25/07 O DIA FORA DO TEMPO – 26/07 ANO NOVO NO ANTIGO EGITO E CULTURA MAIA

Feliz Ano Novo (em 26/07), pelos calendários do antigo Egito e dos Maias

No dia 26 de julho de 2016 se inicia o novo ano do Calendário Maia de 13 Luas de 28 dias, o próximo ano novo Maia e Egípcio, o ano Semente Cósmica Amarela, de 26/07/2016 a 24/07/2017.

O ANTIGO EGITO e o CALENDÁRIO MAIA

Esse dia TAMBÉM corresponde com a ascenção, no resurgimento da estrela SÍRIUS, a principal estrela da Constelação do Cão Maior (Canis Major), e a mais brilhante nos céus da terra, minutos antes do nascer do Sol no amanhecer do dia 26 de julho, fenômeno conhecido como o nascimento HELÍACO DE SÍRIUS o que ocorre anualmente EM TODAS AS MANHÃS DO DIA 26 de Julho e que era celebrado como o início de um novo ano no antigo EGITO e pelos MAIAS.
No calendário Maia os dias 23 e 24 de julho, que antecedem o dia-fora-do-tempo, são propícios para meditação, transformação e renovação, sobre o que devemos jogar fora, ao nos desapegarmos do que não nos serve mais, abandonar o que é falso em nossa vidas, e ao mesmo tempo, buscar na essência de nosso ser real aquilo que vale a pena para consolidarmos a presença do espírito divino cada vez mais presente em nossas vidas durante o próximo ano! 

O dia 25 de julho, o dia-fora-do-tempo no calendário MAIA, é um dia especial comemorado pela cultura galáctica do calendário Maia como “o dia do perdão universal”. É um dia para se experimentar a total liberação da prisão do tempo.

Deve ser comemorado em meditações, cerimônias e eventos espirituais, artísticos e culturais. No dia seguinte, em 26 de julho de 2016 se inicia o novo ano do Calendário Maia de 13 Luas de 28 dias, o próximo ano novo Maia/Egípcio, o ano Semente Cósmica Amarela, de 26/07/2016 a 24/07/2017. e termina o ano Mago Planetário Branco.

Por que o início do Ano Novo do Calendário Maia é em 26 de Julho?

O fato de essa data ser a do Ano Novo dos Maias tem base num fenômeno astronômico que se relaciona tanto com o Encantamento do Sonho como com uma profecia dos sacerdotes maias Chilam Balam.

Ela TAMBÉM corresponde à subida, o resurgimento da estrela SÍRIUS, a principal estrela da Constelação do Cão Maior (Canis Major), e a mais brilhante nos céus da terra, minutos antes do nascer do Sol no amanhecer do dia 26 de julho, fenômeno conhecido como o nascimento HELÍACO DE SÍRIUS o que ocorre anualmente EM TODAS AS MANHÃS DO DIA 26 de Julho.

A Cultura MAIA surgiu na América Central e sua origem é extraterrestre, das Plêiades.

Este auspicioso alinhamento anual de SÍRIUS (Sothis para os gregos) com o nosso Sol (Hélios) – que marca também o início do novo ano do calendário Maia de 13 luas – assegura a propagação de luz e da abundância sobre a Terra ”E TAMBÉM INICIA O ANO NOVO na civilização do EGITO antigo”. 

No Egito antigo essa data (26 de julho) e evento astronômico marcava o inicio da celebração de um novo ano e o princípio das cheias do Rio Nilo, que trariam abundância pela fertilização de suas margens.

Durante sete dias (uma semana), divindade principal homenageada era ÍSIS, a principal deusa do panteão egípcio, a esposa e irmã do Faraó e o verdadeiro poder (o poder da deusa, feminino) por trás de seu trono e cuja representação nos céus é a própria estrela SÍRIUS (representada na nossa bandeira, simbolizando o Estado do Mato Grosso, no Centro-Oeste, uma região que gera abundantes colheitas de grãos anualmente). O Faraó era representado nos céus pela constelação de ÓRION (Princípio Masculino). 

Sendo a estrela fixa mais brilhante do céu e o segundo sistema solar mais próximo do nosso, SÍRIUS é, há muito tempo, vista como elo de ligação, o acesso a um estado de consciência mais elevado que auxiliaria na aceleração da evolução do nosso planeta e da humanidade cuja energia fundamental está associada ao Princípio Feminino do Divino, à energia da deusa: ÍSIS. 

O que é o Dia Fora do Tempo no calendário Maia? 

O Dia Fora do Tempo, anualmente lembrado com festivais desde 1992 a nível global, cai sempre a 25 de Julho. No Calendário Maia de 13 Luas, este dia não é dia de mês nem dia de semana. Está entre o dia que fecha um ano (24 de Julho) e o dia que abre o ano seguinte (26 de Julho). 

ÍSIS NEGRA, a verdadeira “BASE DO PODER” do Faraó e de seu reinado (a MÃE Cósmica da Luz e de todos os Sóis).

Este dia é dedicado a festividades, à comunidade, à volta da união com o planeta (reconexão com GAIA, o princípio feminino planetário). Os pontos focais são: parar o trabalho de todos os dias e atestar a verdade que afirma que “O Tempo é Arte!”. 

A celebração da Paz Planetária através da Cultura, do perdão, da reparação, o perdão de dívidas, da purificação, a Arte da Paz, da liberdade de se estar vivo. É uma oportunidade para se vivenciar a verdadeira atemporalidade e a amorosa bondade, a caridade, amizade, a solidariedade, fraternidade, a humildade e a gratidão.

Quer seja em reuniões públicas ou em círculos privados ou em introspectiva meditação este dia é um momento de catarse do ano que passou e de preparação para o ano que se inicia, uma forma perfeita para convidar as pessoas à harmonia do Calendário das 13 Luas no Ano Semente Cósmica Amarela (26 de Julho 2016 a 24 de Julho de 2017). 

A Estrela SÍRIUS 

SÍRIUS, é a estrela mais brilhante do céu noturno, cintila com uma cor branco-azulada e tem uma magnitude visual aparente de -1,46, aproximadamente duas vezes mais luminosa que Canopus, a 2ª estrela mais cintilante/brilhante do firmamento noturno. O nome “SÍRIUS” vem do grego antigo “Seirios” (ardente, abrasador). SÍRIUS pode ser observada a partir de quase todas as regiões habitadas da Terra, exceto daquelas acima de 73 graus de latitude ao norte.

Sua Ascensão Reta (AR) é 6h45m e Declinação (D) é de 16º 42’. Juntamente com Procyon (Cão Menor) e Betelgeuse (ÓRION), SÍRIUS (alfa do Cão Maior) forma os 3 vértices do Triângulo de Inverno (do Hemisfério Norte) ou de Verão (Hemisfério Sul). SÍRIUS eventualmente pode ser até vista a olho nu durante o dia (no começo ou no final do dia), sob determinadas condições favoráveis. 


SÍRIUS na Constelação do Cão Maior, a mais brilhante estrela do céu terrestre.

SÍRIUS nos céus dos povos arcaicos 

SÍRIUS, pelo seu esplendor atraiu todos os olhares e monopolizou as atenções de povos arcaicos não apenas por ser a mais brilhante estrela do céu noturno na Terra como, porque isolada, não tinha ao seu lado estrelas notáveis segundo o astrônomo Rubens de Azevedo. Deificada, SÍRIUS foi astronomicamente a pedra basilar do panteão do Antigo Egito (3.200 a.C a 30 d.C) pois era a corporificação de ÍSIS, irmã e esposa de Osíris, ele personificado pela constelação que chamamos de Órion. 

A Grande Pirâmide do Egito esta alinhada com a Estrela Alnitak, do Cinturão de ÓRION, SÍRIUS e outras Constelações, como Draco, origem de povos reptilianos chamados de draconianos..

No Egito antigo e dos faraós a coincidência entre o nascimento helíaco de SÍRIUS (em grego Sóthis), a cheia fertilizadora do Nilo e o solstício de verão fez com que a data fosse adotada como início de um novo ano – o ano Sótico. O termo “canícula”, alude à constelação de Cão Maior e sua estrela SÍRIUS (Canícula) e se refere à época do ano de dias com calor abrasador e sufocante, os “dies caniculares” dos antigos romanos (Império de Roma 753 a.C- 476 d.C). 

SÍRIUS “desaparece” dos céus noturnos da Terra durante 35 dias antes e 35 dias após a conjunção com o Sol, então ofuscada pelo brilho deste (período de 20 de junho a 29 de Agosto). Há uma invisibilidade desta estrela durante 70 noites antes dela começar a ressurgir, visualmente nos céus das madrugadas, após o seu nascimento helíaco em 26 de julho. 

Constelação de ÓRION, as três estrelas centrais são chamadas de Três Marias no Brasil e determinam o alinhamento das Três Pirâmides na Planície de Gizé, no Egito.

Os sacerdotes egípcios demoravam igual número de dias preparando um corpo para o embalsamamento. A linguagem do ciclo estelar correspondia à linguagem do rito funerário. Atualmente, no mês de julho, algumas comunidades esotéricas comemoram festivamente o nascimento helíaco de SÍRIUS com rituais, rufar de tambores, fogueiras e danças, mas quase que sem exceção, sem o devido conhecimento do que realmente estão celebrando. 

Todas as nações indígenas da América do Norte, os índios peles vermelhas, assim como os antigos chineses, hindus, caldeus, babilônicos, sumérios, assírios, hebreus, os Dogons da África, e demais povos da antiguidade, também veneravam e faziam celebrações a essas constelações e estrelas, como SÍRIUS, ÓRION e PLÊIADES. 

Um grupo especial de sacerdotes do Egito, levando as “Tábuas de Esmeralda“ de Thoth emigrou para a América do Sul, central e Norte, vindos desde a Planície de Gizé, onde encontraram uma raça florescente, os Maias, que ainda se lembravam e conservavam muito da antiga sabedoria. Entre este povo, os sacerdotes do Egito se assentaram e permaneceram. Esta é uma relação entre povos antigos que nenhum livro de história dos nossos tempos admite.

AS PLÊIADES. O nosso sistema solar orbita o Sol Central das Plêiades, Alcyone (estrela central maior e mais brilhante na foto) dando uma volta completa (um ANO SOLAR) a cada 25.920 anos, sendo que a data de 21 de dezembro de 2012, FINAL do Calendário MAIA marca o final do 13º BAKTUN, e de um desses anos solares. Em astronomia também é conhecida como o Aglomerado estelar aberto M-45, as Sete Irmãs, a Constelação das Plêiades, com os sóis/estrelas principais de Alcyone, MAIA, Electra, Taygeta, Atlas, Pleyone, Celaeno, Asterope e Merope.A principal estrela é Alcyone e a segunda em brilho é MAIA.

No século X, os maias já tinham se estabelecido completamente na península do Yucatán, hoje parte do México, e na Guatemala, e as Tábuas foram colocadas debaixo do altar de um dos grandes templos (Pirâmide) do deus (El) do sol em Teotihuacan. Após a conquista dos maias pelos espanhóis, as cidades foram abandonadas e os tesouros dos templos (e a sabedoria do Calendário) foram novamente esquecidos. 

Os grandes templos desses povos antigos eram construídos voltados para o leste (como o Templo de Salomão em Jerusalém, Stonehenge, na INGLATERRA, Baalbek, no Líbano), para que no dia 26 de julho de cada ano, no dia do nascimento helíaco de SÍRIUS um raio de luz dessa estrela penetrasse no âmago do templo, local conhecido como “Sanctun Santorum” (O Santo dos Santos), existente nas pirâmides e em vários outros templos egípcios, principalmente nos dedicados à ÍSIS. Para esses antigos povos e seus iniciados, esse era o momento mais sagrado de todos os dias do ano inteiro. 

Então, em 26 de JULHO de 2016, que todos nós tenhamos um FELIZ E PRÓSPERO ANO NOVO, MAIA OU EGÍPCIO, não importa, o importante é que se FAÇA A LUZ (FIAT LUX) dentro de nosso coração e mentes com as bençãos da Grande Deusa MÃE ÍSIS – SÍRIUS. 

Fonte: http://thoth3126.com.br

http://despertardegaia.blogspot.com/

AS 5 RAÇAS EXTRATERRESTRES EM CONTATO COM A TERRA ATUALMENTE: O Que Você Precisa Saber

Por Amateo Ra e Steven Bancarz

Você acredita em inteligência extraterrestre ? 

E sobre a ideia de que não só eles existem, mas que estão em contato com a Terra ? 

Todas as provas que eu vi tem apontado para isto ser verdadeiro e se você já viu algumas informações sobre isto, eu tenho certeza que esta ideia vem sem você precisar buscar muito. 
Este artigo irá expor a história sem encobrimentos, apresentando as espécies que você pode fazer contato direto agora ou em um futuro bem próximo.
Os seres humanos já descobriram 2.000 exoplanetas em nosso Universo, com mais de 500 descobertos só neste ano. Estes planetas são potencialmente adequados para a vida e têm as condições adequadas para apoiá-lo, incluindo oxigênio, carbono e água.
Nosso estudo contínuo do espaço só nos levou a perceber que o Universo é absolutamente repleto de vida, especialmente quando você leva em conta que existe uma estimativa de 100 bilhões de galáxias no nosso Universo. 
Algumas pessoas pensam que é impossível que os alienígenas sejam capazes de existir e duplamente impossível que eles seriam capazes de viajar anos-luz para nos visitar. Mas pense nisso:
Nossa terra tem apenas 4 bilhões de anos em um Universo que tem 14 bilhões de anos. Uma espécie poderia aprender, criar e fazer isto dispondo digamos de uma vantagem inicial de 2 ou 3 milhões de anos sobre nós ?
post-06-13-2Contato Comprovado
Os seres humanos que atuam como canais espirituais tem divulgado por anos, informando com quais extraterrestres eles mantêm contato diretamente. 
Abduzidos, militares, denunciantes, mesmo cientistas respeitáveis, foram exaustivamente testados por uma vasta gama de neurologistas, hipnotizadores, psicólogos, etc, provando indiscutivelmente que estas pessoas tiveram contato com ETs, sendo relatado que alguns são benevolentes e outros beligerantes.
Se isso é novidade para você, aqui está o ex-ministro da Defesa Nacional do Canadá Paul Hellyer dando plena divulgação dentro do parlamento canadense sobre as histórias de encobrimento de OVNIs, ETs e contatos que os governos fazem e depois não divulgam para a população. 

Ele explica em uma sala na frente de funcionários do governo que existem mais de 80 espécies de alienígenas que o governo do Canadá está ciente e 4 delas em particular mantêm contato direto com a Terra.

A maioria dos que nos contataram até agora são benevolentes e querem nos ajudar. Alguns desses seres podem parecer estranhos ou de natureza paranormal para nós, isto acontece pela dificuldade que temos de compreender plenamente a sua consciência, inteligência e a forma como eles interagem com a realidade.
Sem mencionar que só pela existência destes seres a nossa compreensão e nosso lugar no Universo muda de forma dramática, tornando muito natural nós estarmos inclinados a rejeitar aquilo que é desconhecido, estranho e desafiador para nós, nos forçando a revermos as mentiras que os governos nos contam.

Eu também sei que esta é uma conversa altamente controversa para ser compartilhada, mas as pessoas precisam ter acesso a esta informação para usarem seu discernimento interior.

Eu acredito que é o momento de começarmos a interagir conscientemente com estes seres, iniciando um novo relacionamento com eles e criando uma ponte de comunicação. Eu tenho experimentado isto em primeira mão comigo mesmo, muitos outros também têm.

Eu realmente acredito que é parte do nosso destino futuro como espécie e é uma parte orgânica do amadurecimento para existir em um planeta inteligente, amoroso e compassivo.

Assim, sem mais delongas aqui estão as 5 principais raças de ETs que estão em contato com a Terra.

Por favor, tenha em mente que estas informações não estão sendo liberadas sem provas. Elas provêm de altos níveis dos governos, pessoal militar, cientistas e contatados diretamente.

Gif

1) Os Essassani
Os Essassani são tecnicamente os nossos répteis, parentes híbridos, humanos cinza. Há um tempo atrás uma espécie conhecida como Cinzas veio à Terra.

 

De acordo com os relatórios, tinham sofrido mutações genéticas a ponto de não serem mais capaz de se reproduzir. Eles só podiam sobreviver por meio da clonagem.

Nós como espécie concordamos em compartilhar nossa genética com eles, para que pudessem alterar o curso da sua história e o futuro.

A maioria das experiências de abdução tinham a ver com este curso de correção genética, que foi muito confuso para os seres humanos. Nós em algum nível concordamos com esta relação.

Desde então, uma raça inteiramente nova de seres foi criada, que naquela época já eram muito mais avançados do que nós, foi preparado e entregue um planeta para eles habitarem, o que lhes permitiu avançar, evoluir e crescer rapidamente, sem precisarem passar pelos estágios primitivos que a humanidade teve na Terra.
Eles são de certa maneira nossos parentes diretos e estão aqui para nos apoiar durante a nossa jornada de ascensão. 

Nos ajudando a manter o curso da realidade que gostaríamos de criar, desejavelmente com paz, harmonia e abundância. Os Essassani são de fato uma raça benevolente e amorosa.

Eles têm uma relação estreita com os seus EUs Superiores, são extremamente brincalhões e gostam de refletir de volta a nossa busca para nos compreendermos melhor.

Os Essassanis são os nossos embaixadores de contato, você pode estar mais familiarizado com a espécie Essassani de Bashar, canalizado por Daryl Anka.


Gif


post-06-13-4

2) Os Yahyel 
(Também conhecidos por Shalanaya)
Os Yahyel são uma espécie linda e graciosa de seres híbridos. Eles irradiam uma energia solar-dourada muito pura, são um dos parentes interestelares mais próximos que temos.
Serão a primeira raça a fazer contato direto conosco em pouco tempo.

Eles são próximos da nossa altura, circunferência e parecem possuir a aparência de um personagem de anime angelical, muitos dos quais tem um olhar altamente multicultural.

Eles são muito bonitos, gentis, inteligentes, atenciosos e centrados no coração.

Eles têm uma relação muito saudável com sua tecnologia e estão aqui para nos ajudar a nos desenvolver e evoluir. Também fizeram contato conosco nos tempos primitivos e são muito mais avançados do que nós atualmente.

Diz-se que muitas das nossas plataformas de redes sociais foram entregues a Terra com a ajuda do seu fluxo de consciência.

Gif


3) Híbridos Sirianos
Estes hiper sapiens são altamente evoluídos e de acordo com os registros, tiveram muito contato conosco desde o início da jornada humana.

Eles são uma das nossas raças criadoras, se uniram para ajudar a criar geneticamente os seres humanos.


O ser descrito no filme Avatar é muito semelhante em aparência aos Sirianos.

Muitas profecias antigas e textos espirituais relatam que os extraterrestres estavam envolvidos na criação dos seres humanos.

Os seres de Sirius existem há cerca de 300 a 500 anos no futuro e são dezenas de milhares de anos mais avançados e evoluídos do que a nossa raça.

Eles são especializados em tecnologia, arquitetura, energia sustentável e geometria sagrada.

Eles são próximos da nossa altura, embora um pouco mais altos em geral, esbeltos e têm músculos definidos.

Eles têm um tom morno azulado na pele, olhos ovais quentes, longos dedos permitindo muita precisão e destreza.

Gif

4) Os Pleiadianos
Os Pleiadianos hiper sapiens são altos, de rosto redondo, olhos arregalados, com características em detalhes suaves. Eles são seres bonitos que são descritos quase exclusivamente como tendo o cabelo loiro (quando têm cabelo) e olhos azuis.

Muitos de nós passamos um tempo em treinamento nas Plêiades aprendendo sobre a vida na Terra antes de virmos para cá, já nos disseram que é para onde vamos retornar depois da ascensão da Terra.

Seus corpos funcionam como instrumentos delicados, bem ajustados, que podem captar sinais psíquicos transmitidos em todo o Universo.

Desta forma, se você quiser se conectar psiquicamente com ETs, os Pleiadianos na maioria das vezes são os mais sensíveis diretamente e aparentemente os ETs mais próximos que estão em contato conosco.

Os Pleiadianos também têm qualidades diplomáticas, à medida que estão bastante envolvidos com a Aliança Interestelar, apoiando o desenvolvimento de raças semeadas em outros planetas, garantindo o progresso e a evolução de todos.

Os Pleiadianos são extremamente gentis, amorosos e são a raça mais fácil para começarmos a entrar em contato psiquicamente. Eles estão prontamente disponíveis e sempre respondem e interagem rapidamente.

Gif


5) Os Arcturianos
Os Arcturianos são a raça mais antiga de toda a nossa galáxia, são hiper sapiens, uma raça de seres altamente evoluídos. São profundamente conscientes, inovadores e experientes.

Nos informaram que o sistema Arcturiano foi o primeiro a ser semeado nesta galáxia, e que iniciou uma série de raças descendentes na galáxia, incluindo a nossa própria.

Os Arcturianos tem várias formas, a sua consciência altamente avançada permitiu-lhes passar através da singularidade, coexistindo totalmente em uma realidade de alta vibração e poderosamente avançada. 

A raça principal tem cerca de 1.20 m a 1.5 m de altura, pele azul e cérebro grande. Seus corpos no entanto são surpreendentemente amplos e tem uma forma de encaixe sobre eles.

Os Arturianos estão acelerando e se tornando menos físico. São espirituosos e psíquicos, tem facilidade em nos compreender porque sempre supervisionaram e apoiaram a nossa experiência de vida. Eles são uns dos nossos ancestrais das estrelas mais profundas.

Gif
Para mais informações sobre contatos humanos iniciados com ET, encobrimentos dos governos, abduzidos e denuncia de testemunhas, eu recomendo que você assista ao documentário Sirius.

Ele contém décadas de investigação em tempo integral, com informações sobre dispositivos de energia livre, raças alienígenas e espiritualidade, veja o trailer:

Gif

post-06-13-1

Como Entrar em Contato Com Estes Seres


Eu recomendo que você reserve um tempo para meditar todos os dias, sempre no mesmo horário. Limpe seu espaço, posicione-se confortavelmente e respire profundamente algumas vezes.

Faça um pedido para recebê-los em seu espaço. E então apenas medite…

Permaneça tranquilo e ouça.

Se quiser, faça uma pergunta e analise que tipo de resposta você recebe.

Como Max Plank disse uma vez, o número de mentes no Universo é uma só. Estes seres têm milhares ou milhões de anos de evolução mais do que nós, então capacidades como telepatia, Percepção Extra Sensorial (PES) e transmissão física são tão fáceis para eles como o envio de um sinal de rádio é para nós.
post-06-13-9Os Antigos Sabiam Disso
Existem registros de que os ETs nos visitam há milhares de anos, todas as culturas antigas falam sobre os “deuses” que iriam “descer do céu” com uma luz brilhante e trazer-lhes conhecimento, ferramentas, tecnologia e cultura.

Estes seres são descritos geralmente tendo a pele brilhante ou usando algum tipo de equipamento espacial, geralmente com a cabeça grande e olhos grandes arregalados.

“Eram os Deuses Astronautas” (Erich Von Däniken) é uma leitura maravilhosa que resume uma grande quantidade de evidências de que o homem antigo foi visitado no passado por seres extraterrestres e eles criaram arte, pinturas rupestres (veja imagem acima) e esculturas destes visitantes distantes para descrever as experiências que tiveram com eles.

post-06-13-10
Estas são as cinco principais raças que mantêm contato com a Terra. Mais uma vez, gostaria de sublinhar que esta não é uma besteira da nova Era.

Estas informações vem de registros dos mais altos níveis do complexo militar industrial, dos governos e dos contatados diretamente.

Existem muito mais raças em contato conosco agora e muitas outras que também desejam entrar em contato. Talvez eles estejam esperando por nós abrirmos nossa mente e nosso coração, deixar ir a nossa ganância e orgulho, crescer um pouco, atingindo um progresso espiritual maior antes de tornarem sua presença conhecida no planeta inteiro.
©Amateo Ra e Steven Bancarz
Tradução: http://portal2013br.wordpress.com

http://despertardegaia.blogspot.com/

SÍRIUS E O ANO NOVO PLANETÁRIO – 26 de Julho

Mensagem de Celia Fenn
21 de Julho de 2015
O final de Julho é comemorado como o Ano Novo Planetário, porque muitas das antigas raças na Terra reconheceram isto como o momento em que um importante Novo Ciclo do Tempo Evolutivo era iniciado.
Este período esteve também associado ao que era conhecido como o “Portal de Leão”, o momento histórico em que a constelação de Leão se alinhava ao complexo de Pirâmides, em Giza.
Mas vocês poderiam perguntar: Por que isto é tão importante para mim no ano de 2015?
Isto é porque o Ano Novo Planetário comemora o momento em que a Estrela Azul Sírius surge no céu da manhã, ao mesmo tempo e em localização próxima ao nosso Sol.

É o momento em que a Terra tem Dois “sóis” no céu. Um sol é Dourado e o outro é Azul, em Frequência. Esta conjunção de Estrelas celebra a longa conexão entre a Terra e o seu Sol, e o Sistema Estelar de Sírius.

No Egito Antigo, na pós civilização Atlante, que surgiu às margens do Nilo, o nascimento heliacal ou helíaco de Sírius, (N.T: O nascer helíaco ou nascimento heliacal de um corpo celeste é o momento em que este torna-se visível no horizonte, imediatamente antes do nascer do Sol estando suficientemente afastado para que não seja ofuscado pelo brilho dele.), como é conhecido, marcava também o momento em que o Rio Nilo se elevava, devido às chuvas na África Central e inundava as planícies do Egito, de modo que as culturas pudessem ser cultivadas.
A elevação das águas significava o retorno da Abundância e as Bênçãos à terra, e isto estava também associado à Sírius e ao seu nascimento helíaco, no Oriente.
Sírius tem sido, há muito tempo, uma luz guia e força na Evolução da Terra. Houve muitos Mestres Estelares poderosos que vieram à Terra para ajudar à Humanidade e eles eram considerados como “deuses”.
Estes mestres incluíam os Seres conhecidos como Ísis e Osíris, que trouxeram a arte da agricultura e a aprendizagem às pessoas do Egito Antigo, para ajudá-las a reconstruir o seu mundo após o trauma da catástrofe da Atlântida.
E agora, neste momento, foi-nos dito que os Mestres de Sírius estão retornando ao nosso mundo para nos ajudar no alinhamento de nossas frequências com a chegada da Luz Diamante, que está elevando a frequência de nosso Planeta e da Humanidade.

O SOL DOURADO E O SOL AZUL
Como Mestres, os Sirianos trouxeram informações aos Antigos Egípcios que os ajudaram a recordar que eles eram e para onde eles estavam indo.

Eles lhes ensinaram os princípios da Ascensão, e estes foram registrados em textos nos papiros e nas paredes das pirâmides e dos templos. Eles nos lembraram de que os nossos corpos são da Terra, mas que as nossas Almas são das Estrelas.

Nos últimos anos, eles também nos lembraram de que tudo é energia e frequência e que ascender ou elevar a nossa consciência, significa que podemos nos alinhar com as frequências que estão chegando do Coração Cósmico e do Centro Galáctico, e que estamos elevando a frequência de nossos Corpos de Luz e de nossos corpos Físicos e do nosso DNA.
Os Sirianos foram os primeiros a nos ensinarem sobre a “Consciência Crística”, que estava incorporada na Luz Dourada do Sol. A Frequência Dourada era a Luz Divina e ela mantinha a energia do Amor Divino e da Compaixão.
Quando a Humanidade se abriu para receber mais as transmissões da Luz Divina e os Códigos de Luz que elevariam a consciência, ela recebeu a Luz Dourada e ativou o Corpo de Luz e a consciência Multidimensional.

Os primeiros Avatares Sirianos da Consciência Crística foram Ísis e o seu companheiro Osíris, que trouxeram a Luz Dourada ao Egito. 

O segundo Avatar Siriano foi Yeshua, conhecido como Jesus, e a sua companheira, Maria Madalena. Juntos, eles incorporaram as frequências do Masculino e do Feminino Divino, da Frequência Dourada da Consciência Crística.
O Sol Azul era o próprio Sírius, e ele mantinha a Frequência Azul deste Sistema Estelar, também conhecido como a “Estrela Azul”.
Esta profunda Luz Azul mantinha os Códigos de uma raça evoluída da Galáxia e da Terra. O nascimento do Sol Azul indicava outro ciclo de Luz, de Amor e de Apoio dos Mestres Sirianos, no Caminho da Evolução. Após este evento, aqueles na Terra poderiam esperar grandes bênçãos e abundância em suas vidas.
Vocês poderiam imaginar o que aconteceu?
Por que este ensinamento foi perdido e por que somente agora ele está sendo recuperado, à medida que avançamos no processo da Ascensão?
Bem, no mundo do Egito Antigo, os deveres Sagrados dos Mestres foram interrompidos por um sacerdócio corrupto que tinha uma agenda de controle, principalmente através da manipulação das energias sexuais.
Desde que o mundo é uma zona de livre arbítrio, a Humanidade continuou em seu caminho e os Mestres Sirianos se retiraram do Egito. 

A chegada de Yeshua e de Maria Madalena representou outra oportunidade de ancorar e aterrar a Frequência Dourada.

Inicialmente, isto foi conseguido, após a morte de Yeshua, por Maria Madalena, que levou os ensinamentos à França e à Europa.

Mas, novamente, um sacerdócio corrupto surgiu, e terminou a linha da Maria Madalena, no século 12, com a Cruzada Albigense.

Agora, em 2015, estamos recebendo a oportunidade de vivermos o processo de integração da Frequência Dourada no processo da Ascensão.
E, enquanto o Sol Azul nasce no céu da manhã, somos lembrados de que as ondas do Amor e Bênçãos, estão fluindo sobre nós do Sol, de Sírius, do Grande Sol Central, no Centro da Galáxia, e do Sol ou Coração Cósmico.
O Sol Azul representa o Amor e o Apoio de seres evoluídos da Luz, que encarnaram na Terra, ou que têm norteado a consciência de outras maneiras, a fim de alcançarmos este momento de profunda mudança, em que a Terra está pronta para se tornar um Corpo de Luz e uma Estrela Azul e Dourada Multdimensional.
O PORTAL DE LEÃO
Após o Ano Novo Planetário, no dia 26 de Julho, há um poderoso Portal ou Vórtice que se abre, o que permite que estes novos Códigos de Luz inundem as grades da Terra.

A Constelação de Leão não mais se alinha com o Sol nascente, pois o momento passou.

Mas, a energia de Leão, é o que é importante neste vórtice.

O Leão é o Guardião da Frequência da África e, é claro, o Egito é parte da África.

O Guardião Espiritual do Portal é o Espírito Animal que guarda a integridade do continente Africano.

O Leão também representa o Poder Espiritual, e Yeshua/Jesus, era conhecido como o “Leão de Judá”, como representante da linha Avatar Siriana, na Terra.

Assim, o “Portal de Leão”, é este momento em que este portal se abre para permitir os novos Códigos e nova informação que serão o modelo para o próximo ano. O Leão Real fica de guarda na Nova Linha do Tempo.
Nos hieróglifos do Egito Antigo, o Portal era representado por dois Leões que se encaravam. Eles eram conhecidos como os Leões do Ontem e do Amanhã e, é claro, foi o “hoje” que veio fluindo através do portal. O “agora” Infinito do momento presente que pode ser experienciado como fluxo, criatividade e bênçãos.
O Portal de Leão se abre no dia 26 de Julho, alcança o seu clímax em 8 de Agosto, e se fecha no dia 12 de Agosto.
Assim é, neste momento, que há muitos términos e novos inícios que acompanham as correntes de Luz que vêm através do Portal de Leão.

Não fiquem tristes ou chateados se estes forem tempos intensos: assim eles estão destinados a ser. O poder das novas bênçãos está arrastando o que não é mais necessário, de modo que o novo possa ser enraizado, resultando em bênçãos.

No mundo do Egito Antigo, isto foi claramente visível, quando o rio inundava, arrastando as últimas colheitas dos últimos anos e depositando o rico lodo vermelho que seria o leito para as colheitas das novas estações que alimentariam as pessoas e a terra.

Em nosso tempo, a manifestação pode não ser tão óbvia, mas estamos passando pelo mesmo processo intenso de término e novos inícios, para um ciclo mais rico e mais abundante à frente.

A ASCENSÃO E OS MESTRES
Agora, enquanto estamos neste maravilhoso processo da Ascensão de nossa consciência para as frequências mais elevadas, estamos, mais uma vez, sendo ajudados e assistidos pelos Mestres Sirianos.

Mas, desta vez, não estamos em um relacionamento de “deuses” e “sujeitos”. Estamos ascendendo em nosso próprio poder e os Mestres são vistos como guias e ajudantes, ao invés de “deuses”.

À medida que reconhecemos a Chama Divina dentro de nós mesmos e incorporamos as Frequências Mais Elevadas, incluindo as Frequências Dourada, Azul e Diamante, compreendemos que a Terra “graduou” para um novo nível, onde os Mestres Sirianos podem ser consultados como a “Família Estelar” e os “Anciãos das Estrelas”, mas somos nós mesmos que devemos conduzir a nossa própria evolução através de nossas Intenções e de nossas Escolhas.
Os Mestres estão aqui para manterem as “Lições dos Mestres”, para nos recordarem quem nós somos e nos ajudarem a entrarmos em nosso poder, mas devemos ser aqueles que incorporam as Frequências Cristalinas do Arco-Íris, da Nova Terra.
Esta época do Ano Novo Planetário e do Portal de Leão, é um tempo ideal para compreendermos esta verdade e entrarmos em nossa Luz e Poder Multidimensional, como Seres Humanos Ascensionados, como Almas da Nova Terra, que incorporam todas as frequências mais elevadas da Luz, que nos foram concedidas pelos Mestres Estelares e pelos Avatares, para avançarmos em nossa Evolução Espiritual e Física na Terra.
Tradução: Regina Drumond 

A NATUREZA SIRIANA DOS CÃES E GATOS


A Natureza Siriana dos Cães e Gatos
Arcanjo Metatron canalizado por James Tyberonn

Saudações Mestres! 
Eu sou Metatron Senhor da Luz, e eu estou a abraçá-lo neste momento. 
Comigo estão as energias e a presença do Reino Angélico, os Mestres Ascensos do Conselho Cósmico de Luz, e os seres benevolentes da Aliança Sírio-Pleiadiana. Convidamos você, cada um de vocês aqui, num  momento “Agora” de Amor Incondicional.
Queridos, com o entendimento de que você está aqui para aprender, nós lhes dizemos que a “Universidade de polaridade da Terra” é projetada especificamente para a evolução da alma humana.
O currículo e o local de Polaridade Terra, o processo educativo, é na verdade uma versão da Omni-Terra que é criada e co criada em Inteligência Divina.

É uma ilusão proposital, ela é criada pelo pensamento com propósito, e não pode ser destruída. Considere isso. Isso não significa que você não tem responsabilidades no cuidado da Terra e seus reinos de apoio, pois na verdade isso faz parte do processo de aprendizagem.


O objetivo do plano terrestre é a sua evolução da alma. A Terra suporta essa missão, pelo plano divino, por acordo, e todos os Reinos da Terra são parte disso. Assim dizemos que há versões de outros seres que são de Inteligência Divina que estão aqui para apoiá-lo em seu propósito nesta Terra.
Estes incluem Seres Mestres de muitos reinos. Alguns fazem visitações aqui para apoiá-lo, e alguns destes Seres escolhidos  vêm com a  consciência completa de Avatar. Mas esteja ciente de que existem versões de Seres Mestres benevolentes que têm por acordo escolhido se manifestar de várias formas mais primitivas para apoiar a humanidade.
Aqueles que pertencem ao reino animal na Terra estão aqui para apoiá-lo. Parte desse processo envolve a sua expressão no plano terrestre da Consciência de ‘grupo’.

As dimensões mais profundas do Eu animal existem não ao nível do indivíduo, mas de toda a espécie, em que o nível mais profundo desta Consciência não está inscrita na lição dualidade, per si.

Os Felidae
E assim nós falamos do Felino (Felidae) Sagrado de Sírius A. Os Sagrados Felidae e Canidae (Canídeo) são Seres incríveis que são um incrível apoio para a Humanidade.
Os Felidae são Inteligência Divina, totalmente evoluídos, magnificamente consciente da expressão cristalina. Eles são membros tanto da Aliança Siriana-Pleiadiana como do que pode ser chamado de o Conselho dos Mestres Niburianos. 
Ambos são benevolentemente envolvidos na elevação da consciência de planetas e raças planetárias que estão preparados para se graduar no próximo nível da sua Ascensão.
Os Felidae, são uma espécie de felinos que se originam em Sírius A. 
Estes são seres que entraram no plano terrestre desde os tempos antigos em funções e formatos específicos. As versões atualmente na forma física no plano terreno está no que pode ser chamado de a família felina e canina. 
Esses formatos físicos no plano terreno estão aqui para apoiá-lo, e em sua matriz física são apenas uma parte da consciência de sua natureza Siriana.
Isso porque a Expressão Felidae sobre a terra está em formato de alma de grupo, e não estão aqui para evoluir como espécie, mas sim para apoiar a terra e ajudar a humanidade em evolução. A maior parte da sua consciência está acima do nível do plano da Terra. O felino opera muito no reino etéreo ou invisível da antimatéria.
A sua consciência total existiu e se manifesta nas Eras Lemuriana, Atlante e início da Era Egípcia.
Os Mestres do Sagrado Felidae estavam envolvidos na engenharia genética no Templo da Purificação (em Poseidon), na Atlântida, durante a Idade de Ouro da Lei do Uno. 
Isto foi feito de uma forma muito positiva e benevolente, antes de esta tecnologia ser tragicamente mal utilizada pelos arianos Filhos de Belial no triste fim da era final de Atlântida.
O Felidae de Sírius A e os Cetáceos Mestres de Sírius B são hábeis em integrar o espírito à matéria física. 
Isso, não apenas dando força vital à forma física, mas também integrando os níveis de chacras mais elevados de consciência dentro da matriz física na Mer-Ka-Na nível multidimensionalidade.
Esta capacidade de trabalhar com a humanidade em termos energéticos envolve a ativação de chakras superiores e corpos superiores de luz Cristalina Crística. Este nível superior de consciência é a Consciência Crystos (Crística), e os Cetáceos são Mestres Cristalinos Crísticos. Sua função renovada na Terra inclui assistir à transição da grade de polaridade magnética para a Grade Cristalina.
Pergunta a Metatron: Então os Seres de Sírius B, são principalmente aquáticos, e os seres de Sírius A são felinos?
Resposta de Metatron: O reino habitado circundando Sírius B é essencialmente aquático e os Cetáceos: os Golfinhos e as Baleias são aquáticos. Mas também de uma consciência suficientemente elevada para manifestar uma forma que pode se habituar igualmente em ambos os reinos: aquosos e terrenos.
As formas de vida, da irmã estrela, Sírius A, são expressões diferentes dos Cetáceos. Sírius A anima Vida Humanoide (Semente Estelar), bem como a Sagrada Semente Estelar Felidae. Estes são todos os Seres de Inteligência Divina que têm expressões variadas que apoiam o plano terrestre.
Todos estes interagem com o seu planeta em muitos níveis em formas inumeráveis.
Pergunta a Metatron: Você mencionou que somente os seres humanos estão em evolução da alma no planeta Terra. Não estão os golfinhos e baleias também num estado elevado de consciência e evolução?
Resposta de Metatron: Os Cetáceos Sagradas estão, de fato, num estado elevado de evolução. Mas eles não estão na Terra para evoluir. Eles já são evoluídos. Assim, entendo que eles estão aqui na Terra para apoiar a Terra e ajudar a humanidade ao fazê-lo. O Cetáceos estão fisicamente aqui para ancorar a energia nas porções aquáticas da terra e para permitir o equilíbrio planetário e facilitar a mudança de energia magnética para Cristalina.
O etérico, não físico, retorno do “Golden Dolphin” são os Cetáceos sagrados com Consciência completa em Mestria Avatar auxiliando diretamente a humanidade a evoluir o seu campo Cristalino Mer-Ka-Na.
O Felidae estão ajudando a humanidade em manifestação física, mas também auxiliaram na Maestria etérica especialmente na Atlântida, na América Central e no Egito. Mas descem na forma física, para ajudá-lo nos campos emocional e mental, e este é o principal tema do discurso de hoje, o da Felidae na expressão felina e canina.
Pergunta a Metatron: Estou intrigado com a informação sobre a Felidae e Canidae de Sírius A. Você está falando de gatos e cães? Você pode expandir sobre este assunto?
Resposta de Metatron:  Certas raças do que pode ser chamado de gatos domésticos e os cães, são realmente derivações do design exclusivo do Felidae Sementes de Estrelas. Eles desempenham funções específicas na assistência aos seres humanos. As versões domésticas de gatos e cães são geneticamente modificados a partir da Idade de Ouro da Atlântida.
A engenharia genética foi um feito benevolente da Aliança Sírio-Pleiadiana e é uma ação extremamente útil, muito apropriada para ajudar a humanidade, assim estes animais se tornaram cada vez mais densamente enraizados no plano Terreno.
Agora, o que vocês chamam de caninos e felinos têm a mesma origem, ambos são derivações do Felidae Sementes de Estrelas. Cães e gatos são diferentes formas físicas da mesma fonte.
O Felidae de Sírius A é um ser cristalino totalmente consciente. Eles fundiram-se numa consciência de grupo única, no entanto ainda mantêm identidades individuais de um grande espectro harmónico. O Grupo de Campo escolhe ajudar a humanidade no seu Universo e outros.

Cães e Gatos
Ambos cães e gatos estão servindo como energia benevolente sendo assistentes para os seres humanos, seus cuidadores. 
Ambos têm a capacidade de fundir seus campos de energia com o ser humano e são capazes de se tornar unicamente fragmentos de personalidade de seus cuidadores humanos. É por isso que alguns destes animais, muitas vezes, começam a exibir as características físicas dos seus ‘donos’, embora este aspeto particular ocorra mais frequentemente com os canídeos.
Os canídeos exalam uma lealdade extrema e amor incondicional. Uma dedicação que é recebida energeticamente  pelo humano, e pode ajudar de muitas maneiras. Os cães (e gatos) tornam-se ambos companheiros, curandeiros e protetores do Ser humano. 
O felino, o gato, tem o seu campo consciente muito mais no reino etéreo (antimatéria). 

É por isso que muitas sociedades do passado adoravam as formas Felinas do Jaguar, Leão, Tigre e Puma.
                 
Estes seres são extremamente conscientes das formas-pensamento de reinos etéreos e oferecem uma força invisível e proteção. 
O gato doméstico é capaz de prestar grande proteção aos seus cuidadores, protegendo-os de formas de pensamento indesejáveis e energias negativas. 
Algumas raças de cães têm essa capacidade também, mas esta é expressa e viabilizada de forma diferente.
Cura Vibracional
O ronronar de um gato é muito benéfico para curar, reparar e proteger a aura humana. O aspeto místico dos gatos tem sido reconhecido, e ‘Templos de Gatos’ foram usados em muitas sociedades antigas, bem como companheiros e aliados do xamã.
O Lupus e outras espécies caninas, como o lobo tem essa capacidade também. Ambos os cães e gatos têm a capacidade de sentir e ver muito mais dimensões do que o olho humano. 
A terapia e serviço de cães e gatos em trabalhar com crianças maltratadas, doentes terminais, os lares de idosos deprimidos são exemplos de cura e terapia significativos sendo cada vez mais reconhecidos. 
Esta terapia será ampliada ainda mais no futuro.
Os Gatos veem acima da luz visível, e podem realmente ver o campo áurico humano, o EMF (ElectroMagnetic Field – campo eletromegnético em Português) humano, e toda sorte de emanações de energia invisível ao olho humano. O amplo espectro de que os gatos percebem em campos de luz é bastante surpreendente. Os Gatos conseguem ver os campos de ambas as matérias não física e física.
Os Gatos também são os únicos capaz de ajudar os seres humanos, não só melhor compreender os seus sonhos e mundo de interlúdios do sonho, mas também capaz de auxiliá-lo a ter uma consciência mais lúcida durante um sonho, em outras palavras, uma maior clareza consciente durante todos os estados dos sonhos.
Os cães são especialistas do campo material, e sentem ou pressentem os campos áuricos e de fato são extremamente capazes de entender a ressonância direta do campo emocional humano.
Além disso os Felidae ‘caninos’ (cães), ajudam os seres humanos a entender melhor seus sentimentos e bloqueios emocionais, e ajudam os humanos a trabalhar com as emoções num melhor estado de equilíbrio. 
Nós falaremos mais sobre estes atributos ainda mais para essa discussão.
O serviço de cães guias para cegos, é outra área de serviço em que grandes laços afetivos são criados. Os cães são capazes de “sentir” e, na verdade, cheirar a doença dentro do corpo humano. Muitas vezes eles vão deitar os seus próprios corpos na área da doença humana e fazer a transferência de energia para auxiliar o reequilibrar da área de desequilíbrio. 
Eles também irão mentalmente projetar a consciência da doença para o ser humano, em comunicação telepática direta.
Os Gatos irão fornecer um serviço similar, mas este desequilíbrio humano é observado visualmente. Um gato vê o campo da aura humana com grande clareza, em cores vivas e detalhes. 
Áreas de doença vão aparecer descoloridos para o felino. O gato, muitas vezes, coloca-se sobre a área e ronrona, ou exala uma frequência de equilíbrio ou de cor para ajudar o reequilíbrio.
 
Um entrelaçar único com a consciência humana
A versão de Felidae e Canidae como gatos e cães são apenas um fragmento da sua consciência total e  apenas um fragmento do espectro de energia dos seus aspetos Sirianos.
No entanto, esta expressão é especificamente e propositadamente concebida para ser assim, pois esses seres podem se tornar tão ligados aos humanos que eles servem, que uma terceira consciência original pode evoluir de forma sucinta entre o humano e o animal, o que é extremamente benéfico para a evolução do zelador humano.
A consciência terrena dos cães e gatos funciona em padrões de pensamento com poderosos gatilhos instintivos. O seu (benevolente e de acordo Divino) desenho de engenharia de DNA é de tal forma, que eles têm uma capacidade única e o propósito divino de se tornarem aliados, programados em parceria para o ser humano com que estão trabalhando.
Quando essa parceria ocorre esses seres são capazes de receber telepaticamente as imagens mentais enviadas por seu cuidador. 
Assim como o pensamento humano pode programar um cristal vivo, o mesmo ocorre, embora em um formato diferente, com cães e gatos. Ele pode ser denominado como a formação de um aspeto da personalidade humana dentro do gato ou do cão. O animal, então, é então capaz de auxiliar o ser humano de forma física e emocional. Proporcionar conforto, energia, cura, companhia, detetando doenças, selando ruturas áuricas e oferecendo proteção nos reinos físico e etérico.
Muitos seres humanos têm animais domésticos em cães e gatos que os ajudam a trabalhar bloqueios. 
Uma das ocorrências mais comuns é que esses seres ajudam a despertar a sua capacidade de expressar o amor. 
É muito fácil se expressar e dar carinho ao animal doméstico, e para muitos isso é muito mais fácil do que expressar amor e bondade para com os outros seres humanos. Dependendo do indivíduo este bloqueio pode ocorrer por várias razões.
Muitas vezes, quando os seres humanos envelhecem, as crianças se afastam e um cônjuge morre, um período de isolamento se instala. A interação com o animal de estimação pode despertar o fluxo do amor através de laços de ternura e carinho. Essa interação desperta a força da vida no zelador solitário, e um jogo que é muito terapêutico ocorre.
Nós lhes dizemos que há muito mais de design e inteligência na participação voluntária dos Felidae e Canidae do que é reconhecido.
O terceiro campo (ou terceira energia gerada)  entre os seres humanos e animais de estimação
Quando este terceiro campo de consciência é formado através da interação, ele expande o campo energético de ambas as partes. Ele desperta características que nenhuma das partes envolvidas tinham antes. 
Em outras palavras, o terceiro campo expande-se e a sensibilização do campo emocional expande-se também. Efetivamente, o terceiro elo de consciência, atinge os campos individuais de consciência, do animal e do humano,  modificando a perceção individual de ambos. 
O animal desperta a sua capacidade de permanecer “positivo” a qual lhe permite expressar o amor, e você “ensina-lhe”, é uma maneira de dizer, a canalizar uma grande parte da sua consciência Divina Siriana.
A sua disposição para a interação permite atingir o seu propósito específico e há um crescimento importante em ambos os lados unicamente devido ao campo criado entre os dois. 
O animal era um resultado da consciência do grupo antes da fusão com o ser humano. Mas, depois que é  formado um vínculo com o ser humano, nasce uma individualidade diferente. Entendeu?
Pergunta a Metatron: Você está dizendo que os animais não são indivíduos, a menos que eles se fundam com o humano para formar uma “terceira consciência de fusão”?
Resposta de Metatron: É uma maneira de o colocar, sim, isso é o que estamos dizendo. Mas, para ser claro, não estamos dizendo que os animais não têm aspetos individuais antes da fusão. Estando encarnados em corpos físicos são de facto sujeitos às características gravitacionais, até certo ponto, que ocorrem nas influências astrológicas em toda a vida sobre a terra. Mas eles operam totalmente e só na consciência  de alma do grupo, até se fundirem com os seres humanos de uma forma exclusiva. Essa interação gera e constrói um elemento pessoal capaz de crescer. Mas não estamos dizendo que os animais apenas têm um propósito de grupo sem a fusão.
O objetivo do grupo é transformado em um “serviço” singular no campo expandido por meio da interação humana com a  alma de “grupo” do animal doméstico, como expresso num indivíduo gato ou num indivíduo cão. 
É, por conseguinte, a interação humana, que cria o campo individual dentro do animal de estimação. Assim, numa maneira de dizer, o animal concorda em ser benevolentemente programado para a mistura dos campos mental, emocional e da personalidade do cuidador humano para fins mais elevados.
Isto é como se fosse criado um terceiro campo e este é um fragmento da consciência humana que  beneficia os dois. No entanto, o objetivo principal é beneficiar o ser humano, num serviço prestado pelos Felidae. 
Mas há uma opção de aceitar o ser humano da parte do Felidae, e quando isso é mutuamente aceite, o papel mais importante da Alma de Grupo pode ser alimentado na fusão e sabedoria, proteção e cura pode ser dada a partir do animal a um ser humano. Assim, entender completamente esta terceira fusão é algo que é muito difícil, mas ocorre por acordo.
Os atlantes, lemurianos e egípcios em particular, interagiram com os Felidae em papéis de guarda e transferência de sabedoria. Os templos egípcios contêm muitos hieróglifos que descrevem a Felidae, como tendo cabeças de felinos e torsos humanos e membros, completos com o “Disco Solar” da iluminação. A esfinge é o inverso, a cabeça humana com o corpo Felino.
Pergunta a Metatron: Como exatamente os gatos e os cães oferecem proteção para os seres humanos? Conseguem isto devido à sua consciência de outras dimensões?
Resposta de Metatron:  Sim, especificamente por estar muito mais em sintonia com outros reinos, que são, como já explicamos, algo invisível aos sentidos físicos humanos.
A tutela das formas específicas como as domésticas ou as versões de “interface humana” dos Seres de Sírius é realizada de uma forma bonita, que é através não só a deteção do que pode ser chamado de “energias negativas”, mas por neutralizarem aquelas energias muito desagradáveis por projeções de poderosas vibrações benevolentes de energia amorosa que são orquestradas pelo Felidae Siriano e dirigidas ao ser humano. 
Os Sirianos fazem diagnósticos exatos do que é necessário e canalizam a vibração necessária para ajudar o seu Humano.
Você nem sempre reconhece que pode auto induzir uma fratura áurica, quando você se torna deprimido ou muito chateado. Estes estados emocionais formam campos negativos que o vão tornar vulnerável a “sanguessugas” áuricas absolutamente indesejáveis, que o vão drenar energeticamente.
Quando um gato ronrona, a vibração é de um profundo contentamento, e a frequência dentro dessa vibração é muito curativa, capaz de evaporar campos negativos e neutralizá-los. 
Da mesma forma, quando os cães estão brincando saltando e correndo, em muitas voltas alegres, eles estão, como o golfinho, formando vórtices de energia que são capazes de limpar as energias, e oferecendo uma canalização de frequência que é extremamente benéfica para o ambiente, não apenas removendo as vibrações negativas, mas promovendo a criação de um escudo para eliminar a sua reentrada.
Quando os gatos parecem “patrulhar” o perímetro de um quarto, casa ou quintal, eles também estão exalando um campo de proteção imenso.
Nós dizemos-lhe que o Felidae e Canidae, o felino e canino, são da mesma fonte raiz de Sírius A, apesar de suas expressões em Sírius A estarem totalmente evoluídas. Como já lhe disse as versões domésticas desses seres são, na verdade formatos físicos, geneticamente modificados pelos Sirianos para ajudar a humanidade nos caminhos que estamos discutindo aqui.
Pergunta a Metatron: Para ser claro, você está dizendo que os gatos e os cães são da mesma fonte Siriana?
Resposta de Metatron: Na fonte original mais elevada, sim. ambos provêm de uma Maestria Cristalina de Sírius A totalmente evoluída, os Felidae. Cães e gatos são da mesma fonte. Em Sírius são agora Seres de Luz Cristalina, não físicos do seu ponto de vista, aparecendo em formas Luz Cristalina.
Como mencionamos os Felidae têm-se manifestado em Maestria completa de Avatar, em vários momentos no seu planeta para ajudá-los. Os Felidae são mestres em incorporar o Espírito para a forma física e ajudaram na engenharia original e completa do DNA para a humanidade. Na verdade algumas raças da humanidade contêm aspetos de Felidae Siriana em seu DNA, algumas mais do que outras. As características atléticas e a agilidade prevalente em alguns seres humanos demonstra isso mesmo, para dar apenas um dos muitos exemplos.
Pergunta a Metatron: Apenas como curiosidade: se eles são da mesma fonte Siriana, por que cães usualmente perseguem gatos?
Resposta de Metatron:  Os cães apenas perseguem gatos até os agarrar. Nesse ponto, a mesa geralmente vira, e muito rapidamente! (Risos).
A resposta curta é que os cães trabalham no mundo físico, e os gatos trabalham no plano não físico … como em matéria/não matéria. Ambos completam os lados opostos do “torus”, um interior, outro exterior.
Torus
                                     
Vamos dizer que, num sentido real, cães e gatos são o inverso da mesma frequência quando esta é expressa no plano terrestre. 

É por isso que os gatos geralmente dormem 16 horas e são ativos durante 8 horas, e o horário inverso é verdadeiro para os cães.

Em geral, os felinos, os gatos domésticos, tendem a ser mais introvertidos e os caninos, os cães, mais extrovertido.

Suas frequências são, então, para dentro no primeiro caso e para fora no segundo,  naturalmente, um atrai o outro …. não é repulsa. Você vai descobrir que cães e gatos criados juntos ou vivendo na mesma casa desenvolvem laços amorosos especiais.

Isto ocorre particularmente em uma forma melhorada, quando os animais já tiveram experiências em vidas passadas em que houve a formação de personalidades a partir do contato humano. Como um exemplo, este canal (J. Tyberonn) agora abriga dois gatos e dois cães.

Eles trabalham juntos e compartilham um vínculo profundo, e todos os 4 são aspetos dos dois guardas humanos. Nós também adicionamos que um dos cães, a fêmea, tem sido no passado mais vezes Felino do que Canino.

O Felidae Sagrado em sua manifestação no plano terreno  manteve a capacidade única de operar simultaneamente nas projeções de mundo interior e de mundo exterior muito mais do que os humanos. 

Em qualquer momento em que você observa a manifestação de um Felidae no plano material ou físico, eles estão igualmente conscientes de ser plenamente manifestados simultaneamente em outros planos dimensionais. Muitas vezes eles interagem dentro de outros reinos, enquanto fisicamente presentes neste.

Filtros lineares de Consciência
Embora os seres humanos também existem simultaneamente em outros níveis, os seres humanos em 3D, não podem interpretar as frequências dos outros reinos com consistência e clareza lúcida apenas através do cérebro físico.

A mente, que é a contrapartida interna do cérebro, às vezes pode perceber as imensas dimensões de um determinado evento por meio de uma explosão cristalelétrica, da intuição súbita ou compreensão de uma forma que não pode ser adequadamente descrita num nível verbal.

Os impulsos elétricos cristalinos que são percetíveis dentro de seu sistema 3D é apenas uma pequena fração do vasto sistema cristalelétrico do Cosmos.

O cérebro físico de um ser humano é, por si só, bastante incapaz de perceção acurada ou de decifrar as frequências acima da polaridade terrena. É impossível ao cérebro físico compreender as miríades de complexidade  e dimensões do potencial de cristalelétrica e da realidade tal como ela existe.

No entanto, estes são bastante acessíveis em Mer-Ka-Na, via mente superior, a níveis não físicos, níveis estes que não são acessados através do cérebro no ser humano, mas sim devem ser desenvolvidos na Mer-Ka-Na através da mente.                                     

Por isso, digo-lhe para manter em mente (trocadilho) que a verdadeira origem, a fonte eterna e o poder de sua inteligência e consciência Divina nunca foi enraizada na física.

Cada um e todos os seres humanos existe em outros mundos, diferentes realidades e outras dimensões, e o que você chama de Eu é uma pequena parte de toda a sua identidade. 

Por causa dos filtros inerentes do cérebro físico, você é capaz de se concentrar sobre o mundo físico ao seu redor, e é esse foco que permite eventualmente dominar o plano físico.

Nós asseguramos-lhe que há um propósito no filtro, pois se o cérebro físico, com a personalidade do ego forem rastreados, e, portanto, plenamente conscientes do vasto e constante bombardeio de comunicações telepáticas que incidem sobre ele, ele teria muitas dificuldades em manter um senso de identidade na perceção linear.

Se todos os filtros caíssem do cérebro, perceberíamos a realidade toda ao mesmo tempo e o tempo, por exemplo,  desapareceria, desaparecendo com ele toda a linearidade de acontecimentos.
É por causa da consciência do ego, que você tem uma poderosa consciência da identidade do reino físico, pois vocês estão no plano físico com uma finalidade específica. Mas repito, esta não é a sua verdadeira identidade no plano Cósmico.
Enquanto neste plano Físico o cérebro humano simplesmente não está equipado para ser capaz de dar sentido de modo linear aos sinais vindos de dimensões superiores.

Seu cérebro padrão não pode lê-los. Para estes impulsos do cérebro parecem ser uma mistura caótica de imagens flash desconectadas. O cérebro ego-personalidade com base no tempo linear não pode perceber dados que não são baseadas na continuidade sequencial de momentos.

Curiosamente, alguns do reino animal, particularmente os Felidae, podem fazê-lo.
Assim, com este axioma de que certos Felidae e Canidae  operam de forma mais eficaz em outros planos coincidentes, dizemos que é precisamente por isso que esses seres foram reconhecidos pelas sociedades mais conscientes como guardiões. É por isso que um cachorro vai latir, ou um gato doméstico vai se mover em reação rápida para energias invisíveis ao olho humano.
Seus académicos entendem que existem espectros (faixas de frequência) de luz. Você também entende que o ser humano “médio” só é capaz de visão física no espectro estreito chamado de “luz visível”.

Os Felidae e Canidae são capazes de ver (e sentir) em uma faixa sensorial muito maior. Nós lhes dizemos que a matéria física também ocorre em ondas deste espectro. Então, existem diferentes frequências da matéria.

Seu sistema de realidade física no plano terreno não é de tão grande alcance, ou tão complexo, em comparação com muitos outros mundos ou planos. As dimensões dadas ao espectro estreito da matéria física apenas sugerem as variedades prolíficas de dimensões não físicas muito maiores.

Vocês não reconhecem ainda a natureza do não-físico em sua própria galáxia, muito menos no Cosmos. Nós lhes dizemos que os universos podem existir dentro de uma molécula, e outras versões do Terra podem validamente coexistir no mesmo lugar onde agora se encontra ao ler essas palavras.


O Reino Animal: Professores Esquecidos
Estes seres que, em termos atuais seriam consideradas do “Reino Animal” ensinaram os seres humanos muito mais do que hoje reconhecemos.
Os seres a que chamam Animais operam em grande inteligência, embora numa matriz padrão de pensamento formatado exclusivamente para o plano terreno.
A um nível muito mais abrangente do que atualmente possam compreender, o Reino Animal está aqui por um acordo para apoiar a humanidade a muitos níveis. Sua compreensão do plano terrestre como uma universidade de Desenvolvimento para a humanidade é prorrogado a partir e de volta à sua fonte de Maestria.
Seu formato padrão mental na expressão terrena é de tal forma que os seres humanos são mantidos e considerados como parte inocente. Embora a humanidade tenha uma grande responsabilidade de tratar o reino animal com respeito, este não coloca nunca a culpa nos seres humanos.

O seu formato mental escolhido para a Terra é de tal modo que a culpa não faz parte da sua expressão. Pelo contrário, é um padrão benevolente de instinto, capaz de apoio  e Amor Incondicional.

Uma das diferenças entre o gato e o cão como expressões de Felidae, é que os cães são mais físicos do que os gatos.

Os gatos atuam mais no campo da antimatéria, enquanto que os cães muito mais na matéria. Os cães reagem mais à frequência direta de suas emoções, enquanto que os gatos reagem mais a vibração e às emanações de luz.

Cães vão sentir e reagir à raiva e à culpa de uma forma mais tangível do que os gatos. Os gatos não podem experimentar a culpa, e este desapego das ondas emocionais humanas é o que os faz parecer distantes.

Totens animais
O Reino Animal tem uma grande compreensão e consciência dos outros reinos conscientes da Terra muito mais completo que o nosso, e sempre tiveram esta capacidade de ensinar a humanidade.

Infelizmente nos tempos atuais, você esqueceu em grande parte tudo o quanto aprendeu com todos os seres do Reino Animal. A Humanidade em sociedades  e culturas campestres aprende muito sobre medicina, sobre nutrição ao observar o comportamento animal em interação com o reino vegetal.

A Humanidade observou cuidadosamente que plantas evitar e que plantas cultivar. Aprendemos as técnicas de sobrevivência e de comportamento de social, não apenas observando os animais, mas ao comunicar telepaticamente com eles.
Em épocas anteriores de formação da humanidade, eramos mais estreitamente identificados e entendíamos a inteligência e sabedoria oferecida pelos padrões instintivos naturais do reino animal, reconhecendo-os como professores sábios.

E, como resultado, eles identificaram-se também com a humanidade e, de fato interagiram com a humanidade a um grau verdadeiramente notável.

Os Espíritos Animais, ou Totens, reconhecidos e honrados como portadores de sabedoria pelos nativos americanos, são uma representação do grupo coletivo que forma o seu Eu Superior, a Consciência extraterrena que é etérica e se manifesta como ajuda para a Humanidade.
O conhecimento e a comunicação intuitiva do reino animal com a consciência elementar Dévica da Terra viva, com o Reino Mineral,  com o Fogo e com o Ar é uma compreensão específica e precisa que pode ser de grande ajuda, alertando a humanidade neste momento critico de mudanças na Terra.
Pergunta a Metatron: Você disse anteriormente que as Sementes de Estrelas Felidae são a fonte da consciência, tanto para o felino terreno como para a espécie canina. Todos os animais no plano terreno têm origem em Sírius A, a partir das Sementes de Estrelas Felidae?
Resposta de Metatron: Não. Sírius A é a fonte dos humanoides e Felidae. Sírius B é a fonte dos Cetáceos Sagrados, como os golfinhos e as baleias. Golfinhos e baleias são da mesma fonte, dos Cetáceos, assim como a felina e canina são da mesma fonte, Sementes de Estrelas  Felidae.
Sírius não é apenas constituído por duas estrelas binárias no Cosmos, com planetas em órbita. É uma frequência vibratória de um reino que alcançou a Ascensão Cristalina. 

Por conseguinte, é uma ressonância celestial sagrada e uma forma de estar dentro de uma consciência muito expandida. Sírius está dentro de todas as dimensões física e não-física. As Estrelas de Sírius são portais estelares ou “gateways” para essas outras dimensões, e os Felidae, Hathor e os Cetáceos estão aqui em expressões matriciais variadas para ajudar a humanidade a crescer em consciência, para equilibrar a Terra e esta encontrar seu caminho de casa. Os Sirianos são recetores e transmissores dessa energia amorosa divina.

Outros membros do reino animal na expressão terrena , são provenientes de uma multiplicidade de fontes.

Por exemplo, o cavalo é de origem Arcturiana.

O seres do Reino Animal têm sido verdadeiramente nossos professores, apesar de não escolherem o vosso caminho de evolução “humana”.

Como já dissemos, os reinos animal não estão na Terra para evoluir em expansão da alma, mas sim para apoiar essa expansão.

Nós asseguramos-lhe que a humanidade não poderia ter  evoluído como uma espécie se não tivessem sido os seres do reino animal.

De fato certos seres do reino animal, como os bovinos e algumas outras espécies de mamíferos e as aves, estão aqui por acordo para fornecerem uma fonte de alimento para a humanidade.

Será que o surpreende de que isso ocorra por acordo? E embora não seja o tema em discussão, o reino vegetal também tem sido um grande apoio para a humanidade.

Os animais domésticos têm um propósito benevolente na escolha das suas expressões terrenas. Os da espécie Felina e Canina têm um papel único de interação nos aspetos da companhia humana.

Este é, por acordo um “serviço” de origem. E vamos adicionar a capacidade geneticamente melhorada para formar a “personalidade-fusão” com animais domésticos que são derivações do Felidae.

Interação
Muitos seres humanos acham que podem interagir mais facilmente com os “animais de estimação” do que com os outros seres humanos. Animais de estimação não respondem. Os felinos e caninos são particularmente dotados em ajudar os seres humanos a lidar com os bloqueios, em lidar com o isolamento, principalmente quando os seres humanos se tornam mais velhos e sozinhos.
Cães e gatos muitas vezes ensinam os seres humanos a aprender a amar novamente e a abrir os seus corações. Os cães estão ligadas ao campo emocional humano, os gatos ao plano psíquico humano / campo mental. 

Os dois são expressões muito diferentes do Felidae, mas ambos estão focados em seu auxílio, ambos são os únicos capazes de formar um aspeto de fragmentação da personalidade do zelador.

Quando um ser humano forma uma fusão de fragmentação da personalidade com um Felidae ou Canidae, gera-se uma energia que pode evoluir de forma única e que muitas vezes reencarna, ou é reanexada em outras vidas e/ou na mesma vida para continuar a ajudar o proprietário.

Assim, um ser humano pode ter a mesma essência energética do seu gato ou cachorro, em um período de 70 anos, em várias sequencias de gatos ou de cães.

Por exemplo, os dois gatos e um dos cães que o canal é zelador no presente, estavam com ele em diferentes corpos, como leopardos domesticados em uma vida passada no Egito.
Pergunta a Metatron: Animais de estimação muitas vezes se tornam membros da família, como as crianças e seus cuidadores. E quando eles morrem, os cuidadores ficam devastados. Pode a mesma essência de alma do animal de estimação reencarnar imediatamente, se o proprietário obtém um novo animal de estimação?
Resposta de Metatron: A “personalidade fusão” do animal de estimação é em essência uma única parte do cuidador humano, um fragmento de personalidade. Quando um animal de estimação morre fisicamente a consciência do fragmento de fusão com certeza vai permanecer por perto, nos planos etéreos para continuar em conexão com o ser humano.
O ser humano muitas vezes é capaz de sentir, ou mesmo ver a essência do animal de estimação depois que ele morre, ou mesmo se ele foge ou se perde. O proprietário pode se comunicar com a essência da personalidade de fusão e esta vai de fato reencarnar ou reentrar no corpo de um novo animal de estimação.

Isto funciona melhor se o novo animal é obtido dentro de 2-3 semanas após a morte, e é a mesma raça que o animal anterior. Em pouco tempo, os traços e características de personalidade do animal de estimação anterior vai claramente reemergir no novo corpo, e a relação e apoio vai continuar.

Na hipótese de o novo animal de estimação ser de uma raça diferente ou de um padrão astrológico diferente, as semelhanças podem não ser imediatamente evidentes, mas a essência de fusão e o suporte será da mesma fonte. É importante entender isto.
Encerramento
Nos tempos atuais, considera-se moda em certos círculos, ver a humanidade como o ganancioso destruidor da Terra e seus reinos, especialmente animal, vegetal e mineral.
Também é popular em alguns círculos “Nova Era” ver o homem como o conquistador arrogante que contamina a terra, destruindo os reinos naturais da terra em detrimento das gerações futuras.
Inserimos aqui que uma parte isso é verdade, e a mudança é necessária. Nós não toleramos a ação perversa e irresponsável da humanidade nestas condições.
A questão é que algumas pessoas que desejam o melhor, sentem que tudo está irremediavelmente perdido, que a mudança para melhor não virá.
Embora a determinação unificada para fazer a mudança para melhor seja essencial, o foco na desesperança deve parar. Essa é a aplicação errada na criação da “Nova Terra”. Concentrando-se em desesperança e desespero, cria desespero sem esperança.
Então, nós oferecemos-lhe uma visão de esperança.
O que queremos ressaltar é que a Terra é a manifestação dinâmica, a qualquer momento, de seus pensamentos. A Humanidade é sempre o Cocriador da Terra e da Omni Terra em todas as suas realidades prováveis.
Nós dizemos a vocês, queridos mestres, a Terra é uma magnífica e propositada ilusão, que é absolutamente criada pelo pensamento.
A humanidade em massa é, no momento presente, inconsciente do fato de que é cocriadora da experiência da Terra.
Há outras versões da realidade provável em “programas de tempo” holográficas em que a humanidade esclarecida e “Ascensionada” honra uns aos outros, a Terra e todos os seus Reinos em bela harmonia. A programação da dualidade do plano terrestre é inteligente e divinamente planeada.

O tipo de evolução “Tentativa e Erro” desta experiência leva em conta a curva de aprendizagem ascendente.

E verdade seja dita, você não pode realmente destruir a Terra.
Você pode e irá criar a Terra Iluminada pelo foco positivo na sua manifestação, não pelo foco no desespero daquilo que ainda não ocorreu.
Nada é retirado da Terra, ou de qualquer um dos Reinos Terrenos, Mineral, Vegetal e Animal, que não esteja completamente de acordo com o Plano, que não seja totalmente permitido na realidade do holograma de drama linear.
Raramente lhes ocorre que, o reino animal entrou na fisicalidade da forma Terrena por escolha, e que as consciências desses animais tinham uma escolha no acordo para apoiar a humanidade, conscientes das potencialidades de etapas de ignorância à medida que a humanidade evolui.
Em um futuro não muito distante, a humanidade virá a perceber, e homenagear o Reino Animal, mas também homenagear, reconhecer e realmente amar uns aos outros, e a bela Terra que alimenta você.
Tal irá ocorrer. Criem-no assim!
Eu sou Metatron, e compartilho estas Verdades com vocês. Vocês são Amados.
E assim é…
Arcanjo Metatron canalizado por James Tyberonn, 

O PRIMEIRO CONTATO EXTRATERRESTRE

Informações Importantes: 
O Primeiro Contato Extraterrestre (Federação Galáctica)
O primeiro contato é uma operação que começou em 1990 com uma diretriz simples do Conselho de Sírius. Sua extensão foi expandida quando o Conselho Principal da Federação deu sua aprovação em 1991.
O primeiro contato começará de fato quando uma série de noticias forem emitidas pelos principais governos terrestres, quase que simultaneamente. Eles anunciarão que os Ets estão aqui e são benevolentes, e reconhecerão o papel que a Federação de Planetas exerceu, ao garantir que a realidade se manifestasse em acordo como plano divino. 
Uma vez que uma série de anúncios formais for abundantemente distribuída, começarão os procedimentos formais.

Isso inclui uma serie de sobrevoos diurnos. Isso virá acompanhado de explicações sobre quem somos e do que estamos fazendo. O próximo passo será uma serie de pequenos pousos.

Nesse ponto, permitiremos a vocês inspecionar nossas naves e até escolher alguns para uma voltinha gratuita em nossas naves.

O primeiro contato se dará mesmo com a descida em massa conforme solicitado pela Hierarquia Espiritual. Naves gigantescas de ciência e exploração servirão a esse comando do primeiro contato. Cinquenta nações humano-estelares servirão esta primeira missão de contato.

Nossa missão é divina e nosso proposito será manifesto em importantes projetos, tais como a paz mundial, a alteração de estruturas econômicas, sociais e culturais, permitindo que a Mãe Terra se transforme.

O passo final será introduzir vocês às Hierarquias Espirituais que reunirá vocês aos seus irmãos na Terra Interna.

Haverá uma série de anúncios dos Mestres Ascensos que ajudarão a resolver conflitos culturais e de poder, permitindo cooperação entre as culturas.

Cada um dará um passo à frente e a explicação da origem e história de suas diversas culturas e religiões levará a mudanças radicais nos seus conflitos religiosos. Nossos aliados humanos estão plenamente conscientes que o momento do primeiro contato terminará milhares de anos onde reinou a regra do “dividir para governar”. 
Isso será a proclamação o fim da tolerância à cobiça e a arrogância dos seus lideres atuais.o anucio do primeiro contato encorajará a plena abertura dos arquivos até então ultrassecretos de Ufos dos governos. A área de estudos ufológicos precisará então de um braço espiritual. Este segmento lhes permite ver para além da tecnologia e perceber estas sociedades iluminadas, avançadíssimas principalmente em sua natureza espiritual.

O núcleo central de seu sol está mudando, e a Mãe terra está preparando para efetuar mudanças rápidas em sua aparência. Sua habilidade de sustentar seu ecossistema está reduzindo,devido aos poluentes de sua sociedade industrial. O ecossistema está em crise. 

Vocês precisam abraçar as tarefas inerentes à guarda da Mãe Terra e seu frágil ecossistema. Os cetáceos da Terra Interna de Agartha estão ansiosos para agir como mentores para estes assuntos.

Nós também estamos prontos para oferecer assistência se necessário. Para tal, organizaremos uma serie de ligações cientificas especializadas em técnicas ecológicas avançadas.

A natureza mutável da Mãe Terra tem um padrão de tempo que os Céus permitiram para a mudança total do seu ser. Assim que uma transformação se inicia, fica impossível para vocês viver sobre ela. 
ovni real

Vocês terão de ser relocados rapidamente em nossas naves, ou para as extraordinárias habitações que construímos na Terra Interna para tal fim. 

Vistas de cima, nota-se que são cercadas de campos de força, tecnologia holográfica e uma atmosfera amorosa. Lá vocês mudarão rapidamente suas identidades para uma consciência plena. A flora e fauna da Terra serão evacuadas para ambientes especiais nas naves-mães.
Mestres deste mundo e de Sirius se unirão, aparecerão em contato direto perante vocês. O pessoal de contato direto provem da Liga Estelar das Plêiades, da constelação de Lira, Perseu e Aries, bem como da Nação estelar de Sírius.

Eles agirão como guias e professores para este período transicional. Naves de inúmeras sociedades humanas da galáxia receberão vocês na Liga Galáctica de Luz.

O primeiro anel de naves cercará a Terra e sua lua artificial. A frota possui um milhão de naves.

Nossos primeiros repórteres serão a ligação, escolhidos entre varias humanidades espalhadas pela galáxia. Os times de ligação farão uma série de transmissões.

Dois programas foram criados para nos introduzir. Treinaremos pequenas unidades de duas a seis naves. Estas naves pousarão permitindo a população local ter a oportunidade de vê-las. 

Por um breve período a Federação Galáctica deixará suas naves para explicar sua tecnologia e explicar sua responsabilidade como anjos físicos que são.  Iniciaremos um programa para visitar nossas naves-mães. Havera uma série de sobrevoos de naves menores, antes de um pouso em massa.
Ofereceremos tecnologias secretas e outros aparelhos maravilhosos, incluindo invenções de energia e transporte, que já haviam sido desenvolvidos em seu próprio mundo no século anterior. Seus governos esconderam essa tecnologia, entre tantas outras inovações, devido ao profundo medo que tais descobertas levassem tais governos à queda. 
Introduziremos ainda mais tecnologia, permitindo a vocês certas informações-e a facilitação do contato entre vocês mesmos. O surgimento do mundo pós-internet, iniciado por nós, levará a novas formas de comunicação e lazer. Simples aparelhos de mão fáceis de carregar trarão a informação instantânea, que permite comunicar-se com qualquer pessoa neste mundo. 
Usando pequenos computadores orgânicos, reconheceremos a frequência real de seus corpos. Esses aparelhos terão uma interface com suas mentes, produzindo figuras 3-D holográficas e em cores.
Qualquer um que queira se comunicar poderá simplesmente visualizar a pessoa e o computador a contatará. Isso incluirá um tradutor universal com um sistema de discagem de frequência com sua assinatura pessoal. 
Cada residência receberá um aparelho que converte energia em matéria para gerar roupas e comida. Estes programas de abundancia permitirão que tenham os recursos que necessitam. 
Nossos aliados terrestres consentiram em muitos planos ainda mais poderosos, mas não serão dados ao publico em geral até que uma série de acordos tenha sido selada. Isto será só após a segunda e terceira onda de ações ter sido concluída e transformada em lei pública.
Introduziremos tecnologia que permita viajar com mais liberdade. Daremos novos meios de transporte, e seus veículos individuais levitarão alguns metros acima do solo, com velocidades aproximadas de 800km por hora. 
Os aviões atuais ficarão obsoletos e serão substituídos por “elevadores magnéticos” com capacidade Mach 8, bem como alguns objetos “primitivos’ que se pareçam com os nossos. O teleporte será disponibilizado para viagens de emergência apenas. Também operaremos um sistema de autopistas automatizado.
Um programa extensivo de treinamento para práticas médicas benéficas a sua saúde será introduzido.isso trará os serviços médicos para mais perto de vcoes mesmos. Vocês absorverão imenso cabedal de informação, e para absorver tais quantidades de conhecimento, está tecnologia lhes chegará como um “download” diretamente inserido na memória do cérebro. 
Vocês desenvolverão a ciência e expandirão sua filosofia de modo inédito, resultando em uma união brilhante entre estes dois elementos aparentemente contraditórios. Introduziremos as maravilhas da inteligência artificial. Temos também a oferecer tecnologias viáveis a vocês que revertam essa poluição do ar, terra e água da Mãe Terra, a partir de seis meses de uso.
Nosso segundo objetivo serão as indústrias, lares, escritórios e centros de geração de energia, e principalmente veículos menos poluentes. Energia não poluente será introduzida para produção em massa imediata. Usando nossa tecnologia, podemos vaporizar em instantes um edifício de modo a reformar o sistema industrial em semanas. E principalmente, automatizá-lo.

Os aparelhos tecnológicos permitirão a vocês libertar-se de objetos manufaturados. Vocês mesmos poderão construir e planejar suas cidades. Áreas rurais serão devolvidas á condição original como florestas e matas. 
Muitas tecnologias podem converter luz em comida, roupas e outros itens, terminando sua dependência da agricultura e outras formas de extração. Lembre-se que a tecnologia é feita de ferramentas, trazidas pelo conhecimento, para criar um ambiente o mais agradável possível.

É necessário dar este grande passo: de sociedade planetária para sociedade galáctica. Jamais se esqueçam, meus caros, da possibilidade de abrir diálogo com o seu eu verdadeiro.

Centros Mundiais serão criados com um novo sistema financeiro. A reorganização de seu mundo prepara o caminho para uma nova era no mundo. Este poder será baseado no poder do povo, sem as intenções malévolas e egoístas dos governantes secretos. Muitos grupos, dentro e fora deste mundo, cooperam para por fim a tudo aquilo que os impede de viver em real abundancia, como rápido estabelecimento de uma paz mundial.
Nosso principal objetivo é uma conclusão “sã e bem-sucedida” para nossa primeira Missão De Contato. Esse processo envolve muitas possibilidades diferentes. a que nós preferimos é dar suporte silencioso à transição politica ,econômica e militar do seu mundo. Grandes somas de dinheiro seriam redirecionadas e preparadas para distribuição. 
Os fundos já estão lá. Seria crucial usarmos nossa habilidade de controlar estas forças, e uma série de demissões de cargos políticos seriam necessárias. Acima de tudo, os documentos teriam de ser selados nos mais altos escalões possíveis. 
Os governos precisariam reformar-se ou cair, e as Nações Unidas seriam reorganizadas e um novo mandato de soberania humana liberdade seria proclamado. As multinacionais que estão a serviço de si mesmas, seriam reestruturadas, novos códigos de conduta seriam implementados. O conceito atual de “Corporativo” seria esclarecido legalmente. Muitas estações de eletricidade que hoje fornecem energia para suas cidades também serão desativadas.
Já observamos muitos projetos biológicos produzidos às escuras em laboratórios secretos. Nós perseguimos drasticamente estes projetos, que se iniciaram nos anos 1970 e 1980, mas tiveram seu auge nos anos 1990, e que já criaram novas epidemias globais. 
Nossos médicos estão monitorando os experimentos, pois isso pode interferir diretamente no primeiro contato conosco. Assim, solicitamos a todos que estejam preocupados com os recursos físicos e espirituais a combaterem estas epidemias criadas artificialmente. As portas fechadas da politica de confidencialidade serão abolidas.

Dobramos a quantidade de naves de defesa operando no sistema solar, especialmente no quadrante Terra-lua. Reforçamos o escudo de segurança interdimensional que circunda seu planeta, impedindo a entrada de indivíduos não autorizados. Desarmaremos todas as armas nucleares, oferecendo substitutos adequados às usinas nucleares de seu mundo. 

Enviaremos algumas frotas para uma observação mais próxima. Isso significa também que no momento apropriado encerraremos as comunicações militares adversas, mas entregando tais responsabilidades aso nossos aliados na Terra. Estamos determinados a garantir que nossos aliados tenham sucesso em capturar os últimos grupos controlados por forças ocultas, o quanto antes. 
Estas rápidas incursões pelos serviços ocultos permitirá a nosso aliados na Terra atingir seus objetivos rápida e silenciosamente os lideres do governo oculto já capturados, as verdadeiras mudanças podem enfim ser anunciadas. Uma vez que a Paz for declarada, supervisionaremos o processo de desarmamento das áreas em conflito.
Liberação de informação possibilitará a revelação pública de nossa existência nos novos governos provisórios. Acima de tudo serão estes que anunciarão nossas transmissões do Primeiro Contato. Inicialmente, estas transmissões esclarecerão nosso papel nos eventos e preparar o povo da Mãe Terra para este primeiro contato.
Nossos veículos são vivos, orgânicos, seres equipados com computadores orgânicos avançados que são reproduções aumentadas de nossos cérebros. Uma nave capaz de interconectar-se conosco em todos os níveis. Existem grandes redes construídas no interior de uma nave, e uma rede menos que conecta telepaticamente a nave a sua tripulação. 
Assim que você embarca na nave, torna-se imediatamente conectado a essa rede, que monitora completamente suas funções corporais, e até seus estados emocionais.

Esta maravilhosa peça de tecnologia parecerá a vocês um ser vivo e inteligente.

Mas a maior habilidade desta maquina é a viagem interestelar. A nave pode ajustar sua frequência para a viagem de estrela a estrela.

Estes saltos de um sistema solar para outro são possíveis devido ao modo como são construídas.

Uma verdadeira descrição da sua História será mostrada em tv, rádio e internet, originada de naves menores bem como naves-mães, exibindo assim as conspirações que negaram a vocês inúmeras tecnologias. As transmissões explicarão como o povo da Terra interior cuidou de vocês. Eles prepraram uma serie imensa de enclaves para vocês, lugares edênicos onde vocês concluirão sua mutação rumo a tornar-se seres plenamente conscientes. 
Os locais especiais construídos para vocês estarão plenamente operacionais e a sua espera. Pousos em massa serão adiados até que chegue a hora para entregar a vocês seus novos lares temporários, na Terra interna. Os céus reservaram um período que vai de algumas semanas até um máximo de 14 meses para executar a transição.
Viemos de todos os setores da galáxia-ou ate de galáxias próximas de vastas ordens ou correntes dos Céus. Iniciaremos por produzir uma sociedade galáctica, e então lhes será permitido viajar por todo o universo. Logo, vocês se moverão para mais próximo de Sírius, tomando lugar neste sistema multisolar.

No ano 2013, vocês serão unidos aos seres-leão de Sirius A e as sociedades galácticas humanas em Sirius B e C. 
Em pouco tempo, marte reviverá, e Vênus será abundante em oceanos repletos de vida. Maldek reemergirá, bem como um planeta entre Mercúrio e o Sol chamado Vulcano, e a Lua se tornará sua estação espacial próxima. Vocês se tornarão familiarizados com Marte como são agora com sua preciosa Terra.
Harmonia e uma cooperação de nível global nunca antes vista será algo normal. Um novo sistema será estabelecido que permita a vocês operar a transformação de seu mundo.

Os Mestres Ascensos se encarregam desta operação, como, por exemplo, o  Saint Germain. 

A prosperidade global terá chegado e uma nova sociedade galáctica terá nascido. Sua realidade em meio a tudo isso terá mudado para sempre. Por trás das presentes transformações há a criação de uma nova realidade consciente, onde passado, presente e futuro será uma coisa só. A necessidade de ser limitado de viver em trevas terá acabado. Toda realidade de consciência coletiva mudará quando a massa critica necessária for alcançada.
Quando isso ocorrer sua realidade com um todo será transmutada. A Mãe Terra onde vocês habitam, assim como seus habitantes será também transformada. Vocês se moverão para o estado de consciência plena, e plena cidadania da Confederação Galáctica de Planetas. 
Vocês cumprirão sua profecia sagrada e encontrarão sua família galáctica. O novo reino será fundado em base nas condições que deem suporte a criação de sua própria sociedade galáctica. Os mestres Saint Germain e Hilarion, assim como El Morya e muitos outros mestres do universo pretendem reger a formação de sua Sociedade Galáctica.

A HISTÓRIA SUPRIMIDA DO PLANETA TERRA

Condensado do trabalho de Robert Morning Sky: “Documentos da Terra: A História Secreta do Planeta Terra”

Parte 1 – Introdução
Eu me chamo  Morning Sky” ( Estrela da Manhã).  Cresci ouvindo as histórias que meu avô contava sobre um Ser do Espaço que ele ajudou a resgatar. Meu avô era um dos seis jovens Nativos Americanos que testemunharam o acidente com uma espaçonave em 1947, pouco depois do agora famoso incidente de Roswell.
Quando eles chegaram ao local, acharam um dos seres ainda vivo. Eles o tomaram consigo para seu acampamento, esconderam-no e cuidaram dele para que se restabelecesse. Chamaram-no “Ancião Estelar” (“Star Elder”), por respeito; mas com o passar do tempo ele revelou seu nome. Chamava-se Bek’Ti. Revelou a eles a história da Raça Humana e do Planeta Terra.
No final dos anos 60, quando eu comecei a faculdade, me entretia com a possibilidade de que estas histórias pudessem não ser verdadeiras. Assim, envolvi-me em Estudos Religiosos, um programa de estudos independente que poderia me permitir ter a oportunidade de pesquisar antigos arquivos para provar ou negar as muitas histórias do Ancião Estelar.
Submeti ao meu Professor de Estudos Religiosos uma tese que era uma síntese dos meus três anos de pesquisa. Chamava-se “Terra, a História Oculta do Planeta Terra”. Em poucos dias ele o rotulou como “um trabalho de blasfêmia e ultraje!”. Isto quase me fez ser expulso da escola.
Não tendo tido sucesso no campo acadêmico, decidi contactar organizações e pesquisadores sobre UFO então existentes. A resposta geral foi rotular o trabalho como “um material mitológico e de lendas dos Nativos Americanos, não adequado para estudos sérios de fenômenos científicos”.
A rejeição total fez com que eu ficasse muito irritado. Por aproximadamente trinta anos eu me recusei até mesmo a pegar um livro sobre UFO ou Fenômenos da Nova Era. Eu religiosamente me recusava a ler ou ouvir o que havia lá fora.
As circunstâncias mudaram. Meu avô se foi, mas não sem antes me arrancar a promessa de tentar contar a história mais uma vez.
A História da Humanidade e da Terra, como revelada por Bek’Ti é tanto excitante quando apavorante. A Criação do Homem e seu lugar na galáxia é tornado claro, mas no processo tanto a nobreza quanto o orgulho do Homem ficam feridos. O fenômeno da abdução e seres cinzentos observadores são partes integrais da história da Raça Humana, e explicadas contra o que é dito dos propósitos dos Seres das Estrelas para a Raça Humana.
As fontes das religiões dos Homens e as origens de figuras legendárias como Zeus, Osíris, Ísis, o Minotauro e um número de outros seres “mitológicos” são explicados e também colocados no referencial da História da Terra.
  
Parte 2 – A História da Criação do Homem
Em nossa galáxia existem bilhões de Seres das Estrelas. As raças humanóides são a regra, não a exceção. Estas raças descendem de muitas formas de vida: répteis, insetos, dinossauros, pássaros e outras formas de vida que a humanidade nem consegue começar a imaginar.
Uma das mais antigas Raças das Estrelas neste setor do Universo é a reptiliana Ari-An, a qual descende dos ancestrais dinossauros no sistema de estrelas de Órion. Governados por rainhas, criaram o mais poderoso império da galáxia. Os guerreiros Ari-An eram inigualáveis em ferocidade e bravura, e o Império Ari-An insuperável em poder e tamanho.
Milhões de anos de incontáveis batalhas tinham permitido a esse Império desenvolver estratégias avançadas de guerra. Entre estas, os Ari-An praticavam “condicionamento” ou “reprogramação” para controlar populações conquistadas e fazer delas propriedades em vez de responsabilidades. Os inimigos tornavam-se servos obedientes do trono das rainhas reptilianas. Desta forma os Ari-Ans eliminavam a resistência.
Uma evolução inesperada de outra raça no Sistema Estelar de Sírius tornou-se uma ameaça ao Império Ari-An. Mesmo não tão antiga ou evoluída como a dos reptilianos, os guerreiros do Império Kanus, uma raça canina (similar aos lobos) preencheram suas falhas com sua ferocidade. Mesmo o mais disciplinado dos guerreiros Ari-An temia estes cruéis e bárbaros guerreiros Sirianos, que paravam para devorar a carne de seus inimigos no campo de batalha.
Um rápido avanço dos guerreiros Sirianos ameaçou a existência do Império Ari-An. Como resultado as rainhas procuraram os reis de Sírius para oferecer uma aliança. 
Um tratado foi acordado, de acordo com o qual ficou delineado quais setores da Galáxia deveriam ser regidos por cada império, e por algum tempo, os guerreiros de ambos os impérios lutaram lado a lado.
Com o nascimento de um novo sistema o Rei de Sírius foi rápido em reclamá-lo. Assim que os sirianos começaram a explorar seus recursos, este novo sistema tornou-se um posto avançado tanto para o Império Ari-An como para o Império Siriano, e o poder e a riqueza de ambos continuou a crescer. 
Mas eventualmente a guerra começou novamente, dessa vez entre Reis Sirianos rivais. No final, as forças Ari-An se juntaram ao Rei Anu. Mundos inteiros mantidos pela oposição foram totalmente destruídos, incluindo suas luas e colônias.
Muito mais tarde, o Rei Anu mandou seu filho, o Príncipe Ea Enki e sua filha, a Princesa Nin-Hur-Sag (ambos cientistas geneticistas) para reconstruir o mundo destruído de Eridu, e mais uma vez explorar os recursos necessários e valiosos achados lá. 
Eles restauraram com sucesso a atmosfera; colocaram vida nos mares; recriaram plantas, árvores e flores; e hibridizaram diferentes tipos de seres. 
O planeta Eridu (Terra) renasceu.
Novas criaturas foram produzidas para habitar o planeta. Uma destas criaturas, Apa-Mus, era um híbrido macaco-besta cujo único propósito era o de servir e ser escravo nos campos e minas. 
Mas este animal era diferente dos outros, Ele podia entender ordens e podia se comunicar. A Princesa Nin-Hur-Sag tinha construído geneticamente o macaco-besta híbrido usando seu próprio DNA. A inteligência das bestas aumentou e começaram a se multiplicar rapidamente e a ensinar sua própria prole.
Quando outra espécie de trabalhadores criados geneticamente, os intraterrenos Sheti Lizards (Lagartos), revoltaram-se e tomaram o poder, os governantes dos Seres da Estrelas debandaram do planeta. Com a oposição fora do caminho, os Sheti usaram controle da mente e técnicas de programação que aprenderam de seus mestres para alterar as memórias dos descendentes remanescentes dos Seres das Estrelas. 
O conhecimento da raça humana sobre Seres das Estrelas foi substituído por mitos e lendas.
A dominância Sheti foi e continua a ser desafiada por muitas outras raças das estrelas tentando reconquistar o controle da Terra – e da raça Humana – para seus próprios propósitos. A luta pelo poder continua.
Parte 3 – Tentativas de Golpe – Passado, Presente e Futuro
A raça reptiliana Ari-An tem feito várias tentativas para derrubar o atual poder na Terra. No começo do século 20, o movimento global Ariano quase teve sucesso na conquista de um mundo “dócil”. Se, como o autor sugere, eles estão continuando com seus esforços, novos movimentos irão aparecer nos grupos de supremacia. 
Répteis aparecerão em todos os setores da mídia como seres amigáveis ou heróicos, lutando em favor do homem. Super-heróis reptilianos se tornarão modelos para crianças.
Levantes religiosos têm vindo à cena através da História da Terra pelos sirianos. 
A Inquisição, as Guerras Papais, os numerosos “Messias” e “visões milagrosas” têm sido fabricados para trazer a raça humana de volta à sua influência. 
Se eles também estão tentando assumir o controle da Terra, como o autor sugere, então um retorno ao fundamentalismo também ocorrerá, assim como um aparecimento crescente de anjos e ocorrências milagrosas.
Padrões mostram esforços contínuos para direcionar o povo do Planeta Terra e também para predizer eventos vindouros: A Raça Humana será logo rodeada com imagens de asteróides e de cometas ardentes caindo. Porcos negros serão vistos em todas as partes do mundo, assim como figuras angelicais e milagres. 
Dinossauros irão tornar-se os heróis das crianças e a violência será a base de suas brincadeiras. Aparecerão novas doenças transmitidas através do ar, imunes aos tratamentos existentes. A NASA tornar-se-á fraca e impotente ou terminará.
Uma guerra galáctica de conquista acontece violentamente sobre nossas cabeças. A Terra – e o Homem – são o prêmio.
 Círculos nas Plantações – Comunicações Visuais
Em uma tentativa de se comunicar com os descendentes dos Seres das Estrelas – especialmente aqueles que são capazes de se lembrar das “pistas” – sinais visuais estão sendo enviados na forma de círculos em plantações. 
Sinais para os descendentes de Sírius usualmente têm uma forte semelhança com os antigos glifos egípcios, designes em formato de bola de futebol, formas de círculos com cruzes ou círculos com um ponto no centro. Podem também aparecer como fórmulas matemáticas.
Os círculos dos Ari-Ans frequentemente têm forma de cobra, ou a criaturas semelhantes a insetos. Qualquer que seja a forma, estes círculos nas plantações são sinais para os descendentes que eles não foram esquecidos.
Como um sinal de que uma nave estelar foi mandada para o sistema solar e para a Terra, imagens de enormes naves planetárias e tripulações compostas de heróis “salvadores” da humanidade estarão em toda parte. Para neutralizar esta imagem de “bons” corpos celestiais, imagens de asteróides caindo e cometas em colisão serão usadas como justificativa de se possuir mísseis anti-asteróides apontados para o céu com propósitos defensivos.
Parte 4  – Formas de Controle
Enquanto isso, para manter o controle da raça humana, os Sheti introduziram novos dispositivos para continuar a nos bomtardear com uma cobertura eletrônica controladora e entorpecente. 
Muitos destes instrumentos eletrônicos são portados pessoalmente: aparelhos de CD e fitas com fones de ouvido, equipamentos de realidade virtual, pagers, jogos eletrônicos, celulares, bips, etc., são usuais atualmente.
Drogas de todos os tipos, legais e ilegais (incluindo álcool, tabaco e narcóticos) são parte do programa de controle para manter a raça humana dócil.
Modificação comportamental para prevenir que sejamos motivados a lutar por nós mesmos irá requerer que a nenhum homem seja dado o status de herói. 
Aqueles que não se defendem, mas suportam grandes sofrimentos, serão os novos “heróis” e modelos: vítimas, mártires, prisioneiros de guerra torturados e pessoas que morrem a serviço de seus países.
O controle populacional aumentará e apenas os selecionados serão autorizados a continuar. Desaparecimentos e abducções aumentarão, especialmente de mulheres e crianças novas. 
Novas doenças trazidas pelo ar aparecerão. A obesidade aumentará, a disfunção sexual aumentará nos homens, e os ciclos menstruais na mulheres cairão de 28 para 25 dias.
Para manter o controle da raça humana e nos manter desamparados na Terra, a NASA será eliminada ou fortemente restringida em seu trabalho. 
Qualquer evidência de vida extraterrestre será estritamente suprimida e negada. 
 A Esperança da Humanidade: Sangue real
As linhas de batalha foram delimitadas para uma vindoura guerra galáctica de dominação do planeta Terra. Enquanto a raça humana buscar salvação “lá fora”, ela estará pavimentando o caminho para os seres que estão competindo para se tornarem seus Senhores. 
Mas a raça humana tem uma outra opção.
Embora nascida de bestas e criada para servir, a raça humana foi criada por cientistas geneticistas, o Príncipe EA Enki e a Princesa Nin-Hur-Sag, usando seu próprio DNA e seu próprio sangue real. 
A linha real de Sangue Siriano confere à humanidade o direito de reivindicar a Terra como sua. Esta é a História que tem sido suprimida, a verdade que foi mantida escondida.
Enquanto a raça humana aceitar Senhores e Deuses, nós estaremos aceitando uma existência da servidão. Quando nós finalmente lembrarmos que nosso próprio reino foi tomado, quando finalmente olharmos para nós mesmos como nosso próprio Mestre ou Deus, então e só então estaremos livres de extraterrestres.
O autor pede ao leitor para investigar por si mesmo as informações apresentadas aqui. Não aceite nenhuma, desafie todas elas. Decida por si mesmo se as palavras de Bek’Ti são verdadeiras. Você é seu próprio deus, você é o mestre de seu destino – se você puder lembrar A Verdade. 
Esta versão de “Terra Papers: Hidden History of Planet Earth”, de Robert Morning Sky, foi condensada especialmente para Percepções, por Betty Bland, que mora e trabalha em Seattle. 
Ela é a diretora executiva da Light House Promotions, e está envolvida na produção anual da “Ocean Shores Convergente Psychic Fair on Memorial Weekend”, em Ocean Shores, Washington.
Reimpressa de Perspectives Magazine, March/April de 1996 – (800) 276-4448. 
 …
Leia também:

ENKI de Nibiru vos Fala…


Olá  Filhos e Descendentes
Quem vos fala é ENKI, fui um dos Anunnakis responsáveis pela criação, ou melhor manipulação do que já existia de humanóides em vosso planeta para o estagio atual de vocês homo sapiens.  Pertenço a um grupo de seres do sistema estelar que vocês denominam Plêiades.

Pertenço a família de ANU, que era um político desse sistema e que por questões políticas teve que se mudar para um planeta errante que foi colocado na órbita do vosso sistema solar com o nome de Nibiru.

A Terra era um mundo que pertencia a área de influencia dos Sirianos de Beta e de outras comunidades sirianas, além de já terem estado na Terra outras comunidades  estelares de diversos sistemas estelares.

Viemos ao vosso planeta com naves na época pouco mais adiantadas das que vocês podem produzir secretamente na atualidade de vocês a cerca de 490 mil anos do vosso tempo, embora as primeiras visitas datem de 515 mil anos do vosso tempo.

Incluindo Acturianos,  Pleiâdianos de ARIA, Veganianos, Altair 4 e 6, Capelinos e outros seres de outras galáxias. Na ocasião que chegamos a Terra foi pela simples razão de que as órbitas de Nibiru com a Terra proporcionavam tal facilidade, alem de na Terra existirem matérias primas muito importantes para nosso planeta que vivia com desequilíbrios  ambientais.

Sempre fomos um povo guerreiro, somos de uma linhagem de Plêiades de seres reptilianos com a mistura do genoma humano, que foi originalmente criado e desenvolvido no sistema de VEGA por seres muito acima da nossa capacidade na época, isso a muitos milhares de anos.

Talvez cerca de 6 bilhões pela contagem de tempo limitada de vocês.

O tempo como vocês o entendem  não existe dessa forma, por isso os valores não pode ser considerados de forma linear, mas  podem servir como um parâmetro equivocado inicial para que vocês possam se situar dentro do jogo cósmico que todos estamos jogado e participamos de alguma forma.

Não temos opção, pois uma vez dentro do universo, fazemos parte desse jogo e desse sistema de energias do fluxo do tempo e do espaço, em centenas de realidades em paralelo.

Devido a nossa origem reptiliana, acabamos tendo diversos conflitos armados com outros povos, dentro de Plêiades e fora dela, como no caso do quadrante nas proximidades de Aldebaran de Touro e de Rigel de Orion, a maior parte por conquistas de planetas e questões de ordem racial e egocêntrica, devido a diversos aspectos de ordem política que estavam sendo sustentadas pelos diferentes grupos de poder tecnológico dentro da vossa galáxia e de outras dentro do que os Confederados denominam de Universo TETA.

Estou me comunicando com vocês através do canal Yaslon Yas, pois ele nos procurou e permitiu que pudéssemos nos explicar a cerca de muitas cosias erradas do passado e de enganos severos que geraram a atual situação da vossa civilização.

Erros cometidos com base na política desequilibrada e egocêntrica do nosso povo e da postura social que Plêiades sustentou durante milhões de anos dentro de suas diversas famílias.

Cada família representa um povo, com seus planetas e sua própria tecnologia, o sistema nebular de Plêiades possui mais de 300 famílias diferentes em distintas vibrações dimensionais e nas próprias dimensões e níveis de cultura que isso representa.

O universo possui muito mais vida do que vocês pensam. De forma equivalente ao vosso planeta Terra que possui vida em tudo e em todas as partes, desde insetos, micro organismos e vida mais complexa. 


O mesmo ocorre com o universo.  A vida existe em toda a estrutura do átomo, e portanto do universo, além de planetas e estrelas, muitas das quais nós não entendemos ainda, mas sabemos que existe. 

Esse foi um dos maiores erros do nosso passado, não respeitar as diversas formas de vida, pois achávamos que estávamos acima delas. 

Os povos acima de nossa cultura e tecnologia que são denominados de Confederados Intergalácticos e Interdimensionais não nos deram as devidas diretrizes e deixaram que nós aprendêssemos sozinhos e nesse ínterim a guerra e a destruição foi parte do aprendizado, pois fomos criados por seres guerreiros com finalidades de pesquisa bélica e genética sem amor, ou sem harmonia como seria a melhor forma de expressar o que gerou a nossa forma  bélica e egocêntrica de ser.

As antigas experiências genéticas de misturas de genomas é parte do desenvolvimento e crescimento do  universo ate o ponto que nós Anunnakis o entendemos e temos entendido com a ajuda de seres etéreos ou ascensos de outros universos que estão se comunicando com a nossa civilização depois que a quarentena foi inserida em vosso planeta e nos aprisionou junto a ele.

A nossa prisão nos permitiu entender muitos aspectos das reações bioquímicas da alma, pois fomos obrigados a participar das nossas criações e das mutações que realizamos em vocês.

O vosso planeta ate onde sabemos é muito mais velho do que se imagina, mesmo pelos cálculos de vocês, ele já possuiu muitas civilizações de diversas raças, muitas não humanas e muitas dessa linhagem, deixadas pelos Sirianos e outras civilizações ainda mais antigas.

Não temos alcance para saber de tudo, pois estamos presos a vossa malha e sabemos aquilo que nós é permitido para que possamos recuperar o que realizamos e dessa forma ajudar no desenvolvimento de nossa civilização e da de vocês.

Estamos intimamente ligados pelo CARMA por assim dizer.
As interferências que realizamos com algumas formas humanas que encontramos a cerca de 500 mil anos, foram mutiladas por nós para servirem de escravos para nossos interesses, portanto interferimos na linha evolutiva, algo proibido pelo Conselho da Federação Central de Plêiades e pelos outros grupos. Mas como não existia controle fizemos aquilo que em nosso egocentrismo considerávamos natural.
Dentro da nossa sociedade, raças inferiores próximas a animais, não tinham o direito a vida e a liberdade, pois nos considerávamos superiores. Isso foi herdado dentro da nossa sociedade devido a forma como fomos criados.

A nossa raça reptiliana, é oriunda de antigas raças guerreiras dos antigos tempos de VEGA e RIGEL e de outros universos. 

Não temos as informações completas, mas sabemos que dentro da espécie reptiliana o aspecto predador é um fator muito intenso. Nós Anunnakis somos uma derivação dessa espécie, misturada com dezenas de outras no transcorrer dos  Eons estelares.

Provavelmente a nossa espécie venha de uma outra galáxia em outro universo, sei que as informações sobre isso pertencem a outras esferas acima da nossa perspectiva, como o próprio Yaslon Yas nos informou, pois ele tem conversado muito e revelado muito sobre as nossas realidades paralelas em outros universos a partir do aspecto Monádico.

Desde que fomos colocados em quarentena, temos aprendido muito com o sofrimento da humanidade e vemos o reflexo de nossas atitudes desde as nossas guerras estelares dentro dos nossos genes, que vocês herdaram. 

Sim uma grande parte dos nossos genes esta presente em vocês, portanto vocês também têm a genética reptiliana e de outras formas de vida assim como nós Anunnakis possuímos. 

Por essa razão outras formas de vida como as que vocês no momento identificam como GRAYS, ZETA RETICULLI, XOPATZ, MERKABIANOS entre alguns dos que fazem pesquisas com o vosso DNA, são na verdade antigos concorrentes de tecnologia e experiências na Terra desde a nossa chegada nela.  
O vosso planeta e sociedade foi um palco de experiências de diversos seres em momentos distintos da linha temporal de vosso planeta, diferentes realidades que se uniram devido a nossa capacidade de movimentação pelas diferentes linhas vibracionais da fisicalidade.

A maior parte dos seres estelares podem transpassar de uma realidade vibracional para outra, de forma distinta ao que vocês acham que são as dimensões estelares entre cada universo.


Existem as vibrações de oitavas vibracionais que são uma realidade paralela a outra, dentro de uma mesma realidade dimensional. 

Mas as dimensões já é outra estrutura molecular dentro das diferentes realidades dos universos que se unem entre si. Posso lhes explicar que cada dimensão possui centenas de vibrações, que são por onde nós Anunnakis e os Pleiâdianos nos locomovemos entre as diferentes linhas do tempo.

O mesmo é realizado por muitos seres, por esse motivo a linha de tempo de vocês não bate com a realidade dos fatos que ocorreram em diferentes planos vibracionais do vosso planeta.
Muitas realidades paralelas com os Sirianos ocorreram em paralelo a nossa existência e domínio em vosso mundo, assim como muitas outras raças foram criadas por outros seres dentro das manipulações que eles realizavam da mesma forma que nós Anunnakis achávamos ser correto.

A questão da ética como vocês a colocam e entendem na atualidade, foi uma das maiores violações dos povos estelares. A Ética foi inserida em vocês para procurar controlar vocês e evitar que cometessem os mesmos erros que nós e outros povos do passado relativo de vocês.

Os povos dos planos estelares que vocês foram ensinados a denominar de DEUSES pertencem a diversos povos, é verdade que nós ANUNNAKIS, nos demos uma posição de destaque, pois queríamos manter essa posição devido a nossa proximidade com o vosso planeta e a proteção política que os Sirianos davam ao povo de Plêiades Ariano e suas ramificações.

Muitos fatores da política estelar seriam complicados de serem expostos  dentro de uma  linha clara para vocês, mas na realidade chegou o momento de que parte dessa verdade seja revelada.

Por essa razão procurei Yaslon Yas, para dar inicio a uma serie de revelações sobre a nossa atuação e sobre os nossos interesses sobre a humanidade e sobre a nossa origem estelar e do por que foi permitida tanto abuso com a humanidade, tanto da nossa parte como da de outros povos.
Inicialmente a questão da ética e da expansão dos impérios estelares, desenvolvia uma linha própria de interesses entre cada povo e a busca da liderança tecnológica e independência em relação aos grupos filiados a Federação Interestelar e as diversas casas de Comércio.

Cada grupo desses buscava de forma secreta burlar as diretrizes da federação que tinham sido herdadas dos seres de outras dimensões superiores da referida Confederação Intergaláctica. Seres que se diziam serem os semeadores do universo visível e invisível.

Sabíamos que isso era uma grande possibilidade, frente a tecnologia que nós já utilizávamos que estava a frente de muitos outros povos e sabíamos da tecnologia dos Sirianos que era bem superior a nossa.

Por essa razão se dava credito e ao mesmo tempo se tentava esconder as tarefas e atividades que não estavam de acordo com as diretrizes de não interferência e de não abusar do poder. Como cada grupo estelar dentro de seu crescimento pessoal e individualista agia da mesma forma, conseguimos durante milhares de eras do nosso tempo, enganar a Confederação.


Mas somente com o tempo nos demos conta que estávamos era na verdade nos enganando a nós mesmos e atrasando o nosso processo evolutivo e entendimento das leis maiores do que podemos denominar de DEUS ABSOLUTO.
Intrigas e mentiras eram parte da estrutura colonial, ENLIL era o meu opositor político pela herança direta do poder, somos irmãos de sangue por parte de Pai, mas isso nos tornou inimigos em muitas situações.

Por outro lado dentro das Plêiades tínhamos muitos inimigos e concorrentes políticos fortes, por essa razão o exílio em Nibiru era muito vantajoso e estratégico, pois podíamos manter nossas atividades fora da vista e auditoria dos grupos internos de vigília.

A nossa família tinha poder e foi na ocasião muito conhecida dentro dos círculos de colonização dos grupos centrais nas proximidades de Orion, mas isso gerava disputas importantes que nos colocavam em guerras sem sentido pelos planetas na região central da grande nebulosa de Orion e da estrela de VEGA, que representava o ponto de partida para muitas das raças geradas a milhares de eons.  Isso inclui parte do genoma original da espécie humana ariana primordial da estrela de VEGA que foi um ponto político de suma importância.

Eu mesmo me utilizei no processo colonial da Terra de muitos nomes em diferentes povos e épocas, para poder manter o poder e garantir a existência da forma humana. 

Em alguns momentos ENLIL foi totalmente contra o desenvolvimento e a inteligência humana, pois para ele vocês eram apenas escravos. 

O que para min também, mas o carinho pela vossa espécie e como geneticista especializado na coesão de genes de diferentes parâmetros acabei sendo responsável pelo desenvolvimento de muitas de suas capacidades, sendo que a maior parte delas foi mutilada, para que vocês não pudessem nos superar em inteligência e percepção da verdade que  existia atrás de nossas vergonhosa estrutura egoísta.

Outra parte importante dentro da manipulação da humanidade, foi a minha familiar Inaana ou Isthar como também foi conhecida por vocês, eu mesmo já fui chamado de YAWE em alguns momentos, assim como outros.

Na verdade foi proibido a pronuncia dos nossos verdadeiros nomes depois das guerras entre a nossa família.


Meu filho Marduk que já em outra realidade foi responsável pela destruição do planeta Maldek, gerou a segregação racial do vosso planeta e a estrutura atual de guerras e destruição.

A nossa desunião familiar acabou por gerar a desunião de uma raça inteira.os outros grupos de poder acabaram tendo questões  similares e quando perceberam o nosso abuso e extravagâncias, levaram parte de sue povo para as partes internas da Terra ou para outros mundos mais afastados.

Atualmente o nosso povo esta dividido entre 2 facções distintas, uma rebelde que ainda quer o poder e a outra que percebeu  os erros do passado e que esta ajudando no despertar da humanidade.

No entanto para isso nos desmembramos em centenas de partículas humanas e estamos ajudando os outros grupos em ativar a verdadeira memória cósmica de vocês.

Um numero elevado de seres de outras raças e grupos estelares estão ajudando para que vocês possam despertar para o que esta por vir dentro da nova realidade de energia conciencial.

Somos muitos e estamos mesmo dentro da quarentena ajudando, no entanto ainda existem grupos rebeldes de Anunnakis que querem a destruição do poder da humanidade para dominar e com isso mostrar a Confederação e a federação que a colônia Terra ainda pertence aos Anunnakis de Marduk e a seus interesses pessoais.

Existem milhões de intrantes na Terra no momento ajudando no despertar da humanidade e outros em aumentar a confusão e desentendimento entre os diferentes povos. 

Por essa razão estou solicitando a abertura desta linha de comunicação com a captação de Yaslon Yas para poder ajudar a divulgar parte do que me é permitido, pois muitos outros povos esta ajudando.  Percebemos os nossos erros e estamos procurando ajudar, ainda não entendemos de todo a magnitude das nossas atitudes dentro da varredura de expressão cósmica, mas já entendemos que não podemos interferir no desenvolvimento de uma sociedade.

Por essa razão busco ajudar em parceria com parte de minha família e os discípulos de ANU para dessa forma poder ajudar a despertar o maior numero de pessoas.



Como da mesma forma que guiei Noé (Ziusudra) no passado gostaria de poder ajudar a guiar vocês que estão de coração aberto.

Mas lembrem-se existem muitos farsantes e o meu povo esta dividido, não confiem na estrutura Anunaki, pois ela ainda se baseia no poder pelo poder.

Muitos estão a canalizar parte de nosso povo e lideres que buscam enfraquecer a psique humana, portanto os testes já começaram dentro de cada um de vocês ao lerem esta matéria e fazerem uma linha de raciocínio com outras coisas escritas no passado.

Lembrem-se que fomos um povo orgulhoso e vaidoso e isso não se perde de um dia para o outro, por essa razão entendo a desconfiança de vocês a minha pessoa e aos de minha família, mas mesmo assim esta dentro do nosso propósito ajudar ao despertar e entendimento da verdade que ocorreu com vosso mundo. Foram muitos os que mexeram nisso, mas  aos poucos a verdade será revelada em livros e captações psíquicas de vocês.

Por essa razão não acreditem em tudo, sejam cautelosos, essa foi uma das condições impostas por Yaslon Yas para poder me comunicar com vocês através de sua energia, portanto  meditem e deixem que entre dentro de sua alma para lhes contar a verdade sem hologramas.

Através do amor e da paz que irei projetar dentro de vocês, caso contrario são falsos registros dos opositores.
Aguardo o contato com vocês.
Fico no aguardo
ENKI de Nibiru, através de Yaslon Yas

A NAVE SOLITÁRIA: Anunnakis de Nibiru

Para melhor compreensão deste post, sugiro a leitura, CLIQUE: 
Dos muitos milênios que marcam o avanço e a queda das terras e seres da Atlântida, enfocaremo-nos principalmente no período do calendário terráqueo que vai de 27.000 até 10.800 A.C., ao que nos referiremos ao longo destes ensinamentos como o «terceiro ciclo» da Atlântida.

A grande época da civilização atlante termina aí, nos últimos anos da Última Geração, quando o lado escuro ‘dirigiu o pêndulo’, e o uso irresponsável do poder por parte da Classe Sacerdotal  (os governantes)  fez que grandes coletividades humanas em todo o globo fossem sacrificadas.

A Atlântida desapareceu no fundo do mar para descansar eternamente no isolamento e no esquecimento, enquanto que outras zonas da Terra foram alagadas por inundações, que amainaram tempos depois, quando as pesadas nuvens se dissiparam e a calidez de Ra, seu sol, pôde voltar a sentir-se sobre a superfície.

O que restou do grande continente e de sua gente foram histórias mitológicas e lembranças remotas, transmitidas de geração em geração a seus descendentes.

O monumental cataclismo que conhecem como a «Grande Inundação» foi o processo celeste escolhido para limpar as energias venenosas e as freqüências alteradas que emanavam das torres de controles atlantes e das redes energéticas subterrâneas nas horas finais.

Foi a reação de Gaia às vibrações discordantes que irradiaram destes centros – no alto das camadas externas da ionosfera, que se espalhavam sobre as linhas telúricas de seu planeta e também o quão profundo alteravam a harmonia de toda vida em cada ponto do globo e se espalhando também para o espaço exterior.

Tais vibrações tiveram que ser erradicadas do campo áurico da Terra e sanadas desde sua raiz.
Isto provocou a destruição dos culpados, mas também dos «inocentes», porque, de maneiras que não ficam claras para aqueles de vós que ainda não entendem o processo kármico, eles contribuíram para a colossal reação das energias elementais que formam o corpo multidimensional de Gaia.

Recordem… todos os pensamentos e ações afetam todas as realidades. Desde os ativos quanto os passivos, desde os onipotentes até as ‘vitimas’, todos os seres conscientes participam ativamente na criação e desenvolvimento do carma.

Nós também contribuímos com a dívida kármica da Atlântida, e, portanto estamos interessados em sua resolução. Devem recordar este fato ao explorar a história da Atlântida através de nossas freqüências mentais e das palavras aqui reproduzidas para vós.
Como unidades de consciência, confrontamos aspectos da dualidade com distintos tons e intensidades a fim de experimentar livremente ao condutor evolutivo da existência: a capacidade de escolha. Não podemos experimentar a escolha sem polaridade.

Esta, queridos, é a razão pela qual existe o lado escuro. Está aí para nos dar a liberdade de escolher e para que possamos assumir a responsabilidade por nossas escolhas. Esta simples verdade fortalece-nos tanto quanto às unidades conscientes do Tudo-O-Que-É, que questiona a própria existência do «mal». Podem entender isso?

Vós, indivíduos dotados de livre-arbítrio, podem derivar poder da existência da escuridão escolhendo a Luz, o bem de todos, ou podem deixar que seu poder lhes seja arrebatado pela Escuridão, lhes entregando à sombra…, obedecendo, temendo e exaltando o ego (o eu pessoal/personalidade separado).

Quando integrarem este aspecto de sua existência, entenderão a natureza do conflito existente em suas vidas, e como podem resolvê-lo, vendo todos os seres como Um com vós.

Na destruição da Atlântida estiveram implicadas forças extraterrestres, e agora elas também confrontam o pagamento kármico de suas ações.

Entretanto, em muitos sentidos, ainda seguem em um estado de negação deste fato.

Aqui nos estamos referindo especificamente aos guerreiros Anunnaki de Nibiru, regentes de uma civilização subterrânea tecnologicamente avançada que existe em um planeta tridimensional que entra e sai de seu sistema solar a cada três mil e seiscentos anos.

Este planeta excêntrico, Nibiru, segue uma rota cíclica bastante pouco natural até os limites externos de Sírius e depois volta atravessando o escuro inverno galáctico até entrar novamente na órbita de seu sol. Atravessa o corpo de Ra (o sistema solar) durante um período aproximado de trinta anos e depois volta a sair rumo ao desconhecido…: uma fria viagem através do espaço profundo.

Para entender as ações dos Anunnakis devem antes, considerar o seu isolamento, porque eles são, em certo sentido, os «sem teto» da galáxia, e passam a maior parte de suas vidas longe da Luz e da calidez da Deidade Solar, habitando as cidades subterrâneas e as instalações militares do ser interno de Nibiru.

Sua sobrevivência depende de sua capacidade de procurar e armazenar recursos que lhes garantam a vida, que vão reunindo ao longo de seu trajeto pelos distintos sistemas solares para poder sobreviver à longa e escura viagem de sua nave solitária no universo material.

Estão em uma busca constante de energia, que obtêm fundamentalmente de minérios e minerais, e esta é uma das razões fundamentais que os levaram a extrair os tesouros do interior da Terra, que eles necessitam.

Também conseguem energia dos seus corpos emocionais, mentais e do ‘baixo astral’, porque ali existe uma fonte infinita de energia que alimenta os seus chakras inferiores, mitigando sua fome insaciável de mais poder e controle sobre sua própria existência.

Uma vez compreendido seu plano para administrar seus mais preciosos recursos, reconhecerão o paradoxo contido em sua destruição irracional da fonte que os alimenta… e a consequência kármica deste fato. Entenderão como eles se enredaram na mesma rede que lançaram ao redor do planeta Terra pela primeira vez.

Como moscas apanhadas em uma complexa teia-de-aranha, os primeiros Homo Sapiens se viram capturados na rede, dominados pelas freqüências eletromagnéticas dissonantes que os mestres-engenheiros Anunnakis  teceram apertadamente ao redor do corpo emocional de Gaia, de tal modo que a Deusa já não pudesse respirar na luz do Criador Primitivo.

Foi um momento de escuridão na Terra, um momento que estava em violenta oposição com o trabalho dos Anciãos que lhes tinham semeado, e agora sabemos que nós ajudamos a criá-lo, violando a soberania da Terra. Reconhecemos nossa parte e responsabilidade na luta entre as forças da luz e a escuridão na época de seus inícios, que estabeleceu a dinâmica de seu futuro…, seu «agora». É por isso que viemos ajudá-los. 

Muitos dos dons e capacidades que constituíam seu direito de nascimento como a super-raça originária das estrelas, lhes foram arrebatados e substituídos por mecanismos que atam e reprimem os pensamentos e emoções humanos, mantendo-os encerrados na terceira dimensão. Ao mesmo tempo, eles misturaram as freqüências de luz que conseguiam entrar no planeta para que vocês esquecessem que são os abençoados filhos das estrelas.

Até certo ponto foram eficazes. A nova raça do Homo Sapiens seguiu olhando as estrelas em busca de inspiração, mas seu acesso a elas lhes foi negado tal como determinaram os Anunnakis. A raça humana permaneceria isolada e ligada à Terra todo o tempo que eles pudessem contê-la em suas redes.
Ao começarem este estudo da agressão Anunnaki e sua eficaz manipulação da Terra, pedimos que recordem que a causa de sua conduta persistentemente auto centrada, que os impulsiona a tomar o que querem de vós, reside no fato deles se encontrarem isolados no espaço.

Eles estão ali fora, na noite sem sol, enquanto Nibiru transita ciclicamente de um sistema solar a outro, sendo observadores distantes de mundos nos quais podem misturar-se, mas aos que, em realidade, não podem pertencer. Em um ponto do contínuo espaço-tempo, tão distante de sua realidade que resulta indefinível para vós, produziu-se um grande intercâmbio cósmico em nosso sistema solar trino, composto por três ‘deidades solares’: Sothis, Satais e Anu (identificadas respectivamente por seus astrônomos como Sirius A, Sirius B e Sirius C).

Na época do cataclismo em nosso complexo corpo estelar, a ‘deidade Satais’ ascensionou, atravessando suas próprias camadas astrais para entrar em planos dimensionais mais elevados (um pouco muito similar ao que seu próprio sol, Ra, fará logo).

O que ficou atrás, no mundo da matéria era, em termos estelares, uma minúscula estrela anã de matéria superdensa que foi atraída finalmente a uma órbita elíptica ao redor de a estrela-irmã dominante, Sothis, como também foi o primo distante, Anu.

Ambos continuam criando alterações e interferências gravitacionais no corpo solar da grande estrela azul-branca Sothis (a Estrela Cão), que, como os astrônomos detectaram flutua e treme a causa do intercâmbio vibratório com suas irmãs maiores.

O colapso (ascensão) de Satais (Sirius B) – sua ascensão mais à frente do espaço material – causou uma monumental reação em cadeia ao longo de tudo o sistema de Sirius, estendendo-se pela constelação de estrelas que conhecem como Cão Maior e, indiretamente, seu sistema solar se viu envolvido na dinâmica de nossa evolução.

Por razões que são muito complexas de descrever, dada sua consciência da dinâmica celestial, Nibiru, o planeta mais remoto da órbita de Anu, saiu de sua órbita rotatória durante o processo, começando a navegar pelo espaço até que finalmente se viu apanhado pelo ‘puxão gravitacional’ de sua estrela, Ra (o nosso Sol).

Foi atraído ao seu sistema solar e depois saiu ricocheteando de volta para o espaço.

Outros corpos planetários que orbitavam em torno de Anu mantiveram suas órbitas, sobrevivendo à quebra de onda, enquanto que os planetas que orbitavam em torno de Satais (Sirius B) foram atraídos para o vórtice e absorvidos através dos feixes astrais, subindo com a Deidade para planos dimensionais superiores.
Esta colossal teoria do «bumerangue» e a idéia conseqüente de um planeta sem sol sobrevivendo no espaço pode lhes parecer totalmente descabelada tendo em conta seu atual entendimento da astrofísica, mas pedimos para que lembrem que vocês continuam observando o universo de uma perspectiva tridimensional; isto faz com que tudo tenha que encaixar com suas idéias fixas de como «funcionam» as coisas em sua realidade «terrestre».

Os movimentos de outros corpos celestes são tremendamente diferentes do que acredita-se nos observatórios do planeta Terra. 


Sua perspectiva é bastante míope, posto que ainda acreditam que seu mundo é o centro do universo, tal como seus antepassados acreditavam que a Terra era plana e que se podia chegar na sua beirada e cair ao vazio.

Graças ao descobrimento da física quântica, sua comunidade científica está redefinindo a compreensão humana da mecânica celeste e do espaço interno dos reinos subatômicos…, e as contradições das «leis» conhecidas da ciência atual muito provavelmente provocarão os descobrimentos científicos do amanhã.
Os cientistas mais adiantados do ‘poder’ já abriram caminho. De modo que alarguem um pouco suas mentes e sejam mais ousados. Deslizem pela zona das «possibilidades», onde seus conhecimentos, educação e convicções não rejeitem automaticamente novas perspectivas que operam no cosmos, tais como as que aqui declaramos, pois as conhecemos.
A dinâmica celeste de Sirius, combinada com os alinhamentos dos corpos celestes-chaves de sua galáxia e a entrada de Nibiru em seu sistema solar, foi em grande medida responsável pelos cataclismos ocorridos na Terra e em outros pontos de seu sistema solar, e atualmente seguem sendo catalisadores de mudanças dentro de sua grande família solar.
Devido ao trânsito contínuo do fugitivo Nibiru entre nós, estabelecemos ressonância com sua Deidade Solar e nos vinculamos com as forças de Ra (nosso sol) de modos que são significativos para nossa evolução mútua.
Recordamos-lhes que, de todos os corpos planetários do sistema solar de Ra, a Terra era o mais fascinante… especialmente para os Sirianos, cujos lares planetários exibem propriedades geofísicas muito similares às suas.

O planeta azul-verde era o último éden, rico em minerais e biodiversidade, e os Nibiruanos se sentiram atraídos para vós enquanto atravessavam seu sistema solar.

Logo se deram conta de que a Terra podia provê-los de seus abundantes recursos que já não podiam encontrar na superfície inabitável de seu planeta.

Evidentemente, fizeram seus planos para a Terra, acreditando que tinham encontrado um Novo Mundo para as futuras gerações de Nibiruanos, do mesmo modo que vós começastes a pensar em Marte para as suas.

Muitas outras civilizações extraterrestres se sentiram atraídas por Gaia.
Ao ser o chakra da comunicação de sua Deidade Solar, ela atraiu a inteligência do universo esperando engendrar uma raça superior de seres de luz conscientes.

Tenham em mente que nossos Anciãos intervieram de maneira fundamental no Grande Experimento que produziu a aparição do HomoSapiens na Terra… mas saibam que nossa conexão com vós começou muito antes no tempo, quando nossa Deidade, Satais atravessou sua faixa astral para experimentar a ascensão.

Nibiru, expulso de sua órbita e atraído para o campo magnético de Ra, finalmente se converteu em um mensageiro galáctico entre nossas duas Deidades Solares. Estas foram as verdadeiras origens do intercâmbio aberto entre nós e eles.
Portanto, em nossa exposição sobre os Nibiruanos devem recordar que, embora interferiram na Grande Obra dos Anciãos, fortaleceram nossa conexão convosco nos planos materiais, e os agradecemos por servir a este propósito.

Exilados de nosso sistema estelar, depositaram códigos Sirianos em muitas civilizações e antigos mundos, alguns dos quais ficaram registrados com a máxima clareza nos templos egípcios.

Observamos hoje que muitos vão em grande número  explorar a terra dos faraós e experimentamos seus cambiantes corpos emocionais conectando-nos convosco nesses lugares.

Isto é o que queríamos, pois as grandes obras dessa antiga civilização contêm os dados de sua verdadeira história, do mesmo modo que contêm a história de seu futuro.

Ali se encontram códigos Sirianos hexadimensionais (seis dimensões), canais Pleidianos pentadimensionais, e registros de frequências Nibiruanos.

Embora haja muitos outros pontos de convergência sobre seu planeta e dentro dele, o Egito continua sendo a biblioteca multidimensional mais elaborada a que atualmente se pode ter acesso nos campos tridimensionais da memória terrestre.

Seus guias e videntes estão começando a decifrar as mensagens que os ajudarão nesta etapa de sua busca do Conhecimento.
Os registros de Sirius procedem do não-tempo, posto que nós existimos além das limitações do tempo linear, de modo que o «futuro» está escrito do mesmo modo que o está o seu “passado”.

Vossa compreensão do não-tempo será essencial para decifrar os códigos.

Produziram-se alguns progressos; em muitas das representações hieroglíficas dos deuses e deusas egípcios reconhecestes o funcionamento celestial do universo. A história, o cosmos da alma universal, está oculta nas vestimentas dos ‘neter’ (deidades egípcias); durante séculos decifrastes que as deidades retratadas nas tumbas e templos são em realidade representações de seres celestes e acontecimentos tal como eram entendidos naquele tempo.

Os Nibiruanos tiveram um papel determinante, contribuindo com essa civilização com o conhecimento tecnológico necessário para construir os grandes monumentos e construções extraterrestres – (ver: ARQUITETURA ANUNNAKI) prova de sua passagem entre vós-, enquanto que nós entramos nessa realidade através de outros níveis.

Eles também criaram ali estruturas de controle, geraram freqüências eletromagnéticas vibratórias inferiores e impuseram sistemas de crenças, enquanto que as energias de Sirius e das Plêiades tratavam de expandir e acelerar a consciência egípcia.

Nunca antes, nem sequer na Atlântida, produziu-se uma impressão semelhante no psiquismo coletivo humano.
À medida que sentem e interiorizam os códigos vibratórios nos templos egípcios, que cobrem uma ampla variedade de emoções e cambiantes estados de consciência, recordem que nem tudo é luz nos campos faraônicos.
Os antigos dispositivos de controle Nibiruanos continuam operando ali, e devem prestar atenção para que eles não os desequilibrem.
Eles eram os mestres das freqüências de controle e deixaram suas marcas nessas terras sabendo, como nós, que elas lhes abririam caminho até as salas de dados.

Os dispositivos mais fortes se acham no templo de Kom Ombo, junto ao Nilo; não obstante, têm muito a ganhar entrando nesses campos e elevando sua vibração para receber o conhecimento ali codificado. Existem muitas camadas, muitos níveis para atravessar e processar em seu percurso, e quererão sintonizar com os níveis superiores.

Templo de Kom Ombo 

Os Anunnakis seguem operando nesses reinos mediante as tecnologias de pulsação eletromagnética, de impressão etérica e de imagens holográficas. Portanto, assegurem-se de levar o amor incondicional do Espírito a esses locais, e recordem que suas vibrações permanecem nos éteres. Além disso, considerem que as freqüências que experimentam deixam sua estampagem em seus campos áuricos.

A partir de agora, cada vez lhes vai ser mais necessário envolver-se na luz e criar escudos protetores a seu redor quando lhes aproximarem de qualquer lugar sagrado, vórtice energético ou estado alterado de consciência.
O que é significativo em nossa exposição sobre os Anunnakis é que a volta cíclica de seu planeta a seu sistema coincide com períodos de grande instabilidade e mudanças monumentais na Terra. 
As visitas dos Anunnakis marcaram os seguintes momentos-chave da história de seu sistema solar:

Há 450 000 AC.: os Nibiruanos visitaram a Terra pela primeira vez, voltando após os intervalos regulares, aproximadamente a cada 3600 anos.

97 200 AC.: os  Anunnakis  intervêm no Grande Experimento – a semeadura do Homo Sapiens.

32 400 AC.: a entrada de Nibiru em seu sistema solar coincide com outros acontecimentos celestes que provocam a mudança do eixo da Terra iniciando assim a sua Era Glacial mais recente.

28 800 AC.: termina o segundo ciclo da Atlântida com a glaciação do continente.

25 200 AC.: os Anunnakis estabelecem bases militares em Marte.

21 600 AC.: os Anunnakis criam estações de trânsito na Lua.

18 000 AC.: os primeiros assentamentos Anunnakis na Terra situados na África estabelecem colônias para extrair minerais e metais preciosos.

14 400 AC.: os Anunnakis aterrissam na Atlântida, o que coincide com o princípio da oposição na classe sacerdotal (governantes).

10 800 AC.: a Atlântida desaparece sob o mar.

7200 AC.: os Anunnakis aparecem na Mesopotâmia, intervindo na civilização suméria.

3600 AC.: os Anunnakis intervêm no Egito, uma civilização estabelecida mediante a intervenção direta de Emissários de Luz de Sirius e das Plêiades.

TEMPO ZERO: o tempo do aparecimento do Cristo.
Calculando os ciclos de 3600 anos, está claro que a volta do planeta solitário a seu sistema solar não está programada para coincidir com a data do calendário maia de 21 de dezembro de 2012 DC. Isso é particularmente significativo para o desdobramento de acontecimentos cósmicos que ocorrerão nesse ponto projetado do contínuo espaço-tempo, e devastador para os Nibiruanos. 
Tal como ocorreu antes com o colapso (ascensão) de Satais, todos os corpos celestes que estejam na órbita da estrela ascendente serão arrastados através do buraco negro para uma dimensão superior. Nibiru, não obstante, estará lá fora, no inverno galáctico, em algum ponto remoto no meio do caminho entre o sistema estelar de Sirius e o seu – nem o suficientemente perto para ser atraído por vós nem  bastante próximo a Sirius para orbitar em nosso sistema.


Eles estão com medo, estão preocupados e procuram desesperadamente uma solução.
Os Anunnakis são muito conscientes do que sua tecnologia gerou sobre a Terra, porque não esqueceram o afundamento da Atlântida e o desaparecimento de grande quantidade de vidas humanas e de outros seres vivos que aconteceu em muitos pontos do globo. Tampouco esqueceram que devastaram a atmosfera marciana, e que seu saque do planeta produziu a destruição de seu campo áurico… tal como estão destruindo seu ozônio e as camadas mais altas de sua atmosfera.
Eles foram os construtores da antiga cidade descoberta pelo perito Richard Hoagland ao revelar algumas fotos de Marte tomadas pela NASA. (ver: A HISTÓRIA DA HUMANIDADE – Parte 6)

Para muitos de vós, estas surpreendentes imagens são a prova irrefutável de que existe vida inteligente além de suas fronteiras. Apesar da Agência Espacial insistir em que o «rosto»  na superfície marciana não é mais que uma ilusão óptica, a Esfinge Nibiruana está ali, tão real e imponente como a grande leoa de Gizé, e igualmente misteriosa.

Por desgraça, seu saque dos recursos de Marte e sua desatenção ao seu meio ambiente produziu uma destruição quase total dos campos energéticos que sustentavam a vida na superfície do planeta. E, com certeza, não aprenderam nada.

Sob o governo Anunnaki imposto, a Terra também está a ponto de perder sua atmosfera, tal como o estão comprovando com os buracos na camada de ozônio e a drástica alteração da ionosfera.

Nas calotas polares estão observando o desprendimento de blocos de gelo que começaram a navegar pelos por oceanos, e isto, conforme entendem, só podem conduzir a novas inundações e alterações ecológicas.

“Eles” (Illuminatis) lhes dizem que não há provas de que se esteja produzindo um aquecimento global.

Nós lhes dizemos que o esgotamento do ozônio – o «sistema de apoio para a vida na Terra» – está ocorrendo com muito mais rapidez do que conseguem perceber, e que não se está procurando por soluções efetivas para remediar a crise.

O que é pior, as últimas tecnologias que envolvem o aquecimento deliberado da ionosfera, junto com a proliferação de satélites impulsionados por energia nuclear orbitando ao redor do planeta, estão acelerando o processo de desintegração atmosférica.
Vocês já perguntaram por que os líderes de seu mundo se negam a abordar os problemas do meio-ambiente com seriedade, considerando o desastre iminente que espera ao planeta Terra? 
Procurem nesta explicação a resposta do por que se frustram suas petições de resolução ecológica aos governos que lhes regem: isso não interessa aos senhores Illuminatis. 

Sua intenção é tomar tudo o que possam de vós e preparar sua própria salvação diante o que está a ponto de ocorrer no Sol, cujo impacto se estenderá por toda a galáxia.

Reduzir a voracidade do saque de seus recursos vitais em nome do meio ambiente e a vida de Gaia simplesmente não faz parte de os planos dos Illuminatis.

Nunca fez.

Por desgraça, sua consciência egoísta, seus sentimentos de isolamento e a fria escuridão de suas intermináveis rondas espaciais só lhes permite cuidar de seus interesses e cuidar de seus próprios problemas.
Há mais de 450 000 anos, em seu curso através de seu sistema solar, Nibiru passou muito perto da Terra. Da sua visão galáctica, os Anunnakis observaram o planeta azul-verde e, de maneira não muito diferente de Colombo, seu heróico explorador, decidiram que eles também tinham «descoberto» um Novo Mundo.

Decidiram reclamar a Terra para eles e considerá-la sua propriedade. Quando Nibiru se aproximou o suficiente para realizar uma sondagem em grande escala do planeta, os Anunnaki entraram em suas «grandes naves» e se aproximaram para olhar mais de perto, surpreendendo-se ao encontrar um planeta remoto e subdesenvolvido, cheio de espécies vegetais e animais, mas sem sinais visíveis de uma civilização inteligente.

Isto, para seres de um sistema estelar muito mais antigo como Sirius, foi um descobrimento revolucionário. Sabendo que o universo transborda de vida inteligente, para eles era novidade que um planeta com tantos e tão ricos recursos ainda não estivesse habitado por uma espécie inteligente, superior aos  animais encontrados durante suas primeiras missões exploratórias.
Deixaram o planeta Terra entregue a seu processo evolutivo natural com a esperança de ver grandes saltos em seu progresso cada vez que voltassem para seu sistema solar, porque sabiam que algum dia necessitariam de ‘formas de vida’ inteligentes que produzissem energia para eles.

Para os Anunnakis, a Terra era agora sua propriedade privada, e tinham intenção de explorá-la fiscalizando seu progresso de vez em quando, processo que era facilitado por seu novo curso pelo universo tridimensional.

Com cada entrada cíclica no corpo de Ra (seu sistema solar), os Nibiruanos descobriram mais coisas sobre os planetas que acompanhavam a Terra em sua órbita ao redor do Sol. Como no caso de Marte, investigaram e colonizaram outros corpos celestes do sistema solar, mas vocês foram sempre o alvo de seu interesse, porque a Terra era o planeta mais apetecível.

Observaram Gaia, e estudaram a flora e a fauna de suas vastas terras virgens. Como cientistas curiosos, intervieram ocasionalmente no processo da Terra com tecnologias que pertenciam a seu futuro, alterando o progresso geral das formas de vida que abundavam nessa etapa, para que elas se encaixassem com suas necessidades futuras.

Em um momento muito posterior, num de seus numerosos retornos aos longínquos limites de nosso corpo estelar, ouviram falar do Grande Experimento que se estava planejando para Gaia e se zangaram. Acreditaram que estávamos ‘invadindo’ seus domínios, porque eles tinham suas próprias idéias respeito de como intervir geneticamente em seu planeta. Planejavam mesclar sua própria semente com a do primitivo Homo Erectus para criar uma força bruta inteligente capaz de trabalhar nas minas da Terra para eles.
Seus primeiros experimentos tinham sido promissores. Quando suas sentinelas tiveram notícias de que o novo Homo Sapiens, a super-raça de seres de luz, tinha sido semeado com êxito, decidiram que a única maneira que tinham de reter o controle de sua ‘propriedade’ era sabotar a nova raça humana, para que nós retirássemos nossa atenção do planeta Terra para sempre.

É possível que lhes surpreenda ouvir que as primeiras abduções por parte de extraterrestres ocorreram há cem mil anos, quando as equipes de Anunnakis descenderam sobre a Terra e ‘retalharam’ seu DNA, desativando dez das doze fitas que faziam parte de sua constituição original: seu código de luz.

Eles lhes despojaram de seu imenso potencial, deixando-lhes apenas o necessário para sua sobrevivência como raça, e para serem os futuros ‘súditos’ (trabalhadores escravos) do governo Anunnaki.

Suas intenções para com o seu planeta não permitiram que uma super-raça de seres multidimensionais alterasse seus planos de uma eventual conquista do planeta.

Obviamente, eles sabiam que quem lhes tinha dado a luz estavam, em certo sentido, atendendo sua incubação no quente ninho da luz de Gaia.
Naqueles pacíficos dias do aparecimento do Homo sapiens, os Seres de Luz do universo estavam enfocados em vós, celebrando seu futuro como os novos guardiões do sistema solar onde residem, porque seu destino era alcançar a grandeza tanto dentro de seu reino, como além de seus limites.
Eles, os Anunnakis, sabiam que reagiríamos ao seu ato invasivo – a sabotagem do Grande Experimento -, por isso resolveram agir rapidamente.
Quando os biomanipuladores genéticos completaram sua missão, seus engenheiros lançaram uma ‘rede’ ao redor do planeta, um imenso campo de força que criou ondas de freqüência tão dissonantes que, de fato, fomos incapazes de conseguir ressonar com vós. Embora com o tempo pudéssemos ajustar nossa freqüência para atravessar seu campo debilitado e chegar até  vós, a trama continua rodeando seu mundo e ainda continua lhes infestando. Isso causou uma grande alteração na Terra, em muitos dos seus níveis… particularmente nos próprios vórtices eletromagnéticos de Gaia.
Por sorte, como compreenderão em lições futuras, a aceleração produzida pela ascensão de sua Deidade Solar causa tal alteração nesta rede de freqüência que finalmente ela está a ponto de romper-se, liberando a todos os seres terráqueos de sua sujeição aos Anunnakis. Isto é necessário e parte natural de sua evolução neste momento de transmutação e lhes fará sair da terceira dimensão.
Cabe perguntar-se, por que os Anunnakis cometeram esse ato tão violento contra as terras virgens e os seres da Terra? 
Simplesmente estavam ressentidos com vocês… e isto não mudou, apesar de todas suas maquinações ao contrário. Para os Anunnakis de Nibiru vocês são «os filhos favoritos» do universo – a raça especial -, aqueles a quem foi dado tudo, enquanto que eles, os esquecidos, têm que tomar o que podem para sobreviver. Vós conhecestes o Jardim do Éden e o brilho do Sol, e embora eles sejam, em muitos sentidos, responsáveis por suas atitudes destrutivas na gestão dos recursos terráqueos, não podem lhes perdoar sua indiferença ante tanta abundância.
Este é o paradoxo. Eles acreditam que podem tomar o que quiserem de vocês. E assim, evidentemente, o fizeram durante milênios, sem que a maior parte de seu mundo sequer percebesse.

Enquanto os senhores  Anunnakis  de Nibiru confrontam seu destino, seus descendentes – a elite de poder da Terra – (os governantes das grandes potências) está planejando febrilmente sua própria salvação.

Atualmente preparam a Lua para uma invasão em grande escala porque, segundo seus informantes (os técnicos ‘greys’), toda forma de vida logo desaparecerá da face da Terra quando esta atravesse o ‘túnel do renascimento’ de Ra (o cinturão de fótons – NT).

Eles acreditam que a Lua, ainda relativamente pouco alterada e livre das freqüências caóticas da Terra, será um investimento mais seguro para seu trânsito.

Sabendo o que eles e seus descendentes/representantes (a elite do poder atual) estão criando dentro dos corpos mentais, emocionais e físicos da raça humana, e conscientes do que têm feito a Gaia, dão por definitivo que nada sobre a superfície de a Terra sobreviverá à mudança. 
Para os de intenção escura poderia parecer que vai ser assim, porque se enfocam no que não vai bem para vocês e seu mundo. Acostumados à escuridão, sentem-se atraídos por seu lôbrego reflexo; em realidade o que vêem é um espelho do que criaram anteriormente para si mesmos… quando Sirius B ascendeu e eles foram enviados a dar voltas na escuridão da noite galáctica.
Queremos esclarecer que, quando nos referimos aos  Anunnakis, estamos falando das forças escuras de Nibiru – os guerreiros de Anu – mas queremos que tenham em conta que ali estão operando tanto as forças escuras como as luminosas. Existem muitas freqüências vibratórias, muitos níveis de consciência diferentes sobre esse planeta.
Não estamos tentando montar uma campanha contra os Nibiruanos porque entendemos as razões de sua inveja e de sua ira, e lhes temos simpatia.
Sentimos compaixão pelos que escolheram permanecer nas sombras escuras.
As decisões que tomaram livremente como raça os ataram a um padrão kármico cuja evolução espiritual é incrivelmente lenta.

Mas, como lhes havemos dito, todos os seres conscientes levam consigo a faísca do Criador Primeiro. Em Nibiru também há mães e cuidadores, que temem e tremem nas horas escuras de sua viagem, e eles, do mesmo modo, também fazem parte do Tudo-O-Que-É: não são menos que vós, nem menos que nós.

Se querem sair de seu sofrimento, não devem esquecer nunca que todos somos expressões do Divino: faíscas do Criador. Nunca devem fechar seu centro cardíaco, esquecendo de perdoar ao outro, porque cada um tem seus próprios planos para obter o crescimento e o despertar; cada um apresenta um ritmo e uma expressão.

O caminho dos  Anunnakis  e seus seguidores não é o caminho da luz, mas lhes recordamos que, agora mais que nunca, se necessita o brilho de seu amor e compaixão por todos os seres querem elevar as freqüências de seu mundo.

Todas suas Nêmeses – os fantasmas e os escuros – estão em algum ponto do caminho que os conduz de volta ao Lar. É transcendental que reconheçam esta verdade espiritual agora que estão descobrindo as verdadeiras intenções da elite governante e o que eles lhes fizeram no passado.

É importante que entendam o que não deu certo na Atlântida, (vocês estão repetindo a história…) e agora é essencial que se preparem para recuperar seu poder e se liberarem.
Não há lugar para o medo. Não há lugar para a fúria. Estas emoções escuras só lhes põem em ressonância com as vibrações Anunnakis  mais baixas. Podem ver como vocês os atraem para vós?

Reconhecendo suas pautas emocionais, poderão entender como eles se movem em seus corpos emocionais e mentais, e como drenam suas energias.

Serão capazes de ver como conseguiram aprisionar a Terra durante tantos milhares de anos.

Agora os controles estão se debilitando, a trama original se desintegra rapidamente, e, em seu pânico, eles estão olhando para a Lua em busca de soluções imediatas, e mais à frente, para Marte, como lugar «permanente».
Naturalmente, vocês nunca tiveram um momento melhor para se livrarem de seu controle.

Como sua atenção se desvia da Terra, vós, os trabalhadores da luz de Gaia, são mais livres para concentrarem suas forças e em elevar a freqüência até um nível no qual eles já não possam lhes alcançar e, ao fazê-lo, a luz da totalidade da Gaia brilhará com mais intensidade.

Terão que «desligar» alguns dos mecanismos de controle e baixar a intensidade de outros se querem ter êxito neste esforço em grande escala. Devem se liberar de suas redes, ao mesmo tempo em que empurram as ‘massas’ para cima, tirando-as das águas profundas.
Não será suficiente sustentar a sabedoria e abrir o caminho de sua própria edificação, desapegando-se… como eremitas em cavernas. A era do seu isolamento terminou. Agora se necessita todo o coração e todo o vigor da humanidade. Este é um tempo para a união.

A bem da justiça devemos reconhecer que as intenções dos Nibiruanos não foram unicamente escuras e controladoras. Eles participaram de muitas maneiras na evolução de sua raça, trazendo-lhes antigos conhecimentos impensáveis da galáxia, avanços tecnológicos que estavam anos luz a frente do seu tempo, e uma consciência «assombrosamente» afiada dos recursos minerais que tinham à sua disposição. Contribuíram com seu mundo moderno com muitas tecnologias que, em certo sentido, serviram para o melhoramento de seu planeta. E, como dissemos antes, aproximou-nos de vocês, posto que serviram como mensageiros cósmicos entre Sirius e Ra(os dois Sóis)  durante centenas de milhares de anos terráqueos.
Não obstante, as «contribuições» Anunnakis  foram ‘condicionadas’. Hão sido repartidas com a raça humana porque isso fazia parte da sua ‘receita’ para conseguir o domínio global. Agora podem entender como enganaram aos antigos.
Poderiam ter esperado tal conduta dos «deuses»? 
Naqueles dias inocentes da Atlântida idílica, poderiam ter imaginado os sacerdotes quanto estavam dando de presente? Poderiam ter sabido que a força escura devastaria o espírito humano, enviando seu mundo para um cataclismo de semelhante magnitude?
E sobre o futuro da Atlântida, poderiam ter previsto as conseqüências kármicas de sua subordinação aos senhores Anunnakis: a desordem social, o conflito mental e emocional, a enfermidade e a alteração do mundo do futuro? Considerando sua consciência altamente desenvolvida, não poderiam ter impedido que os enganasse e os explorasse?

No momento da intervenção direta dos  Anunnakis  no terceiro ciclo da Atlântida (em torno de 14 400 AC), alguns dos sacerdotes, satisfeitos com o estilo de vida elitista que tinham ganhado como líderes espirituais da Terra, começaram sentir necessidade de ter novos estímulos emocionais e mentais.

Tinham herdado muito conhecimento das primeiras civilizações e da sabedoria inata das antigas sacerdotisas.

Muitos eram descendentes dos «Guardiães dos Cristais».

Todos os iniciados aprendiam os ensinamentos dos Anciãos e mantinham atualizadas as suas compreensões multidimensionais das propriedades dos cristais e minerais – a base de sua tecnologia moderna atual – o que os levou a alcançar e ultrapassar níveis de desenvolvimento muito similares aos que vocês estão tendo só agora.

Na metade do terceiro ciclo, tinham desenvolvido seu conhecimento a tal ponto que eram capazes de iluminar todo o continente com geradores alimentados por cristais.

Tinham criado veículos que se deslocavam pelo mar e pelo ar, trabalhavam com a energia solar e estavam dedicando seus esforços para canalizar a força da mente coletiva para fazer funcionar boa parte de sua tecnologia.

Aqueciam seus lares com energia solar e processavam seu lixo em centros de reciclagem para que nada alterasse o meio ambiente de suas idílicas terras.

Eles, os Supremos Sacerdotes de Atlântida, no inicio utilizaram seu conhecimento para o bem do povo, conservando esse respeito ancestral pelo hábitat em que viviam e prosperavam.

Então, o que é que deu errado? 
Compreendam que nessa fase de seu desenvolvimento social em que a humanidade desenvolve suas capacidades e dá o grande salto antropológico destinado a «conquistar» os elementos, as energias que operam são predominantemente de vibração yang…; é um tempo de avançar.

Isto ativa de maneira especial a parte masculina da espécie porque, por assim dizê-lo, faz com que flua a testosterona. Uma vez que os líderes de uma civilização alcançam o ponto mais alto, quando já não resta mais nada que conquistar, além de conquistarem-se uns aos outros, observa-se o declínio da civilização, que destroçará suas criações e se destruirá a si mesma para poder renascer e reconstruir-se novamente.

Este é o caminho que segue a vida não só sobre a Terra, mas também em muitos lugares do espaço ‘material’. Nas ultimas horas de seu desaparecimento nas águas do mar e de sua aniquilação auto imposta, a civilização da Atlântida retorna uma vez mais às energias nutritivas e curativas da vibração yin, e o ciclo volta a começar.
A civilização de Nibiru é a exceção deste paradigma porque, em sua luta desesperada para sobreviver, ainda não alcançou seu ponto áureo. Os Nibiruanos estão tão obcecados em manter sua superioridade racial dentro de qualquer dos dois sistemas solares, (o da Terra e o de Sirius) que, para eles, o pêndulo ainda tem que seguir oscilando.

A própria natureza do planeta em que vivem é a força impulsora e agressiva, porque não possui sol onde refletir-se…, só vislumbre de luz, e, portanto essa sua agressividade tornou-se a força predominante em toda a raça. Isto pode ajudar vocês a entender por que o instinto de sobrevivência os leva a lhes dominar.

Os ‘senhores Anunnakis’ hiperativaram os ‘chakras de poder’ e a consciência egóica (personalidade) dos sacerdotes, estimulando e alimentando sua inquietação até que uma freqüência dissonante logo começou a criar desarmonia dentro da classe sacerdotal governante.

Enquanto os Seres de Luz observavam a chegada dos Anunnakis com cautela, alguns membros da classe sacerdotal estavam sendo treinados secretamente em novas tecnologias que foram apresentadas inicialmente como «presentes» para a humanidade.

Entretanto, o que em realidade se estava oferecendo aos sacerdotes corrompidos já eram os ‘sinais distintivos’ da Nova Ordem Mundial (que hoje tenta lançar definitivamente suas bases na Terra 3D).

Eles, os sacerdotes desta ‘Nova Ordem’, prepararam o caminho para a instauração do sacerdócio (governo) escuro atual.
Incitados pelos  Anunnakis, os sacerdotes decidiram dominar seus antigos irmãos e a todos os povos que habitavam seus  domínios, chegando a acreditar que deviam estender sua influência além dos mares. (encontram semelhança com algum país atual?…)
Em muito pouco tempo ultrapassaram suas fronteiras, sempre tratando de incrementar sua influência e de monopolizar os recursos de outras civilizações. Quanto mais adoravam os ‘deuses’ Anunnakis , mais conhecimento lhes era outorgado… conhecimento destinado a ajudá-los a conseguir o domínio total do mundo sob governo Anunnaki.
Isso não parece familiar?…  

Tal ambição não deixava lugar para a complacência e o bem-estar emocional característicos da maior parte da população atlante daquele tempo. A criação e educação da nova raça estavam apoiadas por um preceito fundamental: deviam converter-se em governantes onipotentes, e para isso lhes seria ensinado desde o nascimento a querer mais, impulsionando-os assim a tomar mais.

Os preceptores Anunnakis lhes ensinavam tecnologias de controle mental que tinham de implantar-se na cultura, formando assim uma civilização treinada durante milênios para controlar o pensamento humano. Para tanto empregaram os geradores de cristal e os espalharam por boa parte do continente. (já repararam como há ‘torres’ para os celulares em quase todo lugar do mundo, atualmente?). 

Era, em essência, uma geração que se encontrava amadurecida para ‘dominar’, e os Anunnakis estavam famintos de poder, depois de seu longo trânsito pela escura noite galáctica.

Fariam uso das energias coletivas para favorecer seus planos e manipular aos ‘sacerdotes’ (hoje, a elite do poder) escuros através de seus centros de poder.

Apropriar-se-iam da raça Humana.
Foram estas energias egoístas predominantes do “sacerdócio escuro” (os governantes) e, como descreveremos em canalizações posteriores, a equipe de alquimistas criada pelos Anunnakis os diretamente responsáveis por desatar a fúria de Gaia. (terremotos, erupções vulcânicas, inundações, furações…)
Apesar dos enormes esforços dos trabalhadores da luz atlantes para elevar a vibração, a consciência das massas (o povão, como sempre…) caiu na resignação, no servilismo, no vitimismo e no desespero. A ‘luz’ da classe sacerdotal começou a desvanecer-se, estabelecendo um ponto de inflexão no destino dos atlantes e no das futuras sociedades do planeta Terra.

O perverso abuso dos sacerdotes escuros e sua manipulação irresponsável das freqüências e vibrações alteraram os quatro elementos de seu planeta a tal ponto que os mares se elevaram, as massas de terra se abriram e os vulcões eclodiram, e os céus ficaram enegrecidos pela sombra do pó vulcânico.

Tal como a fria morte de um inverno nuclear, tudo ficou em silencio sobre a face da Terra, um planeta envolvido em nuvens e escuridão.

As chuvas eram incessantes, constantes e violentas, porque o equilíbrio natural de Gaia tinha sido destruído pela ‘magia’ pervertida dos governantes escuros, e só a purificação e a renovação total restaurariam o fluxo – a essência de vida – a seu ser.

Fonte: http://www.comandoestelar.locaweb.com.br/

http://despertardegaia.blogspot.com/