTORES – 0432184
Quimioterapia, EFEITOS COLATERAIS – 4812813
REAÇÕES leucêmicas – 5814321
TALASSEMIA – 7765437
Trombocitopatia – 5418 541
TROMBOFILIA hematogênica – 4814543

11 – Transtornos Endócrinos e Metabólicas – 1823451
ACROMEGALIA- 1854321
Bócio endêmico – 5432178
Bócio difuso tóxico (doença grave) – 5143218
Deficiência de hormônio do crescimento (nanismo Hipofisário) -4141414
Desenvolvimento sexual precoce – 4814312
Distúrbios congênitos de diferenciação GÊNERO – 5451432
Diabetes insípido – 4818888
DIABETES MELLITUS – 8819977
A doença de Addison (adrenocortical FALHA PRIMÁRIA) – 4812314
FEOCROMOCITOMA- 4818145
HIPERINSULINEMIA (DISINSULINISMO) – 48454322
HIPERPROLACTINEMIA – 4812454
HIPOGONADISMO (MAN) – 48143121
Hipoparatireoidismo (TETANOPARATIROIDAL) -4514321
Hipopituitarismo (PANIPOPITUITARISMO, DOENÇA Simmonds) – 48143214
O hipotireoidismo (mixedema) – 4812415
OBESIDADE – 4812412
Osteíte fibrosa cística – 5481412
Síndrome de Cushing – 54321458
DISPITUITARISMO SÍNDROME PUBERALJUVENIL -4145412
TIREOIDITE – 4811111
TUMORES (VEJA TAMBÉM – Acromegalia, virilismo, HIPERINSU- LINEMIA, hiperparatireoidismo, FEOCROMOCITOMA) – 4541548
Virilismo – 89143212

12 – doenças ocupacionais – 4185481
AGENTES doenças ocupacionais
PRODUTOS QUÍMICOS – 9916515
DOENÇAS PROFISSIONAIS DE ESGOTAMENTO – 4814542
Doença profissional fatores de exposição FÍSICA (DOENÇA VIBRATIONAL) -4514541
Doença profissional agentes de influência BIOLÓGICA – 81432184

13 -Intoxicação aguda – 4185412
CHOQUE exotoxic – 4185421
RINS PREJUÍZO (NEFROPATÍA TÓXICO) -5412123
Dano hepático (fígado tóxico) – 48145428
TRANSTORNO psychoneurotic PELA EXPOSIÇÃO TÓXICO – 9977881
AGUDA INTOXICAÇÃO – A intoxicação contato – 4814823
Venenos ingeridos – 5142154
VENENO DE INALAÇÃO – 4548142
POISON INJECTADO – 4818142
Envenenamento causado pelo SNAKE mordidas e
OUTROS animais peçonhentos – 4812521
Picada de escorpião – 4188888
SNAKE BITES – 4114111
BITES TARANTULA – 8181818
Vespa e picada de abelha – 9189189

14 – Doenças infecciosas – 5421427
ALVEOLOCOCOSIS (EQUINOCOCOSE ALVEOLAR, ECHINOCOCCUS Multilocular) – 5481454
Amebíase – 79 1289145 (17) ANQU eu LOSTOMIAISIS – 4815454
ÁN’T’RAX – 9998991
Ascaridíase (lombrigas infecção) – 4814812
Bacterioses E. COLI (ESQUERIQUIOSIS) – 1.238.888
Balantidiasis – 1543218
Botulismo de origem alimentar – 5481252
A brucelose (doença Bang, FEBRE DE MALTA) – 4122222
Campylobacter jejuni – 4815421
CISTICERCOSE – 4512824
CLONORQUTASIS (fígado fluke PEST CHINÊS) – 5412348
RAIVA – 4891491
Difilobotríase (FISH tinham infecção ou grande) – 4812354
difteria 5556679
Disenteria (shigelose) – 4812148
Encefalite transmitida por carrapatos – 7891010
DOENÇA Botkin – 5412514
PARRACHO DOENÇA-ZINSSER- 514854299
Marburg vírus da doença (FEBRE HEMORRÁGICA DA Marburg, Ebola) – 5184599
Doença da arranhadura do gato (linfadenite subaguda REGIONAL) – 48145421
Enterobíase – 5123542
ENTEROVIRUS – 8123456
EQUINOCOCOSE – 5481235
Erisipela – 4123548
SCARLET (escarlatina) – 5142485
A esquistossomose (bilharziose) – 48125428
ESTRONGOLOIDIASIS – 54812527
FASCIOLIOSIS (Fasciolíase) – 4812542
PÉ – 9912399
FEBRE HEMORRÁGICA com síndrome renal – 5124567
Febre Q 5148542
Tifóide e paratifóide febre (tifo abdominal) – 1411111
GIARDÍASE (giardia) – 5189148
GRIPE SAZONAL – 4814212
Helmintíase – 5124548
VIRAL hepatite A e B (doença Botkin) – 5412514
Herpes Simplex – 2312489
Hydrophobia – 4812543
Himenolepíase – 54812548
Infecção por Mycoplasma (atípicas PNEUMONIA, PNEUMONIA WALKER) – 5481111
Infecções respiratórias agudas (FRIO COMUM) – 48145488
A infecção meningocócica – 5891423
INTOXICAÇÃO ALIMENTAR – 5184231
Legionelose (doença do legionário) – 5142122
Leishmaniose – 5184321
Leptospirose (doença de Weil) – 5128432
Listeriose – 5812438
MALÁRIA – 5189999
Metagonimiasis – 54812541
Mononucleose infecciosa (doença Pfeiffer, BEIJO ILL) – 5142548
OPISTORQUTASIS – 5124542
ORNITOSIS (psitacose) – 5812435
Parapertussis – 2222221
PAROTIS EPIDEMIA (MUMPS) – 3218421
Pediculose (infestação por piolhos) – 48148121
A coqueluche (tosse convulsa) – 4812548
FEBRE – 8998888
Pseudotuberculosis YERSINIA- 514854212
RAIVA (hidrofobia, RAGE) – 4812543
Rotavírus – 5148567
RUBÉOLA (SARAMPO ALEMÃO) – 4218547
SALMONELOSIS- 5142189
SARAMPO-4214825
TENIARRINCOSIS – 4514444
TENÍASE – 4855555
TÉTANO – 5671454
Tifo Epidemia – 1444444
Tifo TICK de Queensland (COLORIDO FEVER) – 5189499
Toxoplasmose – 8914755
Whipworm (tricuríase) – 4125432
TRICOSTRONGILOSIS – 9998888
TRIQUINELOSE – 7777778
A tularemia – 4819489
CHICKEN POX – 48154215
Varíola – 4848148
Varíola minor – 4848148
Imunodeficiência SÍNDROME DE VÍRUS (HIV, AIDS) – 5148555
Lersiniose – 5123851

15 – Doenças deficiência de vitamina – 1234895
Deficiência de Vitaminas – 5451234
Deficiência de vitamina A (deficiência de retinol) -4154812
Deficiência de vitamina B1 (tiamina) – 1234578
Deficiência de vitamina B2 (deficiência Riboflavina) – 1485421
A deficiência de vitamina PP B3 (deficiência de vitamina, NIACINA DEFICIÊNCIA) – 1842157
A deficiência de vitamina B6 (piridoxina deficiência) – 9785621
Deficiência de vitamina C (ácido DEFICIÊNCIA ASCÓRBICO) – 4141255
Deficiência de vitamina D – 5421432
Deficiência de vitamina K – 4845414
FIIPOVITAMINOSIS – 5154231
POLIAVITAMINOSIS – 4815432

16 – As doenças infantis – 18543218
Alergia respiratória – 45143212
Anemia – 48543212
Anemia ferropriva – 1458421
ANEMIA eu IEMOLÍTICATÓXICA -45481424
A asma brônquica 58145428
ARTEFATOS vácuo (asfixia) – 4821543
Bronquite aguda – 5482145
Bronquite alérgica – 5481432
Defeito congênito CORAÇÃO (CRIANÇAS) – 14891548
Antitripsina, Alpha 1- 1454545
DIABETES FOSFATO – 5148432
Diabetes insipidus – 5121111
DIABETES MELLITUS – 4851421
DIABETES renal (rim glicosúria) – 5142585
Diátese alérgica (predisposição a alergias) -0195451
Diátese hemorrágica – 0480421
Dispepsia PARENTAL – 8124321
Dispepsia SIMPLES – 5142188
Dispepsia TÓXICA- 514218821
DISTONIA VEGETATIVE-circulatório – 514218838
A doença celíaca – 4154548
Doença Hemolítica RECÉM-NASCIDO (DOENÇA Rhesus fetal eritroblastose) – 5125432
Doença hemorrágica do recém-nascido – 5128543
A cardiopatia reumática – 5481543
Dores nas canelas (cólicas) – 51245424
Enteropatia exsudativa (enteropatia, PERDIDA PROTEÍNA) – 4548123
CRIANÇAS DO ESTADO Subfebrile – 5128514
Estenose do piloro (estenose hipertrófica do piloro INFANTIL) – 5154321
Fenilcetonúria – 5148321
A fibrose cística (mucoviscidose) – 9154321
GALACTOSEMIA – 48125421
CRIANÇAS EM GLOMERULONEFRITE – 5145488
HEMOFILIA- 548214514
Hiperplasia Adrenal Congênita – 54143213
HIPERTENSÃO portal- 45143211
Hipervitaminose D – 5148547
Hipotireoidismo-4512333
HISTIOCITOSE TIPO X – 5484321
Icterícia neonatal (icterícia neonatal) -4815457
STAPHYLOCOCCUS INFECÇÃO – 5189542
LARINGITE ALÉRGICA- 58143214
PSEUDO LARINGITE SUBGLÓTICA- 5148523
Garupa (laringite subglótica, Garupa) – 1489542
Nefrite hereditária (síndrome de Alport) – 5854312
PNEUMONIA INTERSTICIAL- 4814489
PNEUMONIA para neonatal 5151421
PNEUMONIA cronicamente 51421543
Pneumonite de hipersensibilidade (alveolite alérgica) – 51843215
Piloroespasmo – 5141482
NÃO POLIARTERITE CRÔNICA ESPECIFICAMENTE 8914201
VONTADE LINFÁTICA- 5148548
Reumática PURPLE (Henoch-Schoenlein, PURPLE SCHOENLEIN- Henoch) – 5128421
Raquitismo (deficiência de vitamina D, raquitismo) – 5481232
Rinite Alérgica e Sinusite – 5814325
Sepsis neonatal – 4514821
ESTRESSE EM BEBÊS SÍNDROME RESPIRATÓRIA – 5148284
Síndrome de má absorção – 4518999
SALT PERDA síndrome renal (PSEUDOHIPOALDOSTE- RONISMO) -3245678
TONI-Debré SÍNDROME-FANKONI – 4514848
Síndrome Alcoólica Fetal – 4845421
Síndrome tóxica (COM EXICOSIS intoxicação) – 5148256
SUBSEPSIS alérgica (síndrome. Wissler) -5421238
TÉTANO INFANTIL (espasticidade) – 5148999
Traqueíte REAÇÃO – 514854218
Intracraniana trauma do nascimento – 518999981
TUBERCULOSE – 5148214
Tuberculose latente (TB assintomática) – 1284345
Vômitos – 1454215
Angioma (HEMANGIOMA) – 4812 599
Apendicite na Infância-9999911
Atresia retal 6555557
A atresia biliar-9191918
ATRESIA Intestino delgado – 9188888
Atresia do esôfago – 8194321
Atresia duodenal e estenose – 5557777
Cephalhematoma (subperiostal sangramento) – 48543214
Divertículo de Meckel – 4815475
Esôfago, queimaduras químicas – 5148 599
Estenose pilórica – 5154321
Fleimão RECÉM-NASCIDO – 51485433
SANGRAMENTO gastrointestinais – 5121432
Hérnia diafragmática – 5189412
Intussuscepção, intussuscepção – 5148231
OSTEOMIELITE epifisária – 12345895
Fenda palatina (lábio leporino) – 5151515
Onfalocele (AMNIOCELE) – 5143248
Teratoma SACROCOXIGEAL REGIÃO – 481543238

Capítulo 17 Obstetrícia, doenças femininas – 1489145
Amenorreia – 514354832
Anestesia durante o parto – 5421555
Anexite (inflamação do ovário) – 5143548
Anomalias durante o parto – 14891543
Apoplexia dos anexos – 1238543
Asfixia do feto e recém-nascido – 4812348
Bartolinite – 58143215
Câncer nos órgãos femininos – 5148914
Ciclo anovulatório – 4813542
Cistoma nos anexos (ovário) (tumor epitelial) – 58432143
Cistos nos anexos (cistos nos ovários) – 5148538
Climatério, neuroses no climatério – 4851548
Coceira na vulva – 5414845
Colpite – 5148533
Corioepitelioma (córion carcinoma) – 4854123
Corte asséptico do cordão umbilical – 0123455
Craurose da vulva – 58143218
Descolamento precoce da placenta – 1111155
Determinação da data do nascimento – 1888711
Dismenorreia, hemorragia menstrual com dor – 4815812
Doenças das glândulas mamárias (pouca produção de leite) – 48123147
Doenças femininas – 1854312
Embolia do líquido amniótico – 5123412
Endocervicite – 4857148
Endometriose – 5481489
Endometrite – 8142522
Erosão do colo uterino – 54321459
Esclerocistose no ovário (Stein-Leventhal) – 518543248
Excesso de líquido amniótico – 5123481
Flúor genital (corrimento) – 5128999
Gonorreia em mulheres – 5148314
Gravidez – 1899911
Gravidez extrauterina – 4812311
Gravidez múltipla – 123457854
Gravidez prolongada – 5142148
Hemorragias ginecológicas – 4814821
Hemorragia uterina disfuncional – 4853541
Infertilidade – 9918755
Leucoplasia da vulva, no colo uterino – 5185321
Mioma no útero – 51843216
Mola cística – 4121543
Ooforite (inflamação dos ovários) – 5143548
Nascimento precoce – 1284321
Parametrite – 5143215
Pelve anatomicamente estreita – 4812312
Pelve patológica estreita – 4858543
Pelve estreita – 2148543
Período pós-natal normal – 12891451
Período pós-natal patológico – 41854218
Placenta prévia – 1481855
Pólipos no colo e corpo uterino – 518999973
Prolapso do cordão umbilical – 1485432
Prolapso do útero e da vagina e útero caído – 514832183
Rompimento nos órgãos sexuais – 148543291
Salpingite – 5148914
Síndrome adrenogenital – 148542121
Síndrome pré-menstrual – 9917891
Toxicose durante a gravidez – 1848542
Tuberculose nos órgãos sexuais – 8431485
Vaginite (colpite) – 5148533
Vulvite – 5185432
Vulvovaginite – 5814513

Capítulo 18 Doenças neurológicas – 148543293
Abcesso cerebral – 1894811
Amiotrofia espinhal – 5483312
Amiotrofia peroneal (Charcot-Marie) – 4814512
Aneurisma nos vasos que abastecem o cérebro – 1485999
Aracnoidite – 4567549
Atetose – 1454891
Cefaleias – 4818543
Coma – 1111012
Corea – 4831485
Danificação nervosa por causa de reumatismo – 8185432
Desmaio (síncope) – 4854548
Distrofia hepatocerebral – 48143212
Distrofia muscular progressiva – 85432183
Distúrbios do sono – 514248538
Encefalite viral – 48188884
Enxaqueca – 4851485
Enxaqueca na metade da cabeça – 4831421
Epidurite – 888888149
Esclerose Lateral Amiotrófica – 5148910
Esclerose Múltipla – 51843218
Facomatose – 5142314
Herpes zoster – 5144322
Hidroencefalia – 81432143
Insulto cerebrovascular – 4818542
Insulto espinhal – 8888881
Meningite – 51485431
Miastenia – 9987542
Mielite – 4891543
Mielopatia – 51843219
Mielose funicular – 518543251
Miotonia congênita (Síndrome de Thomsen) – 4848514
Miotonia distrófica (Síndrome de Kischmann-Balter-Steiner) – 481543244
Mononeuropatia – 4541421
Narcolepsia – 48543216
Neurosífilis – 5482148
Nevralgia do nervo trigêmeo – 5148485
Oftalmoplegia – 4848532
Paralisia facial / neuropatia dos nervos faciais – 518999955
Paralisia familiar periódica – 5123488
Parkinson – 5481421
PC Paralisia cerebral infantil – 4818521
Poliomielite epidêmica aguda – 2223214
Polineuropatia – 4838514
Radiculite banal (radiculopatia dos discos intervertebrais) – 5481321
Síndrome astênico – 1891013
Síndrome de Eidi – 18543211
Síndrome de Guillain-Barre (poliradiculite) – 4548128
Síndrome diencefálica (hipotalâmica) – 514854215
Síndrome pós-punção (ex. Após punção do liquor) – 818543231
Siringomielia – 1777771
Tontura – 514854217
Trauma crânio-cerebral – 51843213
Tremor – 3148567
Tumores cerebrais – 5451214
Tumores na medula espinhal – 51843210
Tumores no sistema nervoso periférico (neurinomas) – 514832182

Capítulo 19 Doenças psíquicas – 8345444
Alcoolismo – 148543292
Alucinações, obsessões – 8142543
Consciência nebulosa – 4518533
Defeito psíquico – 8885512
Encefalopatia traumática – 18543217
Epilepsia – 1484855
Esquizofrenia – 1858541
Estados negativos – 5418538
Hipocondríaco – 1488588
Ideias hipervalorizadas – 148454283
Narcomania (toxicomania – vício de drogas) – 5333353
Neurose – 48154211
Oligofrenia – 1857422
Paralisias progressivas – 512143223
Psicopatias – 4182546
Psicose depressiva-maníaca (bipolaridade) – 514218857
Psicose pré-senil – 18543219
Psicose reativa (por toxinas) – 1142351
Psicose senil – 481854383
Psicose sintomático – 8148581
Psicoses reativas – 0101255
Síndrome afetiva – 548142182
Síndrome amnéstica (Korsakow) – 4185432
Síndrome catatônica – 51843214
Síndrome de delusão (ilusão) – 8142351
Síndrome de alucinação (Halucinose) – 4815428
Síndrome histérica – 5154891
Síndrome psico-orgânica – 51843212
Toxicomania e narcomania (álcool) – 1414551

Capítulo 20 Problemas sexuais – 1456891
Distúrbios de ejaculação – 1482541
Distúrbios de ereção – 184854281
Distúrbios sexuais – 1818191
Distúrbios sexuais neuro-humorais – 1888991
Distúrbios sexuais psíquicos – 2148222
Frigidez – 5148222
Hipersexualidade – 5414855
Impotência – 8851464
Onanismo (masturbação) – 0021421
Perversão sexual – 0001112
Problemas sexuais criadas na imaginação – 1484811
Vaginismo – 5142388

Capítulo 21 Doenças da pele e doenças venéreas – 18584321
Actinomicose na pele (pseudomicose profunda)- 148542156
Alopécia – 5484121
Angiite da pele, vasculite – 1454231
Balanite – 5814231
Cancro venéreo mole – 4815451
Candidíase – 9876591
Coceira na pele – 1249812
Condiloma acuminado – 1489543
Cravo simples – 514832185
Dermatite atópica – 5484215
Dermatites – 1853121
Dermatofitose – 5148532
Dermatomicose (microsporia) – 1858321
Eczema – 548132151
Epizoonose (causada por sarna) – 5189123 / 8132548
Eritema exsudativo multiforme – 548142137
Eritema nodoso – 15184321
Eritrasma (pseudo-micose) – 4821521
Gonorreia masculina – 2225488
Hanseníase – 148543294
Ictiose (pele escamada) – 9996789
Linfogranulomatose inguinal – 1482348
Mastocitose – 148542171
Micose com aspecto de fungo (linfoma benigno da pele) – 4814588
Molusco contagioso – 514321532
Neurodermite – 1484857
Piodermia – 51432149 / 8145321
Pitiríase rosada (eritematoscamose) – 5148315
Pitiríase versicolor – 18543214
Psoríase – 999899181
Rosácea – 518914891
Sarna – 5189123 / 8132548
Seborreia – 1234512
Sífilis – 1484999
Síndrome de Lyell (epidermólise tóxica aguda) – 4891521
Síndrome de Stevens-Johnson (eritema exsudativo multiforme maior) – 9814753
Tínea (micose no pé) – 4518481
Tinha favosa – 4851481
Toxicodermia – 514832184
Tricofitose – 4858415 / 4851482
Tuberculose da pele – 148543296
Tumores na pele – 1458914
Urticária – 1858432
Vasculite na pele – 5142544
Verrugas – 5148521
Vitiligo – 4812588

Capítulo 22 Doenças cirúrgicas – 18574321
Abcesso – 8148321
Actinomicose – 4832514
Adenoma na próstata – 51432144
Amputação traumática – 5451891
Aneurisma – 48543218
Aneurisma no coração – 9187549
Anquilose – 1848522
Apendicite – 54321484
Ateroma – 888888179
Atresia congênita das vias biliares em recém-nascidos – 948514211
Atresia do esôfago – 518543157
Broncoectasias – 4812578
Bursite – 75184321
Carbúnculo – 483854381
Choque traumático – 1454814
Cisto na glândula mamária – 4851432
Cistos e fístulas no pescoço lateral – 514854214
Cistos e fístulas no pescoço do meio – 4548541
Cisto epidermoidal no cóccix – 9018532
Cisto pulmonar congênito – 4851484
Colangite – 8431548
Colecistolitíase – 0148012
Colecistite aguda – 4154382
Colite ulcerosa não específica – 48143211
Congelamentos – 4858514
Contraturas das articulações – 8144855
Contratura Dupuytren – 5185421
Contusão – 0156912
Corpo estranho no esôfago – 14854321
Corpo estranho no estômago – 8184321
Corpo estranho nos brônquios – 5485432
Corpo estranho nos tecidos moles – 148543297
Criptorquismo – 485143287
Decúbito – 6743514
Deformação do hálux para fora – 5418521
Distorções – 5148517
Divertículos – 48543217
Divertículos intestinais – 4851614
Doença de Crohn – 94854321
Doenças cirúrgicas dos órgãos abdominais – 5184311
Doenças cirúrgicas dos órgãos torácicas – 5184312
Doenças cirúrgicas em adulto – 5843215
Doenças cirúrgicas em recém-nascidos – 514218871
Doenças cirúrgicas agudas dos órgãos abdominais – 5484543
Doenças do aparelho motor e de sustentação – 514218873
Doenças inflamatórias com pus – 514852171
Doenças traumáticas e ortopédicas – 1418518
Empiema pleural – 514854223
Endarterite obliterante – 4518521
Estenose no piloro – 81543211
Feridas – 5148912
Ferimento dos órgãos internos – 8914319 / 5432188
Fibroadenoma na glândula mamária – 4854312
Fimose e parafimose – 0180010
Fissura anal – 81454321
Fístula no reto – 5189421
Fístula traqueoesofágica – 514854714
Flebotrombose – 1454580
Fleimões – 48143128
Fleimões necróticos em recém-nascidos – 514852173
Fratura – 7776551
Furúnculo – 5148385
Gangrena gasosa – 45143218
Gangrena no pulmão – 4838543
Ginecomastia – 4831514
Hemartrose – 4857543 / 7184321
Hemorragias externas – 4321511
Hemorragias internas – 5142543
Hemorroidas – 58143219
Hepatite (icterícia) mecânica – 8012001
Hérnia diafragmática congênita – 518543257
Hérnias – 95184321
Hidrocele no testículo e no canal seminífero – 481543255
Inflamação das glândulas sudoríparas (hidroadenite) – 4851348
Leiomioma – 5514214
Linfadenite – 4542143
Linfangite – 484851482
Lipoma – 4814842
Mastite – 8152142
Mastite em recém-nascido – 514854238
Mastopatia – 84854321
Mediastinite – 4985432
Megacólon – 4851543
Oclusão das artérias mesenteriais – 81543213
Oclusão intestinal – 4548148
Orquite – 818432151
Osteomielite hematôgena aguda – 5141542
Osteomielite traumática – 514854221
Panarício – 8999999
Pancreatite aguda – 4881431
Paraproctite aguda – 4842118
Pé chato – 1891432
Pé equino – 485143241
Peritonite – 1428543 / 4184321
Piopneumotórax – 148543299
Pneumotórax – 5142147
Pneumotórax espontâneo – 481854221
Pólipo – 4819491
Prolapso do anus – 514832187
Prostatite – 9718961
Pseudoartrose – 4814214 / 8214231
Queimações térmicas – 8191111
Retenção urinária aguda – 0144444
Rompimento do menisco – 8435482
Síndrome de Dumping (estômago pequeno) – 4184214
Síndrome de Zollinger-Ellison – 148543295
Síndrome pós-colecistectomia – 4518421
Torção – 5123145
Torcicolo – 4548512
Trauma causado por eletrochoque – 5185431
Tromboangeíte – 5432142
Tromboflebite – 1454580
Tuberculose nos ossos – 148543281
Úlcera penetrante – 9148532
Úlcera perfurante – 8143291
Úlcera trófica – 514852154
Unha encravada – 4548547
Uretrite – 1387549
Varizes nas extremidades inferiores – 4831388
Varizes no canal seminífero – 81432151 

23 – Doenças do ouvido, nariz e garganta – 1851432
Adenóides (tonsila faríngea) – 5189514
Abscesso RETROFARINGEAL- 1554321
Aerosinusitis (SINUS barotrauma) – 514 854 237
Tonsillaris angina (aguda amigdalite) – 1999999
Angiofibroma nasofaríngeo juvenil 1111122
Atresia coanal (sinéquias nasais) – 1989142
A cera (cerume) – 48145814
Coriza (rinite, resfriado comum) – 5189912
DISTORÇÃO DA PARTIÇÃO NASAL – 148543285
Doença de Ménière – 514854233
Epistaxe (sangramento nasal) – 65184321

24 – Doenças do olho – 1891014
A ambliopia (olho preguiçoso) – 1899999
Astenopia (fadiga ocular) – 9814214
ASTIGMATISM – 1421543
NERVO ÓPTICO ATROFIA – 5182432
Blefarite – 5142589
FALLS – 5189142
Calázio (cisto das pálpebras) – 5148582
Conjuntivite-5184314
CORIOIDITIS – 5182584 170 (11) DACRIOCISFITIS – 45184321
DESAPEGO retina 1851760
Subluxação do cristalino (deslocamento da lente) – 25184321
ECTRÓPIO (menor inclinação da pálpebra) – 5142321
ENDOFTALMITE – 514254842
Esclerite, episclerite – 514854248
Estrabismo (Tropia, estrabismo) – 518 543 254
Exoftalmia (proptose, olhos esbugalhados) – 5454311
FOTO OFTALMIA (Fotoqueratite, NEVE BLIND) – 5841321
GLAUCOMA (hipertensão ocular) – 5131482
Hipermetropia (visão de longo) – 5189988
Irite – 5891231
BALÃO LESÃO OCULAR- 518432118
Miopia (miopia) – 548 132 198
NEURITE óptica – 5451589
Nyctalopia (cegueira noturna) – 5142842
Oclusão da central da retina VEIA – 7777788
Oclusão da artéria central da retina – 514852178
OFTALMIA simpatica-8185321
STY-514854249
PANOFTALMIA – 5141588
PAPILEDEMA (edema do disco óptico) – 145 432 152
Hipermetropia (hipermetropia ENVELHECIMENTO) – 1481854
PTERIGIO- 18543212
Ptose (queda pálpebras superiores) – 18543121
BURN OLHO (BURN THE EYE) – 8881112
ceratite -518 432 114
QUERATOCONJUNTIVIS VERNAL (FRIO, SPRING) – 514 258 951
RETINITE-5484512
Tracoma – 5189523
Úlcera de córnea – 548432194
UVEÍTE – 548432198

25 – Doenças dos dentes e da cavidade oral – 1488514
Abscesso do PREMAXILAR- 518231415
Alveolite DENTAL- 5848188
Anquilose da Articulação Temporomandibular – 5 1 4852 179
Artrite Articulação Temporomandibular – 548432174
CÁLCULOS PARA DENTISTAS (ESCALA) – 514 852 182
DETERIORAÇÃO DENTAL- 5148584
Queilite (lábios rachados) – 518 431 482
Articulação temporomandibular DESLOCAMENTO
(Lockjaw) – 5484311
TOOTHACHE SHARP – 5182544
Doença Periodontal (paradontitis) – 58145421
ESTOMATITE-4814854
Fleimão DE MAXILOFACIAL REGIÃO – 5148312
QUEBRANDO (quebra) DENTE – 814 454 251
JAW QUEBRA – 5182148
GENGIVITE-548432123
Glossalgia (linguagem da dor) – 514 852 181
Glossite (LÍNGUA FLASH) – 1484542
Sangramento após Extração do dente – 8144542
Hiperestesia DENTES – 1484312
Hipoplasia do esmalte dentário – 74854321
DENTAL Infecção Focal – 514854814
LEUCOPLAQUTA – 485148151
DESLOCAMENTO DE DENTES – 485143277
OSTEOMIELITE JAW – 5414214
Papilite INTERDENTAL- 5844522
PERICORONITIS- 5188888
PERIODONTITE – 5182821
PFRIODONTITIS APICAL – 3124601
Pulpite – 1468550
Cisto no maxilar – 514218877
XEROSTOMIA (boca seca) – 5814514

Capítulo 26 Doenças e estados desconhecidos – 1884321
Cabeça – 1819999
Pescoço – 18548321
Braço e mão direito – 1854322
Braço e mão esquerda – 4851484t
Tronco – 5185213
Perna e pé direito – 4812531
Perna e pé esquerdo – 485148291
Coluna vertebral 214 217 000 819
Coluna cervical – 312 218 212 918
Coluna torácica – 214 217 814 717
Coluna lombar – 498 217 218 227
Sacro – 213 819 222 218
Cóccix – 218 312 248 228

Capítulo 27 Normalização de exames laboratoriais – 1489999
Atividade sistêmica da regulação neuroendócrina – 518432121
Bile – 514852188
Bioquímica do sangue – 514832189
Conteúdo intestinal – 1485458
Saliva – 514821441
Sistema sanguíneo – 148542139
Suco gástrico – 5148210
Urina – 1852155
Sistema sanguíneo – 148542139
Sangue periférico – 4181521
Hemoglobina – 4218543
– homens – 81432142
− mulheres – 2154321
Eritrócitos – 518432129
− homens – 81543212
− mulheres – 2143215
Conteúdo dos pigmentos – 81432152
Leucócitos – 514854240
− homens – 514852187
− mulheres – 8231454

CÓDIGOS SOBRE ALIMENTOS

Escreva em papeis e coloque na geladeira, armários de alimentos .
Abençoar os alimentos – 258041 818 (através deste número, é gerado o controle para alcançar a vida eterna de qualquer um que consumir este alimento). 
Do livro “Zahlen-Konzentration auf Lebensmittel” – Por Grigori Grabovoi
Pão branco – 54931749871
Pão integral – 54961831754
Batatas – 494891519
alho poro- 479894317
Couve-flor – 318567491
Cenouras – 489716318
Tomates – 591318549
Maçãs – 694897548
Pera – 497514894
Bananas – 516498518
Espinafre – 4897183194
Salada – 549649894
Gordura, margarina, manteiga: 5496418911
Pão, farinha, produtos de panificação: 31961871481
Leite e produtos lácteos: 91471831949181
Cereais: 51481631971
Vegetais: 319681398
Frutas e bagaços: 5619494319
Frutas secas: 5496181979
Cogumelos: 56489131849718
Carnes e produtos derivados: 498517494168491894718
Ovos: 3148964971981
Peixes e moluscos: 51849459758961
Carne de porco: 5498197
Açúcar e produtos doces: 598714221
Cebolas – 648541919
Cebolinha – 491894851
Salsa – 548741318
Beterraba – 371894548
Berinjela – 149714319
Abobrinha – 361851368
Abacaxi – 984417319
Pêssego – 894108494
Caqui – 896748516
DICAS DE COMO USAR AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS

Concentração das Sequências Numéricas

Concentre-se nos números, apenas olhando uma sequência. Se forem várias sequências, concentre-se em uma de cada vez.

Também é bom memorizar a seqüência de números, para que você possa se concentrar a qualquer hora.

Ou escrevê-la em um pedaço de papel várias vezes.

Você pode, também, recitar os números ou cantar. Sempre número por número. Exemplo: 48154211 (quatro, oito, um, cinco, quatro, dois, um, um).

Visualizações são também recomendadas

A sequência numérica saindo de um raio de luz e se iluminar.
Imagine as sequências numéricas em 3D e, de preferência, na cor prata.

O trabalho com as cores também é indicado. Imagine os números na sua cor predileta ou naquela cor que vier à mente.

Você pode também trazer movimento aos números, no qual eles se esticam, separam e em seguida juntam-se em um ponto, etc.

Você pode também imaginar os números em uma esfera/bola. A seguir, introduzir a pequena esfera no corpo, no lugar onde dói, por exemplo.

Imagine as sequências numéricas sobre sua cabeça e, a seguir, caindo sobre você como a chuva. Se quiser colorir em luz prateada, ainda melhor!

Você pode escrever mentalmente sobre uma nuvem. Este modo de concentração é muito bom, porque aqui você se concentra nas sequências numéricas e em áreas distantes da consciência ao mesmo tempo. Concentrando-se em áreas distantes da consciência os resultados serão ainda mais rápidos.

Nota: Se se concentra em áreas distantes da consciência, o resultado é muito mais rápido e, portanto, a cura pode acontecer ainda mais rápida. Concentre-se, por exemplo: Nuvem, lua, sol, outros planetas, no infinito…

Também muito bom:

Se você escrever em um pedaço de papel e, sobre ele, por um copo com água por alguns minutos. Pode também escrever na garrafa.

Você pode colocá-lo no bolso do casaco, bolsa etc. Levando sempre consigo para sempre dar uma olhada.

Distribuir vários pedaços de papel com os números no lar, escritório, no carro…

Você pode pendurar os números, por exemplo: 

Nas paredes, nas portas, na geladeira etc. Enfim, POR TODOS OS LUGARES!

Escreva num papel os números e ponha embaixo do travesseiro ou cama, deixando-os „trabalhar“ durante a noite.

Escrever os números numa folha de papel juntamente com a mais positiva formulação de seus objetivos. Ter esta folha sempre consigo para que possa sempre se concentrar nela.

Escrever os números na pele apenas com o dedo ou com caneta. Próximo ou em cima do local afetado. Nota: Use, de preferência, canetas com tinta especial, como para tatuagem falsa. Lápis de cor ou corante para comida.

Você pode escrever em um pedaço de papel e, em seguida, por um esparadrapo, de modo que os números fiquem para baixo, quando você colocar sobre a pele.

Nota 1: Se você precisar de várias sequências de números, concentre-se numa após a outra.

Nota 2: Se usar várias sequências, escreva-as uma embaixo da outra.

Nota 3: Se for escrever num local do corpo que esteja dolorido ou ferido, escreva diretamente em cima onde dói ou próximo ao local ferido.

Nota 4: Visualize apenas o resultado, e näo como vai ser resolvido!

Importante: Enquanto se concentra em uma sequência numérica, tente visualizar o resultado desejado e formular o mais positivamente possível.

Por exemplo: 

“Padrão absoluto de saúde”
“Padrão da coluna vertebral”
“Norma absoluta da alma, espírito e corpo”
“Harmonização de eventos“.

Desabilite a Playmusical do Blog


APOSTILA

Atenção utilize a busca para pesquisar os Códigos de seu interesse desta postagem. 

Não farei pesquisa para ninguém, pois a quantidade de solicitações é grande, não disponho de tempo para atender a todos.

Então afim de agilizar sua procura:

Por gentileza, leia o texto todo, pesquise você mesmo, boa sorte. 

Comentários solicitando pesquisa de Códigos serão excluídos.

Paz e Luz.

O PODER DA CO-CRIAÇÃO – Aprendizado


O QUE É A CO-CRIAÇÃO ? 
    
Co-criar é um poder que todos temos, e que tem a função (objetivo) de garantir que todas as experiências que você realmente deseje ter, consiga ter, isto é, garante que você possa SER, TER e FAZER tudo o que você desejar.

É baseada em uma lei universal chamada Lei da Atração (em inglês chama-se Law of Attraction, que pode ser abreviada para LOA). É chamada de “co-criação” porque você não cria sozinho(a), mas sim com a ajuda de uma força universal.

Você não precisa obrigatoriamente acreditar na sua existência, basta realmente seguir todos os passos necessários e os resultados virão. Depois de algumas experiências, se você não acreditava na existência da LOA, vai passar a acreditar…

De acordo com o livro Conversas com Deus – livro 1, do autor Neale Donald Walsch, páginas 39 e 40, o objetivo da vida não é aprender, mas apenas termos experiências e a LOA garante que todos possamos experienciar, co-criar e brincar à vontade…

Somos todos mini-deuses co-criando e experimentando os resultados das nossas co-criações.
CONCEITOS BÁSICOS IMPORTANTES
Primeiramente é importante definir alguns conceitos importantes. Estes conceitos estão aqui para servir como uma base lógica e que faça sentido principalmente para pessoas mais céticas e científicas. Não são provas científicas, mas apenas conceitos simples e lógicos. Você pode escolher aceitar estes conceitos como verdadeiros por fazerem sentido para você ou pode rejeitá-los completamente. A vantagem em aceitá-los é que você terá uma base sólida de apoio às suas co- criações. 
    
A. LIGAÇÕES 

Como a própria Física Quântica já constatou, tudo, em todo o universo, está conectado, e por isto, somos todos uma só energia. Portanto nós (seres humanos) estamos conectados entre nós, estamos conectados a todos os seres vivos deste planeta, estamos conectados ao próprio planeta Terra e ao universo inteiro. Há apenas um campo de energia em todo o universo. Tudo está conectado com tudo e você faz parte deste todo, isto é, você está literalmente conectado à tudo no universo, sem exceção. 
      
 Conceito 1 – TUDO ESTÁ CONECTADO 
B. EXISTÊNCIA DE UMA INTELIGÊNCIA SUPREMA 

Embora a existência de Deus não possa ser provada cientificamente, dá para se notar muito facilmente que há uma inteligência por trás de tudo o que existe.

Para verificar isto, basta observar a perfeição que existe nas funções vitais que mantém vivos e saudáveis todos os seres deste planeta, a perfeição que existe em toda a natureza e a perfeição que existe nos sistemas solares e galáxias.

Dá para ver e sentir que tudo acontece por algum motivo. Este motivo tem lógica e faz todo sentido. Cada reação química que acontece no seu organismo, ocorre no momento exato e perfeito. A vida é o resultado da soma de todas estas bilhões de pequenas reações químicas que ocorrem simultaneamente e em perfeita harmonia. É algo perfeito demais para ser chamado coincidência.

À partir dos infinitos exemplos desta inteligência perfeita, é fácil deduzir e aceitar que existe algo por trás disto tudo. Podemos chamá-lo de “Deus” ou “Universo” ou “Tudo O Que Existe”. O nome que se dá não tem importância.

Os nomes são apenas símbolos que representam algo, que neste caso representa toda a existência. Eu optei por chamá-lo de Deus. Este “Deus” não é o Deus das religiões, é a palavra que representa a origem de tudo o que existe. 

   
 Conceito 2 – DEUS EXISTE E É A INTELIGÊNCIA POR TRÁS DE TUDO
C. RELAÇÃO ENTRE NÓS E DEUS 

Como só existe um campo de energia, tudo tem que fazer parte dele, incluindo Deus. Mas Deus é o nome dado ao todo, portanto, Deus não faz parte do todo, Deus é o todo. Como nós fazemos parte deste campo de energia, portanto nós e Deus somos um só. Assim, somos todos partes de Deus. Se Deus fosse um oceano, cada um de nós seria uma pequena gota deste oceano. 
      
 Conceito 3 – DEUS E NÓS SOMOS UM SÓ 

D. O CRIADOR 

O Universo existe a alguns bilhões de anos. Antes destes bilhões de anos, o Universo não existia. Então tinha que existir algo antes da existência do Universo (big bang). Portanto podemos deduzir que o que existia antes de tudo só pode ser Deus, pois “o nada” não pode criar nem originar alguma coisa. 
      
 Conceito 4 – DEUS É O TODO E A ORIGEM DE TUDO 
E. CONCLUSÃO FINAL 

Foram apresentados estes 4 conceitos: “Tudo está conectado ”, “Deus existe e é a inteligência por trás de tudo ”, “Deus e nós somos um só ” e “Deus é o todo e a origem de tudo ”.

Baseando-nos nestes 4 conceitos, podemos concluir que como Deus é a origem de tudo, é também a nossa origem. E como nós e Deus somos um só, somos pedacinhos de Deus.

Como Deus é o criador de tudo o que existe, incluindo todos os Universos e Dimensões e como somos todos partes dele, temos em nosso interior, a mesma essência de Deus, isto é, temos exatamente as mesmas características, as mesmas capacidades e os mesmos poderes que Deus. Como Deus é um criador, somos também criadores e esta é a origem da Lei da Atração (Co-Criação), que também pode ser chamada “Lei da Co-criação”.

Esta lei é tão certa quanto à Lei da Gravidade, mas enquanto a Lei da Gravidade atrai tudo para baixo, a Lei da Atração atrai tudo para você !!!

QUAL É A BASE DE FUNCIONAMENTO DAS CO-CRIAÇÕES ?

    
Tudo no universo funciona com base em vibrações e as co-criações não são uma exceção.

Portanto o mecanismo base de funcionamento das co-criações são as vibrações, isto é, elas são ativadas com base nas vibrações emitidas e não nas palavras pronunciadas.

Pensamentos e emoções são ambos vibrações, são ambos energia. Agora é necessário que você entenda um conceito básico… 

Como já foi dito, nós somos partes (pedacinhos) de Deus. A essência de Deus é uma energia de unidade, isto é, sem separações. Nós vivemos em uma dimensão em que a unidade está dividida em duas partes. Isto é chamado de dualidade. A dualidade está em tudo, incluindo em nossos corpos. Um exemplo é o cérebro, que é formado por duas partes (direita e esquerda) 
Além da separação física do cérebro em duas partes, temos também uma outra separação importante, que é a Mente e o Coração. A mente e o coração são dois poderes criativos, sendo que a mente coordena (foca) e o coração executa. Eles têm que trabalhar em conjunto para criar algo.

Concluindo…Como somos partes de Deus, temos as mesmas capacidades que Ele/Ela. Como Deus é um criador, também somos criadores.

A essência de Deus é uma essência de Unidade, portanto nossa essência também é de Unidade. Mas estamos em uma dimensão de dualidade e portanto, nossa essência de Unidade está dividida em duas partes.

Então para ativar o nosso poder de criação, temos que juntar estas duas partes, para que juntas, sejam uma Unidade (essência de Deus). E quais são as 2 partes que tem que estar juntas ?
Mente e Coração !!! 
Portanto, para usar o seu poder de criação, você tem que alinhar a sua mente e o seu coração. Ambos têm que estar perfeitamente sintonizados com o que você quer Ser, Ter ou Fazer. Para sintonizar mente e coração, basta pensar/visualizar/focar-te (mente) e sentir (coração) ao mesmo tempo. Visualize e sinta exatamente como se o seu desejo já fosse real aqui e agora, sem julgar o que você está criando. 
Você está, durante todos os momentos da sua vida, co-criando todas as situações do seu dia a dia. Você faz isto através dos pensamentos e emoções que você tem. Cada combinação entre pensamento e emoção cria algo, sem exceção. O problema é que estamos sempre co-criando aleatoriamente.

Co-criar aleatoriamente gera experiências aleatórias, mas o que acontece com mais frequência é co-criarmos todos os dias a mesma coisa, o que gera a sensação de que a vida não progride e que está sempre igual. É porque você está sempre co-criando mais do mesmo.

Mude os seus pensamentos e a sua vida mudará completamente. Você está no comando, mesmo que pareça que não está. 

Um outro problema de co-criar aleatoriamente é que você desperdiça tempo e energia para gerar as mesmas experiências repetidamente. E muitas vezes são experiências negativas.

Quando alguém convence você de alguma coisa, esta pessoa está fazendo com que você co- crie aquilo de que esta pessoa te convenceu e isto torna-se a sua realidade.

E aí você pensa: “É verdade, ele/ela tinha razão”, mas o que aconteceu foi que você co-criou o que foi sugerido. A TV usa muito esta estratégia muito bem disfarçada, das mais diversas maneiras que você acaba nem notando.

Por isto, ao ver TV ou filmes ou notícias, você está sendo manipulado(a) sem ter a mínima noção disto.  

O resultado é que você acaba por alterar a sua forma de pensar, a sua forma de interpretar as coisas em todos os níveis e além disto tudo, você acaba por co-criar algo que pode ser negativo para você, mas que é muito lucrativo para algumas empresas… 
Aquilo em que você realmente acredita que seja verdade, você torna verdade através das vibrações (pensamentos + emoções) emitidas.

Cada pensamento enviado ao Universo gera resultados e você recebe exatamente o que você enviou. Funciona como um bumerangue: vai e volta. Você pode usar o seu bumerangue aleatoriamente ou você pode usá-lo a seu favor e para o seu benefício, a escolha é sua.

No evangelho de São Tomás (Thomas), na frase numerada com o número 106, diz: “Quando você torna os dois (pensamento e emoção) em um… Ao dizer ‘montanha mova-se’, a montanha se moverá”.

Também no evangelho de São Tomás (Thomas), na frase numerada com o número 48, diz: “Se os dois (pensamento e emoção) estiverem em paz nesta casa (corpo)… Se eles disserem à montanha: ‘mova-se’, a montanha se moverá”.

O profeta Neville, em seu livro “O Poder da Consciência”, diz: “Você tem que tornar o seu sonho futuro um fato presente sentindo a emoção do seu desejo já satisfeito”.

COMO UTILIZÁ-LA ? 

Como as co-criações são uma lei universal, elas estão sempre ativas e disponíveis e todos a utilizamos o tempo todo, desde o nascimento até a morte.

Não só os seres humanos a utilizam, como também os animais, plantas e micróbios.

Não temos consciência de que a utilizamos pois a utilizamos automaticamente, sem saber.

São as “coincidências” que nos ocorrem.

Co-criar é muito simples e fácil, mas é necessário muito treino para co-criar conscientemente (propositadamente).

DICA IMPORTANTE – 01: 

Para você treinar, inicie com algo extremamente simples, que você saiba que é facílimo de se obter, mas que não seja algo 100% garantido de se obter, senão você vai ficar com a sensação de que você obteria independentemente de co-criar ou não.

Depois de você obter algumas coisas simples, vá passando para algo maior. É importantíssimo você acreditar que é mesmo possível você obter o que você quer, caso contrário não dá resultados. E não desista se inicialmente você não obtiver sucesso.

A primeira coisa a fazer é escolher um desejo que você queira que seja realizado. Pode ser qualquer coisa que você deseje ser ou ter ou fazer. Embora não seja obrigatório, é importantíssimo pensar bem no que se quer.

Faça as seguintes perguntas a você mesmo(a): 


– O que eu realmente quero ? 
– Porque eu quero isto ? 
– Faz sentido desejar isto ? 
– A realização do meu desejo vai me beneficiar sem prejudicar ninguém ? 
– Será que não desejo isto apenas por capricho (desejo vazio) ou obsessão ? 
– Meu coração fica alegre quando penso no meu desejo realizado ? 
– Será que preciso mesmo disto ? 
Vá direto ao assunto. Escolha o que você realmente quer. Se você quer um carro, desejes o carro e não o dinheiro para comprá-lo, mas se você quer mais liberdade financeira, aí sim deseje ter mais dinheiro. Seja preciso(o) e exato(a).

As perguntas acima servem para eliminar desejos idiotas, vazios e sem sentido. Assim você não desperdiça o seu tempo obtendo lixo (inutilidades). Um exemplo são coisas que se obtém e jamais se usa. Então para que ter ? Outro exemplo é desejar ser alguém que não tem nada a ver contigo, só para ser aceito(a) ou admirado(a) pelos outros, e neste caso você acaba por se sentir mal por estar sendo alguém que não é você. 
Depois de escolhido o desejo, basta seguir os seguintes passos:

1º passo: Iniciar a Co-criação (é sua função)
2º passo: Realizar (é função do Universo / Deus / Eu Superior)  
3º passo: Receber (é sua função também)
 1º Passo: INICIAR A CO-CRIAÇÃO 

Iniciar a co-criação é algo fácil e divertido. Há várias formas de iniciar a sua co-criação:

1)  Relaxar, fechar os olhos e visualizar (imaginar, mentalizar) o seu desejo já realizado. O cérebro não diferencia uma experiência real de uma experiência imaginada em detalhes. Albert Einstein disse: “Imaginação é tudo. É uma amostra do que está sendo atraído para a sua vida”.

2)  Escrever o desejo em um papel e lê-lo de vez em quando. Pode-se adicionar novos detalhes que enriqueçam cada vez mais o desejo, de forma a torná-lo cada vez mais próximo daquilo que você realmente quer. Utilizes frases que indiquem que o que você deseja já se realizou, que é real aqui e agora. Se você puder ler em voz alta, melhor ainda, pois a sua própria voz é muito bem recebida por você mesmo(a) e além disto, você torna o que você diz mais real, mais físico, mais palpável quando você diz em voz alta.

3)  Ter um quadro de cortiça com figuras (de revistas ou impressas da internet) que representem o seu desejo já realizado. Isto ajuda bastante para quem tem dificuldades em visualizar.
DICA IMPORTANTE – 02: 

Utilize o máximo de detalhes que você conseguir. Por exemplo, se você deseja uma casa, então visualize a casa, a cor exterior, as cores interiores de cada um dos espaços, o cheiro da casa, a vista que você tem da janela, ande pela casa, entre no banheiro, tome banho, durma na cama, entre e saia da casa.

Veja, ouça, sinta o cheiro, sinta-te bem na casa. Quanto mais detalhes você adicionar, melhor. Não há limites. Mas você tem que se divertir enquanto você co-cria. Você tem que sentir como se fosse uma brincadeira e não como uma obrigação. 

E quantas vezes tenho que iniciar minha co-criação (pensar no meu pedido) ? É necessário reforçá-la?
Não há nenhuma regra quanto à quantidade de vezes que você tem que pensar no seu pedido. Você pode se concentrar nele apenas uma vez ou você pode se concentrar nele várias vezes.

Se você se concentrar nele apenas uma única vez, mas de forma clara, intensa e nítida, já é o suficiente, e neste caso, você pode co-criar e esquecer. Caso você crie e esqueça, um dia você vai notar que você recebeu algo que você tinha pedido, e que você recebeu no momento perfeito. 

No vídeo “The Secret Behind The Secret”, Abraham disse que bastam 68 segundos para que o Universo receba, aceite e comece a trabalhar com o seu novo desejo.

Mas tem que ser 68 segundos de concentração (foco) total, completa e absoluta (concentração significa atenção e não tensão). Nestes 68 segundos só existe o seu desejo e nada mais. Você tem que realmente sentir que você já tem o que você quer. 

Não é necessário mais que uma única vez, mas não há mal nenhum em pensar nele todos os dias, contanto que você não insira dúvidas ou incertezas ou inseguranças, pois se você fizer isto, você estará bloqueando ou até mesmo anulando a realização do seu desejo.

Você é como uma lanterna, que ilumina a direção para onde é direcionada, mas ao invés de iluminar, você cria ou atrai aquilo que estiver no seu foco atual. Se o seu foco for dúvida e insegurança quanto à realização do seu desejo, é à duvida e à insegurança que você está fornecendo energia ao invés de continuar fornecendo energia à concretização do seu desejo.

Algo essencial quando se quer atrair algo é não ter resistências relativas ao seu desejo. Resistencia é a crença de que: 
– O que você quer não é possível. 
– O que você quer é altamente improvável de ocorrer. 
– Pela experiência que você tem, não parece que o seu desejo vá ocorrer. 
– Pelo tempo que já passou, tudo indica que o seu desejo não se realizou e não vai se realizar. 
Estas são resistências que devem ser eliminadas. São limitações que você criou. São barreiras que você criou e portanto você pode facilmente removê-las. Remover dúvidas da sua mente é essencial. 
   
DICA IMPORTANTE – 03: 

Imediatamente após você co-criar, agradeça por você já ter o seu desejo realizado. Era exatamente isto que Jesus fazia. É o que se chama “dar graças”. Isto é algo extremamente importante, pois como você já obteve o que você queria, faz todo sentido agradecer.

Se você não agradece por pensar que ainda não se realizou, é porque você não está seguro (confiante) da realização do desejo e isto pode acabar sabotando a realização do desejo. Se você conseguir se sentir verdadeiramente agradecido(a) pela realização do desejo, é sinal que você está no caminho certo e o seu desejo vai mesmo se realizar.

    
DICA IMPORTANTE – 04: 

Sempre que possível, determine uma data específica ou uma data limite para a realização. Não é necessário que seja algo exato. Você pode definir o mês e o ano e não especificar o dia. Podes também determinar que seja na próxima semana, sem definir o dia exato.

E neste caso, você inclui a data (ou período) escolhida na visualização da co-criação. Uma opção também seria definir que o resultado seja obtido no momento exato e perfeito da sua vida e assim você garante que você não recebe algo sem estar preparado(a).

    
DICA IMPORTANTE – 05: 

Nunca comente com ninguém sobre a sua co-criação. O motivo disto é que a pessoa com quem você falasse ficaria atenta para ver se a sua co-criação se realiza e vai, de vez em quando perguntar: “E então, você já conseguiu o que você queria ?”.

Suponhamos que a pessoa pergunte e a co-criação ainda não tenha se realizado. Neste caso vais dizer “não” e a pessoa vai dizer a você: “Isto não funciona.” ou “Acho que você não vai conseguir” ou qualquer outra frase negativa.

Além disto, você vai se sentir pressionado(a) para provar que você consegue. E mesmo que você receba o que você pediu, as pessoas vão dizer que foi coincidência. Todas estas coisas boicotam (sabotam) a sua co-criação.  

Pontos fundamentais do 1º passo: Foco, atenção, vontade, concentração, realmente acreditar.  
 2º Passo: REALIZAR 

Este passo é a realização efetiva no campo de energia universal. Neste momento, aquilo que você co-criou, já existe em um nível não físico. É como o projeto de uma casa feito em papel. O projeto já está terminado e à partir de agora ele será colocado em prática no plano físico.

Quando você dá início a uma co-criação, o que ocorre é que o Universo, juntamente com o seu Eu Superior (sua alma), iniciam a definição das circunstâncias e dos eventos para a sua realização. De qualquer forma, aquilo que você está co-criando é primeiramente criado em um nível invisível. 
A vantagem de levar um tempo para a sua concretização é que, você tem tempo para alterar, adaptar ou cancelar o seu desejo, caso você queira (decida).

Mas de qualquer forma, este passo não tem nada a ver com você, portanto você não pode ajudar. Então qualquer tentativa sua de ajudar só vai atrapalhar ou restringir ou dificultar ou anular a sua co-criação.

Mas cuidado. Não é a sua função realizar, mas isto não significa que você tenha que te esforçar para não fazer nada. Cuidado com as interpretações erradas. Por exemplo, suponhamos que o seu desejo seja ter um novo relacionamento. Se você ficar o tempo todo fugindo das candidatas(os) por pensar que não é sua função iniciar o relacionamento, você estará bloqueando todos os possíveis relacionamentos perfeitos.

Se o seu desejo for ganhar um prémio na Loteria e você não jogar, é óbvio que você não vai ganhar. Você tem que fazer a sua parte. A sua parte restringe-se apenas aos requisitos mínimos necessários. É não tentar ajudar, mas também não bloquear o que estiver fluindo para você.

Um bom exemplo disto é uma pessoa que não sabe cozinhar, mas quer comer uma comidinha muito boa. Neste caso pede a alguém para preparar a comida. Este pedido é o requisito mínimo necessário. E como a pessoa que pediu não sabe cozinhar, se tentar ajudar só vai atrapalhar.

Quando se tenta ajudar o Universo (Deus/Eu Superior) a realizar o seu desejo, geralmente o que se acaba fazendo é restringir as possibilidades. Portanto simplesmente confie. É uma questão de entrega e confiança.

O Universo (Deus) é infinitamente poderoso e criativo. Para Ele/Ela, nada é impossível. O Universo nunca falha. Ele sempre cumpre a parte dele. Se alguma coisa der errado, a falha é sempre sua e não do Universo. Além disto, todos os desejos são realizados com esforço zero. Para Deus não há diferença nenhuma entre mover um grão de pó ou mover uma montanha.

No livro “A força da Intenção” (Wayne Dyer), diz-se: “Na intenção, o espírito trabalhará para você” 
Pontos fundamentais do 2º passo: Acreditar, confiar e entregar.
 3º Passo: RECEBER 

Este é um passo tão importante como o de iniciar a co-criação. Receber significa ficar em modo receptivo. Modo receptivo não significa estar em modo de ansiedade (tensão) e nem em modo de cobrança.

Não é ficar constantemente verificando se você já está recebendo ou não. Ansiedade ou cobrança só servem para bloquear ou anular a sua co-criação. A cada vez que você se foca em “Ainda não recebi o que eu co-criei”, o que você está fazendo é anular a sua co-criação. Não se esqueça que você cria aquilo em que você coloca a sua atenção.

Se você coloca a sua atenção em “Que merda, porque ainda não recebi ?”, a mensagem que você está enviando ao Universo é “Meu novo pedido é: não receber, pois é nisto que eu tenho a minha atenção”, e como é óbvio, é isto que você esta co-criando e é isto que você vai receber, isto é, você vai receber um “não receber”… 

O segredo é iniciar a co-criação, acreditar, confiar e estar em modo receptivo, isto é, em modo passivo, aberta a todas as possibilidades que possam surgir, sem ansiedade nenhuma, mesmo que tudo indique que você não vai conseguir o que você quer.

Mantenha o foco direcionado ao seu desejo, incondicionalmente, mas sem gerar tensão ou ansiedade. Seja como um rio que flui ininterruptamente e que desgasta as rochas por onde passa. Mesmo sendo a água tão mole e a rocha tão dura, a água nunca desiste e portanto consegue moldar a rocha ao seu fluxo. 

Mas “não desistir” não tem nada a ver com obsessão. É apenas manter o foco e consequentemente continuar confirmando que você continua esperando receber. 
No livro “A força da Intenção” (Wayne Dyer), diz-se: “Tudo o que vocês pedirem em oração, acreditem que já o receberam e assim será”.
Há um detalhe IMPORTANTÍSSIMO que você tem que ter em mente: tanto no momento em que você inicia a co-criação, quanto no momento em que você está receptivo(a), o seu foco deve estar sempre em: “Meu desejo já se realizou”. Nunca pense “eu quero isto”.

A sua atenção (foco), seus pensamentos, suas visualizações, devem estar sempre em: “Eu já tenho isto aqui e agora”. Portanto você tem que imaginar e sentir como se você já tivesse mesmo o que você deseja. Imagine e sinta que você já o tem aqui e agora. Sentir é fundamental.

Pode ser que no início você tenha dificuldades com: 
– Imaginar ou visualizar 
– Manter o foco por algum tempo 
– Sentir o desejo realizado. Este “sentir” é uma emoção, é uma satisfação, é um bem estar. Se você tiver dificuldades no início, isto é normal. É por isto que é necessário treino.
DICA IMPORTANTE – 06: 

À partir do momento que você passar pelo 1o passo (iniciar a co-criação), você passa imediatamente para o 3o passo (receber). O tempo de duração do 2o passo é zero. Deus cria tudo instantaneamente, portanto não precisa de tempo. O 2o passo só foi descrito para você entendercomo funciona, mas você pode ignorá-lo, pois não é a sua função pensar nele. Co-crie e já fique em modo receptivo. 
      
Pontos fundamentais do 3º passo: Estar em modo receptivo, deixar fluir, acreditar, confiar, permitir
Resumo dos 3 passos: Co-crie; Confie ; Permaneça Receptivo(a).
  

PERGUNTAS E RESPOSTAS
1) Posso co-criar para outra pessoa ? 

Não. Isto não é possível. Cada pessoa só pode co-criar para si mesma. É uma questão de livre arbítrio. Pode-se co-criar para obter uma situação que beneficie também outras pessoas, mas é uma co-criação sua que afeta a você em primeiro lugar. A essência disto é que ninguém pode impor algo a outra pessoa, pois não se pode anular o livre arbítrio de outra pessoa. Tudo o que enviamos, volta para nós. Se você envia algo positivo, recebe algo positivo e vice-versa.
2) Se as pessoas podem obter tudo o que quiserem com as co-criações, porque ninguém as utiliza ? 

Em primeiro lugar, todas as pessoas co-criam durante toda a vida, mesmo não tendo consciência disto, e neste caso é uma co-criação inconsciente, automática e aleatória, sem saber que estão co-criando. 
Mas relativamente a co-criações conscientes (propositadas, intencionais), como foram ensinadas neste manual (curso), o que acontece é que a maioria das pessoas não sabem que isto existe. As pessoas que sabem, não sabem precisamente como se faz. As pessoas que sabem precisamente, provavelmente não acreditam nos conceitos básicos explicados neste texto e assim acabam nunca experimentando ou experimentam umas poucas vezes e se não tiverem resultados positivos, logo esquecem. 
Como é algo que não se ensina nas escolas e nem aparece em jornais ou revistas ou TV, é algo que acaba não fazendo parte do conhecimento das pessoas. Você tem duas opções, que são: Esperar que algum dia se ensine co-criações oficialmente nas escolas (provavelmente você já terá morrido antes disto) ou experimentar por você mesmo(a). É uma escolha sua…
3) Eu co-criei e não obtive resultados. O que aconteceu ? 

Todas as co-criações geram resultados. Portanto se você não está obtendo resultados é porque você está fazendo alguma coisa de errado.

Possíveis causas:

• Você está se focando (concentrando) com a mente, mas você não está sentindo com o coração. 
• Você deixou o momento de receber em aberto, isto é, você não definiu quando o seu desejo deve se realizar. Verifique se é esta a situação e se for, defina uma data limite que você realmente acredite ser possível obter o que você quer. 
• Você está inseguro(a) ou com dúvidas ou você não está acreditando que vai receber o que você criou. É importante deixar bem claro que o que você criou pode ainda não existir fisicamente, mas está a caminho. Não se esqueça de que você está criando algo novo. Só por ainda não estar vendo os resultados não significa que eles não virão. Há uma analogia perfeita para esta situação: Quando você decide fazer uma viagem e você já está no meio do caminho, você pode pensar: “Não cheguei ao meu destino”, e isto é verdade, mas é motivo para você voltar para casa por causa disto ? Você sabe que chegar ao destino é só uma questão de tempo e portanto você continua caminhando para o seu destino. Da mesma forma, se o seu desejo ainda não se realizou, significa que ele ainda está a caminho. Se você passar a acreditar que ele não vai se realizar, você está anulando-o. É como na analogia da viagem, você voltar para casa.
• Você está ansioso(a). Muito cuidado com a ansiedade, pois ao sentir ansiedade, você está dizendo a você mesmo(a): “Neste momento não tenho o que eu criei”, e o resultado disto é que você está anulando a sua criação (acreditar e confiar é essencial). Isto se resolve com treino. É por isto que é importante você iniciar com criações pequenas para você ter confiança em você mesmo(a).
4) Como posso maximizar o meu poder de co-criação ? 

Primeiramente, como qualquer outra coisa na vida, treinar bastante é fundamental. Quanto mais você treinar, mais você vai confiar em você mesmo(a). Chega um momento em que você começa a co-criar automaticamente, pois já você tem total confiança no processo e já o integrou em você mesmo(a).

Em segundo lugar, se imediatamente antes de co-criar, você fizer alguns minutos de meditação para acalmar a mente e eliminar todos os pensamentos, isto vai fazer com que você tenha toda a sua energia e foco disponíveis para a sua co-criação e isto vai aumentar muito a eficiência da co-criação.

Procure sempre se sentir muito bem antes de iniciar a sua co-criação. Se necessário, pense em algum momento muito feliz da sua vida ou coloque uma música que te faças sentir muito bem.

Se conseguir estar em sintonia com o seu Eu Superior também aumenta muito a eficiência das co-criações. Como tudo no universo está conectado, então você também está conectado(a) à aquilo que você deseja, e portanto, se você disser mentalmente (em voz alta é melhor): “Eu sou [seu desejo]”, você vai intensificar ainda mais a sua co-criação, pois ao fazer isto, você está fortalecendo a ligação entre você e a sua criação.

Exemplos: “Eu sou paz”, “Eu sou harmonia”, “Eu sou milionário(a)”, “Eu sou saudável”, “Eu sou um relacionamento perfeito”, etc. Adapte o seu desejo à declaração. E não se esqueça de sentir ao mesmo tempo em que você pronuncia a frase.

  
5) É possível curar-me utilizando uma co-criação ? 

Sim. Você tem o mesmo poder que Deus tem. Foi exatamente isto que foi feito em um hospital na China e um câncer foi curado em 2 minutos. É claro que quando você está doente é mais difícil co-criar, pois você está se sentindo mal, e é por isto que é muito importante praticar, assim você consegue facilmente se focar por um momento na cura e co-criar saúde perfeita. É só uma questão de treino, confiança e entrega.
6) Como é que eu posso saber se os meus pensamentos estão alinhados com o meu desejo ? 

É muito simples. Basta ter em atenção a emoção que você sente quanto pensa no seu desejo. Se você se sente bem, estes pensamentos estão em alinhamento com o seu desejo, mas se você se sente mal, os teus pensamentos não estão alinhados com o seu desejo. Ver “Complemento 02 – Escala das Emoções”, mais abaixo. 

No vídeo “O Segredo”, diz: “O que quer que você estiver sentindo, é um reflexo perfeito do que está a caminho de se manifestar”.

Outra frase do vídeo “O Segredo”: “O que você pensa, o que você sente e o que se manifesta estão sempre alinhados, sempre, sem exceções”.  
7) Esta não é uma pergunta. É uma lista-resumo dos itens essenciais em uma co- criação. Você pode ler esta lista a cada co-criação que você queira fazer:

Sou uma parte de Deus. Então como Deus é um criador, eu sou um co-criador;
Minhas co-criações são ativadas pelo alinhamento entre minha mente (pensamento) e meu coração (emoção), ambos concentrados (focados) em minhas co-criações;
Eu inicio com co-criações pequenas e simples;
Quanto mais eu treino, minhas co-criações tornam-se mais fáceis e mais simples;
Eu acredito no meu poder de co-criar;
Eu sigo estes passos:

a) Inicio minha co-criação como uma brincadeira, com muito bom humor, paz, harmonia e alegria;
b) Escolhi exatamente o que eu quero, nos mínimos detalhes;
c) Relaxo completamente minha mente e minhas emoções;
d) Inicio minha co-criação com foco, vontade e concentração. Neste momento só existe minha co-criação. Co-crio aqui e agora, por alguns minutos;
e) Imagino e visualizo com o máximo de detalhes, aqui e agora;
f) Tenho em mente a data ou o período perfeito para sua manifestação física;
g) Agradeço pelo que acabei de receber aqui e agora;
h) Recebi o que co-criei: confio, deixo fluir, entrego e mantenho-me receptivo(a);
i) Mantenho-me livre de resistências, dúvidas e inseguranças;
j) Esta é a minha co-criação particular, por isto não comento com ninguém;
k) Eu e a realização da minha co-criação somos um só.
l) Minha co-criação está completa !!!

MATERIAL DE APOIO
É importantíssimo ver pelo menos os vídeos que estão listados abaixo, pois ajudam a compreender e a fixar melhor os conceitos abordados neste texto.
LIVROS
1) A Matriz Divina (Gregg Braden) 
2) O Poder da Intenção (Wayne Dyer) 
3) A Lei Universal da Atração (Esther e Jerry Hicks) 
4) Peça e Será Atendido (Esther e Jerry Hicks) 
5) O Fantástico Poder da Intenção Deliberada E O Universo Conspira a Seu Favor  (Esther e Jerry Hicks) 
6) O Poder da Emoção (Esther e Jerry Hicks) 
7) Universo em Você – Faça um pacto perfeito com Você (Vivian Weyrich)
8) O Poder do Subconsciente (Dr. Joseph Murphy)
9) Ame-se e Cure sua Vida – Exercícios de auto-ajuda para sua mudança interior (Louise L. Hay)
10) Você pode Curar sua Vida (Louise L. Hay)
11) O Poder das Afirmações Positivas (Louise L. Hay)
12) O Poder (Rhonda Byrne)
13) Afirmações Científicas de Cura (Paramahansa Yogananda)
14) O Criador da Realidade – A Vida dos seus Sonhos é possível (Bruno J. Gimenes)
VÍDEOS
1) O Segredo por trás do Segredo
2) The Language of the Divine Matrix – Gregg Braden 


3) The Moses Code (El Codigo de Moisés)
4) What The Bleep do We Know (Legendado)

5) Você pode Curar sua Vida (Louise L. Hay) COMPLETO 

FILMES:
1) The Matrix 
2) Peaceful Warrior  
3) eXistenZ
 COMPLEMENTO 01: Co-criação contínua

Explicação inicial: este curso está sendo frequentemente atualizado com novas ideias. A cada novo bloco de ideias, cria-se uma nova versão do curso. O número da versão atual está na capa. Para não ter que imprimir todas as folhas novamente, decidi simplesmente adicionar as novas informações aqui no final do curso, como complementos do curso. Assim, tudo o que era, continua igual e as novidades vem aqui para o final.

O que é co-criação contínua ?

É co-criar continuamente, em todos os momentos da sua vida. É assumir completamente o controle das experiências da sua vida.

Basta um simples exemplo para você entender precisamente do que estou falando.

Acorde 5 minutos mais cedo que o habitual e ao acordar, com os olhos fechados, pense: Obrigado por este novo dia maravilhoso de paz, amor, alegria e harmonia. Tudo é perfeito, tudo é paz, tudo é alegria, tudo é harmonia, tudo é felicidade.

Ainda com os olhos fechados, respire profundamente algumas vezes (entre 3 e 7) e relaxe. Sinta a sua mente vazia e calma. Sinta a harmonia deste novo dia. Neste momento, independentemente do que você ache que vai ocorrer neste novo dia, nada disto ocorreu ainda, e portanto, neste momento, tudo ainda pode ser alterado. Lembre-se de que você cria a sua vida e as suas experiências, o tempo inteiro. Então, ainda com os olhos fechados, imagine cada situação do seu dia ocorrendo da maneira que mais satisfaça você.

Sugestões:

Se você pega um ônibus, imagine-se chegando ao ponto de ônibus no momento perfeito. Você não perde o ônibus e nem tem que esperar demais. Durante o caminho, visualize que você vê várias coisas que te agradam pelo caminho.

Se você vai de carro para o trabalho, imagine que o transito flui o tempo inteiro e que não há stress nenhum.

Agora imagine as partes fundamentais do seu dia correndo exatamente da maneira que você deseja, desde a chegada ao trabalho (ou escola) até o final do seu dia.

Habitue-se a fazer isto todos os dias. No início você pode gastar mais tempo co-criando o seu dia, mas com a prática, você vai gastar pouquíssimo tempo, pois chega um momento em que basta co-criar “o bloco de sempre”, isto é, co-criar o mesmo bloco genérico de paz, alegria, harmonia, felicidade, satisfação, fluidez e realização fácil e fluida dos seus desejos.

Quando digo um bloco, o que quero dizer é que basta você co-criar com um único pensamento, todo o bloco que você tem criado nos outros dias, sem ter que pensar em cada parte separadamente. Esta é uma forma rápida de co-criar em pouco tempo.

Esta primeira parte que foi descrita é para quando você acorda pela manhã, mas depois, durante todo o dia, a cada momento é uma nova oportunidade para você co-criar. Você pode co- criar o tempo inteiro.

Cada coisa que você planeje fazer, concentra-se naquilo que você quer e imediatamente sinta que: “Isto correu muito bem. Deu tudo certo. Obrigado(a)”. Mantenha-se em um estado em que você sente e sabe que tudo vai sempre correr tudo bem e confie sempre que assim será, independentemente do que te pareça neste momento.

Em relação à comida há o “fast-food”. Em relação às co-criações há o “fast co-creation”, que é o que eu estou explicando aqui. Não estou sugerindo que você passe o dia inteiro fazendo pausas longas para co-criar o próximo passo do seu dia. Isto seria impraticável.

O que estou sugerindo é que você tenha um mecanismo muito rápido de co-criação instantânea para cada momento:

Imaginação com os olhos abertos (ou simples pensamento) + emoção positiva;
Acreditar e confiar;
Agradecer;
Ficar em modo receptivo.

Se aquilo que você acabou de co-criar não aconteceu, não se preocupe, isto não significa nada. Você terá infinitas novas oportunidades de “fast co-creations” na sua vida, e com a prática, você vai entrar no fluxo dos sucessos contínuos e a sua vida se torna um paraíso !!!

Algumas chaves (ideias) importantes, extraídas do livro “A Matriz Divina”, págs.. 277 e 278 (Gregg Braden): 
Chave 05: O ato de concentrar a nossa consciência é um ato de criação. A consciência cria.
Chave 06: Todos dispomos do poder de que necessitamos para criar todas as coisas que desejamos
Chave 07: O enfoque da nossa consciência transforma-se na realidade do nosso mundo. 
Chave 08: Apenas dizer que escolhemos uma nova realidade não chega. Palavras vazias não criam nada. 
Chave 09: O sentimento é a linguagem que fala à Matriz Divina. Sinta como se o seu objetivo já tivesse sido concretizado e a sua oração já tivesse sido atendida. 
Chave 10: Nem todo sentimento servirá. Os que criam devem ser destituídos de ego e de juízo crítico.
Chave 14: O holograma universalmente ligado da consciência encerra a promessa de que no próprio instante em que criamos os nossos bons desejos e orações, eles estão já sendo recebidos no destino. 
Chave 20: Devemos transformar-nos, nas nossas vidas, nas próprias coisas que escolhemos experienciar no nosso mundo. 
 COMPLEMENTO 02: Escala das emoções

No livro “Peça e Será Atendido” (Abraham Hicks), há uma escala muitíssimo útil. Esta escala ajuda a avaliar em que nível você está em relação à sua co-criação. Funciona da seguinte forma: Pense no seu desejo (co-criação) e esteja receptivo(a) para a emoção associada.

Quanto maior o número, significa:

Maior a intensidade da energia que você está fornecendo à sua co-criação;
Menor a resistência que você tem em relação à sua co-criação;

A forma de se utilizar esta lista é: Pense na sua co-criação e verifique como você se sente em relação a ela e procure na lista o item correspondente ao estado em que você sente estar neste momento e tenha como objetivo estar no próximo item imediatamente acima. Não tente pular níveis, a não ser que você saiba que você realmente consegue.

Vá subindo os níveis até onde você conseguir, sem forçar e nem fingir. Tem que ser algo verdadeiro. É muito melhor estar em “Contentamento verdadeiro” do que em “Esperança Falsa”. A cada nível que você alcançar, passe um tempo neste nível para você se estabilizar nele e só depois procure passar para o próximo nível. Quando você sentir que não consegue mais subir, pare. Nunca force nada, senão você ficará em um nível falso e artificial.

Aqui está a escala: 
22 – Alegria / Conhecimento / Poder / Liberdade / Amor / Apreciação
21 – Paixão 
20 – Entusiasmo / Vivacidade / Felicidade 
19 – Expectativas Positivas / Fé 
18 – Otimismo 
17 – Esperança 
16 – Contentamento 
15 – Enfado 
14 – Pessimismo 
13 – Frustração / Irritação / Impaciência 
12 – Opressão 
11 – Desapontamento 
10 – Dúvida 
09 – Preocupação 
08 – Acusação 
07 – Desencorajamento 
06 – Raiva 
05 – Vingança 
04 – Aversão 
03 – Inveja 
02 – Insegurança / Culpa / Desvalorização 
01 – Medo / Tristeza / Depressão / Desespero / Impotência
 COMPLEMENTO 03: Quando se pode usar uma co-criação

Afinal, em que situações pode-se utilizar co-criações ? 

Você pode utilizar co-criações para 99% de tudo aquilo que você quiser. Você podes utilizar para coisas específicas ou para coisas genéricas. Você pode utilizar para coisas palpáveis (ter um objeto) ou para coisas abstratas (ter paz).

Aqui você tem uma lista com alguns exemplos de situações em que você pode usar uma co-criação:

a)  Ter um novo relacionamento; Melhorar o relacionamento atual; Terminar um relacionamento;
b)  Encontrar uma pessoa ou animal (cão/gato) ou objeto perdido;
c)  Encontrar um novo emprego;
d)  Ganhar mais no emprego atual;
e)  Curar alguma doença;
f)  Eliminar problemas ou conflitos com colegas de trabalho ou com amigos pessoais ou com os pais ou com os filhos, etc;
g)  Ter dinheiro para pagar algo urgente;
h)  Fazer uma viagem para um lugar específico;
i)  Melhorar a vida em todos os aspectos, de forma que você te sintas melhor em todos os sentidos;
j)  Ter mais tempo ou mais dinheiro disponível (ou ambos);
k)  Encontrar um namorado(a). Pode-se definir exatamente como a pessoa deve ser;
l)  Fazer amigos;
m)  Encontrar uma vaga para estacionar o carro; Ter o trânsito sempre fluido;
n)  Ser uma pessoa mais atraente;
o)  Emagrecer / Engordar;
p)  Deixar de chegar atrasado ao trabalho (ou escola);
q)  Eliminar um problema que te incomode;
r)  Ter um objeto que você deseje (carro, computador, etc);
s)  Ter paz em casa ou na escola ou no trabalho;
t)  Ter uma oportunidade para ________ / Ter tempo para ________
u)  Ter dinheiro para ________ / Ser mais ________ / Ser menos ________
v)  Deixar de fumar / Deixar de beber;
w)  A lista não tem fim…

Estes são apenas alguns exemplos.

Você pode usar co-criações para o que você quiser, mas, como é óbvio, como para qualquer habilidade que você queira ter bem desenvolvida, é necessário treino.

Não espere obter sucesso com coisas mais “difíceis” (que você acredita que sejam mais difíceis) se você não obtiver sucesso com coisas mais simples. Não adianta ter pressa. Treino e persistência é fundamental. Comece com coisas pequenas e habitue-se a co-criar diariamente. Só assim você terá o nível de treino e confiança para obter objetivos maiores.

ORAÇÃO DA CO-CRIAÇÃO – Por Kryon


Ao fazer esta oração, você estará afirmado sua natureza divina perfeita e ilimitada e aceitando as mudanças necessárias para que vivencie essa natureza.

Eu, ___(nome)___, tenho fé que o meu “Eu Superior” é sempre meu instantâneo, constante, generoso e supridor.

Eu, ___(nome)___, tenho fé que o meu “Eu Superior” sempre abre os meus caminhos, ainda que, humanamente, possa parecer que não existam meios.

Eu, ___(nome)___, tenho fé que o meu “Eu Superior” guia sempre todos os meus projetos, mantendo a minha saúde, felicidade e prosperidade.

Eu, ___(nome)___, tenho fé que a minha paz interior está sempre segura com a ajuda do meu “Eu Superior”, que é o meu Eu mais elevado e a parte de Deus que está em mim.

Com licença do Grande Espírito, que tudo rege e tudo governa.
Com licença da Mãe Terra, justa, generosa e dadivosa.
Com licença dos Quatro Elementos, das Quatro Direções Magnéticas e de todos os Devas Supralumínicos.

Eu, ___(nome)___, saúdo a todos e honro o fato de estar junto de vocês.

Com licença de todos os meus Guardas e Guias Espirituais e da Grande Fraternidade Branca.

Eu, ___(nome)___, nesta hora e neste momento, convoco todos os Seres de Luz que tutelam os meus caminhos, para lhes pedir afeto, bondade, compreensão, ajuda, conselhos, informação, instrução, sabedoria, Luz, muita Luz, para que juntos possamos percorrer o caminho que foi traçado por nós mesmos, nas mais altas regiões do Espírito.

Através de vocês, Amados Guias, Eu, ___(nome)___, dirijo-me à fonte criadora do Espírito.

Como ser multidimensional que sou, Eu, ___(nome)___, afirmo que eu sou sagrado e mereço estar aqui na Terra, em minha magnificência, para receber suas respostas, querido Espírito, meu magnífico sócio.

O que posso fazer para ser um melhor sócio seu?
O que quer que eu saiba?
O que deveria fazer agora? Onde deveria estar agora?
O que devo fazer para que aconteçam os eventos adequados na minha vida?

Dá-me as instruções para atuar, dá-me a sincronicidade no meu viver, que me mostre as respostas, e eu lhe responderei estando alerta para evitar acidentes na minha vida.

Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, festejo o meu compromisso de estar neste lugar, pois eu vivo no Agora, tenho a minha paz, tenho a visão da totalidade e sei que as soluções estão esperando até que eu chegue no Agora, pois ao planejar todas as provas que devia assumir nesta vida, desde o mais profundo da minha sabedoria interdimensional, eu criei todas as soluções, pois não há lugar dentro de mim onde a criatividade não se manifeste.

Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, apago agora todas as cláusulas de todos os meus antigos contratos e decreto agora a minha renúncia definitiva a todas as crenças, implantadas ou não, que eu possa ter; eu decreto agora a minha renúncia definitiva a todos os votos e decretos que tenha pronunciado no passado, em qualquer tempo e em qualquer instante. Principalmente, eu renuncio a todos os votos de pobreza, doença, dor, sofrimento, solidão emocional e vazio existencial.

Eu, ___(nome)___, renuncio todos esses votos e decreto que os libero definitivamente de mim, curando e limpando os registros cármicos de todos os meus processos evolutivos.

Eu, ___(nome)___, perdoo, curo e liberto tudo aquilo que, consciente ou inconscientemente, possa retardar ou obstaculizar a completa evolução de todos os níveis multidimensionais do meu ser.

Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, decreto agora a minha evolução pessoal e, portanto, eu co-crio o meu futuro e co-crio a minha própria realidade, pois sempre estou no lugar correto e no momento apropriado.

Em virtude disto, Eu, ___(nome)___, expresso agora a minha intenção de ir onde tenha que ser levado, de acordo com o Plano Divino, e peço que cheguem até mim, juntos e sem esforço, somente os conhecimentos, as pessoas, as oportunidades e os recursos materiais necessários que me permitam manifestar a Vontade Divina nesta realidade física.

Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, escolho usar os novos dons do Espírito para manter-me equilibrado e para ter o poder de eliminar qualquer coisa negativa que tente se interpor no meu caminho. Nada negativo pode me perturbar. Portanto, co-crio que a minha vibração mude e aumente paulatinamente a níveis mais sutis e interdimensionais.

Eu, ___(nome)___, co-crio a minha cura física e decreto o despertar da minha memória celular. E, em virtude disto, de maneira adequada e sagrada, dirijo-me agora a você, Querido Corpo: estamos juntos nesta vida e juntos nos curamos, juntos temos o poder de nos imunizarmos de qualquer processo que possa deteriorar a saúde do nosso sistema físico, juntos nos regeneramos, juntos nos rejuvenescemos e juntos temos o poder de retardar a liberação da química hormonal que envelhece, pois juntos desativamos por tempo indeterminado o envelhecimento de nossas células, tecidos, órgãos e funções, e reconectamos no nosso Ser, de forma harmônica e equilibrada, os 12 códigos do DNA, para alcançar os 12 níveis superiores de conhecimento espiritual, emocional, físico e mental.

Da mesma forma, juntos agora ativamos o crescimento e o funcionamento da nossa glândula pineal, para sentir as frequências mais altas de pensamento, que proporcionam o conhecimento, e para colocar em ação o processo de ascensão que está gravado no nosso DNA. Agora, cada célula nossa já sabe, proclama a sua intenção e atua em consequência, mantendo ótimos níveis de constante boa saúde e rejuvenescimento físico, mental, emocional e espiritual nos nossos sistemas.

Eu, ___(nome)___, crio o meu mundo, sou livre do espaço e do tempo, como também faço parte de Tudo o que É. Eu honro esta Terra, honro a minha própria existência, vivo no Agora e aceito a minha realidade presente. Eu aceito o que tenho, aceito o que sou e aceito Ser, pois eu sei que a gratidão pelo momento presente e pela plenitude da vida Agora, é a verdadeira prosperidade que continuamente me é manifestada, de muitas formas. Portanto, Eu estou em contato permanente com todos os níveis do meu Eu Multidimensional, que desfrutam de total prosperidade material, a qual é manifestada totalmente no nível multidimensional onde agora está esta parte expandida de mim, aqui, Agora, no plano da Terra.

Eu, ___(nome)___, mereço estar aqui, agora, e sou merecedor de muitas coisas boas. Portanto, libero-me e compreendo que mereço a abundância para suprir todos os meus desejos e necessidades, e compreendo que o Espírito está aqui para dar-me amor, paz, equilíbrio, saúde e prosperidade. Somente as coisas boas se aderem a mim, pois eu sou uma peça da Totalidade e sou Perfeito perante o olhar do Espírito.

Nenhuma palavra humana pode mudar o Eu Sou, pois Eu Sou o Que Sou e mereço estar agora, neste lindo lugar chamado Terra.

Eu Sou o Que Sou.
Eu Sou Tudo o Que Sou.
Eu Sou Tudo o Que Sou e Tudo o Que É.
Eu Sou Uno com o Todo.
De acordo com o Plano e com a Vontade Divina.

Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, convoco todos os Mestres Ascensos e todos os Seres de Luz que estejam envolvidos com os conhecimentos que deva receber, para que me transmitam a totalidade de tais conhecimentos nos níveis adequados e me indiquem como proceder para a sua interpretação, aplicação e divulgação, para, assim, honrar e co-criar harmoniosamente o matrimônio total com o contrato de aprendizagem que eu mesmo assinei com o Espírito.

Em nome do Espírito, Eu, ___(nome)___, co-crio que enfrento a mudança sem medo e sem participar em nenhuma situação apocalíptica coletiva.

Em nome do Espírito, Eu, ___(nome)___, co-crio as qualidades do perdão e da compaixão incondicional, o amor inter e intrapessoal e a perfeita saúde física, mental e espiritual.

Em nome do Espírito, Eu, ___(nome)___, co-crio a obtenção do conhecimento desta nova energia, com todos os seus alcances, todas as suas ferramentas e no mais puro amor, para utilizá-lo para o meu próprio bem, sabedoria, maestria e para a orientação e o bem de toda a humanidade.

Em nome do Espírito, Eu, ___(nome)___, co-crio a mais alta energia espiritual criadora de todo o tipo de recursos intelectuais, espirituais e materiais, para divulgar corretamente, apropriadamente e com desapego todos os conhecimentos que me serão indicados e para obter sem esforço todos os recursos financeiros que sejam necessários para realizar correta e apropriadamente a minha missão, para viver tranquilamente, com qualidade de vida, e para compartilhar com outros a minha prosperidade material.

As coisas possivelmente nunca sejam aquilo que pareçam…

Portanto, Eu, ___(nome)___, como ser multidimensional que sou, nesta hora e neste momento, peço ser envolvido na Luz Branca Dourada da Criação, para trabalhar integralmente com a Divina Presença, acima das minhas prováveis crenças ou limitações, para estar permanentemente conectado, com alta percepção e adequada expressão, para atuar sempre de acordo com o Plano Divino da Luz, honrando ao Espírito e aos desígnios superiores do Plano Mestre de Tudo o Que É.

Eu, ___(nome)___, libero completamente e com total confiança o resultado desta afirmação, coloco-o nas mãos do Espírito, do meu Eu Multidimensional e me desapego do processo.

Assim é”

VOCÊ É O QUE VOCÊ PENSA

A mente humana grava e executa tudo que lhe é enviado, seja através de palavras, pensamentos ou atos (seus ou de terceiros, positivos ou negativos), basta que você os aceite.
Esta ação sempre acontecerá, independente se trará a você resultados positivos ou não.
A mente é uma fonte criadora.

Ao pensarmos já estamos criando, dando forma ao pensamento.

Ele tem o poder de atração, assim, quando pensamos em coisas boas (como alegria, otimismo, prosperidade e situações felizes) atraímos para nós tudo o que é bom.

Por outro lado, quando temos pensamentos tristes e/ou pessimistas envolvendo pessoas e situações negativas atrairemos para nós esse tipo de energia.

Há pessoas que estão sempre pensando em doenças e seus sintomas.

Depois de um tempo, essa fixação mental faz com que eles se sintam realmente doentes.

A afinidade de opinião faz com que pessoas neste estado atraiam outras com pensamentos iguais, o que reforça seu sofrimento.

Nestes casos, a doença não existe no corpo físico, e sim, na mente.

Porém, de tanto pensar na doença, com o tempo a pessoa poderá realmente adoecer, já que o pensamento tem o poder criador (a famosa somatização).

Não devemos nos esquecer que somos donos dos nossos pensamentos, podemos direcioná-los para onde desejarmos.

Pensamentos que nos tragam paz, confiança e alegria ou pensamentos que nos tragam dor, solidão e tristeza, não importa.

Somos o que pensamos e acreditamos ser, a escolha é nossa.

A energia é neutra até que acrescentemos a ela nossos pensamentos, sentimentos e ações.

Prova disso é que quem pensa que vai fracassar, já fracassou antes mesmo de tentar.

Imaginar é criar, Sentir é atrair, Acreditar é realizar.

Eu acredito que somos responsáveis por nossos pensamentos e por qualquer sentimento que experimentamos, e você?

Reflita sobre o que você está fazendo com você mesmo.


    “Nosso cérebro é o melhor brinquedo já criado, nele se encontram todos os segredos, inclusive o da felicidade.” Charles Chaplin


    “É idiotice esperar resultados diferentes, se dia após dia, praticamos as mesmas ações.” Albert Einstein
Assista:

LEI DA ATRAÇÃO – VOCÊ É PURO PODER!


Fonte: http://www.sitedecuriosidades.comhttp://despertardegaia.blogspot.com/