NÚMEROS QUE CURAM – Códigos de Grabovoi

AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS DE CURA
Lei da Atração
Em “Números que curam” Grigori Grabovoi reúne mais de mil doenças, e a cada uma é atribuído um número de 7, 8 ou 9 dígitos. Ao se concentrar em uma dessas sequências numéricas, a cura começa.

Como algo tão simples pode ser tão eficaz?
A doença é um desvio por parte do organismo e cura supõe o retorno ao natural. Os números geram vibrações que podem ajudar o corpo a tomar o caminho de volta à normalidade.
A base do sistema é formada pelas sequências de números de sete dígitos. Para problemas mais específicos podem ser usados oito e nove dígitos.
A concentração no número ou números apropriados deve ser realizada pelo próprio paciente. Quando não tem um diagnóstico específico deve se concentrar na sequência numérica do capítulo que inclui doenças do mesmo tipo.
A concentração pode ser feita em qualquer momento e só pode ser realizada pelo paciente. Este, pode ver, imaginar ou escrever o número em questão, ou utilizar qualquer outro método que imaginar.

A compreensão do papel que a mente desempenha no desenvolvimento e na eliminação da doença é vital neste momento.

Código  1888948 -Transformar Negativo em Positivo
Crie o seu próprio método de concentração
Você pode se concentrar em um dígito após o outro, por exemplo, do primeiro para o último número ou selecionar determinados números ou seções da sequência.

Isto vai dar variedade a sua concentração.

O método de concentração na sequência numérica apropriada (após o diagnóstico prévio) oferece uma oportunidade para curar a pessoa ou profilaticamente melhorar sua situação.

Você também pode cobrir as interdependências entre várias doenças.

Se você comparar a sequência de sete dígitos de uma doença com outra de uma doença diferente pode capturar informações sobre o significado das sequências, o que conecta essas doenças e seus métodos de tratamento.

É importante entender a importância de ter em mente a eliminação desenvolvimento e doença.
O conhecimento apresentado neste livro pode ser aplicado tanto para o homem quanto para a natureza, na prevenção de catástrofes. E quanto mais rápido for divulgado, antes se obterão os resultados, tanto à nível individual como coletivo.
grigori-1
Grigory Petrovich Grabovoy (nascido em 14 de novembro de 1963 no Cazaquistão) é um médium russo que afirma a possibilidade de abolir a morte, ressuscitar mortos, curar o câncer e AIDS, teletransporte, e identificar e resolver a distância mecânica e problemas eletrônicos em aviões, estações espaciais, estações de energia elétrica atômicas e quaisquer outras construções técnicas. 

Ele discute suas habilidades em seu livro de três volumes, “A Prática do Controle, o caminho para a salvação”. Doutor em Ciências,  e acadêmico graduou-se na Faculdade de Matemática Aplicada e Mecânica da Universidade Estadual de Tashkent – com especialidade em mecânica, em 1986.

Possui uma formação em saúde. Ele é também um acadêmico da Academia Internacional de Informatização. Membro Correspondente da Academia de Ciências da Rússia. Conselheiro do Federal Aviation Service da Rússia.

Seus livros explicam como a descoberta do campo criativo da informação ou da energia da consciência, podem manifestar fisicamente qualquer informação ou objeto que você desejar, assim como também aqueles que não estão sujeitos ao continuum espaço-tempo, ao converter essa informação em forma geométrica conhecida.

Isto é por que os números de “Grabovoi” podem ser usados para diagnóstico remoto, regeneração da matéria, dentro de qualquer período de tempo por meio da transformação do tempo em forma de espaço.

O objetivo do ensino de Grabovoi, segundo o próprio, é transmitir o conhecimento do Senhor para as pessoas de todo o mundo, a fim de salvá-los de uma possível catástrofe global e possibilitar que cada um possa alcançar saúde perfeita, imortalidade física, ressuscitar em seus corpos físicos todos os que se já se foram e proporcionar o desenvolvimento construtivo, harmonioso e eterno de toda a humanidade.

Ele alega habilidades pessoais de controle remoto da matéria física a qualquer distância, cura de centenas de pessoas doentes, incluindo câncer e aids, sem mesmo estar presente no local. Esses fatos são certificados pela medicina tradicional e comprovada por declaração autenticada de pessoas curadas.

Usando sua clarividência ele consegue examinar remotamente aeronaves, para descobrir possíveis defeitos, trabalha com materialização, desmaterialização e teletransporte.

Ele regenera até matéria destruida. Ele quer que essas habilidades sejam aprendidas por todos, para que assim possam usar esses dons para evitar catástrofes, através da criação, sem destruição.

Ele também afirma-se como um segundo advento de Cristo na Terra.

Gobovoi, é uma força tão grande e desconhecida que as autoridades russas, receosas das implicações que seus ensinamentos e práticas poderiam ter sobre a população local, o colocaram na prisão por 11 anos com acusações falsas de charlatanismo, de onde foi liberado há menos de 6 meses.

Grabovoi, através dos seus livros, liberou uma série enorme de sequências numéricas para serem utilizadas como “remédios” para os principais males que afetam a humanidade, sejam eles na área da saúde, do comportamento, da sorte e do destino de cada ser humano.

Grabovoi trabalha somente com documentos registrados em cartório. Se alguém chega com um problema de saúde, ele pede laudos médicos, os registra e trabalha a pessoa. Depois ele pede que a pessoa retorne ao seu médico, refaça os exames e os traga de volta para que sejam registrados. Ele tem um livro só com registros de casos.

As sequências numéricas de 7, 8, 9 e 11 dígitos são encontradas nos livros de Grabovoi.

Infelizmente ainda não há nenhum traduzido em português.

Para usar sem conhecer o método, a melhor forma é mentalizar as sequências, sempre visualizando a situação em perfeição… a coisa já realizada. 

Pode escrever e colar no corpo , em garrafas de água e ir bebendo durante o dia, colocar em agenda, carteira… enfim ser criativo.

No caso de querer tratar de vários assuntos simultaneamente, ela afirma que é possível, mas é preferível tratar de um assunto de cada vez, para facilitar que a pessoa tenha a percepção do movimento que está acontecendo.

A seguir algumas sequências numéricas a para assuntos genéricos, porém de interesse de grande número de pessoas.

Amor – 888 412 1289018

Amor eterno (incondicional) – 888 912 818848

Paz – 1001105010

Prosperidade – 71427321893

Abundância Financeira – 318 798

Harmonização Universal – 14854232190

Sustentabilidade ambiental – 97318541218

Emagrecer – 4812412

Depressão – 519514 319891

Desemprego – 318514517618

Consciência Elevada – 519 377898 997

Problemas de Pele (e também venéreos) – 18584321

Rejuvenescer – 2145432

Preguiça – 318 41791844

Queda de cabelo (calvície) – 5484121

Problemas nos dentes – 1488514

Cárie – 5148584

Esmalte do Dente – 618 374 898 161

Carisma – 491718594817

Determinação – 498518498

Proteção – 9187756981818

Escudo – 814418719

Talismã – 817219738

Dependência química – 5333353

Alcoolismo – 148543292

Vício em Nicotina – 1414551

Determinação e foco para aprendizagem – 212585212

Empreendedorismo – 71974131981

Compreensão – 39119488061

Para se Apaixonar – 515889

Para atrair a pessoa ressonante (Regra Dourada) – 591 718 9181419

Tudo é possível – 519 7148

MENTALIZE AGORA UM DESEJO

Vídeo com Códigos de Grigori Grabovoi: 

Tudo é possível – Presença do Criador
Mentalizar o desejo realizado ao visualizar os números
Música em 528 Hz: Frequência dos Milagres


Desabilite a Playmusical do Blog

1 – Situações críticas de saúde – 1258912
Ataque cardíaco – 8915678
Choque traumático e similares – 1895132
Insuficiência aguda cardiovascular – 1895678
Insuficiência respiratória aguda – 1257814

2 – Tumores – 8214351
Boca e garganta CÂNCER –  1235689
Câncer colorretal – 5821435
ESOFÁGICA – 8912567
O câncer de estômago – 8912534
CÂNCER DE FÍGADO – 5891248
Câncer nos ossos – 1234589
CÂNCER papila DUODENAL MAYOR – 8912345
LIPS câncer – 1567812
CÂNCER DE GLANDULAS SALIVARES – 9854321
Extrahepatic BILIAR câncer do trato – 5789154
Cancro do ovário – 4851923
CÂNCER DE MAMA – 5432189
CÂNCER DE PÊNIS – 8514921
Câncer de pele – 8148957
CÂNCER DE PRÓSTATA – 4321890
CÂNCER DE PULMÃO -4541589
CÂNCER RENAL – 56789108
O cancro de tireóide – 5814542
Câncer uretral – 5891856
Cancro de bexiga – 89123459
VESÍCULA BILIAR CÂNCER – 8912453
Câncer de intestino – 5485143
CÂNCER PANCREÁTICO- 8125891
CÂNCER TESTICULAR- 5814321
CÂNCER vaginal e Genital Externo – 2589121
HEMATOSARCOMA E Linfoma – 54321451
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4.845.714
LINFOMA DA PELE 5891243
Melanoma – 5674321
Mesotelioma – 58912434
Neuroblastoma – 8914567
Plasmacitoma, mieloma múltiplo, linfoma
NO HODGKIANO – 8432184
Rabdomiossarcoma CRIANÇA – 5671254
SARCOMA Kaposi – 8214382
SOFT sarcoma de tecido – 54321891
Tumor cerebral ou medular – 5431547
TUMOR cavidade nasal e seios paranasais – 8514256
Tumoral na nasofaringe – 5678910
Tumor de células de ilhas – 8951432
TUMOR ÚTERO -9817453
Tumor da paratireóide – 1548910
TUMOR SUPRARRENAL- 5678123

3 – Sepse – 58143212
A sepse (envenenamento do sangue) crônica – 8145421
A sepse (envenenamento do sangue) aguda – 8914321

4 – Síndrome de Cid – 5148142
A coagulação intravascular disseminada (DIC SÍNDROME,
Coagulopatia de consumo) – 8123454

5 – As doenças do aparelho cardiovascular – 1289435
Aneurisma da aorta – 48543218
ANEURYSM CARDÍACA – 9187549
Arritmia (arritmia cardíaca) – 8543210
Aterosclerose – 543 21898
Asma cardíaca – 8543214
Coração pára – 9874321
Azia – 8124567
Cardiomiopatias (cardiomiopatia) – 8421432
CARDIOSCLERIOSIS – 4891067
COLAPSO-8914320
Cor pulmonale (congestão pulmonar) – 5432111
Crise hipertensiva – 5679102
CRISE vascularização 8543218
ADQUIRIDO defeito cardíaco – 8124569
Cardiopatia congênita – 9995437
DISTONIA Neuroci RCULATORIA – 5432150
EDEMA PULMONAR- 543 211 12
Endocardite – 8145999
Doença isquêmica do coração – ECI (DOENÇA
Coronária) – 1454210
Angina (angina de peito) – 8.145.999
FALHA CARDIOVASCULAR- 85432102
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA – 8542196
HIPERTENSÃO – 8145432
HIPOTENSIÓN- 8143546
Infarto (ataque cardíaco) -8914325
FALHA vascularização – 8668888
MIOCARDIODISTROFIA – 30 8432110 (07)
Miocardite – 85432104
Neuropatia Autonômica (DISTONIA VEGETOVASCULAR) – 8432910
MAJOR oclusão da artéria – 8153213
Pericardite – 9996127
VASCULITE sistemicamente 1894238

6 – Doenças Reumáticas – 8148888
Doenças articulares – 5421891
Artrite de células gigantes (arterite craniana, ARTERITE
TEMPORÁRIA DOENÇA DE HORTON) – 9998102
Takayasu ARTRITE – 8945432 artrite degenerativa (osteoartrite, osteoartrose, artrose deformante, degenerativas DOENÇA COMUM) – 8145812
ARTRITE INFECCIOSA- 8111110
A artrite psoriásica – 0145421
Artrite reativa – (REITER SÍNDROME) – 4848111
ARTRITE REUMATÓIDE – 8914201
Dermatomiosite (polimiosite) – doença articular 5.481.234 tecido conjuntivo (DESORDEM
SHARP) – 34 1484019 (26)
CORAÇÃO doença reumática (febreReumática) – 5481543
Difusa Doenças do Tecido Conjuntivo – 5485812
SCLERODERMA O ESCLEROSE sistemicamente 1110006 espondilite anquilosante (doença de Bechterew,
STRUEMPELL-MARIE DOENÇA) – 4891201
Granulomatose – 8943568
Lupus Eritematoso Sistêmico – 8543148
Periartrite – 4548145
Gout (GOTA) – 8.543.215
POLIARTERITE KNOTTY (periarteritis KNOTTY, DOENÇA KUSSMAUL) – 54321894
Rheumatism, perto do tecido mole JUNTAS – 1489123
Goodpasture (GLOMERULONEFRITE, pneumonia Hemorrágica) – 8491454
SÍNDROME DE TANQUES DE VIDRO – 0014235
síndrome Sjoegren (Síndrome SICCA DOENÇA SÍNDROME Mikulicz) – 4891456
Tenossinovite – 1489154
Tromboangeíte obliterante (doença Buerger) – 8945482
Hemorrágica vasculites (vasculite alérgica, ROXO Henoch-Schonlein) – 8491234
A vasculite sistémica (VS) – 1894238

7 – Doenças Respiratórias – 5823214
Antracose – 5843214
ASBESTOSE – 4814321
A asma brônquica – 8943548
Aspergilose – 481543271
BRONQUIOLITE (inflamação aguda DE Brônquios) – 89143215
Bronquite aguda – 4812567
Bronquite Crônica – 4218910
CÂNCER DE PULMÃO – 4541589
Candidíase pulmonar (pulmão CANDIDIASIS) – 4891444
Enfisema PULMONAR- 54321892
Fibrose pulmonar (NEUMOESCLEROSIS) – 9871234
89143 211 MIOCÁRDICO PULMONAR-
METACOLOCONIOSIS – 4845584
Pneumoconiose – 8423457
Pneumoconiose ORGÂNICO DUST – 4548912
PNEUMONIA – 4814489
Aguda intersticial pneumonite (SÍNDROME Hamman-Rich) – 4814578
Pleurite (pleurisia) – 4854444
DEI pneumoconiose. MINEIRO DE CARVÃO (CARBOCONIOSIS,
PRETO doença pulmonar) – 8148545
SARCOIDOSE -4589123
Silicose (doença de POTTER) -4818912
Silicatose -2224698
Talcose – 4845145
TUBERCULOSE PULMONAR – 8941234

8 – Doenças Digestivas – 5321482
Cárdia acalasia (cardioespasmo, espasmo de hiato,
Megaesôfago EXPANSÃO DO ESÔFAGO idiopática) – 4895132
As alergias alimentares – 2841482
Amiloidose – 5432185
Amebíase -1289145
GÁSTRICA Aquilia – 8432157
Lentidão do esôfago e do estômago – 8123457
BERIBÉRI – 3489112
CANDIDA (fungos na infecção na boca MUSHROOM) – 54842148
Cardiospasm – 4895132
Cirrose Hepática – 4812345
Colecistite crônica – 5481245
COLITE – 8454321
Colite aguda – 5432145
Colite crônica – 5481238
DOENÇA FIEPATOLENTICULAR Degeneration (Wilson Konowalow) – 5438912
DIABETES TANNED – 5454589
DIARRÉIA – 5843218
DIARRÉIA FUNCIONAL – 812 34574
Dispepsia (indigestão) – 1112223
Dispepsia Funcional (ESTÔMAGO hiperacidez) -5484214
Discinesia BILIAR- TRATO DIGESTIVO discinesia 58432144 (Dispepsia, gastroptose,
DIARRÉIA FUNCIONAL) – 81234574
Discinesia INTESTINAL – 54321893
FÍGADO Distrofia – 9876512
Duodenite – 5432114
Duodenite aguda – 481543288
Duodenite crônica 8432154
Disbiose intestinal (INTESTINAL Disbacteriose) – 5432101
EDEMA fome (edema de fome, hidropisia A fome, FOOD DISTROFIA) – 5456784
A doença de Whipple’S – 4814548
Enterite – 8431287
Enterite CRÔNICA – 5432140
Enterocolite – 8454321
Enteropatia do intestino – 8432150
Enteropatia exsudativa – 4812 3454
Enteropatia induzida por glúten (espru celíaco, sprue NO TROPICAL Idiopática esteatorréia) – 4891483
Enteropatia, DEFICIÊNCIA dissacaridades – 4845432
ESCORBUTO – 5432190
ESOFAGUISMO – 5481248
Esofagite – 54321489
SPASM ESOFÁGUICO – 8123457
Espasmo intestinal (INTESTINAL CÓLICA) – 8123457
Nontropical – 8432150
Sprue tropical (DIARRÉIA TROPICAL) – 5481215
PRISÃO DE VENTRE – 5484548
Fleimão ESTÔMAGO – 4567891
Gastrite – 5485674
Gastrite aguda – 4567 891
Gastrite crônica – 5489120
Gastroenterite – 5485674
Gastroenterocolite – 5485674
Gastroparesia (AGUDA GÁSTRICA folga) – 5485671
Gastroptose – 812 34574
Hemocromatose (Cirrose pigmentado, DIABETES bronzeada, DOENÇA DE FERRO SOBRECARGA, SIDEROFILIA SÍNDROME
TROISIER- HANOT- Chauffard) – 5454589
HEPATITE-5814243
HEPATITE estridentes 58432141
HEPATITE CRÔNICA – 5123891
Hepatosis – 9876512
Hepatosis AGUDA (TÓXICO danos no fígado) – 1234576
Hepatosis colestática (COLESTASE) – 5421548
Hepatosis CRÔNICA (fígado gordo, esteatose
FÍGADO) – 5143214
Hiperbilirrubinemia Benigna – 845 148 51
Hiperbilirrubinemia Congênita – 8432180
Posthepatic hiperbilirrubinemia (icterícia OBSTRUTIVA) – 54 8214321 (17)
Idiopática hiperlipidemia (hyperliproteinemia, LIPOIDIS HEPATOSPLENOMEGALICA) – 4851888
HIPERTENSÃO portal- 8143218
Icterícia – 5432148
Icterícia FUNCIONAL – 845 148 51
Ileíte – 8431287
Indigestão-9988771
FLASH ILEOCECAL VÁLVULA (BAUHINITIS) – 58432148
INSUFICIÊNCIA CARDÍACA ESFÍNCTER – 8545142
Insuficiência hepática – 8143214
Lymphangiectasia COLON – 5214321
Lipidosis HEPATOSPLENOMEGALICA – 4851888
INTESTINAL LIPODOSTROFIA (doença de Whipple) – 4814548
Má absorção -48543215
Pneumatose GÁSTRICA – 54321455
Crônica Pancreatite-5891432
PARALISIA DUODENAL – 8123457
Cirrose PIGMENTO – 5454589
Síndrome carcinóide – 4848145
Hepatoesplenomegalia SÍNDROME (DESORDEM HEPATOLIENALICO) -845 148
SÍNDROME Superior artéria mesentérica (AMS) – 5891234
GASTROCARDIAL SÍNDROME (TRANSTORNO ROEMHELD) – 5458914
POSTHEPATÍTICO SÍNDROME – 4812819
TUBERCULOSE GASTROINTESTINAL – 8143215
Úlcera péptica do esôfago – 8432182
Úlcera péptica de estômago e duodeno – 8125432
SIMPLES ÚLCERA Intestino NÃO ESPECÍFICAS – 48481452
Úlcera de estômago, SINTOMÁTICO – 9671428
Jejunite – 8431287
Zinga – 54321481

9 – Doenças dos rins e do trato urinário – 8941254
Amiloidose – 4512345
Anomalias do sistema urinário – 1234571
Cistite-48543211
Cólica renal – 4321054
ECLÂMPSIA Renal 8149141
DOENÇA RENAL CRÔNICA (insuficiência renal CRÔNICA) – 5488821
Doença renal policística (ERP) – 5421451
INSUFICIÊNCIA RENAL – 4321843
Insuficiência renal aguda – 8218882
GLOMERULONEFRITE (GN proliferativa difusa) – 4812351
Glomerulonefrite aguda – 4285614
Hidronefrose – 5432154
RENAL-4321843
Nefrolitíase (pedras nos rins) – 5432143
Pielite – 61 5432110 (10) PIELONEFRITIS – 58143213
TB renal 5814543
UREMIA AGUDA – 5421822
UREMIA CRÔNICA – 8914381
Uretrite – 1387549

10 – Doenças do Sangue – 1843214
Agranulocitose – 4856742
Anemia aplástica (hipoplasia) – 5481541
Anemia hemolítica auto-imune – 5814311
ANEMIA CONGÊNITA, com a alteração da síntese Porfirina – 4581254
Anemia Falciforme – 7891017
Anemia Hemolítica – 5484813
Anemia megaloblástica – 5481254
ANEMIA POR CHUMBO ENVENENAMENTO – 1237819
Aguda pós-hemorrágica Anemia (perda de sangue, AGUDA) – 9481232
Diátese HEMORRÁGICA- 5148543
DOENÇA diátese hemorrágica causada por um de THE
NAVIOS DE SANGUE – 54815438
A doença de Gaucher (lipidosis cerebrósido) – 5145432
Doença de radiação aguda – 481543294
CRÔNICA DE RADIAÇÃO DOENÇA – 4812453
Stomatocytosis HEREDITÁRIA – 4814581
Favismo – 54321457
Hemoblastose OUT da Medula Espinal, HEMATOSARCOMA
E linfoma (linfocitoma) – 54321451
Hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) – 5481455
HIPOPROTROMBINEMIA- 5481542
LEUCEMIA-5481347
Linfogranuloma (doença de Hodgkin) – 4845714
MIELOCITOSIS (LEUCEMIA Mielóide Crônica) – 5142357
Neutropenia congênita – 8432145
Ovalocytosis HEREDITÁRIA (eliptocitose HEREDITÁRIA) – 51454323
Paraproteinemia TUMORES PRODUTORES – 0432184
Quimioterapia, EFEITOS COLATERAIS – 4812813
REAÇÕES leucêmicas – 5814321
TALASSEMIA – 7765437
Trombocitopatia – 5418 541
TROMBOFILIA hematogênica – 4814543

11 – Transtornos Endócrinos e Metabólicas – 1823451
ACROMEGALIA- 1854321
Bócio endêmico – 5432178
Bócio difuso tóxico (doença grave) – 5143218
Deficiência de hormônio do crescimento (nanismo Hipofisário) -4141414
Desenvolvimento sexual precoce – 4814312
Distúrbios congênitos de diferenciação GÊNERO – 5451432
Diabetes insípido – 4818888
DIABETES MELLITUS – 8819977
A doença de Addison (adrenocortical FALHA PRIMÁRIA) – 4812314
FEOCROMOCITOMA- 4818145
HIPERINSULINEMIA (DISINSULINISMO) – 48454322
HIPERPROLACTINEMIA – 4812454
HIPOGONADISMO (MAN) – 48143121
Hipoparatireoidismo (TETANOPARATIROIDAL) -4514321
Hipopituitarismo (PANIPOPITUITARISMO, DOENÇA Simmonds) – 48143214
O hipotireoidismo (mixedema) – 4812415
OBESIDADE – 4812412
Osteíte fibrosa cística – 5481412
Síndrome de Cushing – 54321458
DISPITUITARISMO SÍNDROME PUBERALJUVENIL -4145412
TIREOIDITE – 4811111
TUMORES (VEJA TAMBÉM – Acromegalia, virilismo, HIPERINSU- LINEMIA, hiperparatireoidismo, FEOCROMOCITOMA) – 4541548
Virilismo – 89143212

12 – doenças ocupacionais – 4185481
AGENTES doenças ocupacionais
PRODUTOS QUÍMICOS – 9916515
DOENÇAS PROFISSIONAIS DE ESGOTAMENTO – 4814542
Doença profissional fatores de exposição FÍSICA (DOENÇA VIBRATIONAL) -4514541
Doença profissional agentes de influência BIOLÓGICA – 81432184

13 -Intoxicação aguda – 4185412
CHOQUE exotoxic – 4185421
RINS PREJUÍZO (NEFROPATÍA TÓXICO) -5412123
Dano hepático (fígado tóxico) – 48145428
TRANSTORNO psychoneurotic PELA EXPOSIÇÃO TÓXICO – 9977881
AGUDA INTOXICAÇÃO – A intoxicação contato – 4814823
Venenos ingeridos – 5142154
VENENO DE INALAÇÃO – 4548142
POISON INJECTADO – 4818142
Envenenamento causado pelo SNAKE mordidas e
OUTROS animais peçonhentos – 4812521
Picada de escorpião – 4188888
SNAKE BITES – 4114111
BITES TARANTULA – 8181818
Vespa e picada de abelha – 9189189

14 – Doenças infecciosas – 5421427
ALVEOLOCOCOSIS (EQUINOCOCOSE ALVEOLAR, ECHINOCOCCUS Multilocular) – 5481454
Amebíase – 79 1289145 (17) ANQU eu LOSTOMIAISIS – 4815454
ÁN’T’RAX – 9998991
Ascaridíase (lombrigas infecção) – 4814812
Bacterioses E. COLI (ESQUERIQUIOSIS) – 1.238.888
Balantidiasis – 1543218
Botulismo de origem alimentar – 5481252
A brucelose (doença Bang, FEBRE DE MALTA) – 4122222
Campylobacter jejuni – 4815421
CISTICERCOSE – 4512824
CLONORQUTASIS (fígado fluke PEST CHINÊS) – 5412348
RAIVA – 4891491
Difilobotríase (FISH tinham infecção ou grande) – 4812354
difteria 5556679
Disenteria (shigelose) – 4812148
Encefalite transmitida por carrapatos – 7891010
DOENÇA Botkin – 5412514
PARRACHO DOENÇA-ZINSSER- 514854299
Marburg vírus da doença (FEBRE HEMORRÁGICA DA Marburg, Ebola) – 5184599
Doença da arranhadura do gato (linfadenite subaguda REGIONAL) – 48145421
Enterobíase – 5123542
ENTEROVIRUS – 8123456
EQUINOCOCOSE – 5481235
Erisipela – 4123548
SCARLET (escarlatina) – 5142485
A esquistossomose (bilharziose) – 48125428
ESTRONGOLOIDIASIS – 54812527
FASCIOLIOSIS (Fasciolíase) – 4812542
PÉ – 9912399
FEBRE HEMORRÁGICA com síndrome renal – 5124567
Febre Q 5148542
Tifóide e paratifóide febre (tifo abdominal) – 1411111
GIARDÍASE (giardia) – 5189148
GRIPE SAZONAL – 4814212
Helmintíase – 5124548
VIRAL hepatite A e B (doença Botkin) – 5412514
Herpes Simplex – 2312489
Hydrophobia – 4812543
Himenolepíase – 54812548
Infecção por Mycoplasma (atípicas PNEUMONIA, PNEUMONIA WALKER) – 5481111
Infecções respiratórias agudas (FRIO COMUM) – 48145488
A infecção meningocócica – 5891423
INTOXICAÇÃO ALIMENTAR – 5184231
Legionelose (doença do legionário) – 5142122
Leishmaniose – 5184321
Leptospirose (doença de Weil) – 5128432
Listeriose – 5812438
MALÁRIA – 5189999
Metagonimiasis – 54812541
Mononucleose infecciosa (doença Pfeiffer, BEIJO ILL) – 5142548
OPISTORQUTASIS – 5124542
ORNITOSIS (psitacose) – 5812435
Parapertussis – 2222221
PAROTIS EPIDEMIA (MUMPS) – 3218421
Pediculose (infestação por piolhos) – 48148121
A coqueluche (tosse convulsa) – 4812548
FEBRE – 8998888
Pseudotuberculosis YERSINIA- 514854212
RAIVA (hidrofobia, RAGE) – 4812543
Rotavírus – 5148567
RUBÉOLA (SARAMPO ALEMÃO) – 4218547
SALMONELOSIS- 5142189
SARAMPO-4214825
TENIARRINCOSIS – 4514444
TENÍASE – 4855555
TÉTANO – 5671454
Tifo Epidemia – 1444444
Tifo TICK de Queensland (COLORIDO FEVER) – 5189499
Toxoplasmose – 8914755
Whipworm (tricuríase) – 4125432
TRICOSTRONGILOSIS – 9998888
TRIQUINELOSE – 7777778
A tularemia – 4819489
CHICKEN POX – 48154215
Varíola – 4848148
Varíola minor – 4848148
Imunodeficiência SÍNDROME DE VÍRUS (HIV, AIDS) – 5148555
Lersiniose – 5123851

15 – Doenças deficiência de vitamina – 1234895
Deficiência de Vitaminas – 5451234
Deficiência de vitamina A (deficiência de retinol) -4154812
Deficiência de vitamina B1 (tiamina) – 1234578
Deficiência de vitamina B2 (deficiência Riboflavina) – 1485421
A deficiência de vitamina PP B3 (deficiência de vitamina, NIACINA DEFICIÊNCIA) – 1842157
A deficiência de vitamina B6 (piridoxina deficiência) – 9785621
Deficiência de vitamina C (ácido DEFICIÊNCIA ASCÓRBICO) – 4141255
Deficiência de vitamina D – 5421432
Deficiência de vitamina K – 4845414
FIIPOVITAMINOSIS – 5154231
POLIAVITAMINOSIS – 4815432

16 – As doenças infantis – 18543218
Alergia respiratória – 45143212
Anemia – 48543212
Anemia ferropriva – 1458421
ANEMIA eu IEMOLÍTICATÓXICA -45481424
A asma brônquica 58145428
ARTEFATOS vácuo (asfixia) – 4821543
Bronquite aguda – 5482145
Bronquite alérgica – 5481432
Defeito congênito CORAÇÃO (CRIANÇAS) – 14891548
Antitripsina, Alpha 1- 1454545
DIABETES FOSFATO – 5148432
Diabetes insipidus – 5121111
DIABETES MELLITUS – 4851421
DIABETES renal (rim glicosúria) – 5142585
Diátese alérgica (predisposição a alergias) -0195451
Diátese hemorrágica – 0480421
Dispepsia PARENTAL – 8124321
Dispepsia SIMPLES – 5142188
Dispepsia TÓXICA- 514218821
DISTONIA VEGETATIVE-circulatório – 514218838
A doença celíaca – 4154548
Doença Hemolítica RECÉM-NASCIDO (DOENÇA Rhesus fetal eritroblastose) – 5125432
Doença hemorrágica do recém-nascido – 5128543
A cardiopatia reumática – 5481543
Dores nas canelas (cólicas) – 51245424
Enteropatia exsudativa (enteropatia, PERDIDA PROTEÍNA) – 4548123
CRIANÇAS DO ESTADO Subfebrile – 5128514
Estenose do piloro (estenose hipertrófica do piloro INFANTIL) – 5154321
Fenilcetonúria – 5148321
A fibrose cística (mucoviscidose) – 9154321
GALACTOSEMIA – 48125421
CRIANÇAS EM GLOMERULONEFRITE – 5145488
HEMOFILIA- 548214514
Hiperplasia Adrenal Congênita – 54143213
HIPERTENSÃO portal- 45143211
Hipervitaminose D – 5148547
Hipotireoidismo-4512333
HISTIOCITOSE TIPO X – 5484321
Icterícia neonatal (icterícia neonatal) -4815457
STAPHYLOCOCCUS INFECÇÃO – 5189542
LARINGITE ALÉRGICA- 58143214
PSEUDO LARINGITE SUBGLÓTICA- 5148523
Garupa (laringite subglótica, Garupa) – 1489542
Nefrite hereditária (síndrome de Alport) – 5854312
PNEUMONIA INTERSTICIAL- 4814489
PNEUMONIA para neonatal 5151421
PNEUMONIA cronicamente 51421543
Pneumonite de hipersensibilidade (alveolite alérgica) – 51843215
Piloroespasmo – 5141482
NÃO POLIARTERITE CRÔNICA ESPECIFICAMENTE 8914201
VONTADE LINFÁTICA- 5148548
Reumática PURPLE (Henoch-Schoenlein, PURPLE SCHOENLEIN- Henoch) – 5128421
Raquitismo (deficiência de vitamina D, raquitismo) – 5481232
Rinite Alérgica e Sinusite – 5814325
Sepsis neonatal – 4514821
ESTRESSE EM BEBÊS SÍNDROME RESPIRATÓRIA – 5148284
Síndrome de má absorção – 4518999
SALT PERDA síndrome renal (PSEUDOHIPOALDOSTE- RONISMO) -3245678
TONI-Debré SÍNDROME-FANKONI – 4514848
Síndrome Alcoólica Fetal – 4845421
Síndrome tóxica (COM EXICOSIS intoxicação) – 5148256
SUBSEPSIS alérgica (síndrome. Wissler) -5421238
TÉTANO INFANTIL (espasticidade) – 5148999
Traqueíte REAÇÃO – 514854218
Intracraniana trauma do nascimento – 518999981
TUBERCULOSE – 5148214
Tuberculose latente (TB assintomática) – 1284345
Vômitos – 1454215
Angioma (HEMANGIOMA) – 4812 599
Apendicite na Infância-9999911
Atresia retal 6555557
A atresia biliar-9191918
ATRESIA Intestino delgado – 9188888
Atresia do esôfago – 8194321
Atresia duodenal e estenose – 5557777
Cephalhematoma (subperiostal sangramento) – 48543214
Divertículo de Meckel – 4815475
Esôfago, queimaduras químicas – 5148 599
Estenose pilórica – 5154321
Fleimão RECÉM-NASCIDO – 51485433
SANGRAMENTO gastrointestinais – 5121432
Hérnia diafragmática – 5189412
Intussuscepção, intussuscepção – 5148231
OSTEOMIELITE epifisária – 12345895
Fenda palatina (lábio leporino) – 5151515
Onfalocele (AMNIOCELE) – 5143248
Teratoma SACROCOXIGEAL REGIÃO – 481543238

Capítulo 17 Obstetrícia, doenças femininas – 1489145
Amenorreia – 514354832
Anestesia durante o parto – 5421555
Anexite (inflamação do ovário) – 5143548
Anomalias durante o parto – 14891543
Apoplexia dos anexos – 1238543
Asfixia do feto e recém-nascido – 4812348
Bartolinite – 58143215
Câncer nos órgãos femininos – 5148914
Ciclo anovulatório – 4813542
Cistoma nos anexos (ovário) (tumor epitelial) – 58432143
Cistos nos anexos (cistos nos ovários) – 5148538
Climatério, neuroses no climatério – 4851548
Coceira na vulva – 5414845
Colpite – 5148533
Corioepitelioma (córion carcinoma) – 4854123
Corte asséptico do cordão umbilical – 0123455
Craurose da vulva – 58143218
Descolamento precoce da placenta – 1111155
Determinação da data do nascimento – 1888711
Dismenorreia, hemorragia menstrual com dor – 4815812
Doenças das glândulas mamárias (pouca produção de leite) – 48123147
Doenças femininas – 1854312
Embolia do líquido amniótico – 5123412
Endocervicite – 4857148
Endometriose – 5481489
Endometrite – 8142522
Erosão do colo uterino – 54321459
Esclerocistose no ovário (Stein-Leventhal) – 518543248
Excesso de líquido amniótico – 5123481
Flúor genital (corrimento) – 5128999
Gonorreia em mulheres – 5148314
Gravidez – 1899911
Gravidez extrauterina – 4812311
Gravidez múltipla – 123457854
Gravidez prolongada – 5142148
Hemorragias ginecológicas – 4814821
Hemorragia uterina disfuncional – 4853541
Infertilidade – 9918755
Leucoplasia da vulva, no colo uterino – 5185321
Mioma no útero – 51843216
Mola cística – 4121543
Ooforite (inflamação dos ovários) – 5143548
Nascimento precoce – 1284321
Parametrite – 5143215
Pelve anatomicamente estreita – 4812312
Pelve patológica estreita – 4858543
Pelve estreita – 2148543
Período pós-natal normal – 12891451
Período pós-natal patológico – 41854218
Placenta prévia – 1481855
Pólipos no colo e corpo uterino – 518999973
Prolapso do cordão umbilical – 1485432
Prolapso do útero e da vagina e útero caído – 514832183
Rompimento nos órgãos sexuais – 148543291
Salpingite – 5148914
Síndrome adrenogenital – 148542121
Síndrome pré-menstrual – 9917891
Toxicose durante a gravidez – 1848542
Tuberculose nos órgãos sexuais – 8431485
Vaginite (colpite) – 5148533
Vulvite – 5185432
Vulvovaginite – 5814513

Capítulo 18 Doenças neurológicas – 148543293
Abcesso cerebral – 1894811
Amiotrofia espinhal – 5483312
Amiotrofia peroneal (Charcot-Marie) – 4814512
Aneurisma nos vasos que abastecem o cérebro – 1485999
Aracnoidite – 4567549
Atetose – 1454891
Cefaleias – 4818543
Coma – 1111012
Corea – 4831485
Danificação nervosa por causa de reumatismo – 8185432
Desmaio (síncope) – 4854548
Distrofia hepatocerebral – 48143212
Distrofia muscular progressiva – 85432183
Distúrbios do sono – 514248538
Encefalite viral – 48188884
Enxaqueca – 4851485
Enxaqueca na metade da cabeça – 4831421
Epidurite – 888888149
Esclerose Lateral Amiotrófica – 5148910
Esclerose Múltipla – 51843218
Facomatose – 5142314
Herpes zoster – 5144322
Hidroencefalia – 81432143
Insulto cerebrovascular – 4818542
Insulto espinhal – 8888881
Meningite – 51485431
Miastenia – 9987542
Mielite – 4891543
Mielopatia – 51843219
Mielose funicular – 518543251
Miotonia congênita (Síndrome de Thomsen) – 4848514
Miotonia distrófica (Síndrome de Kischmann-Balter-Steiner) – 481543244
Mononeuropatia – 4541421
Narcolepsia – 48543216
Neurosífilis – 5482148
Nevralgia do nervo trigêmeo – 5148485
Oftalmoplegia – 4848532
Paralisia facial / neuropatia dos nervos faciais – 518999955
Paralisia familiar periódica – 5123488
Parkinson – 5481421
PC Paralisia cerebral infantil – 4818521
Poliomielite epidêmica aguda – 2223214
Polineuropatia – 4838514
Radiculite banal (radiculopatia dos discos intervertebrais) – 5481321
Síndrome astênico – 1891013
Síndrome de Eidi – 18543211
Síndrome de Guillain-Barre (poliradiculite) – 4548128
Síndrome diencefálica (hipotalâmica) – 514854215
Síndrome pós-punção (ex. Após punção do liquor) – 818543231
Siringomielia – 1777771
Tontura – 514854217
Trauma crânio-cerebral – 51843213
Tremor – 3148567
Tumores cerebrais – 5451214
Tumores na medula espinhal – 51843210
Tumores no sistema nervoso periférico (neurinomas) – 514832182

Capítulo 19 Doenças psíquicas – 8345444
Alcoolismo – 148543292
Alucinações, obsessões – 8142543
Consciência nebulosa – 4518533
Defeito psíquico – 8885512
Encefalopatia traumática – 18543217
Epilepsia – 1484855
Esquizofrenia – 1858541
Estados negativos – 5418538
Hipocondríaco – 1488588
Ideias hipervalorizadas – 148454283
Narcomania (toxicomania – vício de drogas) – 5333353
Neurose – 48154211
Oligofrenia – 1857422
Paralisias progressivas – 512143223
Psicopatias – 4182546
Psicose depressiva-maníaca (bipolaridade) – 514218857
Psicose pré-senil – 18543219
Psicose reativa (por toxinas) – 1142351
Psicose senil – 481854383
Psicose sintomático – 8148581
Psicoses reativas – 0101255
Síndrome afetiva – 548142182
Síndrome amnéstica (Korsakow) – 4185432
Síndrome catatônica – 51843214
Síndrome de delusão (ilusão) – 8142351
Síndrome de alucinação (Halucinose) – 4815428
Síndrome histérica – 5154891
Síndrome psico-orgânica – 51843212
Toxicomania e narcomania (álcool) – 1414551

Capítulo 20 Problemas sexuais – 1456891
Distúrbios de ejaculação – 1482541
Distúrbios de ereção – 184854281
Distúrbios sexuais – 1818191
Distúrbios sexuais neuro-humorais – 1888991
Distúrbios sexuais psíquicos – 2148222
Frigidez – 5148222
Hipersexualidade – 5414855
Impotência – 8851464
Onanismo (masturbação) – 0021421
Perversão sexual – 0001112
Problemas sexuais criadas na imaginação – 1484811
Vaginismo – 5142388

Capítulo 21 Doenças da pele e doenças venéreas – 18584321
Actinomicose na pele (pseudomicose profunda)- 148542156
Alopécia – 5484121
Angiite da pele, vasculite – 1454231
Balanite – 5814231
Cancro venéreo mole – 4815451
Candidíase – 9876591
Coceira na pele – 1249812
Condiloma acuminado – 1489543
Cravo simples – 514832185
Dermatite atópica – 5484215
Dermatites – 1853121
Dermatofitose – 5148532
Dermatomicose (microsporia) – 1858321
Eczema – 548132151
Epizoonose (causada por sarna) – 5189123 / 8132548
Eritema exsudativo multiforme – 548142137
Eritema nodoso – 15184321
Eritrasma (pseudo-micose) – 4821521
Gonorreia masculina – 2225488
Hanseníase – 148543294
Ictiose (pele escamada) – 9996789
Linfogranulomatose inguinal – 1482348
Mastocitose – 148542171
Micose com aspecto de fungo (linfoma benigno da pele) – 4814588
Molusco contagioso – 514321532
Neurodermite – 1484857
Piodermia – 51432149 / 8145321
Pitiríase rosada (eritematoscamose) – 5148315
Pitiríase versicolor – 18543214
Psoríase – 999899181
Rosácea – 518914891
Sarna – 5189123 / 8132548
Seborreia – 1234512
Sífilis – 1484999
Síndrome de Lyell (epidermólise tóxica aguda) – 4891521
Síndrome de Stevens-Johnson (eritema exsudativo multiforme maior) – 9814753
Tínea (micose no pé) – 4518481
Tinha favosa – 4851481
Toxicodermia – 514832184
Tricofitose – 4858415 / 4851482
Tuberculose da pele – 148543296
Tumores na pele – 1458914
Urticária – 1858432
Vasculite na pele – 5142544
Verrugas – 5148521
Vitiligo – 4812588

Capítulo 22 Doenças cirúrgicas – 18574321
Abcesso – 8148321
Actinomicose – 4832514
Adenoma na próstata – 51432144
Amputação traumática – 5451891
Aneurisma – 48543218
Aneurisma no coração – 9187549
Anquilose – 1848522
Apendicite – 54321484
Ateroma – 888888179
Atresia congênita das vias biliares em recém-nascidos – 948514211
Atresia do esôfago – 518543157
Broncoectasias – 4812578
Bursite – 75184321
Carbúnculo – 483854381
Choque traumático – 1454814
Cisto na glândula mamária – 4851432
Cistos e fístulas no pescoço lateral – 514854214
Cistos e fístulas no pescoço do meio – 4548541
Cisto epidermoidal no cóccix – 9018532
Cisto pulmonar congênito – 4851484
Colangite – 8431548
Colecistolitíase – 0148012
Colecistite aguda – 4154382
Colite ulcerosa não específica – 48143211
Congelamentos – 4858514
Contraturas das articulações – 8144855
Contratura Dupuytren – 5185421
Contusão – 0156912
Corpo estranho no esôfago – 14854321
Corpo estranho no estômago – 8184321
Corpo estranho nos brônquios – 5485432
Corpo estranho nos tecidos moles – 148543297
Criptorquismo – 485143287
Decúbito – 6743514
Deformação do hálux para fora – 5418521
Distorções – 5148517
Divertículos – 48543217
Divertículos intestinais – 4851614
Doença de Crohn – 94854321
Doenças cirúrgicas dos órgãos abdominais – 5184311
Doenças cirúrgicas dos órgãos torácicas – 5184312
Doenças cirúrgicas em adulto – 5843215
Doenças cirúrgicas em recém-nascidos – 514218871
Doenças cirúrgicas agudas dos órgãos abdominais – 5484543
Doenças do aparelho motor e de sustentação – 514218873
Doenças inflamatórias com pus – 514852171
Doenças traumáticas e ortopédicas – 1418518
Empiema pleural – 514854223
Endarterite obliterante – 4518521
Estenose no piloro – 81543211
Feridas – 5148912
Ferimento dos órgãos internos – 8914319 / 5432188
Fibroadenoma na glândula mamária – 4854312
Fimose e parafimose – 0180010
Fissura anal – 81454321
Fístula no reto – 5189421
Fístula traqueoesofágica – 514854714
Flebotrombose – 1454580
Fleimões – 48143128
Fleimões necróticos em recém-nascidos – 514852173
Fratura – 7776551
Furúnculo – 5148385
Gangrena gasosa – 45143218
Gangrena no pulmão – 4838543
Ginecomastia – 4831514
Hemartrose – 4857543 / 7184321
Hemorragias externas – 4321511
Hemorragias internas – 5142543
Hemorroidas – 58143219
Hepatite (icterícia) mecânica – 8012001
Hérnia diafragmática congênita – 518543257
Hérnias – 95184321
Hidrocele no testículo e no canal seminífero – 481543255
Inflamação das glândulas sudoríparas (hidroadenite) – 4851348
Leiomioma – 5514214
Linfadenite – 4542143
Linfangite – 484851482
Lipoma – 4814842
Mastite – 8152142
Mastite em recém-nascido – 514854238
Mastopatia – 84854321
Mediastinite – 4985432
Megacólon – 4851543
Oclusão das artérias mesenteriais – 81543213
Oclusão intestinal – 4548148
Orquite – 818432151
Osteomielite hematôgena aguda – 5141542
Osteomielite traumática – 514854221
Panarício – 8999999
Pancreatite aguda – 4881431
Paraproctite aguda – 4842118
Pé chato – 1891432
Pé equino – 485143241
Peritonite – 1428543 / 4184321
Piopneumotórax – 148543299
Pneumotórax – 5142147
Pneumotórax espontâneo – 481854221
Pólipo – 4819491
Prolapso do anus – 514832187
Prostatite – 9718961
Pseudoartrose – 4814214 / 8214231
Queimações térmicas – 8191111
Retenção urinária aguda – 0144444
Rompimento do menisco – 8435482
Síndrome de Dumping (estômago pequeno) – 4184214
Síndrome de Zollinger-Ellison – 148543295
Síndrome pós-colecistectomia – 4518421
Torção – 5123145
Torcicolo – 4548512
Trauma causado por eletrochoque – 5185431
Tromboangeíte – 5432142
Tromboflebite – 1454580
Tuberculose nos ossos – 148543281
Úlcera penetrante – 9148532
Úlcera perfurante – 8143291
Úlcera trófica – 514852154
Unha encravada – 4548547
Uretrite – 1387549
Varizes nas extremidades inferiores – 4831388
Varizes no canal seminífero – 81432151 

23 – Doenças do ouvido, nariz e garganta – 1851432
Adenóides (tonsila faríngea) – 5189514
Abscesso RETROFARINGEAL- 1554321
Aerosinusitis (SINUS barotrauma) – 514 854 237
Tonsillaris angina (aguda amigdalite) – 1999999
Angiofibroma nasofaríngeo juvenil 1111122
Atresia coanal (sinéquias nasais) – 1989142
A cera (cerume) – 48145814
Coriza (rinite, resfriado comum) – 5189912
DISTORÇÃO DA PARTIÇÃO NASAL – 148543285
Doença de Ménière – 514854233
Epistaxe (sangramento nasal) – 65184321

24 – Doenças do olho – 1891014
A ambliopia (olho preguiçoso) – 1899999
Astenopia (fadiga ocular) – 9814214
ASTIGMATISM – 1421543
NERVO ÓPTICO ATROFIA – 5182432
Blefarite – 5142589
FALLS – 5189142
Calázio (cisto das pálpebras) – 5148582
Conjuntivite-5184314
CORIOIDITIS – 5182584 170 (11) DACRIOCISFITIS – 45184321
DESAPEGO retina 1851760
Subluxação do cristalino (deslocamento da lente) – 25184321
ECTRÓPIO (menor inclinação da pálpebra) – 5142321
ENDOFTALMITE – 514254842
Esclerite, episclerite – 514854248
Estrabismo (Tropia, estrabismo) – 518 543 254
Exoftalmia (proptose, olhos esbugalhados) – 5454311
FOTO OFTALMIA (Fotoqueratite, NEVE BLIND) – 5841321
GLAUCOMA (hipertensão ocular) – 5131482
Hipermetropia (visão de longo) – 5189988
Irite – 5891231
BALÃO LESÃO OCULAR- 518432118
Miopia (miopia) – 548 132 198
NEURITE óptica – 5451589
Nyctalopia (cegueira noturna) – 5142842
Oclusão da central da retina VEIA – 7777788
Oclusão da artéria central da retina – 514852178
OFTALMIA simpatica-8185321
STY-514854249
PANOFTALMIA – 5141588
PAPILEDEMA (edema do disco óptico) – 145 432 152
Hipermetropia (hipermetropia ENVELHECIMENTO) – 1481854
PTERIGIO- 18543212
Ptose (queda pálpebras superiores) – 18543121
BURN OLHO (BURN THE EYE) – 8881112
ceratite -518 432 114
QUERATOCONJUNTIVIS VERNAL (FRIO, SPRING) – 514 258 951
RETINITE-5484512
Tracoma – 5189523
Úlcera de córnea – 548432194
UVEÍTE – 548432198

25 – Doenças dos dentes e da cavidade oral – 1488514
Abscesso do PREMAXILAR- 518231415
Alveolite DENTAL- 5848188
Anquilose da Articulação Temporomandibular – 5 1 4852 179
Artrite Articulação Temporomandibular – 548432174
CÁLCULOS PARA DENTISTAS (ESCALA) – 514 852 182
DETERIORAÇÃO DENTAL- 5148584
Queilite (lábios rachados) – 518 431 482
Articulação temporomandibular DESLOCAMENTO
(Lockjaw) – 5484311
TOOTHACHE SHARP – 5182544
Doença Periodontal (paradontitis) – 58145421
ESTOMATITE-4814854
Fleimão DE MAXILOFACIAL REGIÃO – 5148312
QUEBRANDO (quebra) DENTE – 814 454 251
JAW QUEBRA – 5182148
GENGIVITE-548432123
Glossalgia (linguagem da dor) – 514 852 181
Glossite (LÍNGUA FLASH) – 1484542
Sangramento após Extração do dente – 8144542
Hiperestesia DENTES – 1484312
Hipoplasia do esmalte dentário – 74854321
DENTAL Infecção Focal – 514854814
LEUCOPLAQUTA – 485148151
DESLOCAMENTO DE DENTES – 485143277
OSTEOMIELITE JAW – 5414214
Papilite INTERDENTAL- 5844522
PERICORONITIS- 5188888
PERIODONTITE – 5182821
PFRIODONTITIS APICAL – 3124601
Pulpite – 1468550
Cisto no maxilar – 514218877
XEROSTOMIA (boca seca) – 5814514

Capítulo 26 Doenças e estados desconhecidos – 1884321
Cabeça – 1819999
Pescoço – 18548321
Braço e mão direito – 1854322
Braço e mão esquerda – 4851484t
Tronco – 5185213
Perna e pé direito – 4812531
Perna e pé esquerdo – 485148291
Coluna vertebral 214 217 000 819
Coluna cervical – 312 218 212 918
Coluna torácica – 214 217 814 717
Coluna lombar – 498 217 218 227
Sacro – 213 819 222 218
Cóccix – 218 312 248 228

Capítulo 27 Normalização de exames laboratoriais – 1489999
Atividade sistêmica da regulação neuroendócrina – 518432121
Bile – 514852188
Bioquímica do sangue – 514832189
Conteúdo intestinal – 1485458
Saliva – 514821441
Sistema sanguíneo – 148542139
Suco gástrico – 5148210
Urina – 1852155
Sistema sanguíneo – 148542139
Sangue periférico – 4181521
Hemoglobina – 4218543
– homens – 81432142
− mulheres – 2154321
Eritrócitos – 518432129
− homens – 81543212
− mulheres – 2143215
Conteúdo dos pigmentos – 81432152
Leucócitos – 514854240
− homens – 514852187
− mulheres – 8231454

CÓDIGOS SOBRE ALIMENTOS

Escreva em papeis e coloque na geladeira, armários de alimentos .
Abençoar os alimentos – 258041 818 (através deste número, é gerado o controle para alcançar a vida eterna de qualquer um que consumir este alimento). 
Do livro “Zahlen-Konzentration auf Lebensmittel” – Por Grigori Grabovoi
Pão branco – 54931749871
Pão integral – 54961831754
Batatas – 494891519
alho poro- 479894317
Couve-flor – 318567491
Cenouras – 489716318
Tomates – 591318549
Maçãs – 694897548
Pera – 497514894
Bananas – 516498518
Espinafre – 4897183194
Salada – 549649894
Gordura, margarina, manteiga: 5496418911
Pão, farinha, produtos de panificação: 31961871481
Leite e produtos lácteos: 91471831949181
Cereais: 51481631971
Vegetais: 319681398
Frutas e bagaços: 5619494319
Frutas secas: 5496181979
Cogumelos: 56489131849718
Carnes e produtos derivados: 498517494168491894718
Ovos: 3148964971981
Peixes e moluscos: 51849459758961
Carne de porco: 5498197
Açúcar e produtos doces: 598714221
Cebolas – 648541919
Cebolinha – 491894851
Salsa – 548741318
Beterraba – 371894548
Berinjela – 149714319
Abobrinha – 361851368
Abacaxi – 984417319
Pêssego – 894108494
Caqui – 896748516
DICAS DE COMO USAR AS SEQUÊNCIAS NUMÉRICAS

Concentração das Sequências Numéricas

Concentre-se nos números, apenas olhando uma sequência. Se forem várias sequências, concentre-se em uma de cada vez.

Também é bom memorizar a seqüência de números, para que você possa se concentrar a qualquer hora.

Ou escrevê-la em um pedaço de papel várias vezes.

Você pode, também, recitar os números ou cantar. Sempre número por número. Exemplo: 48154211 (quatro, oito, um, cinco, quatro, dois, um, um).

Visualizações são também recomendadas

A sequência numérica saindo de um raio de luz e se iluminar.
Imagine as sequências numéricas em 3D e, de preferência, na cor prata.

O trabalho com as cores também é indicado. Imagine os números na sua cor predileta ou naquela cor que vier à mente.

Você pode também trazer movimento aos números, no qual eles se esticam, separam e em seguida juntam-se em um ponto, etc.

Você pode também imaginar os números em uma esfera/bola. A seguir, introduzir a pequena esfera no corpo, no lugar onde dói, por exemplo.

Imagine as sequências numéricas sobre sua cabeça e, a seguir, caindo sobre você como a chuva. Se quiser colorir em luz prateada, ainda melhor!

Você pode escrever mentalmente sobre uma nuvem. Este modo de concentração é muito bom, porque aqui você se concentra nas sequências numéricas e em áreas distantes da consciência ao mesmo tempo. Concentrando-se em áreas distantes da consciência os resultados serão ainda mais rápidos.

Nota: Se se concentra em áreas distantes da consciência, o resultado é muito mais rápido e, portanto, a cura pode acontecer ainda mais rápida. Concentre-se, por exemplo: Nuvem, lua, sol, outros planetas, no infinito…

Também muito bom:

Se você escrever em um pedaço de papel e, sobre ele, por um copo com água por alguns minutos. Pode também escrever na garrafa.

Você pode colocá-lo no bolso do casaco, bolsa etc. Levando sempre consigo para sempre dar uma olhada.

Distribuir vários pedaços de papel com os números no lar, escritório, no carro…

Você pode pendurar os números, por exemplo: 

Nas paredes, nas portas, na geladeira etc. Enfim, POR TODOS OS LUGARES!

Escreva num papel os números e ponha embaixo do travesseiro ou cama, deixando-os „trabalhar“ durante a noite.

Escrever os números numa folha de papel juntamente com a mais positiva formulação de seus objetivos. Ter esta folha sempre consigo para que possa sempre se concentrar nela.

Escrever os números na pele apenas com o dedo ou com caneta. Próximo ou em cima do local afetado. Nota: Use, de preferência, canetas com tinta especial, como para tatuagem falsa. Lápis de cor ou corante para comida.

Você pode escrever em um pedaço de papel e, em seguida, por um esparadrapo, de modo que os números fiquem para baixo, quando você colocar sobre a pele.

Nota 1: Se você precisar de várias sequências de números, concentre-se numa após a outra.

Nota 2: Se usar várias sequências, escreva-as uma embaixo da outra.

Nota 3: Se for escrever num local do corpo que esteja dolorido ou ferido, escreva diretamente em cima onde dói ou próximo ao local ferido.

Nota 4: Visualize apenas o resultado, e näo como vai ser resolvido!

Importante: Enquanto se concentra em uma sequência numérica, tente visualizar o resultado desejado e formular o mais positivamente possível.

Por exemplo: 

“Padrão absoluto de saúde”
“Padrão da coluna vertebral”
“Norma absoluta da alma, espírito e corpo”
“Harmonização de eventos“.

Desabilite a Playmusical do Blog


APOSTILA

Atenção utilize a busca para pesquisar os Códigos de seu interesse desta postagem. 

Não farei pesquisa para ninguém, pois a quantidade de solicitações é grande, não disponho de tempo para atender a todos.

Então afim de agilizar sua procura:

Por gentileza, leia o texto todo, pesquise você mesmo, boa sorte. 

Comentários solicitando pesquisa de Códigos serão excluídos.

Paz e Luz.

LIMPEZA DE ANO NOVO

No final de ano nós costumamos refletir sobre o que vivemos e fazer um balanço do que fizemos de bom e dos nossos desejos para o próximo ano. 

Agradecemos o que foi positivo, tentamos nos livrar de vez do que foi ruim e, no dia 31 de dezembro, nos preparamos para mentalizar o que há de melhor. Seja pelas superstições, cores de roupa, comidas ou hábitos, são muitos os nossos rituais.

Nessa hora, a natureza sempre pode ajudar, com a energia da terra e das plantas, da água, do fogo e do ar. Você pode utilizar os óleos essenciais e praticar a Aromaterapia tradicional ou apenas usar as essências, trabalhando a parte energética.

A proximidade do novo ano traz consigo a necessidade de preparar a casa para o novo ciclo que irá iniciar. Usando pedras e cristais você pode limpar os ambientes das energias negativas, trazendo o tão desejado equilíbrio para o seu lar. 

Veja abaixo algumas sugestões:

LIMPEZA DA CASA
A faxina anual já é uma tradição mundial. Os iranianos praticam o “tekouni khooneh”, que significa literalmente “sacudir a casa” antes do ano novo. Tudo é cuidadosamente limpo, cortinas ao mobiliário. 
Uma tradição similar é a escocesa “limpeza de ano novo” na Hogmanay (31 de dezembro), uma prática difundida agora também na Irlanda, Nova Zelândia e, em certa medida, na América do Norte. 
Há também a antiga prática judaica de higienizar o lar, em antecipação do feriado de primavera da Páscoa (do hebraico Pessach). 
Na Grécia, os ortodoxos e de outras nações, é tradicional limpar a casa muito bem antes ou durante a primeira semana da Grande Quaresma, que é conhecido como Clean Week. Isso também muitas vezes coincide com o Ano Novo Julian ou 01 de abril.
No Brasil temos a prática de limpeza com o sal grosso, que nada mais é do que cristais de sal. O sal grosso tem a propriedade de absorver toda e qualquer energia negativa acumulada. 
É bem fácil: coloque um punhado bem generoso de cristais de sal no balde com água e passe por toda a casa. Lembre de ter especial atenção nos cantos e teto, e comece de dentro para fora da casa.
Depois do ambiente todo ser bem “limpo” é importante colocar pontos de força de energias positivas para harmonizar os ambientes e trazer equilibrio para a casa. Abaixo seguem algumas sugestões para os diversos ambientes.

PURIFICAÇÃO DA NEGATIVIDADE

Esquente uma quantidade de água suficiente para cobrir seus pés, quase no ponto de fervura. Despeje a água num recipiente adequado (pode ser uma bacia ou um balde) e espere a temperatura ficar suportável.

Depois disso, pingue 7 gotas de óleo essencial de Eucalipto ou, se preferir, de essência de Eucalipto. Mergulhe seus pés na água e fique refletindo em silêncio por alguns minutos, dando adeus a tudo de ruim e agradecendo as lições que os obstáculos puderam te ensinar.

Procure libertar-se de mágoas, raiva e rancor. Quando sentir que já ficou tempo suficiente, seque os pés numa toalha e despeje a água no jardim ou em água corrente. Este banho irá purificar as energias negativas, limpar sua aura e amenizar o cansaço.

HARMONIZAÇÃO DE AMBIENTES
Porta da casa – é muito bom colocar um ônix que filtra a carga energética negativa, não permitindo que ela entre. O local pode ser atrás ou na lateral do batente da porta, de preferência do lado esquerdo de quem está dentro da casa.
Sala – a druza de quartzo branco traz um ponto de força e apoio a quem vive na casa. Escolha um local de destaque para que a influência energética da druza abranja toda a sala.
Quarto – quartzo rosa para o quarto de casal (manter o relacionamento cheio de amor incondicional); quartzo branco para quarto de solteiro que busca a evolução pessoal; ou o quartzo verde ainda no quarto de solteiro para o equilí­brio e bem-estar do corpo físico. Posicione o quartzo na cabeceira da cama, em qualquer das situações.
Cozinha – uma pirita é muito usada como amuleto para trazer riqueza e prosperidade. Coloque-a numa prateleira ou no batente da janela.
Banheiro – use o cristal de sal (o sal marinho ou sal grosso), na pia ou bancada para manter o ambiente limpo energeticamente.
ENFEITE DE MESA PARA PROSPERIDADE
Pode-se colocar em um recipiente de vidro ou cristal, em local destacado da sala de estar ou mesmo na mesa de jantar, para trazer os benefí­cios das pedras e cristais para o ano que se inicia:
Quartzo branco, Ametista, Sodalita, Fluorita, Quartzo azul, Água Marinha, Quartzo rosa, Quartzo verde, Citrino, Pirita, Jaspe vermelho, Ágata de Fogo, Granada e Ônix.

Acenda velas na mesa da ceia, sempre se preocupando com a segurança das crianças ou animais de estimação, que podem querer mexer com o fogo. Se for passar as festas fora de casa, acenda velas enquanto se prepara para sair.

Recomendo velas de laranja, canela e/ou mel. Acenda a(s) vela(s) e pense em toda a prosperidade que teve neste ano. Agradeça por tudo o que tem (mesmo que ainda esteja longe do ideal) e mentalize prosperidade, desenvolvimento e progresso para o próximo ano. Que você caminhe cada vez mais em direção à realização profissional e financeira!

Esta é uma maneira simples, rápida e em conta de fazer um ritual especial para a passagem de ano, trabalhando a espiritualidade, limpeza, amor e prosperidade. Feliz Ano Novo!

CUIDE DE SUAS PEDRAS…
Limpe-as e energize-as frequentemente. Você as quer te ajudando, não é? Não as esgote!
Faça uma limpeza fí­sica com bastante água (de preferência de fonte, mina, poço, lago, rio, chuva ou mar), escova de cerdas macias (de preferência naturais) para retirar os materiais presos e um pano de algodão. 
Passe para a limpeza energética e a energização que mais se afine com sua pedra e você.
A limpeza energética pode ser feita de várias maneiras: colocando as pedras em cima de uma druza, deixando-as na chuva, lavando-as em água corrente, ou mesmo, água com sal grosso.
A energização das pedras e cristais pode ser feita pela luz do sol, da lua, pelo fogo, pela terra, deixá-las na tempestade, na chuva, lavá-las na cachoeira ou mar, etc.
BANHO DE AMOR
Esquente dois litros de água, e deixe a temperatura ficar ideal para utilizá-la no banho. Pingue 6 gotas de óleo de ylang-ylang ou 3 gotas de essência de rosas e 3 de essência de jasmim. 
Agradeça por todo o amor que tem em sua vida. 
Não só o amor de seu par, mas também o amor de seus pais, filhos, irmãos, amigos, família e, principalmente o amor-próprio. Caso esteja só, mentalize o amor que você quer encontrar e peça que ele chegue em sua vida. 
Despeje esse banho mentalizando muito amor, paixão, união, harmonia e tudo o que você quiser para você.

http://despertardegaia.blogspot.com/

PROSPERIDADE – Seu Direito Divino


* ORAR 7 DIAS NO MESMO PERÍODO: MANHÃ, TARDE OU NOITE
EU SOU um(a) filho(a) querido(a) de Deus. Deus EU SOU, Poder e Vida, me abençoa com todas as coisas boas que eu quero realizar. O grande desejo de Deus, é que EU, parte da Sua Presença EU SOU, seja completamente FELIZ e REALIZADO, PRÓSPERO e SAUDÁVEL. Existe um oceano infinito de coisas boas disponíveis e minha mente e meu coração determinam quanto desse suprimento de coisas boas, eu sou capaz de receber. EU SOU bom e tenho um valor infinito, EU SOU a exata imagem de DEUS em ação.
Eu mereço todo o bem que quero manifestar em minha vida. Isto inclui todas as área de minha vida: minha saúde, minha aparência, o Amor que eu recebo, minhas habilidades, a realização de cada sonho de meu coração. Eu não sou pequeno ou sem poder. EU SOU UM GRANDE SER! Eu sei o que quero manifestar, e eu ouso pensar GRANDE, sonhar, criar, dar e receber de forma GRANDIOSA!
Não existe nenhum bloqueio para que eu possa receber todo o bem que existe: o Universo diz apenas SIM PARA TUDO O QUE EU ACREDITO. Eu agora invoco que quaisquer crenças erradas sobre receber o que há de melhor que eu mereço na minha vida, sejam dissolvidas em Amor e Luz da minha Divina Presença EU SOU. 
EU AGORA RETIRO qualquer voto de pobreza que eu tenha feito nesta ou em outras vidas, quando compreendia de forma errada que o plano material e espiritual não são os mesmos. O dinheiro e o Plano material também são energias de Deus, da mesma forma que as energias das intenções de amor e luz em cada coração.
Eu utilizo o maravilhoso poder que eu tenho e o dinheiro que eu recebo de forma sábia e amorosa. Eu me perdôo pôr qualquer uso não sábio no passado e aceito a sabedoria que eu ganhei dessas experiências. Eu me purifico mais e mais profundamente com o auxilio de Deus. Conforme eu aceito e espero apenas o melhor para mim, agindo de forma apropriada, tudo na vida conspira para trazer-me o que eu desejo. Eu reconheço que uma vida plena em abundância convive em harmonia com a vida espiritual, uma vez que sou Uno com Deus.
Eu também tenho e terei muito mais para dar, tanto para os que precisam, quanto para os que auxiliam a melhorar a vida no Planeta. Eu estou seguro e sou amado por receber tudo o que eu desejo. Meus pais, familiares e amigos me amam conforme eu manifesto meu poder e crio minha vida da forma que escolho. A minha abundância está na minha CONSCIÊNCIA, basta eu me abrir para recebê-la livremente. 
Minha abundância não pode ser retirada. Não existe perda com Deus e qualquer aparência de perda é substituída por algo ainda melhor. Todo o meu bem está aqui continuamente e abundantemente, aumentado cada vez mais, sempre. Existe muita coisa boa preparada para mim porque Deus é Abundância e tudo é Deus. 
Todo o bem é criado diretamente conforme minha aceitação. Eu reconheço a aparência de fontes limitadas no plano físico neste momento, e conforme eu amo e me preocupo com o meu querido Planeta eu sou sábio no uso de meus recursos. Mas eu seu que isto é temporário, que conforme eu cresço e me aproximo da minha UNIDADE com Deus, a manifestação virá diretamente do éter, retornando como um método natural de criar o que eu quero na minha vida AGORA.
Eu reconheço que como não há tempo para Deus e Deus está presente em todos os lugares, a Abundância de Deus também se manifesta AGORA.
Eu ignoro todas as falsas aparências de escassez e vejo apenas a Verdade da Abundância total de Deus direcionada para mim agora! Eu Agradeço tudo o que eu recebo na minha vida! Eu dou boas vindas para a Verdade e para a Abundância! 
Eu aceito, sinto, vejo e me alegro por ser abundante! Meu coração se abre em gratidão à Deus por tantas coisas maravilhosas.
Eu permito que Deus me traga Abundância por meios esperados e inesperados. Eu convido as surpresas felizes a fazerem parte da minha vida. Eu aceito Milagres e Mistérios. Eu não mais sou limitado por eventos e circunstâncias. 
Eu agora envio uma benção especial para todos aqueles que ainda não tem o que comer, os que não tem uma casa para morar e os que não atingiram a realização em suas vidas: eu os abençôo para que abram suas mentes e corações para a compreensão do desejo de Deus para que vejam todas as criações no reflexo perfeito da Sua própria abundância, e a habilidade perfeita de Deus para trazer abundância a cada forma de vida. 
Eu vejo um mundo onde todos tem toda a Abundância que o coração, a mente e o corpo desejam, e todos somos FELIZES, ASSIM SEJA, AMEM! AMEM ! AMEM ! AUM ! AUM ! AUM ! OM! OM! OM!

ALCANÇAR A PROSPERIDADE – Aldomon

Palestra de Aldomon

O contexto geral da palestra de hoje é mostrar Como os Espiritualistas Podem Alcançar a Prosperidade Nesta Fase de Transição. A única diferença entre o espiritualista e o materialista é que o primeiro acredita na evolução, ao longo de várias encarnações e na sobrevivência do espírito enquanto que o segundo (o materialista), não. 
Mas se o espiritualista não coloca em prática a sua crença na evolução espiritual e na imortalidade, pouca diferença haverá entre ele e o materialista no sentido de manter ou Alcançar Prosperidade, nesta fase em que estamos vivendo. 
O que seria esta Prosperidade a que estou me referindo? 
Digamos que cada um de nós nasça nesta dimensão, com um propósito: o propósito de alcançar o cumprimento e o resultado daquilo que precisamos aprender, isto é, vivenciar a nossa vida; daquilo que precisamos consertar; daquilo que precisamos experimentar e construir na vida. Consertar significa reparar os erros cometidos. Quer dizer, alguém desrespeitou certas Leis em vidas passadas, e reencarna para se ajustar com estas Leis – experimentá-las. A pessoa ainda tem que aprender muitas coisas; não está devendo, mas precisa viver certas situações para que, através delas aprenda e enriqueça a sua maturidade espiritual para as vidas futuras.
Há pessoas que encarnam para realizar tarefas, já que não devem nada (não há débitos cármicos), mas se predispõem a realizar algo em prol da harmonia da vida. Em todos esses casos precisar-nos-emos adaptar às Leis da Vida, vigentes para toda a humanidade. As Leis são inflexíveis. No entanto, a Lei Cármica, no passado não muito remoto, era lenta, por causa da dimensão vibratória de nosso planeta. Ela, a Lei Cármica era, relativamente, lenta, porque há uma relatividade de rápido e lento. Antigamente, ditados populares, quando se referiam a acontecimentos de alguém, diziam: a pessoa faz e o neto paga. Com o passar das décadas, o pai fazia e o filho pagava. 
Então, você fazia nesta vida e pagava em outra encarnação. Hoje, no entanto, o que se faz de manhã, à tarde se paga. Essa é a Lei Cármica. O que foi dito acima (ditado popular), naturalmente, que é força de expressão. Certamente, há casos, em que a pessoa se comporta, indelicadamente, com alguém de manhã e chegando ao trabalho, à tarde, alguém, também, a trata agressivamente. Assim, ela está pagando e recebendo na mesma moeda.
A Prosperidade e as Leis de Ação e Reação estão extremamente associadas; não tem como separar uma da outra. Por quê? Todos nós, naturalmente, queremos realizar os nossos sonhos, as nossas aspirações. No entanto, na fase atual, em que o carma está extremamente acelerado para o seu cumprimento, nós só conseguiremos realizar as nossas aspirações e sonhos, se nos adaptarmos às Leis Cármicas, ainda mais com as forças que estão atuando no momento (época atual – 1998). Este ano marcará as nossas vidas, mais do que nos anteriores. Por que marcará as nossas vidas? Porque chegou o momento de cada um de nós definir, em que postura e nível de vida irá viver. Que postura é essa? É uma filosofia de vida, onde a pessoa busca seguir as leis da vida ou tenta fugir do seu cumprimento. Cada um de nós tem o poder de escolha, o livre-arbítrio.
Naturalmente, que quem escolher viver na inconsciência e no desrespeito às Leis da Vida, sofrerá muito. Por quê? Porque o cerco cármico já está muito fechado. O que será esse fechar? Para uma determinada ação, a reação é rápida. Porque na transição planetária que está havendo e ainda crescerá mais fortemente, o exílio planetário será doloroso. Quer dizer, todos nós estamos sendo colocados à prova para determinar, através do nosso comportamento, o que somos. As pessoas serão colocadas, perante situações, onde serão tentadas a desrespeitar as Leis da Vida e fracassarão; quer dizer, elas desrespeitarão as ditas Leis. Esse comportamento acumular-lhes-á muitos pontos negativos, o que irá, muitas vezes, desencadear um desencarne prematuro, em função do desrespeito às Leis da Vida.
Ao chegar no mundo astral, ser-lhe-á feito uma leitura vibratória da mente e da sua consciência, sendo direcionada para as dimensões compatíveis a seu grau evolutivo. Em determinadas dimensões astrais, os seres estão sendo recolhidos para serem levados para outros planetas. Para alguém manter-se próspero, na fase atual, significa conseguir manter-se longe do desrespeito às Leis da Vida, isto é, manter-se num determinado nível mínimo de pontuação negativa. Quer dizer, que o fato de não errar muito nessa encarnação atual – errar quer dizer desrespeitar as Leis, – já é um sintoma de Prosperidade. Uma pessoa pode ter uma saúde, aparentemente boa; pode ter uma renda material, um patrimônio material considerado pela maioria como grande; pode ser famosa, inteligente, culta, como pode ocupar cargos de poder, seja ela religiosa, política ou do mundo financeiro e não ser uma pessoa, de forma alguma, Próspera. 
O que determina o grau de Prosperidade de alguém é a sua felicidade permanente e crescente; não, apenas, permanente, mas crescente. Felicidades instáveis são sintomas inconfundíveis de falsa Prosperidade. Ganhos materiais nada tem a ver com Prosperidade. Há pessoas consideradas ricas, isto é, que não se preocupam com as contas no final do mês e são extremamente infelizes, sentindo-se um zero à esquerda da vida. Quer dizer, pensam que só estão aqui, fazendo peso sobre a Terra; que não têm mais nada a fazer.
Cada dia, ao levantar-nos, devemos pensar: “Nossa, mas como é bom estar aqui, por poder realizar algo em prol da vida”. Com essa atitude e pensamento a pessoa está no caminho da Prosperidade. É como se ela olhasse para a vida e soubesse, que, se ela deixasse de existir estaria fazendo falta para alguém, mas não de forma egoística. Não é cuidar de um filho, porque o filho é sua cria e nada mais do que isso, e pensar: “Não, eu não posso morrer, porque meu filho sentirá muito a minha falta”. Não, não é isso que estou dizendo. O que eu quero dizer é o seguinte: É aquela pessoa, que fez algo em prol da vida, independente de ser um ente querido, familiar, mas sim no contexto geral. É um empresário que direciona o seu trabalho, não para ganhar dinheiro e, sim, para gerar empregos. 
Empregos que irão gerar renda. Renda que possibilitará a existência de famílias, de pessoas que poderão se alimentar, que poderão morar, estudar, se locomover, terão meios para evoluir, em virtude daquela pessoa ter sido um instrumento útil e ela se sentir feliz com disso. Essa pessoa é próspera, mesmo que seja dona de um comércio pequeno, e será bem mais próspera, do que o dono de uma multinacional, gerando milhares de empregos, mas que não tem a intenção de gerar benefícios aos outros e, sim, de enriquecer, simplesmente.
Então, a postura ideal de Prosperidade não pode ser direcionada para parâmetros de: o que vou ganhar com isso, não. A postura ideal de Prosperidade refere-se a: o que a vida, o que todos vão ganhar com isso? Para não se sentir isolado, a gente precisa questionar-se: “A minha ação está prejudicando alguém?” Qualquer pessoa que seja, se não estiver prejudicando ninguém, aí, sim, a sua ação é uma ação próspera, é uma ação que gerará felicidade, gerará contentamento. Na fase atual, só os espiritualistas, cumpridoras das Leis Cármicas, conseguirão alcançar Prosperidade. 
Os materialistas, que não acreditam nas Leis da Vida, verão as suas aparentes conquistas ruírem, dia após dia; entrarão em desespero e não conseguirão dormir à noite. Somente dormirão, após encherem o corpo de toxinas, a fim de bloquear a própria consciência. Aí, na verdade, não vão dormir, vão se auto desmaiar; irão provocar o seu desmaio. 
Então, é uma coisa muito séria. Por quê? Porque nós, nas diversas idades, seja desde criança até a idade adulta, estamos sujeitos a essas leis. Não existem crianças, não existem adultos imunes às Leis da Vida. Até os animais estão sujeitos às Leis de Ação e Reação, não só nós, os seres humanos, mas eles, também. Aí, estamos face a uma problemática, sobre a qual não quero me aprofundar. Em todos os seres, existem muitas manifestações das Leis de Ação e Reação, no sentido de obter Prosperidade ou não. Pode-se dizer, que existe um ecossistema econômico, englobando todo o Universo. 
Toda vez que uma pessoa lesa, por menor que seja, por mais insignificante que pareça e assim, venha a lesar a vida, descumprindo as Leis da Vida, outras Leis serão acionadas, para promover a sua educação. Aí, ela começa a perder. Nós estamos aqui, na Terra, para ser educados. Nada temos aqui, nada nos pertence, sequer este corpo que estamos vestindo. No futuro, muitas pessoas perderão este corpo, e nós precisamos preparar-nos, psicologicamente, para isso, porque a gente pensa que o corpo é tudo. Precisamos reprogramar-nos, psicologicamente, porque o nosso corpo não é tudo e quem caminha para a busca da Prosperidade, precisa aprender que o corpo é uma roupa, nada mais. 
Mas aprender significa, que o aprendizado correto não é o intelectual, não. É lembrar-se a cada dia, ao se levantar, ao caminhar, ao comer, ao respirar. É lembrar-se que esse corpo físico é apenas uma roupa; uma roupa que vestimos, com data marcada para vestir e usar. Quer dizer, a gente é programada para nascer num determinado período, mas para desencarnar, não é. Não digo morrer, porque a gente não morre; nem digo nascer, porque a gente surge neste mundo físico. Porque, de fato, a gente já vivia antes de assumir esse corpo.
Uma pessoa, muitas vezes, fala: “Puxa eu gostaria de evoluir, espiritualmente, mas a minha condição material não está propiciando tal coisa” ou, estou numa profissão que: oh! “Gente, eu só vou lá para ganhar dinheiro, porque nada tenho a ver com aquela profissão”. A maior parte dos habitantes da Terra trabalha em setores, para as quais não têm afinidade. Somente estão aqui, para poder resgatar os seus próprios carmas. 
Somente estão aqui, em função de débitos de vidas passadas, atuando em determinadas profissões de origem cármica. Mas, a partir do momento, em que a pessoa começa a aplicar os recursos adquiridos, através de uma profissão, que beneficie a vida de todos, com o intuito de, apenas, contentar-se em saber, que está contribuindo em prol da vida, ela passa a resgatar mais, rapidamente, o seu carma profissional.
O benefício do ecossistema econômico atua da seguinte forma: se você gera benefício à vida, a vida gerará benefício a você. Se você está em determinada profissão que você não goste e sinta-se um inútil, trabalhando naquilo, saiba que esta profissão veio para você, em função do mau uso que fez em vidas passadas, de outra profissão que você até gostava, mas que não gerou benefícios para a comunidade, – para o todo. Na maioria das vezes, nessa vida mesmo, dependendo da idade da pessoa, muitas pessoas tiveram grandes oportunidades, para gerar benefícios e fizeram mau uso delas. 
Então, como alterar isso? Em 1o lugar, não há como alterar isso, rapidamente ou facilmente, a não ser que a pessoa gere muito benefício à coletividade. Gerando muito benefício, em período de poucos anos, isto é, de uns dois ou três anos, a pessoa poderá apresentar mudanças consideráveis no campo profissional. Porém, essa rapidez dependerá dos benefícios gerados à humanidade. Em muitas pessoas, com as quais convivi, pude presenciar a mudança profissional, num período muito curto de tempo. Só, que tal mudança, somente veio para a pessoa, a partir da mudança de sua postura de pensamento. 
Ela passou a pensar: “Não, eu preciso mudar o meu comportamento, tudo bem; tenho um trabalho, onde não me realizo, mas, com os recursos obtidos desse trabalho, tenho como empregá-los em algo que me realiza. Esse meu realizar, também, deve estar direcionado, em realizações para a coletividade. Quer dizer, eu estou ajudando a vida” e isto conduz à Prosperidade. (Prosperidade é felicidade constante e real, é paz e alegria de viver, permanentemente). 
Para adquirir Prosperidade, precisamos mudar a nossa postura de pensamento. Quando formos pensar em fazer qualquer coisa, não pensemos exclusivamente, no que ganharemos com isso, não importando os outros. Precisamos pensar no quê o contexto todo vai se beneficiar, através do nosso comportamento, com a nossa ação. Se todo o contexto for beneficiado, com certeza absoluta, estaremos construindo a nossa Prosperidade. Falo, porque eu me considero uma pessoa muito próspera. Eu não sou rico. Não tenho poder político, mas consigo realizar com harmonia, com tranqüilidade, com paz, aquilo que eu vim realizar. Mas nem sempre foi assim. Houve época em que não era assim.
Mesmo com boa intenção, a gente não consegue Prosperidade. Não basta apenas boa intenção. É preciso ter conhecimentos das Leis e segui-las. Então, a Lei consiste em você doar algo pela vida e, então, a vida doa algo, para que você continue doando (algo mais pela vida). E, quando a vida não precisar mais daquele tipo de doação, ela lhe corta aquela doação, para direcioná-lo para outro setor de manifestação de vida. O que, que eu estou querendo dizer com isso? 
Estou querendo dizer o seguinte: você está trabalhando, está morando e está tendo determinados recursos materiais; quando a vida não precisar mais dos seus serviços, ela lhe tira a sustentação para aqueles recursos e você é, compulsoriamente, direcionado para outras coisas. É preciso compreender isso. Outra coisa a ser entendida, é que, nem sempre é ruim acontecer algo que nós não esperávamos. 
Portanto, nós devemos, sempre, fazer bem a nossa parte. Deus, o Ser Supremo que controla as leis, faz a parte Dele. Não devemos ter uma visão cega a respeito do próprio comportamento; o certo é ter uma visão, plenamente, consciente. É saber que ser próspero, por exemplo, é uma conseqüência do quê? Ser próspero, depende da maneira como se trata as pessoas, isto é, como a gente está se relacionando com alguém, seja no namoro, no noivado ou no casamento. Naturalmente, que a convivência humana é uma das coisas mais difíceis de se enfrentar, porque somos extremamente emocionais e a emoção é incoerente.
A emoção não tem razão de ser, ela é irracional. Ela é instintiva. É um programa que funciona, nem sempre, através de um motivo real ou racional e isso dificulta a nossa convivência, isto é, a nossa convivência no namoro, no noivado, no casamento ou no “juntar”. Quando eu falo em casar ou casamento, é conviver com uma pessoa, ali, dia após dia; você pode não ter papel passado, mas todo dia acorda e vê aquela pessoa; você lida com o lado mais difícil dela e ela com o seu. 
Este relacionamento só chegará a um parâmetro de Prosperidade, se você começar a tratar a outra pessoa com amor, com tranqüilidade, com respeito e com justiça. O casamento pode não durar, mas se você tratar a pessoa desta forma, os seus relacionamentos futuros não se realizarão com pessoas que o farão sofrer.
Logo, no casamento pode-se facilmente verificar o sintoma da falta de Prosperidade. Por exemplo: uma pessoa que está carregando uma cruz no casamento. Ela age de forma amorosa, de forma justa, de forma sábia, de forma carinhosa, submetida aos diversos aspectos do amor, da justiça e da sabedoria e mesmo assim ela está carregando a cruz. Por quanto tempo, não se sabe, mas um dia, a cruz lhe vai ser tirada das costas, isto é, no correr da vida.
Quando a gente está no caminho da Prosperidade a gente é bondoso(a) com o(a) nosso(a) companheiro(a). A gente não é somente bondoso(a) com aquela pessoa, não, mas, também está sendo, com todas as pessoas do mundo e dos mundos. Todos nós somos um; não podemos esquecer disso, jamais. Se você trata bem uma gota d’água de uma margem de um oceano ou de um mar, você está tratando todo o oceano daquela forma e todo o oceano tratar-te-á da mesma forma; tudo na vida apresentar-te-á esse padrão. Se alguma parte do oceano, ainda, o trata mal, é porque você tratou mal o oceano em outra vida ou nesta vida, em outra oportunidade.
A Prosperidade é construída dia após dia. É como um prédio imenso, construído com tijolinhos pequeninos, que foram colocados dia após dia, até virarem prédio. Não é pensar, porque colocou um tijolinho hoje, todos os muitos tijolos que jogou na cabeça dos outros resultarão em construção harmônica e cheia de paz, não. Tudo leva um tempo para a ação transformar-se em reação. No carma, a ação negativa gera uma reação, também, negativa, depois de algum tempo! 
No darma, que é uma ação positiva (pelo cumprimento do dever ou das Leis), também, só haverá uma reação positiva, decorrido algum tempo, Naturalmente, se alguém gerar benefício à vida humana, simplesmente, no intuito de receber benefício, ela perderá a oportunidade de obter prosperidade espiritual, pois somente terá prosperidade material. Prosperidade espiritual é o retorno das boas coisas feitas para o bem dos outros.
Mesmo que haja facilidade na harmonização material, chegará o momento de faltar algo, que é a Prosperidade Espiritual que é muito maior do que a material, muito maior. Seja no lado profissional, por exemplo: se você trabalha como funcionário público, aqui em Brasília ( aqui, a maioria é funcionário público; não é como em São Paulo, onde a maioria é empresário ou funcionário de empresa), não pense que o seu dinheiro, isto é, o seu salário é dado por uma mão invisível, não. Ele é dado por toda a população do país e você irá prestar contas a todo esse país. Só que não é só o país, não; é o mundo como um todo, os outros países, os outros planetas; é um contexto geral de vida. Então, desempenhando a sua função, é necessário, para ter real prosperidade, realizá-la com o máximo de eficiência possível.
Não pense, não: ninguém está vendo, ninguém vai cobrar de mim. Então, pensa: ah, eu trabalho na hora em que eu quiser; eu saio na hora em que eu quiser; eu não bato ponto mesmo. Mesmo que bata, fico lá enrolando. Poderia fazer mais coisas do que faz e deveria; fica, ali, matando o tempo; fica lá no computador, jogando. Todo o mundo pensa que você está trabalhando, mas está é jogando. Isso atrapalha a prosperidade. Há lugar e tempo de trabalho e há tempo de lazer. Precisamos ser pessoas produtivas pela vida a fora, continuamente, senão, não teremos a prosperidade que desejamos.
Toda vez que uma pessoa usa a sua energia, seja através da própria palavra, dos olhos, da audição, ou para ver coisas, escutar coisas que não são produtivas à vida, vai faltar-lhes energia para coisas úteis ou prósperas. Exemplificando: o que é a doença? É o mau uso da energia corporal. Pessoas que ficam falando muito mal da vida dos outros (era comum em vidas futuras, hoje em dia não tem mais isso, não; hoje em dia, acontece é na vida presente) desenvolvem infecções, desenvolvem problemas na área da fala; a pessoa mantém a capacidade da fala durante algum tempo, depois a perde. A partir de 1998, vai ser assim, viu gente? Usou mal aquilo que tem, o carma irá cobrar rapidamente.
Por isso, essa palestra foi preparada e desenvolvida, tão rapidamente. Eu não ia falar sobre esses temas, agora, e sim, depois da transição. Mas essa fase exige conhecimento. A Lei não funciona somente para aquele que a conhece, não; mesmo, para quem a ignora, ela exerce os seus efeitos. Precisamos tornar-nos conscientes delas. Então na prosperidade material, veremos, inicialmente, o aspecto material. Depois veremos os demais aspectos, já que o nosso tempo é restrito. Daqui para a frente, controlarei melhor o tempo. No sentido material, como eu já vinha falando, nós, ao nascermos aqui, a primeira coisa que adquirimos é um corpo; um corpo físico que usa, como matéria-prima para sua construção e manutenção, a força dos alimentos.
Geralmente, quando nascemos, nós mamamos na nossa mãe. A nossa mãe come e a matéria-prima que ela come, transforma-se em nosso corpo, após processada; depois vamos crescendo, começamos a estudar e gerar ação. Quer dizer, desde criancinha nós já geramos ação. Somos aquela criança que desde a infância gosta de destruir as coisas, quebrar as coisas, voluntariamente. Não é problema de coordenação motora, ou imaturidade e sim malvadeza mesmo. Isso gera um débito cármico para a pessoa. Toda vez, que geramos, voluntariamente (e mesmo involuntariamente, por inconsciência ou ignorância), dano à vida, a vida nos tirará, nos cobrará coisas.
Então, desde criança, depois que está um pouco crescidinha (estou dando um exemplo simples de criança), ela já tem possibilidade em arrumar a própria cama, cuidar da própria roupa, cuidar das coisas básicas de higiene e de organizar as coisas simples. Nessa época, ela já começa a negligenciar, dizendo: não, eu tenho mãe, eu tenho pai, eu tenho empregado e fica jogando tudo para os outros. Cada ação, cada trabalho realizado ou não é contado como energia, que vai para a energia do ecossistema econômico global. Então, se você podia fazer algo e você não fez, no momento, em que você precisar daquela carga de energia, você não terá, porque outra pessoa fez por você. 
Assim, você terá que fazer algo pelos outros.Na presente vida, uma criancinha ainda não tem mérito dessa vida, mas pode ter mérito, oriundo de vidas passadas e a partir do momento, em que gasta os seus méritos, ela vai gastando os recursos materiais. Quando chega na fase de adolescência, ela precisa gerar benefício ou promessa de benefício. O que é promessa de benefício? 
Um adolescente que estuda com empenho, procura dominar determinadas áreas para depois oferecer serviço, oferecer benefícios à humanidade; mesmo que não esteja gerando, ali, benefícios de produtos produzidos naquele momento, mas, no futuro, irá gerar. Então, ele está se preparando para gerar um benefício, estudando e pensa: sim, eu vou gerar benefício futuro, tudo bem. Ele (o adolescente) pode receber benefícios da família, ou de alguns amigos que, tal ajuda, não estará atrapalhando a sua prosperidade.
Agora, a partir do momento em que a pessoa pensa: não, eu enrolo aqui, recebo apoio da minha família e vai preguiçosamente negligenciando responsabilidades, nem estuda para se tornar apta ou perita em determinada área de ação que gerará benefício humano e fica, simplesmente, deixando o tempo passar, essa pessoa não está no caminho da Prosperidade. Ela, inevitavelmente, terá problemas no futuro e aí, apelará para cometer injustiças no futuro. Ao agir de forma injusta, contrai carma e os pais que a incentivaram para isso, estão gerando, também, problemas carmicos para si mesmos.
Isso quer dizer o seguinte: Para trabalhar a Prosperidade é preciso ser amoroso; mas, para ser amoroso é preciso ser justo, senão não estará construindo de fato o aspecto do amor. Isto significa dizer, que amor sem justiça é falso amor e falso amor não gera Prosperidade. Todos nós temos como ter o necessário para realizar o que viemos realizar, sem ter preocupação. O problema é, que por falta de conhecimento, nós desperdiçamos os recursos e depois nos faltam recursos, quando, de fato, precisamos. E, aí, não adianta reclamar, que Deus é malvado, porque você precisa de determinada coisa, e não tem; você jogou fora, ali.
Imagine, que Deus te deu um copo de leite. Aquele copo de leite é do tamanho certinho para você tomar em determinadas horas e você um tanto glutão fala: ah, eu vou tomar tudo é agora. Não precisava tomar tudo, agora; podia tomar aos poucos, ao longo do dia inteiro e a pessoa vai e toma ou, mais ainda, derrama e fala: tem demais e derrama, desperdiça, mesmo. Aí, chega a tantas horas e a fome bateu, novamente, e a pessoa olha para o copo e o copo está vazio. Aí, a pessoa fala para Deus, dê-me mais um copo de leite…mas, e o meio copo de leite derramado, o seu meio copo de leite desperdiçado? Assim, como reação ao passado (Lei do Carma), a partir de amanhã ela só receberá meio copo de leite e se ela roubou dois copos de leite, ela não receberá nenhum, durante dois dias.
As Leis Cármicas são inflexíveis, isso nós precisamos compreender. Outras leis podem se sobrepor a leis mais fracas. O carma é soberano, no elenco das leis. O Carma não é uma cruz de ferro que a gente está obrigado a carregar, a gente pode transmutá-lo. Mas, para transmutá-lo é preciso cumprir leis mais fortes ainda do que aquelas que desrespeitamos, para que elas ajustem as leis mais fracas, mas inflexíveis. É preciso voltar a lembrar disso: a gravidade existe. O avião não anula a lei da gravidade. Ele, simplesmente, aciona e usa uma lei mais forte ainda do que a da gravidade, a da sustentação pelo ar. A mesma coisa acontece com a Lei do Carma e com a Lei da Prosperidade. 
Uma pessoa, que hoje está em situação difícil, seja profissionalmente, materialmente, a nível cultural, de escola, aprendizado, família, saúde e no lado afetivo, é porque andou desrespeitando as Leis, por ignorância ou por simples negligência. Mesmo conhecendo as Leis, pensava que eram balela, que não eram reais. Mas as Leis são reais e nós podemos construir a Prosperidade, partindo delas. 
Não basta ser espiritualista, não. Precisamos respeitar as Leis, precisamos conhecê-las. Não adianta chegar, lá, e dizer: não, eu sou espiritualista; eu trabalho para a falange da luz tal, para o comando da luz tal. Não adianta nada. Se desrespeitou as Leis, não adianta, você vai pagar pelo distúrbio, no aspecto material ou afetivo, também. A partir do momento, em que você tem como gerar benefício, gere benefício, nem que seja só material. Ah, mas eu não dou conta de fazer isso; faça aquilo que você dá conta. Não use como desculpa a mesma estória do cavalo preguiçoso. 
O cavalo preguiçoso fala: ah, eu não dou conta de correr rápido, eu não dou conta de voar, eu só dou conta de andar muito devagarinho; então não vou fazer nada. Não. Ande no seu ritmo, carregue o que você dá conta, faça o que está ao seu alcance. Cada benefício que geramos em nossa vida ou para a vida de alguém, inevitavelmente, volta para nós.
No entanto, o benefício precisa ser gerado de forma justa. Não adianta você pensar, assim: não, eu vou ajudar; você vê uma pessoa passando uma dificuldade material, você vai lá, e ajuda. Nem sempre você está, de fato, ajudando. É preciso ter muita maturidade. Muitas vezes, você está atrapalhando, porque aquela pessoa é negligente em suas funções. 
Darei um exemplo de dificuldades materiais que eu vi em determinada pessoa. Essa pessoa tinha um salário razoável. Todo o mês ela recebia aquilo. Só que tinha um hábito, um vício: ela adorava comprar roupas caras. Então, ela ia num shopping, via numa loja aquela roupa, ficava louca. Somente era feliz se tivesse aquela roupa e comprava, comprava, comprava. Chegava no final do mês e o salário não dava para pagar tudo que tinha comprado. O que acontecia? Ela tirava dinheiro do aluguel, dinheiro da alimentação, do transporte, de coisas básicas que ela realmente precisava. 
Quer dizer, ela podia usar a roupa antiga que tinha; ela não estava andando sem roupa na rua. Mas era viciada em comprar roupa. Aí, o que acontecia no final do mês? Oh, mãe, oh, pai, oh irmão, me ajude. Preciso de dinheiro. Não tenho dinheiro para pagar o aluguel. Aí, todo o mundo: nossa, ela não tem o dinheiro do aluguel. Ah, a gente vai dar o dinheiro para você. Só que havia uma coisa. Se abrisse o armário da pessoa, havia lá, aquele tanto de roupa, muito mais do que precisava. 
Quer dizer o seguinte: ela estava tirando dinheiro de itens do que mais precisava, para comprar o que não precisava. Na verdade ela precisava dinheiro para moradia, para se transportar, para se alimentar, porque não administrava direito o seu salário. Quem ajuda, nesse caso, está ajudando, de fato? Não, não está. Será preciso educar a pessoa. Ela precisa , devolver a roupa, ou vender o que comprou, mesmo que não pegue o preço de aquisição. É educativo. Não é a questão da ação em si. É o que ela implica. Ela deve ser exortada a não comprar; deve ser proibida de comprar. Digam-lhe, os parentes: se comprar, não ajudamos; se extrapolar o orçamento, não ajudamos.
Cada um de nós tem o que é necessário, mesmo quem viva, digamos, num barraco de tábua, ganhando um salário mínimo, por mês. Por que eu falo isso? Porque a partir do momento em que a pessoa raciocine, ela adotará outra postura: não, eu quero ter mais do que eu tenho. Aí, ela precisará gerar mais benefícios do que está gerando para a vida. Não adianta pensar assim: eu quero ganhar o mesmo que uma pessoa que estudou mais de uma década, quase vinte anos, desde a infância estudando, fazendo faculdade, estudando horas e horas a fio. Depois que estudou muito, arruma um emprego. Depois que arruma o emprego, faz cursos de aperfeiçoamento. 
Vai querer que aquela pessoa, que se esforçou ao longo de tantos anos, tenha o mesmo benefício de uma pessoa que nunca se esforçou? Ela fugia da escola, gazeteava, não gerando benefícios em outros setores; ficava assistindo televisão o dia inteiro e não gerava benefício a ninguém. A pessoa que fica matando o tempo que é tão valioso, vai ter problema material, é inevitável. Ela não terá todos os recursos necessários à vida, porque desperdiçou. 
Por isso, precisamos aprender até que ponto não estamos abusando daquilo que recebemos, desperdiçando. “Peraí”, eu preciso disso? Preciso. Então, pode adquirir, com certeza, que não terá problema. Agora, se não precisar, aí haverá problemas, com certeza. Toda vez que for abrir a carteira pense: eu vou adquirir isso e isso levará a que? Não é ficar avarento. Avareza é a pessoa que precisa adquirir determinada coisa para realizar mais pela vida e não quer abrir mão daquilo que tem. É dando que se recebe. Agora, se der de forma descontrolada, não vai receber. É preciso agir, sempre, dentro de um equilíbrio.
Um empresário, ao montar uma empresa, não pode ter seu pensamento voltado, prioritariamente, no enriquecimento próprio, isto é, ser ele o único beneficiário do empreendimento. O primeiro pensamento nesse contexto vai ser importante? Sim. Haverá, como se pode dizer, lei de mercado; as pessoas precisam disso? A maioria dos empresários, a partir desse ano, falirá. A maior parte dos novos empresários assumirá a posição dos antigos. Não é que acabarão as empresas, não. 
A questão é que haverá reciclagem no mercado. Umas empresas sairão do mercado, dando lugar a outras. Os dirigentes das empresas, que não têm como perder materialmente, perderão em outros setores, como na área da sua saúde, e em muitas outras. Por quê? Porque eles fizeram uma coisa: fabricaram necessidades ilusórias, supérfluas.
Quer dizer o seguinte: eles inventavam um produto que não era de fato necessário para a população, mas eles queriam ganhar dinheiro e aí o que faziam? Vendiam uma imagem para a população de que a população necessitava daquele produto, mas isso não era real. A mídia de massa, geralmente, faz isso. Ela incute nas pessoas: não, você precisa ter isso, porque, se não tiver, você não é feliz. E a pessoa é programada. Vai lá, e adquire sem necessidade. Vai faltar-lhe aquilo que, de fato, necessita. Quando precisar, ela falará: gente, eu estou apertada, materialmente. Essa coisa de ficar apertado, materialmente, é um sintoma de algum distúrbio material na área da Prosperidade. 
Em determinada fase, você tem muito. Em outro período, falta-lhe até o básico. Isso é um distúrbio na área da prosperidade material. Estas coisas acontecem, porque a gente adquire coisas que não precisava em determinada fase; assim, em outra, falta aquilo que é básico; aquilo que é necessário para a nossa realização de crescimento de vida e do contexto geral. Os empresário que fabricam necessidades ilusórias pagarão caro, principalmente, na fase que se inicia agora, pois perderão muito e ficarão sem o necessário, no sentido de realização como um ser, isto é, no existencial, na Prosperidade Existencial.
É muito duro a pessoa acordar todos os dias de manhã e pensar assim: se eu não sair da cama e ficar aqui o dia inteiro não fará nenhuma diferença. Isso é duro, é sinal que está faltando Prosperidade. A pessoa precisa sentir que ela é necessária neste mundo, senão não tem razão de ela estar aqui. Então, ela está aqui pagando pecados? Pecados que eu falo, são os erros. Ela precisa acordar e sentir: hoje eu vou fazer; terei aquele ânimo de realização; realizarei coisas e gerarei benefícios. A partir do momento, em que acordamos e sentimos isso, nós estamos existencialmente bem, se isso não for uma coisa esporádica.
A Prosperidade existencial, é um tipo de Prosperidade da qual acho, que ninguém ouviu falar. Talvez, se ouviu não é muito comum. Porque, todos associamos a Prosperidade com aquela qualidade inerente à pessoa que entrou numa empresa como simples funcionário e foi, rapidamente, galgando, galgando, até chegar à chefia. Essa é considerada uma pessoa próspera. Ou, então, é a pessoa que montou uma “vendinha” e com o passar dos anos ficou com uma cadeia de supermercados. Essa, também, dentro dos parâmetros comuns da sociedade, é pessoa próspera. Isso não tem nada a ver com Prosperidade. 
A pessoa pode ter obtido tudo isso e não ter Prosperidade e outra pode ficar anos com a mesma coisa e ter Prosperidade. Por quê? Porque o que conta como Prosperidade é a utilidade do benefício causado à coletividade e a realização interna da pessoa. Numa realização comercial, em que a pessoa não perde existe a falsa e a verdadeira Prosperidade. A Prosperidade falsa consiste naquela em que a pessoa perde com o tempo. Com a verdadeira Prosperidade a pessoa não perde jamais; ela é crescente.
Quer dizer, a pessoa que levou uma vida próspera chega no leito de morte, e pensa: mas foi muito bom ter vivido aqui na Terra. Ela não fala: ah, não adiantou nada eu viver e plaft e morre. Se não tivesse nascido, teria sido melhor e morre, assim. Essa pessoa, com certeza, não viveu uma vida próspera. Há como alterar isso, agora? Digamos que a gente vá desencarnar daqui a uma semana. Daqui até lá, toma-se uma postura diferente de vida. Já tem, como morrer próspero. 
Quer dizer, desencarnar. Porque a gente não morre. Chegamos, lá no mundo astral e continuamos tudo, novamente. Se erramos aqui, erramos lá, do mesmo jeito. Por que falei, que uma semana, já, seria algo de bom? Porque, chegamos lá, no astral, com uma nova postura de vida, onde começamos a querer obedecer e seguir as Leis da Vida. No astral, isso é importante.
Quando a pessoa, ainda, não sabe o que é importante para a vida, ela está numa fase instável. A Prosperidade só é sentida, quando, já, definimos os aspectos setoriais de nossa vida. Na época da nossa inconsciência e da submissão à nossa cultura social, nós agimos de forma muito instintiva e programada. O que quer dizer isso? Que, inicialmente, a pessoa vai para a escola, porque os pais disseram que era para ir à escola; ou, muitas vezes, porque ela vê aquele tanto de papel, um tanto de letra e não sabe o que quer dizer e ela precisa aprender o que aquilo quer dizer. Porque sente-se isolada, por não saber ler. Ela quer ir para a escola para aprender a ler, para aprender a se comunicar pela escrita. Eu, quando era criança andava na rua e ficava vendo aquele tanto de papel no chão e não sabia nada o que queriam dizer aquelas letrinhas que lá estavam. Ficava: gente, mas eu preciso aprender o que quer dizer isso. Até que aprendi. 
Ah, mas foi maravilhoso. Eu queria aprender o que queria dizer, para interagir com o mundo. Mas há pessoas que para isso não tem curiosidade. Interagir, por quê? A razão de ser das coisas e a interação com elas são o fator determinante da nossa Prosperidade ou não. Trata-se do porquê de fazer as coisas e não o ato de fazê-las. O meio só se torna digno (para atingir a Prosperidade ou não), em função dos fins, isto é dos objetivos que impomos ao projeto. Se os meios desrespeitam os fins, não se chega à meta da Prosperidade. Quer dizer, os fins não justificam os meios. Os meios só justificam os fins da Prosperidade, se respeitarem as regras, as Leis da Vida.
O lembrete que faço ao espiritualista que quer desenvolver a prosperidade é o seguinte: sinta para a sua vida, o que você acha ser necessário você fazer. Todos estamos na Terra por causa dos nossos desejos. Há pessoas que têm desejos de experimentar sensações, isto é, sensações puramente materiais. Há outras, que querem sensações espirituais. Para quem está com seus desejos direcionados para as sensações materiais, dificilmente, conseguirá a Prosperidade real. 
A Prosperidade que essas pessoas gozam, é a de sempre ganhar aqui e de perder ali; sentem tristeza, quando perdem e sentem alegria, quando ganham. Se perdem ali, sentem tristeza. Essa é a Prosperidade transitória, a falsa Prosperidade. A Prosperidade real é aquela em que, mesmo ao perder, você ganha. Quando perde, mesmo assim, você ganha.
Exemplifiquemos: você teve uma perda agora, mas você viu que aquilo gerou benefício para você e para o todo. Então, você não se sente perdendo. Contar-lhes-ei a respeito de uma fase em minha vida, quando comecei a desenvolver a Prosperidade. Quando era adolescente, eu tinha uma bicicleta, dessas bicicletas de fazer ciclismo, de corrida. Eu adorava aquela bicicleta. Morava num lugar da cidade, um tanto hostil. Num belo dia, eu coloquei a bicicleta no quintal da minha casa, a fim de lavá-la. Enquanto busquei o balde e o sabão, roubaram a bicicleta. Quando voltei, o lugar onde estava a minha bicicleta, estava vazio, o mais limpo possível. O dono do alheio havia visitado o nosso quintal. Quer dizer, alguém roubou a minha bicicleta. Saí e olhei. Já era. Levaram mesmo. Perdi a bicicleta. 
Eu havia trabalhado três meses a fio para comprar a bicicleta e tinha perdido os três meses de trabalho; esforço e tudo foi embora. No começo, fiquei assim curioso. Por que isso aconteceu? Projetei-me para o astral e fora do corpo fui no encalço da bicicleta, para ver onde é que ela estava. Eu iria achá-la. Achei-a toda desmontada. Tinham queimado parte da bicicleta para descaracterizá-la. Ela já estava ganhando uma nova pintura; o número de série havia sido trocado. Aí, eu falei: ah, já era. Mas por que isso aconteceu? Que carma eu tinha? O dinheiro eu tinha adquirido de forma justa, pois eu não tinha sido desonesto com ninguém.
No mundo espiritual, um ser, que era meu amigo, explicou: “olha aqui, fez até assim com o dedo; quando fez assim com o dedo, abriu-se uma tela de imagem e apareceu o quê? Apareceu eu andando de bicicleta, numa rua e um carro me atropelando e eu todo ensangüentado, no meio da rua. O amigo falou assim: está vendo isso aqui? Se você continuasse com a bicicleta, isso iria acontecer com você e você tem uma tarefa a realizar; você não pode ir embora, agora. 
Então, você precisava perder, para ganhar”. Muitas vezes, para darmos um salto grande para a frente precisamos dar um ou alguns passos para trás. Isso não é retroceder; isso é fortificar-se; isso é evitar o erro.
A partir do momento, em que ele me mostrou isso, eu falei: ah, aí sim… Muito obrigado, por vocês terem deixado a bicicleta desprotegida e que alguém a roubasse. Para ter-se uma idéia: a gente só continua vivo, aqui, graças à proteção constante recebida dos nossos espíritos amigos. Porque, senão a gente desencarnaria muito, facilmente. Então, eles sabem do nosso futuro mais próximo. Eles têm como dizer: ali, ao longo do caminho, poderá acontecer algo e poderão mudar muitas coisas, que se não fossem mudadas, aconteceriam. Assim, depois que ele me explicou isso, ainda que abrigasse em mim algum pingo de revolta, esta se dissipou, rapidamente. 
Mesmo, fazendo tudo que deveria ser feito, sabendo que existe roubo aqui na Terra, a gente não está livre do roubo. Deixando a bicicleta lá no meio da rua e deixado-a, lá, dias e dias, naturalmente, que eu estava pedindo para ser roubado, sabendo que existem ladrões. Não se pode agir dessa forma. Porém, mesmo assim, dependendo da proteção, ainda, poderia eu ficar gastando os meus créditos ali, já que os protetores agiriam, por algum tempo. Naturalmente, que dias e dias a fio, não permitiria que a proteção fosse exercida, pois a própria Limpeza Pública, acabaria por recolher a bicicleta. 
Não se deve assumir a seguinte postura, não: “o que a gente pode agarrar agora, vamos agarrar; está em nossas mãos; é o que nós temos; é o nosso mérito”. Não, nosso mérito não é sempre o que desejamos realizar. Por exemplo, você fala: eu vou viajar para realizar uma coisa que gerará benefício à humanidade. Você marca tudo, só que no dia, a viagem não acontece. Você fica revoltado, pensando: eu não estou sendo próspero por causa disso.
A Prosperidade não é acontecer aquilo que nós queremos, no momento. Ela somente acontece ao longo de algum tempo. A Prosperidade é construída, gradativamente. Não aconteceu a viagem, porque dentro do contexto geral, ela não geraria benefício à coletividade ou geraria algum dano a você. A vida é tão maravilhosa que existem leis que querem preservar você e o todo. Você não pode beneficiar ao todo e prejudicar a você mesmo. Se fosse assim, todos aqueles santos que se sacrificaram como Jesus, teriam morrido em vão. Eu não quero entrar na polêmica, se Jesus morreu na cruz ou não. Mas suponhamos que tenha morrido. Então, você fala: ah, mas Ele fez tudo isso de maravilhoso e o que lhe deram em troca? Foi uma cruz de presente.
Gente, a felicidade não é deste mundo. Por isso é que eu digo que a Prosperidade Espiritual é maior do que a material, pois é permanente. A prosperidade material acaba no momento em que desencarnamos, aqui. Você vai para o outro mundo e, lá, construirá a sua Prosperidade. Se a Prosperidade Espiritual já é propriedade sua, ela existe onde quer que você esteja; ela é abrangente. Ela só se apresenta como um estado de cumprimento e de percepção de Deus, bem maior do que simplesmente o que está sendo dito aqui.
Quando alcançamos a compreensão de saber, de que o quê estivermos fazendo, gerará um benefício à vida, ficaremos satisfeitos. Mas a vida, também, precisa querer beneficiar-se dessa forma. Se ela não quiser, que ela recuse e nos direcione para outra ação. É a mesma coisa de uma pessoa, de um empresário colocar na sua cabeça, de abrir uma lanchonete, para servir coisa e tal. Só que a vida não está querendo essa lanchonete. Que vida seria essa? A vida de que eu falo, é o contexto geral de todos os seres que vivem. Este contexto não está querendo a lanchonete. 
O empresário tenta, porque tenta, e sempre vai à falência. Ele está cheio de boa intenção, de gerar benefício à vida; só que ele está no ramo errado. A vida não quer isso. Ele está querendo vender sorvete para os esquimós e eles não querem; eles querem uma sopinha quente; eles querem outra coisa. Não adianta forçar a barra. Isto não é benefício. É preciso respeitar as Leis da Vida.
Portanto a Prosperidade surge, a partir do momento em que nós respeitamos as Leis. A base da Prosperidade é gerar benefício à vida, de forma que não gere dano a si mesmo, isto é, dano real. O que é dano real; o que seria? Você está vendo uma pessoa passar necessidades; ela está passando por aquilo, porque ela abusou dos recursos que a vida tinha lhe dado. Por isso está lhe faltando e você vai lá ajudar e a incentiva a abusar dos recursos da vida. 
Você, aparentemente, está ajudando, mas não está. Você está causando dano a ela e a você. É a mesma coisa de você dar e não receber. Esta é uma lei, de que todo aquele que dá, receberá. Só que se ele se recusar a receber, ele pode não receber mais. Ficar bloqueando o recebimento daquilo que foi transmitido redundará em circunstâncias tais, que chegará o momento em que você não mais terá meios para dar, novamente.
Imagine, você dizer: não, eu quero ajudar o próximo; assim você trabalha e na hora de receber o seu salário você proceda, assim: não, não quero o meu salário; dá-lo-ei para um necessitado; eu não o quero, não. Desta forma, você não terá dinheiro para comprar comida, para pagar transporte, para pagar a moradia, etc.. Por outro lado, se tudo o que você fizer, visar apenas o seu próprio benefício, não está sendo próspero, também. Em ambos os casos não haverá Prosperidade espiritual.
Não querer receber, mesmo doando, é desequilíbrio que gerará falta de Prosperidade. Querer receber, apenas, e esquecer a razão real de doar, também, não é Prosperidade. Para não gerar confusão na cabeça de ninguém, explicarei: você recebe, como conseqüência (em retribuição) de ter doado; você não deve fazer alguma coisa, só para ganhar tal coisa; você deve fazer para gerar benefício. Você ganha, porque se você não ganhar, você não terá como fazer novamente; é uma regra. Se agir, assim, tudo na vida melhora; tudo, em qualquer setor.
Exemplificando. Se você está numa parceria afetiva, aja de forma sempre respeitosa, amorosa, carinhosa, mansa. Muitas vezes a outra pessoa está nervosa; fique calmo (a). Você pode, até, falar: ah, mas isso é injusto. O (a) parceira (o), ao longo de dias vem me tratando mal e eu fico tratando bem. Que coisa é essa? Eu tenho que descer a “lenha”, também, para ela sentir que a mão é pesada. Não, não é assim. Ao longo de dias, se aquela pessoa continuar tratando- o (a) dessa forma, a vida vai tirá-la (lo) do seu caminho. Não é você que vai tirá-la (lo) do seu caminho. É, a vida afastará aquela pessoa do seu caminho, porque a pessoa está agredindo a vida.
É necessário ter uma noção de microcosmo e macrocosmo. Nós somos o microcosmo. Exemplificando, para o seguinte caso hipotético: eu sou o microcosmo e vocês são o macrocosmo. Quer dizer, se a pessoa daquela ponta, ali, é um macrocosmo, aquela, da outra ponta, também, é. Se faço algo com uma delas, estou fazendo com todas. No campo do macrocosmo, é a mesma coisa. Se alguma pessoa faz a mim, ela está fazendo a todas as outras, já que fazem parte do macrocosmo, invariavelmente. Quem faz para um, faz para todos. É a lei. Portanto, se você gera benefício a alguém, seja para a pessoa com quem conviva, afetivamente, você está gerando benefício a todo o macrocosmo. 
Mas se a pessoa te trata mal e se isto for persistente, até que você salde o seu carma, a pessoa continuará te tratando mal, porque você, também, a tratou mal nesta vida, ou a outras pessoas nesta vida ou em vidas passadas. Quando você pagar o último centavo, a vida, naturalmente, afastará a pessoa do seu caminho. Naturalmente, que nem todo mundo vai esperar. Muita gente, decorrida uma semana ou duas, de sofrimento, já, diz tchau, tchau e vai embora. Mas se a pessoa continuar tratando mal a seus semelhantes, ao longo desta encarnação e das futuras, sempre haverá de encontrar gente que a fará sofrer, desrespeitando-a e agredindo-a. Por isso, a Prosperidade, na área afetiva, começa com o seu próprio comportamento.
Há condições de vocês fazerem perguntas por escrito? Acho que não. Hoje, excepcionalmente, as perguntas serão verbais. Excepcionalmente, só hoje. Na próxima palestra, estaremos com o material pronto para as perguntas escritas. Antes de fazerem as perguntas, eu gostaria de lembrar-lhes que o calendário da próxima palestra e do curso estão na mesa, ali.
Ah, tem material para as perguntas? Então, podem levantar a mão que será entregue papel para as perguntas. Prefiro a formulação das perguntas por escrito, porque mantém a harmonia do ambiente. O curso programado não será dado no próximo final de semana e sim no outro. No calendário está proposto o curso “Energias da Mente”. Quem quiser aprender a fazer limpeza áurica, a manipular energias psíquicas, de fazer absorção prânica, de transmitir energia psíquica, através do curso Energias da Mente – Nível I, aprenderá.
PERGUNTAS
1. Eu gostaria que fosse dado um exemplo de Prosperidade Existencial na vivência diária de uma família; como obter cooperação nos trabalhos diários.
É muito difícil, quando se vive em família, ter uma prosperidade existencial, se desde o início, ela não se fundamentou numa convivência pacífica. O que eu quero dizer com isso? É que os filhos, a esposa e o marido não se pautaram, desde o começo, por um código de harmonia. O que é harmonia? Culturalmente, as famílias são constituídas de forma tal, que há pessoas que, muitas vezes, se sobrecarregam, fazendo aquilo que as outras deveriam fazer por si mesmas. 
O que eu quero dizer com isso? Que o pai e a mãe não são obrigados a fazer pelos filhos, aquilo que os filhos deveriam fazer por eles. Por exemplo: o filho ou a filha acordam. Eles têm que arrumar a própria cama, arrumar os seus objetos pessoais. Tendo capacidade para tal e não o fazendo, geram desarmonia na família. Deixar objetos em locais que não deveriam deixar, aguardando que outra pessoa vá arrumá-los, gera desarmonia, também. Então, é preciso que os pais eduquem os filhos, desde o início, de maneira tal, a darem-lhes a noção de responsabilidade por aquilo que lhes é pertinente, visto que a liberdade de um, vai até o limite do direito à liberdade do outro. Esta é uma lei, que todos nós já conhecemos. O direito à liberdade de um, vai até o limite, em que não ameace a liberdade do outro.
Então, bagunçar áreas de convivência comum, gera desarmonia na Prosperidade. Não há como ser próspero, vivendo numa casa onde a maioria das pessoas gera desarmonia. Você precisará construir o seu próprio espaço harmonioso ou respeitar a harmonia da casa. A criança precisa aprender a fazer a sua própria cama, e não jogar as suas roupas a esmo. Outra coisa. É preciso que se contrate alguém, um funcionário ou uma empregada, chamada secretária do lar, para lavar louça.
Uma mania chata, que muitas pessoas têm, é de ficar sujando louça e talher, deixando jogado na pia ou na mesa, à espera de que a esposa ou o irmão vá lavar. Isso não está certo; se sujou, lave. Se não quer lavar, contrate alguém para tal. Porque, aí, a função da pessoa será essa. Ela receberá para isso. O fato de ser marido ou ser esposa de alguém não lhe dá o direito de fazer isso, a não ser que a outra pessoa tenha assumido tal função. Enquanto um assume, digamos, a função de ganhar dinheiro para a casa, o outro cuida da casa. Aí, tudo bem. É como se ela fosse, eu vou usar um termo forte, secretária, assumiu a função de secretária. Mas aí haverá dias para folga, senão ficará secretariando vinte e quatro horas por dia. Aí, não dá. Não existe pessoa que agüente um negócio desses. Neste caso, gera desarmonia mesmo. Mas eu quero que compreendam. Não estou dizendo que esta é a função da mulher, não.
Há mulheres que trabalham e o homem cuida da casa. É, o homem é que tem que ficar em casa, lavando a louça, isso e aquilo outro; porque, senão entra em desarmonia. Agora, se ambos dividem as tarefas do lar, com direitos iguais, direitos e deveres iguais, aí, sim, cada um precisa fazer a sua parte. Se sujou uma coisa, vá lá e lave. Se falar: ah, não, mas isso é insignificante. Não é, não. Isso, ao longo de uma semana, de um mês, de um ano, de vários anos? Oh, haja paciência. Porque, uma coisa é ser paciente com a justiça; outra coisa é ser paciente com a injustiça aparente. Mesmo que seja aparente, não é fácil, não. Por isso, se você sente que alguém está abusando de você e você está deixando, isso não é certo.
2. Se não temos como ser prósperos aqui na Terra, teremos, como ser, no plano astral?
Não. A Prosperidade começa onde quer que a pessoa esteja. Como eu disse: ser próspero, não é a pessoa ter muitos bens materiais. A pessoa pode ter poucos bens materiais e ser próspera; pode ter muitos bens e não ser. A pessoa próspera é aqui ela que faz a coisa certa, na hora certa. A que respeita as Leis da Vida, essa é a pessoa próspera; não lhe faltam os bens materiais. Muitas vezes, a pessoa fala: puxa, mas eu não estou tendo dinheiro para assistir as palestras, pegar o ônibus e ir assisti-las. Não tenho dinheiro para pagar o curso. Por que não está tendo dinheiro? Vamos às causa. Não falemos, simplesmente: não, eu não tenho dinheiro.
Vejamos o que ela não fez ou o que ela faz. Porque, muitas vezes, a própria pessoa se subestima e fala: ah, eu não sou capaz de exercer essa função, de realizar essa tarefa, de realizar esse trabalho. Ela só enxerga numa direção. Nós precisamos ver e olhar em várias direções e aí desenvolver atividades que redundem em Prosperidade , inclusive na aquisição de bens materiais.
Não tem aquela passagem da Bíblia, afirmando, que até os pássaros, que não trabalham, têm o que comer? Têm. Agora, chega a mão do homem, realizando distúrbios no ecossistema e, aí, o que acontece? Aí, aparece esse bando de pardaizinhos, comendo uns aos outros. Você está muitas vezes no prédio, aí vem aquele tanto de passarinho, na sua janela; querem comer, lá, na sua casa. Por quê? Há um distúrbio localizado. Mas na vida natural, os passarinhos têm o que comer. Quer dizer, no seu habitat, eles têm. Porque dei o exemplo dos pardais? Porque, muita gente fala: ah, tem passarinho morrendo de fome, porque houve interferência de outro ser, em relação a ele. Mas no seu ecossistema ele tem comida e ele é comida, também, para outros bichinhos; mas, aí, são leis de transferência de energia.Então, fez a coisa certa, aqui, faz, lá, também. Tanto seremos prósperos aqui, como no astral, como no mental. E se somos prósperos lá, inevitavelmente, seremos, aqui, também. É só questão de tempo. Se nascemos numa família viciada com a falta de Prosperidade, com o tempo venceremos a egrégora familiar e assumiremos a própria Prosperidade.

3. Como alcançar a Prosperidade, quando não conseguimos encontrar um caminho para ela?
Enquanto a pessoa não encontrar o caminho, não alcançará a Prosperidade. É preciso encontrar o seu caminho. Hoje, eu dei algumas dicas do caminho para a Prosperidade. Naturalmente, que cada pessoa há de encontrar a sua própria meta de Prosperidade. A minha meta de Prosperidade não é igual ao de outra pessoa, mas uma coisa todas elas (as metas de prosperidade) têm em comum: respeito às Leis da Vida; querer gerar benefício aos seres vivos. Essa é uma regra para todas as metas, para todos os caminhos.
4. Então, a condição de ser princesa representa um carma negativo, já que tem tudo à mão?
Não. O fato de ter o poder na mão, em si, não é negativo. Mas, o que é que se faz com o poder. Gente, o que importa, é o que se faz com o que se tem. Uma pessoa pode ter uma única pedra. Se ela usar essa pedra para atirar na cabeça de alguém e a ferir ou matar, tê-la-á usado negativamente. Agora, se alguma coisa boa for feita com aquela pedra, este ato poderá valer muito mais do que atos de um presidente, de uma princesa, de um rei, de uma rainha. Ter todo o poder na mão e não levantar uma pedra para construir algo de bom para alguém, não gera Prosperidade. Agora, quanto mais possibilidade de poder a pessoa tenha, mais meios ela terá para trabalhar a Prosperidade. O fato de ter algo, não determina a Prosperidade. É o que se faz com o que se tem, determina a Prosperidade, ou não .
5. Estou dando aqui um exemplo. Aconteceu com a Lady Dy. Aquele triste acidente, foi conseqüência dessa facilidade?
Não. Triste é encarnar neste mundo, isso é triste. Você passa quase nove meses no útero; são nove meses encolhidinho, sendo exprimido; depois é jogado para fora, sentindo radiações de microondas, radiações de emissoras de rádio e televisão, influências magnéticas e térmicas. Precisa respirar esse ar desagradável, cheio de formas-pensamento negativas. Precisa sujeitar-se a uma alimentação a que não está habituado, muito mais densa. Ainda, não controla o corpo, parece que está dentro do tronco de uma árvore. A impressão que tem, é essa, que está preso dentro do tronco de uma árvore, onde o vento balança os seus galhos e através deles você se mexe. Quer dizer: são os instintos, o movimento compulsório. Depois tem que aprender a digerir coisas sólidas e aprender a lidar com esse mundo. Tem tantos anos de escola a cursar, enfrentar o trânsito, enfrentar o trabalho e o que tem de ruim, morrer? 
Morrer, não é tão ruim, não. Eu não estou incentivando o suicídio, não. Provocar a própria morte é muito pior do que viver aqui; isso eu posso garantir. Porque, no astral, eu me dirijo às regiões dos suicidas e olhem, o negócio lá, é muito pior do que na Terra. Mas, uma pessoa sair da Terra e seguir para uma dimensão melhor, o que tem de ruim, nisso? Ah, mas e o trauma da dor e tudo o mais? Eu, até, estava comentando isso com um amigo antes de iniciar a palestra. O trauma da dor da morte é a mesma coisa de um dia frio. É como ter que tomar banho de chuveiro, sem usar a eletricidade, em um dia frio. A energia elétrica acabou e você precisa tomar o banho frio. Então, você chega perto do chuveiro, abre o chuveiro bem forte e aí, você respira fundo, prende a respiração e entra. Para quem gosta de tomar banho frio, tudo bem, mas para quem não está acostumado, é desse jeito que é feito e sentido. Eu não estou acostumado, portanto, faço desse jeito; respiro fundo e entro me molhando todo, de uma vez; me ensabôo, entro de novo, enxáguo e saio. Então, pronto; a morte é a mesma coisa; o trauma é o mesmo. Na hora, você: sente aquele friozinho. Ahhhh, mas depois que saiu… Ah, que bom que você está ali enxuto, já quentinho. Então, não tem nada de mal, morrer, seja de acidente ou de tiro. 
Gandhi era um mestre ascensionado. Levou um tiro. Ele ainda, disse: “O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em ti”, para o sujeito que o assassinou. Morrer aqui, não é castigo, gente. As pessoas têm essa mania. Imaginem, a vida sendo difícil como é, como é que a gente ainda acha horrível morrer; ser a morte física, uma coisa horrível. Imaginem, se não houvesse inflação. Hoje tem pouca. Se não houvesse desemprego, se não houvesse doença, se a gente não sentisse dor, se não sentisse distúrbio climático, se não estivesse sujeito a terremotos, a mortes dolorosas, ninguém quereria morrer mais. Na Terra não haveria um só palmo de lugar, para alguém viver. Então, sendo ruim do jeito que é, ninguém quer morrer.
Olhem, lá no mundo astral, dependendo da dimensão, para onde a gente vai, não precisamos comer tanto. A comida é muito mais sutil. Não há doença, não há problema de moradia, não há problema de transporte, não há problema de lazer, não há problema de emprego, o corpo não se machuca como aqui. Não há problemas como aqui. Chegando lá, ao se falar em encarnar, você não vê um, que esteja lá, que queira descer, encarnar, nascer. Quer dizer, quem está nas dimensões mais sutis e quem está vivendo aqui, não quer voltar; não quer sair do seu plano; é muito estranho mesmo.
6. Gostaria de saber o porquê, que, desde o início do meu casamento, tenho sido lesada ou roubada. É carma? Ou o quê?
No casamento, a Prosperidade não é alcançada facilmente, não. Porque o carma atrapalha muito. O que é carma? Carma é a mesma coisa de uma pessoa pegar uma brasa na mão e ficar segurando; está queimando; está com a brasa na mão, queimando, mas quer segurar. Por que quer segurar? É uma forma de ver, de aprender na prática, que segurar brasa na mão não é coisa boa. 
Quer dizer o seguinte: que a pessoa, durante o envolvimento afetivo, principalmente, no envolvimento afetivo, quando ela se envolve com outras pessoas, aparecem certas características, que a fazem sofrer. Ela fica, por um bom tempo, convivendo com esse tipo de pessoa, até que um dia aprende, através do sofrimento, que conviver com aquele tipo de pessoa não é bom, não traz felicidade. |Nesse caso, é só através da dor, inicialmente, que o carma é transformado. Por quê? Porque a pessoa num belo dia acorda. Vê que é maltratada por aquela pessoa e pensa: Existe alguma arma apontada na minha cabeça, me obrigando a viver com essa pessoa? Se tiver, eu não posso fugir? Eu não posso me afastar? Eu não posso me isolar? Pode. E, aí, se afasta. O carma acabou. Então, enquanto há o carma, a pessoa convive com a outra. Agora, o porquê desse carma? Com certeza, nessa vida ou numa vida passada a pessoa fez coisa semelhante com outras pessoas e, aí, acumulou e veio a este mundo resgatar o débito, com outra pessoa.
7. Aqui temos uma pergunta, através da qual se observa que a pessoa não compreendeu o que foi dito. Eis a pergunta: “Você não acha que em um mundo às avessas como esse, o capitalismo selvagem, a Prosperidade, geralmente, está com aqueles que mais exploram?”
Acabei de falar umas cinco vezes, nesta palestra, que Prosperidade não é possuir bens materiais. Prosperidade é o que se faz com algo, que gere benefícios a todos. Você pode ter bilhões de reais. Se você não ajuda conscientemente, voluntariamente, a vida, a coletividade com esses recursos, você ajudará inconscientemente, pois, você não será próspero (feliz, satisfeito consigo mesmo).
Se você quer ter Prosperidade em qualquer setor, faça à vida aquilo que você gostaria que ela lhe fizesse. Você quer ter o que comer, você quer ter onde morar, você quer ter como se transportar, pense o que a vida precisa de você? Pergunte-se: o que pode dar à vida? O que você pode dar à vida? Pretenda que as pessoas sejam felizes e a vida lhe dará, visando que você seja feliz; não lhe faltará nada. Não abuse daquilo que lhe é dado (que Deus lhe empresta). Veja se, de fato, precisa daquilo que tem. Se não precisa, dê para quem precisa, de forma justa. Não dê de forma injusta.
Dê, com discernimento. Veja se a pessoa não é negligente e preguiçosa. Veja se não está lhe faltando, porque é preguiçosa; porque é viciada em determinadas coisas, e, aí, se direciona para o vício. Porque o vício, também, é um dos grandes inimigos, que não gera prosperidade. Não é só o dinheiro que se gasta com o vício, é o dinheiro que você deixa de ganhar, em função da limitação causada pelo vício. Não é só a paz familiar que se perde com o vício, é também a paz que se poderia ter, se não houvesse aquele vício. Então, o vício é um dos grandes inimigos da prosperidade.

SETE DICAS – Para Aumentar sua Prosperidade

1 – Assuma total responsabilidade pela situação Financeira
Parte deste princípio já foi explicitado na introdução acima. Não adianta reclamar das coisas que você não pode mudar do passado, do país, da sua família, ou das pessoas que de alguma maneira lhe prejudicaram.
Você precisa criar condições para prosperar, independente de coisas externas. Lamuriar sobre as forças contrárias desvia o seu caminho, tira a sua energia e faz de você uma vítima.
Seja qual for a sua situação financeira atual, assuma 100% da responsabilidade pelo estado atual e pela mudança que você é capaz de fazer. 
Mas e as pessoas que me prejudicaram? E o governo? Talvez tudo isso tenha influenciado, mas você de alguma forma, consciente ou inconscientemente, permitiu, atraiu ou colaborou para sua atual situação financeira. Não é sua culpa, porque você fez isso de uma forma muito inconsciente, mas é sua RESPONSABILIDADE.
Quando paramos de culpar os outros, a nossa energia fica livre para criar e atrair novas formas de ganhar mais.
Exercício:
Um passo mais profundo para que você possa verdadeiramente assumir total responsabilidade: perdoe a tudo e a todas que você considera que contribuiu para as suas dificuldades atuais.
Isso pode parecer difícil. Você pode usar a técnica da EFT (Emotional Freedom Techniques) para ajudar nessa tarefa e assim ficará infinitamente mais fácil. 
Faça uma lista de tudo e todos que você culpa pela sua atual situação: governo, pais, irmãos, chefe, sócio, a vida, Deus etc. Quanto maior a lista melhor, quanto mais detalhada e específica melhor. Lembre de eventos específicos que você viveu com estas pessoas ou instituições que lhe
provocaram os prejuízos na sua vida.
Cada lembrança certamente trará desconforto emocional: raiva, injustiça, mágoas etc. Selecione evento por evento, pensamento por pensamento que venha acompanhado de sentimentos negativos e aplique EFT até eliminar 100% da intensidade emocional. Seja bastante persistente.
Algumas situações vão se resolver com poucas rodadas. Outras talvez precisem de muitas. Faça o quanto de EFT for preciso até que você possa olhar para cada situação e dizer “eu perdôo 100% essa pessoa ou esse fato”. 
Repita o processo para cada lembrança até sentir 100% do perdão. Certamente surgirão várias resistências em perdoar 100%. O tema ‘perdão’ exige explicações mais profundas. 
Muito provavelmente você poderá sentir raiva de você mesmo por ter permitido, por ter sido inocente, ingênuo etc. Caso isso aconteça, faça EFT até limpar a raiva ao ponto que você possa dizer “eu me perdôo 100%”. Isso é muito importante! Se você não se perdoar, vai arranjar maneiras inconscientes de se punir e isso é extremamente sabotador.
Agora diga em voz alta:
“Eu assumo 100% da responsabilidade pela minha vida financeira atual. De forma consciente ou inconsciente, eu criei essa situação para mim eu me perdôo por isso, e perdôo também a todos que contribuíram direta ou indiretamente. Eu escolho agora focar em tudo que eu posso para mudar essa situação. Eu sou 100% responsável
pela mudança”.
2 – Desenvolva a visão de que o mundo é um lugar abundante, com infinitas possibilidades para todos os seres humanos
A mentalidade de escassez é o que predomina na sociedade. O pensamento é de que os recursos são insuficientes, que não há riquezas para todo mundo prosperar.
Esse pensamento é extremamente sabotador. Faz as pessoas se sentirem culpadas por desejar ter uma vida mais próspera. A sensação é de estarem tirando a oportunidade de outras pessoas prosperarem, já que acreditam não haver o suficiente para todos. Em um nível mais profundo, você se sente culpado pela fome e pobreza.
Você sente como se o cobertor fosse curto, incapaz de cobrir todo mundo. Se eu puxo para mim e fico aquecido, tem obrigatoriamente uma pessoa lá do outro lado que ficou descoberta e está passando frio.
Sentindo tudo isso, obviamente que você dará um jeito de afastar a prosperidade da sua vida. Até certo ponto você a permitirá, mas haverá um momento em que você se sentirá culpado e a partir daí irá se sabotar. Esse limite vai variar de pessoa para pessoa.
Mas a verdade é que existem infinitas formas de se criar riquezas. Novas fontes são descobertas, se reciclam, criam-se novos serviços a todo momento.
A abundância é ilimitada e é possível que todos a acessem ao mesmo tempo. Basta que as pessoas criem uma mentalidade de abundância, que confiem em si mesmas e que tenham as ferramentas intelectuais para isso. A ferramenta intelectual (educação) é importante, mas a autoestima e a mentalidade de abundância são tão ou mais importantes.
Para que possamos tornar o mundo um oásis de prosperidade, cada pessoa deverá se tornar um oásis. Comece por você, aumente a sua prosperidade e estará contribuindo para um mundo mais próspero.
3 – Doe 10% ou mais de tudo que você ganhar
A prática da doação é bastante poderosa e gera muita prosperidade. Quando falo sobre isso, algumas pessoas dizem “eu faço doação, me sinto muito bem”. Maravilha, isso é ótimo. Mas, na verdade, o que a maioria faz é dar pequenas esmolas: determinada quantia uma vez por ano no natal, R$ 50 para alguma instituição de vez em quando, doação de um quilo de alimento etc.
Tudo isso é melhor do que nada. Mas estou falando de algo consistente, mensal, 10% ou mais de tudo que você ganha. Pode parecer difícil, ou até mesmo impossível. Se você não conseguir no início, é normal. Tente 2% no primeiro mês. Tenho certeza que será fácil. No mês seguinte, aumente para3%. Faça isso até chegar em 10% ou mais. 
Doar é importante por vários motivos. Existe a lei do dar para receber. Veja que a lei não é o contrário: receber para depois dar. Doe primeiro e o universo retribuirá. Doe qualquer coisa: tempo, dinheiro, amor, gentilezas e você receberá benefícios multiplicados.
Algumas pessoas pensam o seguinte: “eu não tenho como doar, só posso fazer isso quando minha renda melhorar”. Eu vou dizer o contrário: comece já, e aí você verá as coisas melhorando. Aliás, quanto pior for a situação financeira, quanto maior for a dívida, quanto maior a pobreza, mais
urgentemente você precisa começar a doar. Repito, se você não conseguir iniciar com 10%, comece com 2%! Mas comece, e siga até os 10% ou mais.
O dinheiro doado deverá trazer crescimento para as pessoas. Por isso, evite doações que sirvam apenas para manter pessoas acomodadas no nível em que se encontram. Há pessoas que justamente por receberem ajuda financeira, se acomodam e deixam de crescer. Nesse caso, a doação presta um desserviço.
Doe para projetos que você acredita que irão alavancar o crescimento de outras pessoas (crescimento emocional, educacional, espiritual). Doe para instituições que lhe inspiram. Pode ser para a sua religião, ou entidade que pregue alguma filosofia em que você acredita, uma ONG cujo trabalho você considera sério, uma pessoa que tem um objetivo nobre e que você deseja ajudar etc.
A doação nos faz sentir mais merecedores. Estamos contribuindo para o crescimento de outras pessoas, para a melhoria do planeta, algo maior que o nosso ego e isso amplia nossa sensação de merecimento, que é o tema da próxima dica.
4 – Seja um bom recebedor
Sinta-se merecedor de uma vida boa e abundante. 99% dos seres humanos, em diferentes níveis, têm crenças limitantes que dizem “eu não mereço, não é para mim”. São crenças ligadas à autoestima e que têm várias raízes: educação, exemplo dos pais, religião etc.
No item 3, falei da doação. Muitas pessoas são ótimas doadoras, mas são péssimas recebedoras. Se esse for o seu caso, você irá se sabotar para não receber. Não importa o quanto você doe, o universo tenta dar de volta, mas você bloqueia, se afasta, dá um jeito de perder oportunidades. A doação só vai melhorar a sua prosperidade se você estiver aberto a receber. Fique muito atento a isso!
Boa parte das pessoas que estão em péssima situação financeira se deve ao fato de simplesmente não saber receber, de achar que não merece. Às vezes, as pessoas até ganham muito bem, mas, como sentem que não merecem, dão um jeito de ficar na pior: gastam tudo com outras pessoas, metem os pés pelas mãos, fazem negócios que dão prejuízo. Atraem ainda outras situações de perda mais graves: assaltos, incêndios, acidentes. Na maioria das vezes, essas crenças e não merecimento não estão muito claras e fáceis de perceber. É preciso que você se observe bem.
Podemos usar também a EFT para limpar essas crenças e assim nos tornar melhores recebedores. 
5 – Dissolva o desespero ou necessidade por ter mais
É paradoxal. Quanto maior a necessidade, parece que mais bloqueamos o recebimento daquilo que desejamos. É bom que tenhamos o desejo de ter mais, de melhorar a nossa vida, mas sem a necessidade ou desespero pelo resultado final. É o desapego. Difícil, não é mesmo? Concordo com você.
Quanto mais feliz ou em paz você estiver, mais fácil será de atrair novas oportunidades ou de ter idéias criativas. O apego traz ansiedade que é uma forma de sofrimento. E sofrimento é o contrário da paz interior.
Mais uma vez, podemos usar a EFT para dissolver a necessidade ou desespero.
Exercício:
Faça uma lista de tudo que deixa você ansioso, nervoso, preocupado em relação ao tema financeiro (contas, medo de não conseguir pagar, medo de não conseguir o emprego etc.). Agora, pegue cada item da lista e comece a aplicar EFT para dissolver a negatividade de cada um deles. 
Exemplos de frases de preparação que você pode usar:

“Mesmo que eu sinta medo de não conseguir pagar a parcela do carro, eu me
aceito profunda e completamente”.
“Mesmo que eu tenha medo de perder meu emprego, eu me aceito profunda e
completamente”.
“Mesmo que eu me sinta desesperado por não ter o suficiente para pagar tal
conta no final do mês, eu me aceito profunda e completamente”.Seja persistente. Faça quantas rodadas forem necessárias até sentir-se em paz. Isso irá deixá-lo muito mais receptivo a novas idéias, insights o que ajudará a atrair melhores situações.
6 – Faça uma lista de gratidão
Sinta-se grato por tudo que você tem hoje. Conforme falei no item anterior, quanto mais feliz você estiver, mais fácil será de atrair melhores oportunidades. Sentir gratidão é uma forma de se sentir mais feliz.
Se você reclama do que tem, gera uma energia de infelicidade, de lamuria, que é muito nociva. Certamente você sabe que não ajuda. É possível limpar a raiva ou ingratidão pelo que você tem com a EFT. Assim você se sentirá mais grato pelo que você tem. Faça uma lista das coisas que reclama e aplique a técnica. 
Exemplos de frases:
“Mesmo que eu tenha raiva do meu carro velho, eu me aceito profunda e
completamente”.
“Mesmo que eu não goste do meu apartamento porque ele pequeno (ou feio, escuro etc.) eu me aceito profunda e completamente.”
Seja persistente. Faça quantas rodadas forem necessárias até que você se sinta em paz. E depois agradeça por tudo que antes você reclamava.
Depois disso, faça uma lista maior de gratidão. Liste pelo menos 30 coisas pelas quais você é grato. Pequenas ou grandes coisas. Podem ser coisas materiais ou não. Exemplo: carro, casa, roupas, computador, filhos, amigos, saúde, inteligência, conhecimento etc.
Leia a lista todos os dias antes de dormir ou em outro horário que preferir, e procure sentir realmente gratidão por tudo. O estado de gratidão fará atrair mais situações pelas quais você se sentirá grato. Este é um exercício muito poderoso. Quanto maior sua lista e quanto mais sentir gratidão, melhor.
7 – Pare imediatamente de associar sentimentos negativos ao dinheiro
O dinheiro é algo neutro, uma ferramenta. Pode ser usado para coisas ruins, mas pode e deve ser usado para coisas boas. É você quem vai dar o destino. Sempre que você associa o dinheiro a sentimentos negativos, você fará de tudo para afastá-lo ou perdê-lo.
As pessoas falam que querem uma vida mais próspera, porque o dinheiro poderá lhes proporcionar conforto, lazer, e ainda poderão ajudar outras pessoas. Mas, ao mesmo tempo, têm sentimentos em conflito dizendo lá dentro: o dinheiro é fonte do mal, corrompe, traz desgraças, não é coisa de gente espiritualizada, dinheiro é sujo etc.
Bem, se você pensa tudo isso, não importa o quanto afirme dizer que deseja uma vida mais próspera. Uma parte sua não quer ter dinheiro, e você vai se sabotar por vias que você nem imagina. Tudo que está guardado de negativo vai influenciar.
Existe uma parte sua que deseja ter e atrair mais, mas por trás há crenças fazendo justamente o contrário. Para se libertar desses sabotadores, você precisa identificar as crenças em primeiro lugar, listar todas elas e depois dissolvê-las. Questione cada crença que surgir. De onde veio essa crença?
Quem contribuiu para a formação dela? Você realmente acredita nela? O quanto ela está sabotando a sua vida? Você realmente deseja se libertar dessas crenças?
É possível usar a EFT para limpar essas crenças. 
Finalizando
Tenho certeza que, praticando as sete dicas, você certamente irá melhorar o fluxo da abundância na sua vida. Isso significa atrair e aproveitar melhores oportunidades de emprego (seja a mudança para um melhor ou promoção dentro do mesmo) ou oportunidades de negócios, caso você seja um empreendedor. Além disso, praticando o que foi ensinado você terá diminuição de perdas financeiras inesperadas como: roubos, acidentes, coisas que se quebram etc.

GANESHA – Deus da Fortuna

Ganesha pertence à família de deuses mais populares do Hinduísmo. Ele é o filho mais velho de Parvati e Shiva. Ganesha tem uma enorme cabeça de elefante, imensa para um corpo de menino indicando sua capacidade intelectual e a firme dedicação ao estudo das escrituras. 
Ganesha é o Sábio. Ganesha tem na fronte o Vibhuti e um pequeno tridente indicando que é filho de Shiva – o Senhor da disciplina e da aniquilação da ignorância, indica também, que o sábio tem sempre em mente o Ser Supremo.
As enormes orelhas e a cabeça de elefante representam os dois primeiros passos para a auto realização – “Sravanam”, escutar o ensinamento e “Mananam”, refletir sobre ele. A tromba representa “Viveka”, a capacidade de discriminação entre Nitya, o eterno e ilimitado, e Anitya, o não eterno. O intelecto do homem comum está sempre preso entre os pares de opostos (as presas), o Sábio não é mais afetado por esses pares de opostos (frio-calor, prazer-dor, alegria-tristeza, etc.) tendo atingido um estado de equanimidade , representado por uma das presas quebrada. O Sábio nunca esquece sua verdadeira natureza (memória de elefante). A barriga enorme representa sua capacidade de engolir, digerir e assimilar todos os obstáculos, assim como o ensinamento escutado. O ratinho que fica aos seus pés simboliza o Ego e seus desejos com sua voracidade e cobiça, frequentemente roubando mais do que pode comer e guardando mais do que pode lembrar. 
O Sábio tem o desejo sob total controlo, por isso o ratinho olha para cima e aguarda sua permissão para comer os objetos dos sentidos. A cabeça de Ganesha simboliza o Atman ou a alma, que é a suprema realidade da existência humana, e seu corpo humano representa Maya, ou a existência terrena dos seres humanos. A cabeça de elefante indica sabedoria e seu tronco representa Om, o símbolo de som da realidade cósmica. Na mão direita superior Ganesha tem um aguilhão, que ajuda a impulsionar a humanidade para a frente no caminho eterno e eliminar os obstáculos do caminho. A corda na mão esquerda de Ganesha é um delicado instrumento para captar todas as dificuldades. A presa quebrada de Ganesha, que tem como uma caneta na mão direita inferior é um símbolo de sacrifício, que partiu para escrever o Mahabharata.
O rosário na mão de outros autores sugere que a busca do conhecimento deve ser contínuo. O lado (doce) que detém no seu tronco indica que é preciso descobrir a doçura do Atman. Seus ouvidos fã-como saber que ele é todo ouvidos para a nossa petição. A serpente que corre em volta de sua cintura representa a energia em todas as formas. A mão inferior esquerda oferece Modaka – Modaka é um doce de leite e arroz tostado que representa a satisfação, a plenitude que se alcança com um caminho de disciplina e auto conhecimento.
Para adorar Ganesha, monte um pequeno altar com um pano vermelho e a sua imagem e faça diariamente os seus mantras ou oração. 

Como oferendas pode colocar arroz cozido só em água, flores amarelas e vermelhas, queime um incenso de Sândalo, e velas vermelhas e amarelas, um potinho com rebuçados de coco, um pratinho com nove moedas. Um cristal branco também pode ser colocado no seu altar.

Repita nove vezes o mantra OM, e o mantra “Om Gam Ganapataye namaha”.
Ganesha, a própria consciência

Mitologia Hindu: Os Nomes de Ganesha

Nomes de Ganesha através dos quais ele deve ser lembrado:
1 – Aquele que tem a tromba curva;

2 – Aquele que tem um dente;

3 – Aquele cujo veículo é um rato escuro;

4 – Aquele que tem a face de elefante;

5 – Aquele que tem um grande abdome;

6 – O grande;

7 – O rei dos obstáculos;

8 – Aquele que tem a cor escura;

9 – Aquele que tem a lua na testa;

10 – O removedor dos obstáculos;

11- O Senhor dos ganas, forças de Shiva
Ele é o ‘Deus da Boa Fortuna” e também o “Destruidor de Obstáculos” de ordem material ou espiritual.

Ganesha é adorado junto de Lakshmi (a deusa da abundância) sobretudo pelos mercadores e homens de negócio. 
O ANIVERSÁRIO DE GANHESHA

GANESHA CHATURTHI
Ganesha Chaturthi cai no quarto dia da quinzena de lua escura no mês Hindu de Bhadra (setembro), exatamente no dia 11 de setembro. Neste dia, as pessoas por toda parte na Índia celebram o aniversário de Ganesha. Ganesha é um símbolo muito poderoso do Yoga, e uma lembrança de como deveria ser nossa visão para administrar nossas vidas, com objetivo de viver mais harmoniosamente e conscientemente.
Ganesha é um dos personagens mitológicos mais populares da Índia. É considerado o destruidor dos obstáculos ao desenvolvimento espiritual e material, permitindo aos seus devotos alcançar as riquezas e assegurando o êxito em todos os empreendimentos, por isso é a primeira divindade reverenciada em todos os rituais hindus.
Chaturthi quer dizer ‘o quarto’. Aqui especificamente recorre ao quarto estado de ser, super-consciência. Um indivíduo tem que buscar a ajuda de Ganesha se ele desejar chegar a este quarto estado. Por isto que o festival é chamado Ganesha Chaturthi. É uma lembrança que se devem buscar as bênçãos de Ganesha para se ter sucesso no Sadhana Yogui (prática de Yoga).
A palavra Ganesha é composta de duas palavras do sânscrito: Gana (criado ou administrador) e Isha (supremo). Então Ganesha quer dizer literalmente ‘o administrador’ supremo. Ele também é conhecido amplamente como Ganapati, ‘o administrador’ principal. A palavra Gana nesse contexto tem significado especial. A mente cósmica e individual tem aspectos diferentes ou poderes; estes são chamadas Ganas. Ganesha é o chefe ou o que possui maior destes poderes, que controla todos os outros. O poder da inteligência que dirige tudo no cosmo e no homem.
Ganesha simboliza aquela inteligência inexplorada dentro de cada um de nós. O propósito de adorar e evocar Ganesha é provocar a transformação interna, enquanto resultando de uma expressão de pura inteligência, despertado progressiva e gradualmente por Sadhana Yogui, ou seja, práticas de Yoga.
Existe uma lenda que conta que Ganesha é o segundo filho mítico de Shiva (que representa a Consciência) e Parvati (que representa a energia dinâmica). O primeiro filho deles se chama Kartikeya ou Subramanyam, cujo filho simboliza aspectos de nosso ser que não participa dos negócios mundanos, e com intensa manifestação das qualidades do pai (Shiva): severidade, separação, conhecimento espiritual e felicidades. Entretanto Parvati queria um filho mais da terra, que fosse seu ajudante, assim criou Ganesha uma perfeita combinação de inteligência e participação ativa no mundo, que simboliza aí os aspectos mais práticos do nosso ser.
Shiva, Ganesha e Parvati
Existem várias outras lendas sobre Ganesha, principalmente a explicação sobre o porquê da cabeça de elefante, sendo uma delas a seguinte:
Um dia Parvati pediu para Ganesha vigiar sua casa e não permitisse que ninguém entrasse. Nesse momento Shiva chegou, porém Ganesha não permitiu sua entrada na casa. Como Shiva já estava aborrecido enviou todos os seus Ganas (criados) para retirar esse menino da porta da casa, todavia Ganesha venceu todos com sua inteligência e rapidez. Assim sendo Shiva não teve outra alternativa senão cortar sua cabeça. Parvati ao saber do acontecido começou a destruir o mundo e Shiva a pacificou prometendo devolver a vida a Ganesha com a cabeça de outro ser. Ao ver a cabeça de um filhote de elefante, sua cabeça foi cortada e unida ao corpo de Ganesha, voltando assim à vida, com as bênçãos de seus pais e de todos os deuses.
Esse mito representa na realidade o ego que Ganesha possuía devido a sua extrema inteligência. Ele lutou e rejeitou seu pai, a fonte de consciência, e é isto que muitas vezes nós fazemos, esquecemos de nós mesmos. Cortando sua cabeça cortou também o assento do ego e do orgulho, mas devolveu em uma nova forma que conduz a uma consciência mais alta, fazendo com que seu ego pudesse ser usado para evolução espiritual e beneficio de todos os seres. Essa nova forma, a cabeça do elefante, simboliza força e determinação para superar os obstáculos da vida, reconhecido universalmente como sendo o epítome de sabedoria e inteligência.
Ganesha também é conhecido como Vidya Varidhi (oceano de conhecimento), responsável por manter um registro de todos os eventos do universo sem nenhum erro, considerado o registrador das escrituras do universo. Os grandes santos e Yoguis recebem as revelações e Ganesha é quem escreve, por isso é sempre invocado antes de começar uma adoração cerimonial, leitura de escrituras, casamentos, início de projetos, entre outros.
A mensagem do dia de Ganesha Chaturthi é:
Desperte sua inteligência e você ganhará em todas as esferas de sua vida seja físico, mental ou espiritual.

Om Gam Ganapataye Namah ! 
Jaya Ganesha !

Gam Gam Ganapati sharanam Ganesha
Gam Gam Ganapati sharanam Ganesha

jaya Ganesha jaya jaya Gananátha
jaya Ganesha jaya jaya Gananátha
Om Gam GaAapataye namah
Jay Gajamukhanátha kí jai!

Proteja-nos! 
Namastê.
O Mantra do Ganesha é : 

GANESHA SHARANAN
SHARANAN GANESHA GANESHA SHARANAN
SHARANAN GANESHA
Ganesha é o Mestre do Conhecimento, da Inteligência e da Sapiência. É aquele que proporciona a potência espiritual e a inteligência suprema. É o grande removedor dos obstáculos, Guardião da Riqueza, da Beleza, da Saúde, do Sucesso, da Prosperidade, da Graça, da Compaixão, da Força e do Equilíbrio.
Ganesha significa “Senhor de Todos os Seres”.
É filho do Senhor Shiva, a “Realidade Suprema”, e de Parvati, a “Mãe do Cosmos”. 
Seus sinais sobre a testa representam as três dimensões: a região inferior, a Terra e o Paraíso. Suas orelhas simbolizam a grande sapiência da educação espiritual. Seus olhos enxergam além da dualidade, o espírito de Deus em cada um. Sua tromba indica capacidade intelectiva. Suas presas representam os mundos material e espiritual, negativo e positivo, Ying e Yang, forte e fraco. Sua enorme barriga indica capacidade de “ingerir” qualquer experiência, representando também a abundância. Seus braços representam os quatro atributos do corpo: mente, corpo, intelecto e consciência. 
Em sua mão direita (acima) carrega uma machadinha, que decepa os apegos do mundo material; na outra (abaixo), o sinal do OM, que abençoa com prosperidade e destemor; na mão esquerda (acima), o laço significa a fertilidade, a própria natureza; na outra (abaixo), gadu, um doce feito de grão-de-bico com açúcar granulado ou doce-de-leite com arroz, que representa a satisfação e a plenitude do conhecimento. O rato significa que devemos ser astutos e diligentes em nossas ações. A serpente é o símbolo da energia física, guardiã dos segredos da Terra.
Ganesha pertence à família dos deuses mais populares do Hinduísmo. Ele é o primogênito de Shiva e Parvati. Shiva é a terceira pessoa da trindade hindu. É o Deus da renovação, destrói para construir algo novo (transformação). Ele é o criador da Yoga. Parvati é a filha dos Himalayas. Deusa da beleza, mãe bondosa e mulher devotada. Shiva tem alma aventureira e adora viajar montado em sua vaca branca Nandi. 
Infelizmente, os lugares que ele mais gosta são as montanhas inacessíveis e perigosas. Adora também os crematórios, mas sua paixão é a meditação e a Yoga. Quando pratica a Yoga, nem mesmo um terremoto o perturba. 
Por algum tempo depois de seu casamento com a bela Parvati, vivendo em um bangalô no Himalaya, longe da civilização, Shiva começava a sentir falta de suas viagens; foi quando Parvati, já desconfiada, pergunta-lhe: 
– Shiva, por que não viaja por uns tempos? Não sente saudades dos seus companheiros? 
– É que quando estou perto de você, não sinto falta de nada. E, na verdade, todos os meus companheiros estão em torno da casa, eles nunca se afastam de mim. Eu não quero assustá-la, mas todos os fantasmas, demônios e gnomos, apesar de estarem invisíveis e quietos, estão presentes. Espero apenas que não peça para mandá-los embora, pois são como crianças e sabem o quanto lhe amo. 
– Claro que não Shiva, podem ficar. Mas e a sua meditação? Ela era sua maior ocupação. Shiva, no fundo, sabia que ela estava certa e que tinha muita saudade das montanhas, onde sentava para meditar. E sabia que fora pela meditação que conseguiu se transformar em um Deus tão poderoso. Shiva então, depois de uma longa conversa, decidiu sair para meditar. Feliz, coloca sua pele de tigre na cintura, enrola suas cobras favoritas no pescoço, apanha seu tridente e sai montado em sua vaca, Nandi, seguido de seus estranhos companheiros. Mas não podemos nos esquecer de que quando Shiva medita, é impossível despertá-lo. E foi isso que aconteceu. Muito tempo se passou quando, finalmente, Shiva levantou-se da posição de lótus, lembrou-se de sua Parvati e correu de volta para ela. Nesse ínterim, Parvati transformara aquela simples choupana num lugar muito confortável e bonito. E não ficou sozinha por muito tempo. Shiva não sabia, mas a tinha deixado grávida. E, no tempo certo, deu à luz um lindo bebê, Ganapati. Os anos passaram-se, o deus bebê cresceu e se transformou num rapazinho muito inteligente. Numa manhã de primavera, Parvati estava tomando banho enquanto Ganapati se mantinha perto do portão, aguardando sua mãe. Nesse instante, um homem alto, com cabelos longos, um monte de cobras enroladas em seu pescoço e vestido com uma pele de tigre e uma aparência selvagem, aproxima-se do portão. 
Shiva parou e olhou com estranheza para o bangalô. “Será que esta casa linda era mesmo a sua? E quem seria aquele rapaz parado no portão?”
– Deixe-me entrar! – disse Shiva, impaciente e descortês.
– Não – respondeu Ganapati – você não pode entrar! 
Fonte: ganeshodeusdafortuna.blogspot.com/

Oração para a Energia da Abundância da Sexta Dimensão

Querido Deus Pai/Mãe, e Mestre Jesus, peço que facilitem o processo de alinhamento de todo o meu campo eletromagnético, todo o meu sistema de chacras e em todos os níveis e em todas as dimensões, paralelas e alternadas, com a energia da abundância dentro da sexta dimensão que atualmente está sendo criada.
Peço aos poderosos criadores da vida que existe, que me tragam a todos os meus corpos sutis, incluindo meu corpo físico, meu corpo emocional, meu corpo mental desta vida e de qualquer outra vida, a um alinhamento perfeito e harmonioso com esta energia da abundância sustentada dentro da sexta dimensão.
Peço que todas as energias da natureza da consciência, do subconsciente e inconsciente conectadas à limitação, ao temor, à carência e ao sofrimento do meu ser atual e a todos os seres paralelos e alternados, sejam desconectados, desmantelados e separados imediatamente harmoniosamente e de maneira perfeita e milagrosa.
Ordeno que o fluxo puro e divino do amor, jubilo, paz, harmonia, auto estima, auto amor, auto aceitação, êxito em toda a sua forma absoluta, abundante e qualquer outro aspecto de abundância que a minha alma acredita que é parte do meu ser, que venha a manifestação imediata de acordo com a mais elevada vontade de minha alma em estado de graça, de maneira perfeita, harmoniosa e milagrosa. 
Eu aceito, conscientemente, que me liberte de todos os pensamentos de temor, atitudes de temor, condicionamentos, percepções e atitudes do estado de consciência de vítima.
Eu aceito, conscientemente, libertar de todos os níveis – consciente, subconsciente e inconsciente, nesta vida e em todas as vidas paralelas e alternativas, programação genética, do estado da consciência da pobreza, estado de consciência de vítima, estado da consciência do amor egocêntrico que tem feito gerado experiências limitativas nesta vida e em qualquer outra vida que tenha vivido.
Eu aceito, conscientemente, viver em harmonia e aceito o alinhamento com padrão divino que o Deus Pai/Mãe criou para mim mesmo, no princípio da minha existência e ordeno que este padrão do amor divino, da Luz Divina, da Sabedoria Divina, do Poder Divino, do Conhecimento Divino e da Verdade Divina se faça UNO comigo AGORA e recebo a graça de maneira perfeita, harmoniosa e milagrosa.
Renuncio a todo o TEMOR.
Querido Deus Pai/Mãe entrego meus medos transformando-os do meu plano e vontade Divina “
Com muito Amor.

MEDITAÇÃO – Atraindo a Prosperidade

Esta meditação é especialmente recomendada para atrair prosperidade.
A cabala não relaciona a prosperidade ao quanto você ganha, mas sim ao quanto você produz e compartilha com o que ganha.
A combinação de letras sagradas em grupos de três deriva de um sistema muito poderoso denominado “72 nomes de Deus”.
Elas têm o poder de fazer a reestruturação de nossa alma. Poderíamos classificá-los como uma alta tecnologia espiritual.
Por muitos séculos foram mantidas em segredo por um seleto grupo de sábios cabalistas, mas já era mais do que chegado o momento destas meditações serem acessadas por um grupo maior de pessoas.
Da mesma maneira que H2O forma uma molécula de água e CO2 forma uma molécula de gás carbônico, a combinação destas letras em grupos de três gera um enorme poder energético. Da mesma maneira diferentes combinações irão gerar diferentes resultados.
A meditação deve ser feita da seguinte forma:
1. Feche os olhos durante um minuto e respire lentamente, esvaziando gradativamente os pensamentos que inicialmente podem estar incessantes.
2. Abra os olhos e contemple a letra abaixo por aproximadamente cinco minutos, passando os dedos em cima da letra, da direita para a esquerda.
É importante lembrar que você não precisa acreditar que estas meditações funcionam. 
Experimente por você mesmo. 
Dê a elas e a você apenas um voto de confiança. 
Injete o desejo de receber e o desejo de compartilhar. 
O resultado virá naturalmente.
Fonte: misticos.wordpress.com/

RITUAL DA PROSPERIDADE – Abundância

prosperidade
O ritual da abundância é realizado durante 21 dias consecutivos e serve para atrair prosperidade e abundância para sua vida. Lembre-se que a prosperidade pode se manifestar de diversas formas!

Ritual da Abundância

Inicia-se com 7 respirações profundas (ao inalar, manter o pensamento firme no decreto EU SOU UM SER DOS 7 RAIOS, EU SOU A PERFEIÇÃO QUE DEUS DESEJA – ao exalar manter o pensamento no decreto EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA).

Em seguida faz-se a proteção do ambiente com a seguinte invocação em voz alta: TUBO DE LUZ BRANCA: Ó DEUS TODO PODEROSO presente em meu coração, projeta um tubo de força eletrônica em torno de mim, torna-o tão possante que nada de mau possa penetrar, faz com que eu seja invisível, invencível e invulnerável a tudo que não é o teu amor, tua sabedoria e teu poder.

Obrigado DEUS TODO PODEROSO por atender ao meu apelo.
Continuando a fazer os apelos de abundância, prosperidade e riquezas.

1. EU SOU O EU SOU, A LEI DE TODA RIQUEZA, DE TODA OPULÊNCIA, DE TODA SUBSTÂNCIA, DE TUDO QUE EU POSSA DESEJAR DE CONSTRUTIVO, NESSE INSTANTE MESMO E POR TODA A ETERNIDADE.

2. EU SOU O EU SOU, A LEI DA PRESENÇA EM MINHAS MÃOS E DE MEU USO DAS RIQUEZAS E DA OPULÊNCIA DIVINA NESSE INSTANTE MESMO E POR TODA A ETERNIDADE.

3. EU SOU O EU SOU, A PRESENÇA EM MINHAS MÃOS DE TODO DINHEIRO QUE EU TENHO NECESSIDADE, NESSE INSTANTE MESMO E POR TODA A ETERNIDADE.
4. Ó DEUS TODO PODEROSO PRESENTE EM MEU CORAÇÃO DÁ-ME DEZ VEZES MAIS DINHEIRO DO QUE EU VOS PEÇO E VÊ QUE EU O EMPREGUE AO SERVIÇO DA LUZ. EU ACEITO A MANIFESTAÇÃO INSTANTÂNEA DESSE DINHEIRO E TE AGRADEÇO.

5. EU SOU O EU SOU, A LEI DA ABUNDÂNCIA DE JUPTER E SEU RAIO VERDE SE ESPALHA EM MEU LAR, EM MINHA VIDA E EM MEU MUNDO. EU TE AGRADEÇO Ó JÚPTER E EMPREGAREI ESTA ABUNDÂNCIA AO SERVIÇO DA LUZ. EU SOU, EU SOU, EU SOU.

6. EU SOU O EU SOU, ALEI DA ABUNDÂNCIA DE DINHEIRO QUE ME VEM SOBRE O RAIO VERDE DE JÚPTER, EU TE AGRADEÇO Ó JUPTER, EU EMPREGAREI ESTE DINHEIRO A SERVIÇO DA LUZ.

7. EU SOU O EU SOU, A LEI DA VITÓRIA DO AMOR DIVINO QUE ME DÁ UMA AVALANCHE DE RIQUEZAS INFINITAS PARA A REALIZAÇÃO DO PLANO DIVINO. EU SOU, EU SOU, EU SOU.

8. EU SOU A RESSURREIÇÃO E A VIDA DE TODA OPULÊNCIA, RIQUEZAS E PROSPERIDADES QUE INVADEM A MINHA VIDA AQUI E AGORA.

9. Ó DEUS TODO PODEROSO, PRESENTE EM MEU CORAÇÃO, Ó BEM AMADO JUPTER, Ó JUNO, DÁ-ME TODO DINHEIRO NECESSÁRIO À TAREFA QUE EU REALIZO, SEM ESMORNECIMENTO. AJUDAI-ME A FAZER O QUE EU DEVO FAZER, A FIM DE PREPARAR A IDADE DE OURO QUE VEM. AJUDAI-ME A FAZER APARECER SOBRE O PLANO FÍSICO A PERFEIÇÃO DO PLANO DIVINO. EU VOS AGRADEÇO Ó DEUS TODO PODEROSO PRESENTE EM MEU CORAÇÃO, Ó BEM AMADO JÚPTER, Ó JUNO, VÓS ATENDESTES AO MEU APELO.

10. ARCAJO MIGUEL E LEGIÃO DA LUZ (3vezes) ESPALHAI SOBRE NÓS VOSSAS RIQUEZAS INFINITAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
MAHA-CHOAN, JÚPTER E DEUSA DA FORTUNA (3 vezes) ESPALHAI SOBRE NÓS VOSSAS RIQUEZAS INFINTAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
Ó POTÊNCIA SECRETA DO CORAÇÃO DO GRANDE SILÊNCIO (3 vezes), ESPALHAI SOBRE NÓS VOSSAS RIQUEZAS INFINITAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
CHAMA ESPONTÂNEA DO GRANDE SOL CENTRAL (3 vezes) ESPALAHAI SOBRE NÓS TUAS RIQUEZAS INFINITAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
CHAMA ESPONTÂNEA DOS MILHARES DE SÓIS, SENHORES DA CHAMA
AZUL DO GRANDE SOL CENTRAL (3 vezes) ESPALHAI SOBRE NÓS VOSSAS RIQUEZAS INFINITAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
CHAMA ESPONTÂNEA DOS MILHARES DE SOIS, NA POTÊNCIA DE 3 VEZES
3 (3 vezes) ESPALHAI SOBRE NÓS VOSSAS RIQUEZAS INFINITAS. EU SOU, EU SOU, EU SOU.
 EU PEÇO QUE ESSES APELOS SEJAM MANIFESTADOS FISICAMENTE.
EU ORDENO QUE ELES SEJAM MANIFESTADOS FISICAMENTE.
EU SOU O PODER QUE OS FAZ APARECER SOBRE O PLANO FÍSICO.

11. VESTA, HÉLIOS E JÚPTER DÁ-NOS O RAIO VERDE DA ABUNDÂNCIA E MANTENDE-NOS FORTEMENTE DENTRO DELE ATÉ QUE ELE VARRA E CONSUMA TODA LIMITAÇÃO E TODA DEFICIÊNCIA (3 vezes). NÓS TE AGRADECEMOS VESTA, HÉLIOS E JÚPTER, VÓS ATENDESTES AO NOSSO APELO.

12. Ó DEUS TODO PODEROSO PRESENTE EM MEU CORAÇÃO, Ó TODA PODEROSA PRESENÇA EU SOU, SUSTENTEM TODOS ESSES APELOS POR TUA LUZ CÓSMICA E MANTENHAM SUA EFICÁCIA POR TODA A ETERNIDADE.

Fonte: http://www.netfenix.com.br

http://despertardegaia.blogspot.com/

NOVENA PARA PROBLEMAS FINANCEIROS

Excerto de um ditado de Saint Germain e Pórcia, transmitido no dia 4 de julho de 1990, no Rancho do Royal Teton, pela Mensageira Elizabeth Clare Prophet:
“Falo-vos de El Morya, agora, por causa da sua dedicação a cada um de vós, pelo amor do seu coração. El Morya está aí, capaz e livre para vos ajudar em quaisquer situações. No entanto, peço que pagueis adiantado fazendo os seus decretos e usando as fitas que os Mensageiros e os chelas prepararam com esta finalidade, para que seja dada a El Morya a energia de que ele necessita para interceder por vós. Será que uma novena de nove dias a El Morya é pedir muito para que ele entre na vossa vida e no vosso mundo a fim de resolver estes mesmos problemas financeiros, para vos ajudar a multiplicar o vosso suprimento e para ajudar na vossa consciência quando vos afastais em esquemas cheios de loucura e onde alguns tiram vantagem e entram no bolso uns dos outros, quando vendem coisas que não deveriam vender?
…Então, se derdes a El Morya o que lhe é devido no vosso amor e nos vossos decretos, vereis que estas questões problemáticas podem chegar ao fim e vós podereis avançar.”
Esta novena pode ser feita durante os nove dias ou mais. Sugerimos a seguinte matriz:
Decreto do Fogo Violeta e do Tubo de Luz (1x)
São Miguel (6x)
EU SOU a Vontade de Deus (6x)
El Morya, Chohan do Poder (6x)
Selo
Os Tesouros da Luz (6x)
Mantras para a Cura das Economias das Nações (1x)
Selo
EU SOU a Chama Violeta (9x)
Violeta-Púrpura-Rosa (6x)
Selo
Oração de São Patrício para Proteção (1x)
Esta matriz é uma sugestão. Podem fazer mais ou menos repetições, de acordo com as suas possibilidades. Apenas recomendamos que façam mais repetições dos decretos de El Morya 10.03 e 10.09, uma vez que esta novena é feita a este Mestre.
Chamado
Em nome do EU SOU O QUE EU SOU, em nome do Cristo, invocamos o amado El Morya, o amado Arcanjo Miguel, os amados Elohim Hércules e Amazônia, a amada Fortuna, a amada Mãe Maria, e pedimos que nos ajudem a resolver os nossos problemas financeiros, nos ajudem a encontrar formas legítimas de ganhar a vida. Amado El Morya, pedimos que entres na nossa vida e no nosso mundo, que expandas a nossa consciência para que nunca nos afastemos do caminho da retidão. Pedimos que nos ajudes a avançar na Senda e nos ajudes a resolver quaisquer situações difíceis que possam surgir na nossa vida. Pedimos também que nos ajudes a realizar todos os planos que tens para a nossa organização no Brasil, em Portugal e em todos os países de língua portuguesa. Aceitamos que isto que pedimos se faça de acordo com a santa vontade de Deus. Amém.
Fonte: